quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Última etapa do Projeto Trabalho Justiça e Cidadania é marcada por apresentações de alunos

Peças teatrais, vídeos, danças, apresentações musicais e paródias marcaram o encerramento do programa Trabalho Justiça e Cidadania (TJC) em 2012. O evento reuniu, na segunda-feira (26/11), cerca de 300 alunos de seis escolas profissionalizantes da rede pública de ensino, no auditório da Universidade Christus, em Fortaleza.
O TJC é realizado pela Associação dos Magistrados do Trabalho da 7ª região (Amatra7) em parceria com o Tribunal Regional do Trabalho de Ceará. Este ano contou com apoio da Secretaria de Educação do Estado Ceará e patrocínio do grupo Vicunha Têxtil e Vulcabrás.
Para uma das coordenadoras do Projeto, a juíza do trabalho Kelly Porto, os cidadãos têm seus direitos lesados por falta desconhecimento. “O conhecimento é poder. É a chave para todas as vitórias que vocês querem para o futuro,” disse a magistrada aos alunos. Segundo a estudante Gabriela Souza, da escola Júlia Giffoni, a experiência valeu a pena. “Foi ótimo, pois logo vou começar o estágio e estarei mais preparada.”
Desde março, estudantes que estão prestes a entrar no mercado de trabalho recebem informações sobre direitos trabalhistas. Na primeira etapa do TJC, foram capacitados cerca 150 professores, coordenadores e dirigentes de escolas para que se tornassem multiplicadores do conhecimento para seus alunos. Eles repassaram noções sobre ética, direitos e cidadania a seus alunos por seis meses.
Em agosto e setembro, juízes do trabalho e outros profissionais de direito visitaram escolas para tirar dúvidas dos estudantes. Na etapa seguinte, os alunos deixaram a sala de aula e foram ao Fórum Autran Nunes conhecer o funcionamento da primeira instância da Justiça do Trabalho do Ceará.
O projeto se encerrou com a apresentação de trabalhos elaborados pelos alunos sobre o conteúdo aprendido em sala e nas unidades da justiça do trabalho. Participaram desta segunda edição do TJC as escolas de ensino médio profissionalizante Mário Alencar, Júlia Giffoni, Joaquim Moreira de Sousa, Paulo Petrola, Maria José de Medeiros e Onélio Porto.
Prêmio: O TJC Cearense é o vencedor do prêmio Anamatra de Direito Humanos de 2012, com o trabalho Comunidade e Direitos Sociais, do professor Clovis Renato Costa Farias. A cerimônia de entrega da 5ª edição do prêmio dado pela Associação Nacional do Magistrados do Trabalho será dia 28 de novembro, em São Paulo.
Mais informações:
Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE)
Assessoria de Comunicação Social
Telefones: 85 33889227 e 33889426
E-mail: csocial@trt7.jus.br
Twitter: @trt7ceara

Nenhum comentário:

Postar um comentário