quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Autoridades temem mais de 130 mortos pelas chuvas na Indonésia

As equipes de resgate indonésias continuam procurando nesta quinta-feira, 27, as vítimas das inundações e dos deslizamentos de terra na ilha de Java, que deixaram um saldo estimado de mais de 130 mortos e milhares de desabrigados, segundo as autoridades.

Os deslizamentos de terra afetaram dois bairros de Java Central na manhã de quarta-feira, derrubando casas inteiras e bloqueando estradas. Em Java Oriental as inundações provocaram o colapso de uma ponte e deixaram pelo menos 50 desaparecidos.

Rustam Pakaya, funcionário do ministério da Saúde, disse que pelo menos 28.000 pessoas tiveram que abandonar suas casas em Java Central, enquanto a Cruz Vermelha calculou em 45.000 o número de desabrigados em Java Oriental.

Cinco toneladas de comida instantânea e biscoitos, dez toneladas de alimentos para bebês e vários barcos foram enviados de Jacarta às zonas do desastre.

Em Java Central, centenas de policiais, funcionários do governo local e moradores utilizaram as mãos, enxadas e pás para procurar corpos, já que a chegada das equipes de escavação foi adiada por desabamentos e pelas péssimas condições das estradas.

No bairro de Karanganyar, o mais afetado de todos, o coordenador local da gestão de desastres, Heru Aji Pratomo, disse que 12 corpos foram retirados dos escombros, o que eleva a 48 o número de cadáveres recuperados.

A maioria dos corpos foram extraídos da lama, de três metros de profundidade, com a ajuda de máquinas.

AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário