sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Expectativa de vida muda cálculo de aposentadorias e beneficia segurados com mais de 50 anos

 

Da Agência Brasil

Brasília - O Ministério da Previdência Social divulgou hoje (29) a nova tabela do fator previdenciário que será usada para o cálculo das futuras aposentadorias por tempo de contribuição. Os índices foram alterados com base na expectativa de vida do brasileiro, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O ministério esclarece que a nova tabela será usada apenas nos novos pedidos de aposentadorias. Os benefícios antigos não serão alterados.

A expectativa de vida ao nascer no país subiu de 73,8 anos, em 2010, para 74,1 anos, em 2011, conforme o IBGE. No entanto, o ministério informa que as projeções do IBGE revelaram que, na faixa etária de 52 até 80 anos, "a expectativa de sobrevida caiu, o que vai beneficiar os segurados." Isso porque a expectativa de sobrevida do segurado é levada em conta no cálculo do fator previdenciário, assim como a idade do segurado e o tempo de contribuição.

Por exemplo, um homem com 55 anos de idade e 35 anos de contribuição "poderia ter 17 dias a menos de tempo de contribuição para receber benefício de mesmo valor. O fator previdenciário, neste caso, teve uma pequena alteração. Passou de 0,715 para 0,716."

Criado em 1999, o fator visa a desestimular o trabalhador a aposentar mais cedo. Assim, se ele solicitar a aposentadoria com pouca idade, o fator será menor e, como consequência, o valor do benefício também diminui. A fórmula é usada somente para as aposentadorias por tempo de contribuição. Para solicitar a aposentadoria por contribuição, o homem precisa ter contribuído por 35 anos, e a mulher, por 30 anos.

O fator não é aplicado nas aposentadorias por invalidez e especial. No caso da aposentadoria por idade, o uso é opcional, apenas para aumentar o benefício, segundo o ministério.

Edição: Carolina Pimentel

Câmara de Vereadores realiza sessão solene nesta sexta-feira

 

João Alberto - presidirá a sessão solene

A Câmara de Vereadores de Sobral, realiza na noite desta sexta-feira, 30, sessão solene para homenagear pessoas ilustres, que têm contribuído para o desenvolvimento de Sobral. Logo mais a partir das 19h, as cortinas do Plenário 5 de Julho, serão abertas para que os vereadores e a população sobralense prestem homenagem com o Titulo - Amigo da Saúde Dr. Tomaz Correa Aragão, as seguintes personalidades: Jander Magalhães Torres; João Barbosa Pires de Paula Pessoa; José Ribamar Fernandes Filho; Anagelma Moreira Aguiar e José Edvar Paulinho Dias.

Com o Título - Educador Notável Maria Regina da Justa Feijão, serão homenageados: Silvana Maria Candido de Souza; Júlio Cesar da Costa Alexandre; Maria Cleide Dias Carneiro; José Mario Pimentel Gomes e Maria Minerva Sanford Frota.

Postado por WILSON GOMES

Bastidores da Política deixa a Regional

 

Fac- smile via face book

O Programa Bastidores da Política está fora do ar na Rádio Regional. O comunicado está sendo feito através de um documento postado na internet, que comunica que após esta data, os apresentadores, Paulo Roberto, Gilmar Bastos, Magela Galvão, Viana Farias e Carlos Torres, decidiram encerrar as

atividades radiofônicas na mencionada emissora. Como o Blog Wilson Gomes, já havia divulgado.

Postado por WILSON GOMES

GRIFO MEU: Por atitudes desse tipo (tomar decisão unilateral) por de diretores dessa emissora, é que o Programa Rádio Debate, também saiu de lá e foi para a Rádio Pioneira.

Por Jacinto Pereira

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Assembleia Geral da ONU reconhece Palestina como Estado observador

Nações Unidas, 29 nov (EFE).- A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou nesta quinta-feira por maioria absoluta uma resolução que reconhece a Autoridade Nacional Palestina (ANP) como um Estado observador não-membro.
Leia mais:
Brasil felicita Palestina por reconhecimento na ONU
EUA reafirmam que reconhecimento da Palestina é contraproducente
Palestinos comemoram admissão como Estado observador na ONU
Após votação, EUA pedem que palestinos e Israel retomem negociações de paz

Em uma votação direta no plenário da Assembleia Geral, a resolução impulsionada pelo líder palestino, Mahmoud Abbas, contou com 138 votos a favor, nove contra e 41 abstenções.

A resolução, que "reafirma o direito do povo palestino à autodeterminação e à independência em um Estado da Palestina a partir das fronteiras de 1967", eleva o status da ANP de "entidade observadora" para "Estado observador não-membro".

Além disso, expressa a "urgente necessidade" de retomar e acelerar as negociações para alcançar um acordo de paz "justo, durável e completo" entre palestinos e israelenses baseado nas resoluções da ONU, nos princípios de Madri e no roteiro do Quarteto para a Paz no Oriente Médio.

A resolução da Assembleia Geral confia que esse eventual acordo ajudará a resolver os temas pendentes mais importantes: "os refugiados palestinos, Jerusalém, os assentamentos, as fronteiras, a segurança e a água".

Depois da votação, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que após um dia que qualificou de "histórico" é "urgente" que palestinos e israelenses retomem "negociações" diretas.

"Acho que os palestinos têm seu legítimo direito a ter seu próprio Estado independente e Israel tem direito a viver com segurança dentro de suas fronteiras", ressaltou Ban, que reiterou que "não pode haver substitutos às negociações diretas".

Uma vez confirmado o novo status, a Palestina terá acesso a várias agências do sistema das Nações Unidas, como já ocorreu no ano passado com a Unesco, e a cortes internacionais como o Tribunal Penal Internacional (TPI).

A votação de hoje foi a quarta tentativa das autoridades palestinas para conseguir um maior respaldo internacional desde que as Nações Unidas reconheceram o direito à autodeterminação do povo palestino em 1974.

A última tentativa tinha sido em setembro de 2011, quando o pedido palestino para que a ONU lhe reconhecesse como Estado membro de pleno direito foi bloqueado no Conselho de Segurança devido à oposição dos Estados Unidos. EFE

Operação da PF atinge credibilidade da AGU, diz Adams

Reuters

O advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, disse nesta quinta-feira que a credibilidade da AGU sofreu impacto com a operação da Polícia Federal que investiga venda de pareceres fraudulentos e que envolveu o segundo na hierarquia do órgão, mas afirmou que os pareceres da instituição, em geral, não estão sob suspeita.

O chefe da Advocacia-Geral da União (AGU), cuja posição tem status de ministro, afirmou ainda que não pretende deixar o cargo e que não houve um pedido da presidente Dilma Rousseff nesse sentido.

"Eu não tenho dúvidas que isso afetou a credibilidade, afetou a instituição", disse Adams, referindo-se à operação da PF que cumpriu mandados de busca e apreensão inclusive no prédio da AGU.

"Agora, não é que nós estamos levantando suspeitas em todas as manifestações da AGU", afirmou.

O ministro determinou uma investigação interna para apurar desvios e interferências de José Weber de Holanda Alves, que ocupava o cargo de advogado-geral adjunto até a operação ser deflagrada.

Segundo Adams, todos os processos em que Weber atuou e que estão relacionados à investigação Porto Seguro da PF serão avaliados e, caso sejam apurados desvios ou erros, serão revistos. O ministro, no entanto, não deu detalhes sobre o número de pareceres a serem analisados.

A operação Porto Seguro foi deflagrada na última sexta-feira e investiga o envolvimento de servidores do Executivo e de agências reguladoras num esquema para obter pareceres técnicos fraudulentos que seriam vendidos a empresas interessadas.

A PF cumpriu mandados de busca e apreensão em órgãos do governo federal e indiciou 18 pessoas, entre elas a então chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Novoa de Noronha, que foi exonerada, e o então advogado-geral adjunto da União, que foi afastado da função.

Adams disse ainda ter recebido da presidente a determinação de "apurar, identificar e punir" os que tiverem comprovadamente relação com as irregularidades.

O advogado-geral tem cumprido papel importante no assessoramento jurídico à Presidência da República e atuou de maneira intensa na elaboração de vetos ao Código Florestal e da medida provisória editada para preencher as lacunas da lei.

Adams também tem sido requisitado pela presidente para a definição de eventuais vetos ao projeto que define nova distribuição para os royalties cobrados pela exploração do petróleo. O prazo para a sanção e eventuais vetos termina na sexta-feira.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

JORNALISTA JOELMIR BETING MORRE AOS 75 ANOS

 

Quatro dias depois de sofrer um Acidente Vascular Encefálico Hemorrágico (AVE), o jornalista Joelmir Beting morreu no início da madrugada desta quinta-feira, aos 75 anos, em São Paulo. Ele estava em coma irreversível, segundo boletim médico divulgado nesta quarta-feira pelo Hospital Albert Einstein, onde estava internado desde 22 de outubro para tratar de uma doença autoimune.

O jornalista estava sedado, respirando com o auxílio de aparelhos e fazia diálise. Joelmir sofreu o AVE já internado no hospital.

Após pouco mais de um mês de internação, ele apresentava melhora mas, antes de receber alta, sofreu o acidente vascular, segundo o hospital.(Site de Veja)

Do Sobral de Prima

Sobral Shopping promove encontro com lojistas

 

O Sobral Shopping reunirá os lojistas para um café da manhã, neste sábado (01), às 8h, no empreendimento. A intenção é estreitar o relacionamento e gerar expectativa para a inauguração em 2013. O mix de lojas impulsiona a economia local, e torna-se uma vitrine de atração de investimentos nacionais e internacionais para a região do interior do Ceará.

Durante o encontro, haverá uma palestra com o tema “O desafio da mudança na conquista de resultados” ministrada por Alexandre Lacava, consultor de empresas e CEO da Nouba Palestra, Treinamento e Coaching. O palestrante possui vasta experiência de formação e profissionais em varejo, vendas e gestão de negócios.

O primeiro shopping center da cidade contribuirá para mudanças na economia local. Quando ele estiver funcionando, a expectativa é da geração de 1500 empregos diretos e 2500 indiretos. O projeto do empreendimento engloba também uma torre comercial e um hotel para atender a população flutuante. Sobral é referência no setor varejista para os 28 municípios vizinhos que compõem sua área de influência. Ele é uma das capitais regionais brasileiras, a quarta economia do estado e um dos municípios cearenses que mais gera emprego.

Sobre o Sobral Shopping - O empreendimento terá 160 lojas (05 âncoras, 02 megalojas, 05 salas de cinema, 01 operação de boliche, 14 operações da praça de alimentação) e 01 estacionamento com 915 vagas. A área bruta locável é de 18.142,92 m². O projeto engloba 01 torre comercial e 01 hotel, para atender a população flutuante de 10 mil pessoas que passa pela cidade.

Com informações compartilhadas, via e-mail, por Ricardo Lima.

Por Marcellus Rocha

Heitor lamenta que Cid construa “casa de peixe” e não leve água para quem precisa

O deputado estadual Heitor Férrer (PDT) afirmou, nessa quarta-feira, da tribuna da Assembleia Legislativa, que o Projeto Acquario que o Governo do Estado constrói na Praia de Iracema não sairá por custo inferior a R$ 700 milhões. O parlamentar lembrou que o orçamento de R$ 250 milhões data de 2007 e, de lá para cá, já houve variação de preços significativa.

Heitor destacou que o Estado já tomou empréstimo da instituição americana Ex-Im Bank, de US$ 105 milhões. Além disso, o Orçamento do Estado para o próximo ano prevê mais R$ 130 milhões para a obra. Na opinião do deputado, o dinheiro poderia ser usado para construir açudes em período de seca. “A prioridade do Estado não deveria ser casa de peixe, mas levar água para a casa das pessoas”, afirmou.

Heitor disse ainda que a última grande obra de abastecimento de água no Ceará foi feita pelo então governador Tasso Jereissati (PSDB).

(Com POVO Online)

Do Blog do Eliomar de Lima

Teori Zavascki toma posse nesta quinta como ministro do STF

Ele assumirá vaga deixada por Cezar Peluso no fim de agosto.
Cerimônia acontece no plenário do Supremo Tribunal Federal às 16h.

Teori Zavascki, indicado para o Supremo Tribunal Federal, na segunda parte da sabatina no Senado (Foto: Wilson Dias/ABr)

Teori Zavascki durante sabatina no Senado em
outubro (Foto: Wilson Dias/ABr)

Toma posse nesta quinta-feira (29) como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki. Ele assumirá vaga deixada por Cezar Peluso no fim de agosto.

A cerimônia de posse acontece às 16h no plenário do Supremo e não estão previstos discursos de autoridades.

Também não há previsão da presença da presidente Dilma Rousseff. Após a solenidade, haverá um coquetel no próprio Supremo em homenagem a Zavascki.

Teori Albino Zavascki, 64 anos, nasceu em Faxinal dos Guedes (SC), é mestre e doutor em direito processual civil pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Era ministro do STJ desde maio de 2003.

Ele iniciou a carreira em direito em 1971, em Porto Alegre. Foi advogado concursado do Banco Central por sete anos, tendo passado também pela superintendência jurídica do Banco Meridional do Brasil na década de 80.

saiba mais

Zavascki presidiu o Tribunal Regional Federal da 4ª região (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná) de 2001 a 2003 e também atuou como juiz do Tribunal Regional Eleitoral na década de 90. Atualmente, também é professor na Faculdade de Direito da Universidade de Brasília (UnB).
Conhecido pelo perfil discreto e técnico, se especializou em direito tributário. Ex-advogado do Banco Central, Zavascki atua na Primeira Turma e na Primeira Seção do STJ, colegiados especializados em matérias de direito público. Entre as pautas julgadas pelo órgão estão ações judiciais ligadas a servidores públicos, improbidade administrativa e tributos.

STF condena João Paulo Cunha a 9 anos e 4 meses

EFE

Foto: Celso Junior/ Estadão Conteúdo Brasília, 28 nov (EFE).- O Supremo Tribunal Federal (STF) condenou nesta quarta-feira a nove anos e quatro meses de prisão o ex-presidente da Câmara dos Deputados e atual deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro no julgamento do mensalão.

Leia também:
Delator do mensalão foi lacônico ao comentar a pena
Valdemar aparece na Câmara e diz que Paulo Vieira 'o ajudou muito'
STF aplica penas alternativas a ex-secretário do PTB
Roberto Jefferson é condenado a 7 anos e 14 dias em ação do mensalão

Cunha, de 54 anos, chegou a ser candidato do PT à prefeitura de Osasco (SP) nas últimas eleições municipais, mas desistiu depois que o Supremo o declarou culpado por estes crimes, restando a definição das penas.

Segundo a acusação, na época do escândalo do mensalão, o então presidente da Câmara recebeu R$ 50 mil em troca de beneficiar a agência do publicitário Marcos Valério - condenado neste processo a 40 anos de prisão - em contratos com a Casa.

Um dos assuntos que o STF ainda deverá decidir é se Cunha e os deputados federais Valdemar Costa Neto (PR-SP) e Pedro Henry (PP-MT), também condenados por este caso, perderão seus mandatos imediatamente depois do processo.

Essa decisão ficará a cargo do Supremo, que estabelecerá se a perda do mandato é determinada pela própria condenação ou se deve ser discutida e referendada em plenário na Câmara dos Deputados.

Na última sessão destinada às sentenças, a Corte também condenou hoje a sete anos e 14 dias de prisão Roberto Jefferson, ex-deputado e ex-presidente do PTB, que em 2005 denunciou a trama de corrupção.

Além disso, nesta quarta foi condenado a quatro anos o ex-tesoureiro do PTB Emerson Palmieri. EFE

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Prefeito Veveu anuncia novos investimentos no Município

IMG_0563

O Prefeito Veveu falou à imprensa no Paço Municipal na manhã desta segunda-feira, 26 de novembro.

O Prefeito Veveu reuniu a imprensa na segunda-feira, 26 de novembro, quando fez um balanço sobre as reuniões que participou em Brasília, com o Governo Federal, e em Fortaleza, com Governo do Ceará. “Tenho cumprido uma agenda importante para melhorar a vida das pessoas e para garantir novos projetos para Sobral”, afirmou.

Ele anunciou a construção de duas escolas profissionais, a reforma e ampliação da Escola de Formação em Saúde da Família e a inclusão dos projetos de abastecimento de água de Sobral no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Educação

O Prefeito Veveu participou de reunião com o Governador Cid Gomes e os prefeitos cearenses eleitos no dia 20 de novembro. Na ocasião, a Primeira-dama e Secretária Estadual da Educação, Izolda Cela, anunciou um reforço no Programa Alfabetização na Idade Certa (PAIC+4), que estenderá as atividades para os alunos de 3º e 4º ano.

De acordo com o Prefeito Veveu, Sobral terá um reforço também na educação profissional, com mais duas escolas de ensino médio profissionalizante. “Estamos estudando a localização dessas escolas. A minha ideia é que elas sejam construídas na área rural, para capacitar os jovens dos assentamentos com educação profissional agrícola”, afirmou.

Saúde

O Prefeito Veveu anunciou a reforma e ampliação da Escola de Formação em Saúde da Família Visconde de Saboia, com construção de dois pavimentos, com salas de aula, laboratórios e auditório. Os recursos, da ordem de R$2,5 milhões, foram assegurados pelo Município junto ao Governo Federal. “A Escola de Saúde da Família cumpre um papel muito importante: a capacitação permanente dos profissionais que atuam na área da saúde. Isso é essencial quando se fala na humanização do atendimento à população”, explicou o Prefeito.

Abastecimento de água

Já estão assegurados os recursos do PAC para a construção da adutora do Jordão, que resolverá o problema de abastecimento de água na Serra do Rosário, e a ampliação do sistema de abastecimento de água de Jaibaras e da Estação de Tratamento de Água de Sobral. O próximo passo será a licitação desses projetos. “O meu compromisso é 100% de abastecimento de água no Município de Sobral, com 100% de saneamento”, declarou.

Erradicação da Extrema Pobreza

Cerca 7 mil famílias vivem com uma renda mensal per capita de até R$ 70,00. Uma das prioridades do Prefeito Veveu é a erradicação da extrema pobreza em Sobral. Além do fortalecimento da agricultura familiar e das empresas que já estão instaladas em Sobral, o Prefeito Veveu está atraindo novos investimentos, como a TAC Motors, Marcovel e Hope. “A minha luta pelo fortalecimento da base econômica de Sobral tem como foco na erradicação da miséria”, afirmou.

Minha Casa Minha Vida Rural

O Prefeito Veveu pretende iniciar em 2013 o Programa Minha Casa, Minha Vida na Zona Rural de Sobral. Segundo ele, 2.500 famílias vivem em casas de taipa nos Distritos do Município. “São blocos de até 50 casas. Estou lutando e vou levar esse programa para todos os distritos”, disse.

Urbanização e Meio Ambiente

São as prioridades do Prefeito Veveu: a implantação do Jardim Botânico de Sobral, com espécies nativas e área para pesquisa; a criação do Parque Municipal do Junco, com a urbanização do Açude do Javan; a construção da segunda etapa do Parque da Cidade, com a revitalização da Lagoa da Fazenda; a ampliação do Boulevard do Arco, no trecho entre a estação do Metrô de Sobral e o Aeroporto Vírgilio Távora; a urbanização da Lagoa Dr. José Euclides, no bairro Terrenos Novos; e a urbanização do Parque Mucambinho, onde estão sendo construídas 2.084 casas pelo Programa Minha Casa, Minha Vida.

 

Assessoria de Comunicação | Prefeitura de Sobral

(88) 3677-1175 | 3677- 1118

Deputados aprovam descriminalização das rádios comunitárias

 

 

Bruno Marinoni

Observatório do Direito à Comunicação

Foi aprovada pelo plenário da Câmara dos Deputados, no dia 20 (terça), a Medida Provisória n. 575/12, que propõe, entre seus artigos, a descriminalização das rádios comunitárias com potência menor do que 100 kW. Aquelas que excederem esse patamar e não possuírem autorização passam a estar sujeitas a punição que varia entre 6 meses (e não mais um ano) e dois anos de prisão. A proposta tem causado controvérsias e aguarda aprovação do Senado.

Para José Soter, da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço), a mudança prevista é positiva, pois “na situação atual contempla a maioria das emissoras comunitárias” e “pode inclusive facilitar a tramitação de processos em andamento na justiça das rádios de baixa potência que correm nos últimos cinco anos”

Segundo Arthur William, representante da Associação Mundial de Rádios Comunitárias no Brasil (Amarc), a proposta converge com “o entendimento mundial de que rádios de baixa potência não atrapalham outros serviços de comunicação”. Contudo, defende que somente a inclusão desse artigo não é suficiente. “Além da descriminalização, é preciso cair com a desclassificação automática de legalização de rádios que já estejam no ar e também mobilizar o movimento social para aprovar o texto da MP no Senado, onde a conjuntura é menos favorável”, defende.

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) lançou uma nota dirigida à imprensa em que se manifesta “frontalmente contrária à proposta de descriminalização da atividade ilegal de radiodifusão” alegando que haveria comprometimento da administração do espectro radioelétrico e enfraquecimento da atuação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e da Polícia Federal.

O artigo que modifica a Lei Geral de Telecomunicações tem sido alvo de críticas também por ter sido inserido “de contrabando” junto com outras emendas em uma medida provisória que trata especificamente da possibilidade de haver o aporte de recursos públicos durante obras realizadas em regime de parceria público privada (PPP).

--
Manoel Arnoud Peixoto(Bael)
Presidente ABRAÇO NORTE CEARÁ
Empreendedor Social Ashoka

Conselheiro Supl. Amarc Brasil
88 9909 6803 - Fax:88 3643 1044
E-mail: bael.ashoka@gmail.com

UNIVERSITÁRIOS VISITARAM A PRAIA DO PREÁ

 

Cruz. Estudantes do curso universitário de Educação Física e Meio Ambiente da Faculdade IEDUCARE, sábado, 24, estiveram visitando a Praia de Preá, Distrito de Caiçara, Município de Cruz, para realização de aula prática com o objetivo de associar o meio ambiente e o esporte visando o desenvolvimento sustentável. A turma era composta por 45 estudantes de Cruz, Bela Cruz, Marco, Morrinho, Itarema e Jijoca de Jericoacoara, sob a orientação e coordenação do professor Edvaldo Edson Muniz.

clip_image002

Material e Kite Surf

clip_image004

Foi uma aula prática, onde os estudantes visitaram a praia e as dunas, conversaram com nativos, pescadores, lideranças da comunidade e assistiram a uma pequena palestra com Fabio Lima Presidente de uma ONG que trabalha em defesa do Meio Ambiente que falou sobre os métodos usados para conservar a praia limpa e educar os nativos. O Engenheiro Agronomo Antônio dos Santos falou sobre o processo de uso e ocupação do solo na comunidade de Preá e a inclusão na Rota das Emoções e os costumes e as tradições dos povos da comunidade.

Os estudantes quiseram saber como iniciou o processo de habitação da comunidade e porque o nome de Preá dado à comunidade. Fabio Lima explicou que o nome originou-se de um pequeno roedor que existia em abundancia na comunidade conhecida pelo nome de preá (Cavilha aperea), animal de ampla distribuição na América do Sul, do gênero Cavia, família dos cavíideos. Mede 25 cm de comprimento. Possuem pelagem cinzenta, corpo robusto, patas e orelhas curtas, incisivos brancos e cauda ausente.

clip_image006

Prof. Edson e Fabio Lima

Após o almoço, os estudantes deram continuidade aos trabalhos visitando várias localidades da comunidade para conhecer o impacto ambiental provocado pela ação do homem na natureza e assistiram a uma apresentação do esporte Kite Surf, uma modalidade muito praticada na Praia do Preá devido a abundancia dos ventos na maior parte do ano.

A para do Preá fica situada no entorno do Parque Nacional de Jericoacoara, portanto está sujeito a obedecer a determinadas normas de preservação do meio ambiente.

Dr. Lima

Última etapa do Projeto Trabalho Justiça e Cidadania é marcada por apresentações de alunos

Peças teatrais, vídeos, danças, apresentações musicais e paródias marcaram o encerramento do programa Trabalho Justiça e Cidadania (TJC) em 2012. O evento reuniu, na segunda-feira (26/11), cerca de 300 alunos de seis escolas profissionalizantes da rede pública de ensino, no auditório da Universidade Christus, em Fortaleza.
O TJC é realizado pela Associação dos Magistrados do Trabalho da 7ª região (Amatra7) em parceria com o Tribunal Regional do Trabalho de Ceará. Este ano contou com apoio da Secretaria de Educação do Estado Ceará e patrocínio do grupo Vicunha Têxtil e Vulcabrás.
Para uma das coordenadoras do Projeto, a juíza do trabalho Kelly Porto, os cidadãos têm seus direitos lesados por falta desconhecimento. “O conhecimento é poder. É a chave para todas as vitórias que vocês querem para o futuro,” disse a magistrada aos alunos. Segundo a estudante Gabriela Souza, da escola Júlia Giffoni, a experiência valeu a pena. “Foi ótimo, pois logo vou começar o estágio e estarei mais preparada.”
Desde março, estudantes que estão prestes a entrar no mercado de trabalho recebem informações sobre direitos trabalhistas. Na primeira etapa do TJC, foram capacitados cerca 150 professores, coordenadores e dirigentes de escolas para que se tornassem multiplicadores do conhecimento para seus alunos. Eles repassaram noções sobre ética, direitos e cidadania a seus alunos por seis meses.
Em agosto e setembro, juízes do trabalho e outros profissionais de direito visitaram escolas para tirar dúvidas dos estudantes. Na etapa seguinte, os alunos deixaram a sala de aula e foram ao Fórum Autran Nunes conhecer o funcionamento da primeira instância da Justiça do Trabalho do Ceará.
O projeto se encerrou com a apresentação de trabalhos elaborados pelos alunos sobre o conteúdo aprendido em sala e nas unidades da justiça do trabalho. Participaram desta segunda edição do TJC as escolas de ensino médio profissionalizante Mário Alencar, Júlia Giffoni, Joaquim Moreira de Sousa, Paulo Petrola, Maria José de Medeiros e Onélio Porto.
Prêmio: O TJC Cearense é o vencedor do prêmio Anamatra de Direito Humanos de 2012, com o trabalho Comunidade e Direitos Sociais, do professor Clovis Renato Costa Farias. A cerimônia de entrega da 5ª edição do prêmio dado pela Associação Nacional do Magistrados do Trabalho será dia 28 de novembro, em São Paulo.
Mais informações:
Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE)
Assessoria de Comunicação Social
Telefones: 85 33889227 e 33889426
E-mail: csocial@trt7.jus.br
Twitter: @trt7ceara

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

CALOTE

Por Romão Silva

Caros amigos

Tenho o ingrato desprazer de fazer uma coisa que não gostaria de fazer com ninguém. Porém, me sinto na obrigação de cientificar às pessoas que, geralmente são desinformadas, para evitar que sejam tapeadas, assim como eu fui, conforme relato abaixo:

image

Há dois anos atrás, constituí um advogado sobralense, Dr. Francisco Alciedes Ferreira Andrade, para me representar numa ação de Exoneração de Encargos Alimentícios, cujo filho beneficiário da pensão já é maior de 28 anos e quebrou um acordo feito em juízo, de receber a pensão até a conclusão do curso superior que frequentava, na UVA, o qual abandonou o o referido curso, perdendo, desse modo, o direito ao benefício.

Para solucionar tal problema, contratei o mesmo advogado que me defendera antes, por ocasião do acordo feito, já que este conhecia o processo em profundidade, o que, ao meu ver, facilitaria mais a resolução do caso. Ledo engano.

Este, por sua vez, após assinatura da Procuração de praxe exigiu a antecipação dos seus honorários que, após entrarmos em acordo quanto à importância, entreguei-lhe um cheque ao portador.

Acontece que o sr. advogado, Dr. Alciedes, apesar do tempo e de o haver procurado por inúmeras vezes ao longo desse período, tem se justificado com respostas evasivas e desconexas e o que é mais estarrecedor, AINDA NÃO DEU ENTRADA NO PROCESSO.

Ele, quando o encontro, pede que lhe procure, mas, quando vou atrás, ele se esquiva; fica de telefonar e... nadica de nada! E assim vai empurrando com a barriga, só me levando no bico.

Já tentei a OAB secção de Sobral, mas lá só atende com documento, (recibo ou outro equivalente) coisa que ele não me deu. O canhoto do cheque que poderia servir, foi perdido. E assim o tempo vai passando e eu, qual desventurado mendigo urbano, somente recebo “perdoe”.

Certo dia, ao encontrá-lo por um acaso no Beco do Cotovelo, pedi-lhe de volta os documentos inerentes à ação que estão em seu poder, para procurar os serviço de outro profissional do direito e novamente, ouvi desculpas tais como: “não tem juiz, o Judiciário está abarrotado de processos... etc.”. Mesmo assim solicitou-me mais uma semana para dar entrada no processo, no que concordei, dando-lhe, desse modo, mais um voto de confiança, isso há cerca de um mês atrás, e até hoje!

Resumindo: o cidadão nem cumpre seu dever como defensor, não devolve o pagamento junto com os documentos e nem dá satisfações. Assim fica difícil!

Não gostaria, repito, de divulgar tal informação até porque também estou me expondo. Mas, como o que é ruim é da conta de todo mundo, que o mundo tome conhecimento e sirva isto de alerta a todos.

Antônio Romão Silva

CRUZ DESPEDE-SE DO MESTRE LUIS SILVA

Luís Arimatéia de Araújo (Luís Silva), 65, natural de Cruz, faleceu na manhã desta segunda feira, 26, em sua residência, na Rua Pe. Valdery, Centro, Cruz. Deixou uma viúva, quatro filhos e dois netos.

image

Pe. Valdery e Luís Silva

Luís Silva gozava de um grande ciclo de amigos que construiu ao logo de sua vida. Nascido em 03 de janeiro de 1947, iniciou sua atividade como agricultor, mas ao aprender o oficio de pedreiro, passou a trabalhar na cidade de Cruz, onde assumiu a função de Mestre de Obras após a realização dos cursos de Eletricista Predial e Mestre de Obras ofertado pela Prefeitura Municipal de Cruz e ministrado pelo Engenheiro Agrônomo Antônio dos Santos. Construiu o Centro Administrativo de Cruz, várias escolas da rede municipal, a Biblioteca Pública Municipal Dr. Maria Inês de Farias, postos da antiga TELECEARA, praças publicas e o Hospital Municipal D. Maria Muniz. Fez a reforma da Igreja Matriz de São Francisco de Cruz, onde colocou piso de mármore, trabalho que exigia habilidade e domínio de técnica, uma obra que ocupou destaque na área de construção civil em Cruz pela qualidade do trabalho realizado.

Como Católico Praticante fazia parte do coral da igreja tocando em um violão, que mais tarde passou a tocar em um teclado.

Como homem bem relacionado com a comunidade foi eleito para Conselheiro Tutelar, por duas vezes consecutivas, quando realizou um excelente trabalho em defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente ao lado de seus colegas de trabalho.

Luís Silva há tempos que lutava contra um câncer que lhe acometia e chegou a ser submetido a uma cirurgia.

A noticia de seu falecimento surpreendeu a todos os amigos que logo foram a sua residência para acompanhar o funeral que encerrou com a Santa Missa, às 17 hs, no Cemitério São Vicente em Cruz e logo em seguida o seu sepultamento.

Com a nota de falecimento, que foi divulgada no Programa Agronomia em Ação, lida pelo radialista Dr. Lima, a Rádio FM Comunitária 6 de Abril 98,7MHz, encerrou a sua programação oficial e passou a executar uma programação especial durante todo o dia, que iniciou com a apresentadora Camila Marques do Programa Rádio Sucesso.

Dr. Lima

Territórios da Cidadania e da economia-mundo

Bruno Peron

O Portal da Cidadania do governo federal define Territórios da Cidadania como um programa que visa a "promover o desenvolvimento econômico e universalizar programas básicos de cidadania por meio de uma estratégia de desenvolvimento territorial sustentável." (http://www.territoriosdacidadania.gov.br/dotlrn/clubs/territriosrurais/xowiki/oprograma).O governo federal brasileiro lançou este programa de cooperação interinstitucional em 2008, que calhou portanto no período em que começou a especulação da crise financeira mundial.

O Territórios da Cidadania é um programa criado no âmbito da Secretaria de Desenvolvimento Territorial (SDT) do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) que favorece o desenvolvimento de atividades agrícolas em 120 áreas estrategicamente divididas e chamadas Territórios da Cidadania.Estes Territórios criaram-se nalgumas regiões do país onde cálculos estatísticos indicaram que há baixa densidade populacional.

O programa propõe projetos de cooperação entre as instâncias municipais, estaduais e federais no Brasil e envolve 15 Ministério se algumas Secretarias de Governo. Este é precisamente um dos maiores méritos deste programa na medida em que coaduna projetos entre órgãos executivos de áreas diversas.

Cada Ministério terá suas palavras próprias de justificativa dos projetos respectivos: o de Desenvolvimento Social dirá que o programa reduzas desigualdades, o do Desenvolvimento Agrário dirá que o programa aumenta a produtividade no campo, e o da Cultura dirá que os projetos melhoram as condições dos cidadãos rurais de produzir e manifestar suas culturas.

Para o governo federal, renda caminha de mãos dadas com qualidade de vida.

O documento Território da Cidadania Brasil 2008 informa que "Mais de dois milhões de famílias de agricultores familiares, assentados da reforma agrária, quilombolas, indígenas, famílias de pescadores e comunidades tradicionais terão acesso às ações do programa." (http://www.cultura.gov.br/site/wp-content/uploads/2008/02/1574015804-1.pdf).O programa abrange, portanto, segmentos amplos das populações rurais brasileiras. No ano em que se criou - em 2008 -, havia 60 Territórios da Cidadania no mapa do Brasil concentrados nas regiões Norte e Nordeste, que,dois anos depois, aumentaram para 120. Cada Território da Cidadania abrange um grupo de municípios e sua extensão geográfica varia, portanto.

Uma das metas do governo federal é a de reduzir as desigualdades socioeconômicas que distanciam os padrões de desenvolvimento dos brasileiros de outras regiões - inclusive há discrepâncias enormes dentro do mesmo estado - através do apoio ao desenvolvimento da população rural, que em geral é a que mais sofre de escassez de recursos para sobrevivência.

Outro mérito deste programa é o de integrar regiões remotas do país e levar melhor qualidade de vida e maior renda a seus habitantes. É também um mecanismo para aprofundar a participação dos cidadãos em decisões que afetam o desenvolvimento local, regional e nacional. Uma das possibilidades que o Territórios da Cidadania oferece aos cidadãos que almejam deixar sua condição de meia-cidadania é a de "controle público" das ações do governo e controle da realização das obras e dos serviços do Programa através do Portal da Cidadania.

Seguindo o modelo brasileiro, o governo de El Salvador criou um programa similar sob o nome de "Programa Presidencial Territórios de Progreso" em setembro de 2011. Naquele país, as atividades do programa começaram na região denominada "Bahia de Jiquilisco". O presidente salvadorenho Mauricio Funes tem promovido a institucionalização do programa.

Entretanto, é possível tecer algumas críticas ao modelo de desenvolvimento agrário que se aplica no Brasil quando ele não visa somente a promover a agricultura familiar de subsistência e o desenvolvimento local. No afã de integrar a economia brasileira à economia-mundo, o governo por vezes comete alguns deslizes, que nem sempre são intencionados. Um deles é o de que o modelo das cidades deixa de contrastar com o do campo. O desenvolvimento do setor industrial e de serviços nas cidades reproduz-se no modelo de aumento de produtividade agrícola para uma economia agroexportadora competitiva que se tem aplicado em áreas campestres brasileiras. Além disso, cidadania em si é também um conceito urbano que se aplica com ressalvas no campo.

Como acompanhar o desenvolvimento dos 120 Territórios da Cidadania em lugares remotos do país e, portanto, distantes dos centros de decisão em Brasília? Boa parte do empenho está em enviar os recursos financeiros às áreas longínquas para beneficiar os agricultores de menos recursos; uma pequena parte dos esforços está em verificar em que medida o setor rural efetivamente sedes envolve tão somente com dinheiro em vez de transferência de conhecimentos,experiências e técnicas. Portanto, falta equilibrar as ações do governo federal para o êxito deste tipo de Programa.

Há que ter cautela com alguns aspectos do programa que se referem ao aumento de investimento, produtividade, competitividade,desenvolvimento e a tentativa de urbanização de áreas rurais. Por um lado, governo teria mais facilidade de prover os serviços públicos básicos num território coeso; por outro, perde-se de uma vez o controle da urbanização, que transborda a outros territórios. Ainda, é preciso avaliar melhor como estas políticas se relacionam com problemas globais como a escassez de alimentos, as mudanças climáticas e a contaminação atmosférica.

Certos segmentos urbanos brasileiros acreditam estar mais vinculados à decadente Europa e à consumista América do Norte, enquanto os setores rurais pelejam para preservar suas formas de vida e as culturas que as expressam. A industrialização e o aumento de produtividade no campo não é o meio necessário e único para resolver o problema rural. O que se tenta fazer é levar um modelo de desenvolvimento urbano ao campo para evitar que a economia nacional estanque e o país deixe, por tanto, de alardear ao mundo que é a bolada vez.

http://www.brunoperon.com.br

CONFUSÃO DE TRÂNSITO TERMINA COM CONDUTOR DETIDO EM FORTALEZA.

 

 

O filho do ex-ministro se envolveu em um acidente de trânsito no cruzamento das ruas Idelfonso Albano com Costa Barros. Foto: Kamilla Ladeira

O filho do ex-ministro Ciro Gomes foi preso na manhã deste sábado (24) em Fortaleza. Ciro Saboya Ferreira Júnior se envolveu em um acidente de trânsito no cruzamento das ruas Idelfonso Albano com Costa Barros (Aldeota). A polícia foi acionada.
Bafômetro
De acordo com os policiais que efetuaram a prisão, o carro conduzido pelo filho do ex-ministro estava com bebidas alcóolicas e vários copos no interior do carro.
Um agente da Autarquia Municipal de Trânsito disse que Cirinho, como é conhecido, apresentava “sinais de embriaguês”.
“Ele se recusou a fazer o teste o etinômetro, foi realizado o termo de recusa. O veículo dele estava com licenciamento em atraso e foi apreendido e levado para o Detran”, disse Leonardo Duarte, agente da AMC.
Suborno?
Segundo policiais que não quiseram se identificar, Cirinho teria tentado subornar os policiais oferecendo R$40,00 e, por isso, acabou sendo conduzido para o segundo Distrito Policial.
Ciro
Ao ser informado da presença do filho em uma delegacia, Ciro Gomes seguiu para local para acompanhar o depoimento do jovem à polícia.
IML
Da delegacia, o filho do ex-ministro foi encaminhado para a realização de exames no Instituto Médico Legal.
Imprensa
Um major da PM pediu que a imprensa se retirasse do interior da delegacia e ameaçou prender, por desacato, quem permanecesse no local.
Polícia
O delegado Geral da Polícia Civil, Luís Carlos Dantas, e o delegado Andrade Júnior chegaram ao 2ºDP sem falar com os jornalistas. Por volta das 10 horas da manhã, Cirinho foi levado em uma van cinza para realizar exames toxicológicos no Instituto Médico Legal.
Na van cinza, embarcaram, além de Cirinho, o ex-ministro Ciro Gomes e o delegado Luís Carlos Dantas.
Silêncio
A assessoria da Polícia Militar disse que só vai se pronunciar oficialmente sobre o caso na segunda-feira (16). Familiares também evitaram pronunciamentos à imprensa.
Liberado
Após todos os procedimentos, Ciro Júnior foi liberado por volta de 11h30 da manhã.

Com informações do site: Jangadeiro On Line.

Divulgado no blog Sinhá Saboia, do Ivo Zarante

Chefe de gabinete de Dilma em São Paulo mediou reuiniões com criminosos

 

Autor: Eliomar de Lima

“Relatório da Operação Porto Seguro revela que Rosemary Nóvoa de Noronha, chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, intermediou reuniões de “autoridades públicas” com integrantes da organização criminosa que corrompia servidores para emissão fraudulenta de pareceres técnicos. O documento assinala que Rosemary promoveu encontro “do governador da Bahia para Alípio Gusmão e César Floriano”.

Alípio Gusmão é conselheiro da Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa). Carlos César Floriano, empresário, foi preso sexta-feira pela Polícia Federal em São Paulo e indiciado formalmente por corrupção ativa. A PF imputa a ele papel de destaque no grupo que pagava até R$ 300 mil por laudo forjado e se infiltrou em três agências reguladoras, no Tribunal de Contas da União, na Advocacia-Geral da União, na Secretaria do Patrimônio da União e no Ministério da Educação.

A PF coloca Rosemary no mesmo plano do grupo que foi indiciado por formação de quadrilha – dois servidores da Agência Nacional de Águas (ANA) e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), três advogados e um empresário. Todos estão presos. Dilma decidiu exonerar Rosemary após a operação da PF, que enquadrou criminalmente a escolhida de Lula em dois crimes: corrupção passiva e tráfico de influência.

A PF destaca que Rosemary, “valendo-se do cargo de chefe de gabinete da Presidência da República”, atendia interesses de Paulo Rodrigues Vieira, nomeado pelo ex-presidente Lula diretor de Hidrologia da Agência Nacional de Águas (ANA). Vieira é apontado como cabeça da organização e foi indiciado por corrupção, tráfico de influência, falsidade ideológica e falsificação de documento.

A Porto Seguro prendeu seis investigados. A Justiça autorizou a força tarefa a vasculhar os escritórios de Rosemary e do ministro adjunto da Advocacia-Geral da União (AGU), José Weber Holanda Alves, sob suspeita de ligação com a quadrilha. Ele também será exonerado.”

Começa em Doha, no Catar, a Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas

Carolina Gonçalves
Repórter da Agência Brasil
Brasília - As enchentes e secas extremas que têm afetado várias regiões no mundo e os fenômenos naturais, como maremotos, cada vez mais frequentes, voltam a ocupar, a partir de hoje (26), o centro das preocupações de técnicos, especialistas e autoridades de quase 200 países. Reunidos em Doha, capital do Catar, negociadores de todo o mundo querem chegar a um consenso sobre o que precisa ser efetivamente adotado para minimizar os efeitos provocados pelas fortes mudanças de temperatura do planeta.

Durante a 18ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP18), as delegações de várias partes do mundo tentarão definir novos compromissos, a fim de dar sequência a uma série de esforços que vêm sendo feitos desde 1992. As expectativas em relação ao evento recaem quase exclusivamente sobre esse ponto: o que cada economia está disposta a fazer, a partir de janeiro do ano que vem, para continuar os esforços pela redução das emissões de gases de efeito estufa.

Os primeiros compromissos foram assumidos quando as nações signatárias do Protocolo de Quioto, que começou a valer há cinco anos, definiram metas obrigatórias, no caso de países desenvolvidos, ou voluntárias, entre as nações em desenvolvimento. Apesar de o tratado que define metas e limites de emissão de gases de efeito estufa para os países desenvolvidos expirar no fim deste ano, as medidas ainda estão longe dos resultados esperados.

Levantamentos de organismos internacionais e do órgão das Nações Unidas responsável pelo debate sobre meio ambiente (Pnuma) têm apontado que as ações ainda não foram suficientes para reduzir essas emissões nocivas ao Planeta. O Pnuma mostrou que a concentração de gases de efeito estufa, como o dióxido de carbono, aumentou 20% desde 2000.

Pesquisadores do Banco Mundial e da Organização Meteorológica Mundial também têm alertando que, caso não adote ações mais ambiciosas e austeras, a comunidade internacional não irá alcançar a meta estipulada como ideal pelos cientistas. Diante da emergência apontada pelos estudos recentes, os países se comprometeram a adotar medidas para manter a elevação da temperatura do planeta abaixo dos dois graus centígrados.

O desafio será chegar a um acordo imediato para manter metas que reposicionem os países nessa direção, adotando medidas rigorosas em suas economias. Em meio ao debate, será preciso definir, por exemplo, se os países do Leste Europeu podem usar, para maiores emissões, a margem que conquistaram por ter emitido menos, nos últimos anos, quando a recessão enfrentada por essas economias reduziu o ritmo das fábricas, mantendo os níveis de poluição atmosférica abaixo do estipulado.

Além disso, os negociadores devem retomar os debates sobre o Fundo Verde e a regulamentação internacional de uma compensação para países em desenvolvimento que reduzem as emissões de gases de efeito estufa, conhecido como Redd – sigla que define a Redução das Emissões Geradas com Desmatamento e Degradação Florestal nos Países em Desenvolvimento. O mecanismo tem dividido as atenções nos debates sobre clima.

domingo, 25 de novembro de 2012

Sobral tem dessas coisas sim.

Sobral tem uma casa de apoio aos viciados de drogas

A casa foi doada para os usuários de drogas

A cidade de Sobral pode se orgulhar, atualmente existe na cidade uma casa que serve de apoio a quem é usuário de drogas e não quer largar o vício. O imóvel fica situado na antiga Praça João Pessoa, e segundo os moradores que já estão cansando de denunciar, o local serve de abrigo para quem quer fumar uma pedrinha de crack, fazer sexo e não gosta de ser incomodado com a presença da polícia.

O prédio que pelo aspecto paisagístico e Patrimônio Histórico da cidade foi entregue aos marginais pelos proprietários que não demonstra nenhum tipo de interesse pelo imóvel que deveria ser orgulho para quem adquiriu.

A Casa de apoio a quem não quer deixar de lado a droga, está aberto 24 horas do dia, e no final de semana também, é como se fosse uma espécie de cracolândia.

A preocupação agora dos moradores é que o local está servindo de apoio ao delinquentes de praticam pequenos furtos nas imediações e se dirigem para lá para repartir o lucro.

Por WILSON GOMES

Os gringos adoram a Praia do Preá

DSCF1281

DSCF1283

Ao meio dia de hoje fui tomar um banho de mar na praia do Preá, o visual era lindo, as pipas no ar e areia maravilhosa. Casais estrangeiros, assim como os solteiros também, fazem a festa com o Sol, os ventos e as ondas agitadas do Preá. Estas fotos foram feitas por volta das onze horas.

sábado, 24 de novembro de 2012

CULTURA E HISTÓRIA

 

Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – Http://luizcarlosamorim.blogspot.com

Muitas coisas têm me encantado nestas visitas a países da Europa, como Portugal, França, Itália, Espanha, Suíça. Mas uma coisa que não posso deixar de notar é a quantidade de livrarias na França, na Itália, em Portugal. Aqui na Suíça também vi livrarias e me impressionei com um sebo na calçada, imenso, parecia uma feira do livro. Em Portugal existem livrarias que atravessam uma quadra inteirinha. São enormes, um paraíso para bons leitores. Na França também são muitas delas. Na Itália, até em Veneza elas são numerosas. Em algumas das vielas vi diversas, uma ao lado da outra. Numa feirinha, tipo mercado de pulgas, havia muitas bancas de livros.

Em Roma, ao lado do nosso hotel havia uma e, na volta do jantar, à noite, havia como que um auditório nela e um clube de leitura estava em plena atividade. Então leitura é uma coisa que faz parte do dia a dia das pessoas de todos esses países e pode ser até que o número de livrarias não pareça muito grande para quem vive neles, mas comparado ao que temos no Brasil, a diferença é gritante.

Cultura é um diferencial por aqui, com certeza. A história secular de algumas cidades, milenar, até, como o caso de Roma e Veneza e algumas outras, é uma coisa que marca a gente. Não há como andar em Veneza sem pensar que estamos pisando em chão que foi pisado por personagens dos mais importantes da história do mundo.

A cultura que se respira, que se pode testemunhar em lugares históricos, em cidades e monumentos tombados como patrimônios da humanidade é uma coisa que impressiona sobremaneira.

A viagem de trem, de Roma para Genebra é de uma beleza indescritível. As vinhas, em Montreau, Sion e outras cidades pelo caminho, lembram o Douro, em Portugal. Mas há lagos, há rios, há os picos nevados, há a arquitetura, há também as árvores que aqui ficam com as folhas mais amarelas do que em Portugal, França e Itália.

Viver essas visões, essas sensações, absorver toda essa beleza e toda essa informação e toda essa cultura não tem preço. É uma experiência única.

Trabalhador vai receber hora extra por tempo gasto em ônibus da empresa

A Terceira Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE) condenou a empresa Bananas do Nordeste S/A (Banesa) a pagar duas horas extras diárias a um trabalhador de Limoeiro do Norte. O tempo era utilizado no deslocamento do empregado de sua casa até a fazenda da empresa, local de difícil acesso e sem oferta de transporte coletivo. O transporte era fornecido pela agropecuária.
A Banesa argumentava que normas firmadas em convenções coletivas excluíam a obrigação de a empresa pagar horas extras referentes a deslocamentos inferiores a uma hora. Como o trabalhador gastava uma hora para ir ao trabalho e outra para voltar para casa, o pedido de reconhecimento de horas extras era indevido.
Já defesa do trabalhador sustentava que a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) impede empresas de definirem normas relativas às horas utilizadas em deslocamentos.
“As normas coletivamente negociadas apresentam, invariavelmente, condições mais benéficas do que aquelas garantidas na legislação trabalhistas”, esclareceu o desembargador-relator José Antonio Parente. Ele também lembrou que a Constituição Federal de 1988 admite apenas duas exceções a essa regra: a compensação de horários ou redução de jornadas e a redução salarial.
O desembargador-relator destacou em seu acórdão que as negociações coletivas foram criadas como forma de o trabalhador obter vantagens da classe patronal. As chamadas horas in itinere estão entre as garantias mínimas asseguradas por lei ao trabalhador. Elas são caracterizadas por serem aquelas utilizadas pelo trabalhador de sua casa ao emprego, quando trabalha em local de difícil acesso que não possua transporte público e quando a locomoção é feita em condução fornecida pela empresa.
Decisão: O trabalhador vai receber horas extras referentes a 120 minutos diários calculadas entre janeiro de 2007 a agosto de 2010. A decisão tomada por maioria pela Terceira Turma do TRT/CE reforma decisão anterior tomada pela vara do trabalho, que deferia horas extras apenas no período não compreendido pela validade das normas coletivas.
Processo relacionado: 000585-80.2011.5.07.0023
Mais informações:
Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE)
Assessoria de Comunicação Social
Telefones: 85 33889227 e 33889426
E-mail: csocial@trt7.jus.br
Twitter: @trt7ceara

ABERT reage à MP que descriminaliza rádios e TVs ilegais

Operar ilegalmente uma rádio ou televisão, com potência de até 100 watts, pode deixar de ser crime no país. A mudança, considerada “gravíssima” pela ABERT, foi aprovada no plenário da Câmara dos Deputados, na última terça-feira, 20, na medida provisória n° 575, que trata de normas para licitação e contratação de Parcerias Público-Privadas (PPP).
Relatada pelo senador Sérgio Souza (PMDB-PR), a MP ainda precisa ser votada pelo Senado antes de encaminhada à Presidência da República. Além de só considerar crime a operação acima de 100 watts, a emenda também reduz a pena de detenção para o mínimo de seis meses e o máximo de dois anos, sem agravantes, como na lei atual.
A ABERT reagiu duramente à proposta por avaliar que, se aprovada, será um “estímulo à proliferação de emissoras clandestinas” e “comprometerá, irremediavelmente, a organização e administração do espectro radioelétrico no Brasil”. Nesta quinta-feira, a entidade levou ao secretário de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, Genildo Lins, subsídios técnicos e jurídicos sobre o assunto.
A proposta altera o artigo de nº 70 da lei nº 4.117, que instituiu o Código Brasileiro de Telecomunicações. Hoje, é considerado crime operar em radiodifusão sem outorga, com pena de um a dois anos de prisão, aumentada a metade se houver dano a terceiros. Em reação à medida, a ABERT também divulgou na quarta-feira, 21, uma nota recomendando a revisão do texto no Senado ou mesmo o veto pela presidente Dilma Rousseff.
“É fundamental existir um instrumento de coerção à radiodifusão ilegal no país. Se este for retirado, será um verdadeiro retrocesso na legislação e um estímulo à pirataria no setor”, afirma o presidente da ABERT, Daniel Slaviero.
Na sua avaliação, a atuação da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) no combate a transmissões clandestinas seria enfraquecida e a participação da Polícia Federal nas operações de fiscalização ficaria inviabilizada com a nova regra.

“Precisamos eliminar esse equívoco e ser rigorosos com a radiodifusão ilegal, sobretudo no momento em que os órgãos reguladores têm se esforçado cada vez mais para racionalizar o uso do espectro radioelétrico, um bem público, finito e cada vez mais disputado por diferentes serviços”, diz Slaviero.
Foto: Senador Sérgio Souza (PMDB-PR)/ Agência Senado

Assessoria de Comunicação da Abert

O fim do casamento


De uns tempos para cá a igreja católica vem dando especial atenção aos
casais em segunda união. O número de separações cresceu muito,
evidenciando que as pessoas encontram dificuldade em manter um
relacionamento que perdure no tempo. As causas para isso são inúmeras, e
acho complicado julgar quem quer que seja; tendo em vista que somente os
envolvidos conseguem avaliar exatamente como se sentem em relação à
situação conjugal, de que forma são tratados, e o quanto isso contribui
para o crescimento mútuo ou para o empobrecimento da autoestima,
surgimento da depressão ou outros transtornos de ordem psicológica e
emocional.
A cada fase do relacionamento afetivo temos desafios a enfrentar. Quando
se é jovem, talvez uma das coisas mais difíceis seja romper os laços com a
família anterior e sua influência, assumindo a vida de casados: “o homem
deixa pai e mãe e se une à sua mulher” (Gn 2, 24a). As primeiras
adaptações são dolorosas porque cada qual tem o seu costume; foram criados
em famílias diferentes, com prioridades diversas. Passam a assumir muitas
responsabilidades que aumentam cada vez mais, principalmente após o
nascimento dos filhos. Vai se delineando a forma como o casal
preferencialmente se relaciona. Alguns “entre tapas e beijos”, outros
“cedendo sempre”, muitos “abrindo mão de seus gostos e desejos”. Aquele
amor, aquela paixão inicial, vai dando lugar à acomodação. Passamos para
outra fase do relacionamento.
Vencidos os desafios iniciais, no momento em que se encontram
aparentemente estabilizados, os filhos crescidos, a vida mais organizada;
percebem que já não são marido e mulher há muito tempo. Viraram irmãos,
mãe e filho, pai e filha, parentes. O calor que existia no início e
aquecia as noites frias não existe mais. Existe apenas uma companhia (nem
sempre agradável) que nos recorda sermos casados.
Às vezes, a constatação dessa mudança, por incrível que pareça, é
unilateral. Alguém está muito bem; comodamente desfrutando das benesses
que acabou angariando com a estruturação do modelo conjugal adotado pelo
casal ao longo dos anos. Enquanto isso, alguém está muito mal; sofrendo
com a condição que acabou lhe sendo imposta pelo desgaste da relação a
dois. Ora, algo precisa ser feito para que não aconteça o pior e
sobrevenha a ruptura.
Mas, e quando a voz de um não é ouvida pelo outro? Quando a irritação, a
depressão e o abandono não são percebidos? Quando os sinais do desgaste
não são notados porque está bom demais para um e ruim demais para o outro?
Aí, infelizmente, é o fim do casamento. E não adianta prantear querendo
ressuscitar algo que se foi. Não queira julgar ou arrumar culpados para um
problema que nasceu no seio de um arranjo conjugal mal sucedido. Não dá
para manter um relacionamento em que apenas uma das partes vive com
satisfação. Isso pode até acontecer, mas já não é matrimônio. Assemelha-se
mais à prisão ou manicômio. Quem quiser preservar seu casamento mantenha
os olhos e ouvidos bem abertos, a sua conduta flexível e o seu coração
apaixonado.
Maria Regina Canhos Vicentin (e.mail: contato@mariaregina.com.br) é
escritora.
O site da autora: www.mariaregina.com.br.

SEMANA AGITADA NO MUNICÍPIO DE CRUZ

 

Cruz. Esta semana foi marcada por muitos acidentes e acontecimentos que deixaram as pessoas bastante apreensivas na sede e zona rural do município de Cruz.

· Na localidade de Solidão, um jovem de 17 anos, por nome de Edilson faleceu vitima de uma queda de moto, fato registrado sábado, 17, na estará da Lagoa dos Monteiros.

· Em Jijoca de Jericoacoara um motoqueiro bateu de frente em uma carreta e faleceu no local, dia, 17, sábado.

· clip_image002

Na sede do município, uma jovem de 16 anos faleceu vítima de enforcamento, terça feira, dia 20. Morte por enforcamento tem sido uma opção para muitas pessoas desta região que não pretendem mais continuar vivendo. As causas continuam sendo um mistério. São vitimas jovens, idosos, solteiros, casados, homens e mulheres.

· Na Vila de Caiçara, quinta feira, 15, a Casa Paroquial da Vila de Caiçara foi visitada por um amigo do alheio que levou R$ 300,00, um som e um notebook. O elemento conhecido por Igo, já devolveu o notebook e está sendo investigado sobre outros objetos que foram subtraídos. Após negar várias vezes a pratica criminosa, resolveu confessar o crime, mas ainda teve a cara de pau de pedir R$ 100,00 a dona do notebook para recuperá-lo, pois alegou que tinha comprado de outro elemento e que já tinha vendido e precisava devolver o dinheiro para receber o aparelho.

· Na localidade de Formosa, um pequeno comércio foi assaltado pela segunda vez em poucos dias. O meliante já foi identificado.

· clip_image004

Na Praia do Preá, a Locadora ONDA.Com, foi visitada por malandros da vizinha localidade de Formosa que levaram R$ 1.000,00. Os três elementos já foram identificados e confessaram o crime, alegando que estavam passando necessidade. Foi registrado BO, prometerem devolver a quantia, mas até o presente nada aconteceu. Agora, o caso será levado para a justiça.

· Em Jijoca de Jericoacoara, 22, uma senhora foi atropelada no centro da cidade por uma carreta e teve morte no local.

· clip_image006

Na Praia do Preá, até o presente, nada tem sido feito no sentido de organizar a comunidade para entregar ao novo administrador. Pelo visto e entendido, o novo mandatário irá receber uma comunidade cheia de lixo, praça deteriorada, ruas escuras, prédios escolares pedindo socorro e os sanitários públicos sem nenhuma condição de uso com os animais pastando na Praça São Pedro, no centro da comunidade.

· Na Vila de Caiçara, O SENAR está realizando dois cursos, sendo um de Condutor de Trilhas e outro de Gestor de Pequenas Pousadas e Hotéis. São 40 participantes e o curso está sendo ministrado pela professora Andra Geysa nos horários da tarde e noite.

Em tempo: As fotos de cima para baixo: Igreja de São Francisco da Vila de Caiçara; Praia do Preá e cursistas do curso de Gestor de Pequenos Hotéis e Pousadas com destaque para as instrutoras Andrea Geysa (blusa listrada) e Alesandra (com craxá). Dr.Lima

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Dilma assina promoção da primeira mulher a posto de oficial superior nas Forças Armadas

A presidenta Dilma Rousseff assinou nesta sexta-feira (23) a promoção da primeira mulher a alcançar o posto de oficial superior nas Forças Armadas. A integrante da Marinha, Dalva Maria Carvalho Mendes, foi promovida de capitã de mar e guerra para contra-almirante, terceiro posto mais importante da força.

Formada em Medicina, com especialização em anestesiologista, a contra-almirante Dalva ingressou na Marinha em 1981, na primeira turma do Corpo Auxiliar Feminino de Oficiais. Durante quase toda sua carreira trabalhou no Hospital Naval Marcílio Dias, no Rio de Janeiro, chegando ao cargo de vice-diretora. Atualmente é diretora da Policlínica Naval Nossa Senhora da Glória. A contra-almirante tem ainda curso de Política e Estratégia Marítima da Escola de Guerra Naval.

A promoção da contra-almirante Dalva foi assinada durante reunião entre a presidenta Dilma Rousseff e o ministro da Defesa, Celso Amorim. Também foram assinadas as promoções de outros militares. Ainda não foi definida a data da cerimônia de apresentação dos promovidos à presidenta Dilma.

(Agência Brasil)

Do blog do Eliomar de Lima

LEÔNIDAS CRISTINO LEVA CHAMADA DA PRESIDENTE DILMA

 

O ministro Leônidas Cristino entrou em rota de colisão com o governador Cid Gomes. Primeiro, Cid se recusou a comparecer ao seminário internacional sobre portos promovido por Leônidas que foi aberto na quarta-feira. Outro foco de atrito entre o ministro dos Portos e o Palácio da Abolição é que o secretário de Infraestrutura, Adail Fontenele, sequer foi convidado para o evento. Se não bastasse os problemas com Cid, o ministro Leônidas que abandonou o seminário e foi embora de volta para Brasília ainda na quarta. Hoje, a presidente Dilma convocou-o para um encontro no Palácio do Planalto. Dilma não gostou desse evento ter sido realizado em Fortaleza com o objetivo de fortalecer a candidatura de Leônidas ao Governo do Ceará. Leônidas Cristino ficou sozinho nesse seu sonho de ser candidato ao Governo do Ceará. Não teve respaldo do governador Cid e agora corre o risco de ser demitido devido a ameaça da eclosão de um escândalo nas obras de reforma do porto do Mucuripe, em Fortaleza. (Do Blog do Roberto Moreira)

Por Macário Batista

MEC divulga resultado do Enem 2011 por escolas; entre as 100 mais bem colocadas 10 são públicas

Por Heloisa Cristaldo, da Agência Brasil | Yahoo! Brasil

Entre as 100 escolas mais bem colocadas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2011, dez são públicas: duas estaduais e oito federais. As notas por instituição foram divulgadas hoje (22) pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante.
Leia mais:
Mercadante recomenda cautela em análise de ranking de escolas pelo Enem

Com o oitavo lugar, o Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa obteve o melhor resultado entre as públicas. Depois veio o Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), na 29ª colocação, e o Instituto Federal do Espírito Santo, em Vitória, no 40º lugar.
O Colégio Objetivo Integrado, escola particular localizada em São Paulo, ficou com a melhor nota do Enem do ano passado.
Para Mercadante, o resultado não pode ser considerado como ranking das melhores escolas de ensino médio do país. “O Enem não é um ranking de avaliação entre escolas, é uma avaliação dos alunos, dos estudantes. É insuficiente como avaliação do estabelecimento escolar”, ressaltou o ministro.
Foram consideradas 10.076 escolas, o que corresponde a 40,56% do total de instituições. A divulgação das notas considerou as escolas em que pelo menos 50% dos alunos concluintes do ensino médio participaram do exame em 2011 e as instituições de ensino com um mínimo de dez alunos no último ano do ensino médio. A nota corresponde à média das quatro provas objetivas do Enem (ciências da natureza, linguagens, matemática e ciências humanas). No ranking do ano passado não foi considerada a nota da prova de redação.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

image001 (1)

Brasil vence nos pênaltis e fatura Superclássico

Por Demétrio Vecchioli | Estadão Conte

  • Jogadores do Brasil comemoram a conquista do Superclássico das Américas, após vitória na decisão por pênaltis contra a Argentina, no Estádio La Bombonera, em Buenos Aires, na Argentina, nesta quarta- feira.

    Estadão Conteúdo - Jogadores do Brasil comemoram a conquista do Superclássico das Américas, após vitória na decisão por pênaltis contra a Argentina, no Estádio La Bombonera, em Buenos Aires, na Argentina, nesta …mais quarta- feira. menos

Brasil e Argentina fizeram, nesta quarta-feira, durante 75 minutos, um dos piores clássicos da história. Depois, foram três gols em pouco tempo e vitória argentina por 2 a 1 na Bombonera levando a decisão do Superclássico das Américas para os pênaltis, uma vez que foi repetido o placar de Goiânia. Montillo e Martínez erraram e, como só Carlinhos desperdiçou para o time verde-amarelo, o título acabou ficando com o Brasil, por 4 a 3. Neymar, que errara a cobrança contra a Colômbia, quarta-feira passada, converteu o pênalti decisivo em Buenos Aires.

Foram 75 minutos de um futebol que não chegava aos pés da tradição de Argentina e Brasil. Até que Mano Menezes inventou o volante Jean na lateral-direita. O jogador do Fluminense desarmou Martínez fora da área e o árbitro viu um pênalti inexistente. No minuto seguinte, Jean errou um chute, a bola chegou até Fred, que também errou, mas mesmo assim conseguiu empatar.

A Argentina estava mais disposta e chegou ao gol da vitória no tempo normal aos 45 minutos, quando Scocco, substituto do apagadíssimo palmeirense Barcos, fez o segundo dele na partida.

O JOGO - Jogando pelo empate, Mano Menezes escolheu fechar o time. Começou com três volantes (Paulinho, Arouca e Ralf) e na armação apenas Thiago Neves, que uma semana atrás era ponta-direita na seleção. Convocados sempre, Jefferson e Leandro Damião ficaram no banco para que o treinador atendesse à opinião pública e escalasse Diego Cavalieri e Fred no time titular.

Mas a grande surpresa foi Durval, 32 anos, estreando na seleção brasileira como titular. E foi exatamente num erro de marcação do veterano que a Argentina criou sua primeira chance, com Sebá cabeceando livre no segundo pau e mandando para fora.

O Brasil dependia quase que completamente de Neymar. E o santista queria mostrar serviço (no primeiro tempo). Aos 12, ele deu linda arrancada, daquelas para fazer o gol mais bonito do ano, mas teve o passe para Fred interceptado pela zaga. Mas quando teve a chance de marcar um golaço, Neymar errou. Arouca fez jogada pelo meio, como armador, e viu o companheiro livre na esquerda. O craque tentou encobrir o goleiro, na jogada habitual de Messi, mas mandou por cima.

Já a Argentina, com os "brasileiros" Montillo, Barcos e Martínez na frente, assustou pouco Cavalieri. Destaque para belo voleio de Martínez, que passou à direita do gol, e para um chute de Sebá desde antes do meio-campo. Cavalieri, adiantado, ficou torcendo para a bola ir para fora. Seria um gol antológico.

Apesar das tentativas de golaços, o jogo era ruim. Mas os técnicos não pareciam pensar assim, tanto que não mudaram seus times no intervalo. A primeira mexida foi só aos 16, com Carlinhos no lugar de Fábio Santos. Depois, Jean entrou no lugar de Arouca.

O volante do Fluminense, em sua primeira chance na seleção, ficou apenas cinco minutos na posição de origem. O mesmo jogador que comemorou o título do Brasileirão celebrando a chance de atuar no meio e não mais na lateral, como era no São Paulo, logo foi deslocado para a direita, porque Lucas Marques saiu para entrar Bernard.

O jogo seguia sem graça nenhuma até que Jean desarmou Martínez pouco antes da grande área, mas o árbitro viu uma falta inexiste e, pior, dentro da área. Pênalti que Scocco bateu muitíssimo bem, sem chances para Cavalieri, no ângulo direito.

Sorte do árbitro chileno Enrique Osses e de Jean que o Brasil achou um gol logo depois. Jean tentou da entrada da área e pegou muito mal na bola. Ela foi em direção a Fred, na pequena área. O centroavante também não acertou do jeito que queria, mas a bola acabou indo para o fundo do gol argentino.

No último minuto, porém, a Argentina marcou o segundo. Montillo fez jogada individual pelo meio, foi travado, mas conseguiu tocar para Scocco, livre, definir a vitória no tempo normal.

Nos pênaltis, Cavalieri começou pegando a batida ruim do corintiano Martínez. Montillo, que havia vazado o goleiro no sábado, de pênalti, no Brasileirão, quis mudar o canto e bateu por cima do gol. Jogadores do Flu, Thiago Neves e Jean marcaram, mas Carlinhos bateu mal e permitiu a defesa de Órion.

Não deu para Cavalieri diante de Sebá e Scocco, que bateram no ângulo. Com tranquilidade, Fred fez o dele e jogou pressão sobre Orión, próximo argentino a cobrar. Mas o goleiro do Boca bateu com perfeição, com força, no ângulo esquerdo, mais uma vez sem chances de defesa.

Aí veio Neymar. Uma semana depois de errar um pênalti no amistoso contra a Colômbia, o jogador santista deslocou Orión, bateu no canto direito baixo, e definiu a vitória.

FICHA TÉCNICA:

ARGENTINA 2 X 1 BRASIL

ARGENTINA - Orión; Lisandro López, Sebá, Desábato e Peruzzi; Cerro (Ahumada), Guiñazu, Vangioni e Montillo; Barcos (Scocco) e Martínez. Técnico - Alejandro Sabella.

BRASIL - Diego Cavalieri; Lucas Marques (Bernard), Réver, Durval e Fábio Santos (Carlinhos); Ralf, Paulinho, Arouca (Jean) e Thiago Neves; Neymar e Fred. Técnico - Mano Menezes.

GOL - Scocco, de pênalti, aos 36, e aos 45, e Fred, aos 38, minutos do segundo tempo.

PÊNALTIS - Thiago Neves, Jean, Fred e Neymar, para o Brasil, e Sebá, Scocco e Orión, para a Argentina.

ÁRBITRO - Enrique Ossés (Chile).

CARTÕES AMARELOS - Guinãzu, Fred e Réver.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio de La Bombonera, em Buenos Aires.

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

ROTARY CLUB DE SOBRAL- no PROGRAMA DO IVAN FROTA

312

O Rotary Club de Sobral esteve reunido no Beco do Cotovelo, no “Programa Radiofônico –SHOW DO IVAN FROTA, no último 10 de novembro, quando fez a doação de lençóis para o Pavilhão São Joaquim, da Santa Casa de Misericórdia de Sobral, e frascos de vidro, com tampa plástica, para o Banco de Leite humano do PROJETO TREVO DE QUATRO FOLHAS, da Secretaria de Saúde de Sobral.

Para a Santa Casa foram destinados os lençóis, pois é grande a demanda deste material, bem como, há grande desgaste das peças, em decorrência da grande utilização, no serviço hospitalar.O Banco de Leite humano do Projeto 4 Folhas utilizará os frascos, doados pelo Rotary, para o processo de colheita do leite doado por voluntárias e para a pasteurização do obtido, com a sequência das etapas de armazenamento e utilização nas crianças necessitadas.

Estiveram presentes ao ato, os representantes da Santa Casa Sra. Ana Helena e o Sr. Edmar Cisne e a Enfermeira Júlia do Projeto do Banco de Leite.

Por: Vicente Neto, Presidente do RC/Sobral

Dr. Vicente Paulo Ponte Neto
Prótese e Implante Dentário
Av. Lucia Saboia - 823 - sala 02
Fone: 3611-02.04

Petistas participam de manifestação pelos direitos de trabalhadores domésticos

 

No Dia Nacional da Consciência Negra, 20 de novembro, deputados e deputadas petistas chamaram a atenção para a importância da aprovação imediata da proposta de emenda à Constituição (PEC 478/10) que muda as relações de trabalho de 7,2 milhões de brasileiras, em sua maioria, mulheres negras. Apelidada de PEC dos Trabalhadores Domésticos, a proposta revoga o artigo 7º da Constituição Federal, para estabelecer a igualdade de direitos entre os empregados domésticos e demais trabalhadores urbanos e rurais.

Vestidos de aventais, os petistas participaram no hall da Taquigrafia da Câmara de manifestação promovida pela Comissão de Direitos Humanos (CDH), em parceria com centrais sindicais e movimentos sociais. Em seguida, foram ao plenário da Casa, onde receberam o apoio da vice-presidente da Câmara, Rose de Freitas (PMDB-ES), que presidia a sessão naquele momento. A reivindicação é a de que a PEC seja incluída na pauta para ser votada ainda esta semana em plenário.

A deputada Janete Rocha Pietá (PT-SP), militante da causa negra e coordenadora da Bancada Feminina da Câmara, avaliou que a manifestação foi carregada de simbolismo por ocorrer justamente no dia em que o País rendeu homenagens a Zumbi dos Palmares. “Dos 7,2 milhões de empregados domésticos, 6,7 milhões são de mulheres negras, e a PEC vem para regularizar uma situação que muitas vezes se assemelha à de escravidão”, disse.

A deputada Benedita da Silva (PT-RJ), relatora da PEC na comissão especial que analisou a proposta, recordou que a luta das empregadas domésticas data da época da Constituinte e que, embora não tenha garantido a totalidade de direitos às trabalhadoras domésticas, foi de grande relevância histórica. “Só as empregadas domésticas sabem a grande conquista que representou incluir aqueles direitos na Constituição. Agora, estamos numa segunda etapa e contamos com mais parceiros e aliados”, disse.

Para a deputada Erika Kokay (PT-DF), vice-presidente da CDH, a PEC 478 acaba com um “corpo estranho” numa Constituição que tem por fundamento a dignidade da pessoa humana. “De uma só vez, a proposta enfrenta a questão da discriminação do trabalhador, da desigualdade de gênero e da desigualdade étnica”, afirmou.

Também participaram da manifestação os petistas Amauri Teixeira (BA), Antônio Carlos Biffi (MS), Domingos Dutra (MA), Fátima Bezerra (PB), Fernando Ferro (PE), Fernando Marroni (RS), Iriny Lopes (ES), João Paulo Lima (PE) e Marcon (RS).

Fonte: PT na Câmara

Danilo Neves: A luta pela recuperação da voz

 

Pensemos nós, como profissional que usa a voz como instrumento de trabalho, e hoje não poder usá-la, pois se encontra doente, tão doente, que resolveu se calar! Pois bem esse é o dilema vivido pelo companheiro Danilo Neves, que há mais de 11 anos luta para vencer a batalha contra uma fase aguda chamada de Pênfigo Vulgar.

A luta pela doença levou Danilo Neves ao radialismo. Não demorou muito tempo e as cordas vocais foram afetadas, obrigando o profissional dividir seu tempo entre a comunicação e o tratamento.No meio desse percurso surgiu a vontadade de participar da política, sendo candidato a vereador por duas vezes, mas obteve o sucesso de ser eleito.

Atualmente Danilo Neves, está sem poder falar, recebe os amigos em casa, mas a comunicação é feita através de gestos e de escrita. Em busca de um tratamento de possa recuperar a voz do profissional Danilo Neves, os radialistas estão engajados em realizar uma campanha solidária, na buscar de suporte financeiro que garanta a realização de uma cirurgia. Na noite de terça-feira, Danilo Neves, recebeu a visita do delegado sindical da classe, Araújo Pachelle, que foi em busca de mais informações sobre a doença, o tratamento e a cirurgia.

No Face book, Danilo Neves tem agradecido as visitas recebidas: "Obrigado aos amigos do rádio pelas visitas e pelos movimentos de solidariedade. Hoje foi um dia muito especial, como foram todos os dias da minha vida. Mas hoje revi amigo que há muito tempo eu não os via.E um prazer muito que tenho de ter feito amigos no rádio. Tenho certeza que Deus não vai deixar calar minha voz... Valeu turma!"

Postado por WILSON GOMES

Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito

Prefeitura de Sobral realizará seminário e caminhada para lembrar as vítimas da violência do trânsito

A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria de Saúde e Ação Social, promove, no próximo dia 23 de novembro, o I Seminário em Memória às Vítimas de Violência no Trânsito, com palestra da professora da Universidade Federal do Ceará, Gislene Maia de Macedo. O seminário será às 7h30 no auditório do Centro de Ciências da Saúde da UFC, no Campus Derby.

Já no sábado, 24 de novembro, será realizada a I Caminhada da Paz no Trânsito, com concentração na praça da Igreja do Rosário, às 7h30min. Para participar, é preciso fazer a inscrição na Secretaria da Saúde e Ação Social levando 1Kg de alimento não perecível, que será doado para a Organização Não Governamental de Sobral.

As atividades integram a programação do Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito. A campanha conta com a parceria do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), do Núcleo de Prevenção de Violência, do Projeto Socorrista da Terceira Idade, da Coordenadoria de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), do Centro de Reabilitação, da Universidade Federal do Ceará e das Faculdades INTA. Saiba mais: (88) 3611-5409.

Assessoria de Comunicação | Prefeitura de Sobral

(88) 3677-1175 | 3677- 1118

Repassando

image001

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Cachoeira deve ganhar liberdade

“O empresário Carlinhos Cachoeira, preso por chefiar uma quadrilha de jogos ilegais, conseguiu no final da tarde desta terça-feira (20) um Habeas Corpus e poderá ser solto a qualquer momento.

O documento foi concedido pelo Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT) e, segundo o advogado do bicheiro, Nabor Bulhões, sua equipe já está indo para a Papuda a fim de acompanhar a soltura do bicheiro. Segundo o tribunal, Cachoeira foi condenado em primeira instância a cinco anos de prisão, mas poderá cumprir a pena no regime semi aberto.”

(Coluna do Cláudio Humberto)

Por Eliomar de Lima

Eunício Oliveira anuncia: é candidato natural do PMDB ao Governo em 2014

O senador Eunício Oliveira afirmou, durante reunião da executiva nacional do PMDB, que vai disputar o Governo do Ceará em 2014. Ele disse ser o “candidato natural do partido” aos companheiros de legenda.

“O PT não tem um nome para lançar. O PSB, com o Cid Gomes, não pode ser reeleito e não há um outro nome do partido em vista”, afirmou Eunício, durante encontro em que a executiva nacional também definiu que o PMDB vai lançar 20 candidatos aos governos estaduais em 2014.

Sobre 2014, o PMDB acertou que não terá candidato e que apoiará a reeleição de Dilma Rousseff. Disputa mesmo presidencial, só em 2018, segundo a cúpula peemedebista.

(Com Folha Online)

Por Eliomar de Lima

MINISTÉRIO PÚBLICO DO CEARÁ QUER OS CONSUMIDORES RECEBENDO VALORES A MAIS QUE PAGARAM A COELCE

 

O Ministério Público Federal no Ceará quer que os consumidores do Ceará que pagaram a mais por energia elétrica no período de 2002 a 2009 recebam os valores cobrados indevidamente pela Companhia Energética do Ceará (Coelce) imediatamente e em dinheiro. A Justiça Federal vai julgar procedente uma ação civil pública do MPF no Ceará, que pede que seja tornado nulo o ato administrativo da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que autorizou a devolução em forma de compensação nas contas de energia elétrica nos anos de 2013 e 2014.

Por Marcelo Marques

O julgamento do Mensalão e os honorários dos advogados de defesa

 

Advogados dos réus do Mensalão contam piadas no intervalo de um dos primeiros dias do julgamento

Advogados dos réus do Mensalão contam piadas no intervalo de um dos primeiros dias do julgamento

Muito tem se falado dos efeitos da sentença do Mensalão e das teses que prevaleceram entre os ministros do Supremo em julgamentos futuros nas diversas instâncias da Justiça. Mas um fato que ainda não vi comentar diz respeito aos honorários dos advogados de defesa dos réus do Mensalão, que segundo a revista Veja, somados custaram R$ 61 milhões. Houve defesas que custaram R$ 10 milhões, no caso dos sócios do Banco Rural, outras R$ 5 milhões, como na situação de José Dirceu.
Na defesa dos - hoje - condenados do Mensalão estão alguns dos advogados mais renomados e caros do país, bancas de advocacia de prestígio nacional. Antes e até nas primeiras sessões de julgamento, o clima era de risadas entre os advogados, totalmente confiantes na absolvição de seus cliente s. Mas foram atropelados pelos fatos, e, principalmente pela firmeza, rigor e independência dos ministros do STF.
Pesquisas mostravam antes do julgamento que a maioria dos brasileiros não acreditava que a Turma do Mensalão fosse condenada, e muito menos que terminasse atrás das grades. É natural que os advogados de defesa pensassem da mesma maneira.
A questão dos honorários é que se os "mensaleiros" fossem absolvidos, as futuras defesas de políticos e empresários de destaque em processos de corrupção, desvio de dinheiro, lavagem e formação de quadrilha seriam inflacionadas, e no caso dos advogados que tivessem sucesso no julgamento do Mensalão, subiriam a valores estratosféricos.
A realidade do julgamento, segundo alguns advogados experientes, é que deve haver uma mudança daqui para a frente na questão dos honorários em casos polêmicos envolvendo políticos, empresários e banqueiros. Sabendo que pagar milhões pela defesa não é garantia de absolvição deve entrar em cena a taxa de sucesso. Ou seja os milhões só serão pagos em caso de absolvição, caso contrário os advogados só receberão uma parte do valor acertado na defesa. São os novos tempos.

Do blog do Macário Batista