quinta-feira, 31 de julho de 2014

Preso condutor de caminhão por dirigir embriagado

 

prf

Em fiscalização no KM 220 da BR 222 (Sobral/CE), durante trabalhos de cerco rodoviário nas rodovias que adentram em Sobral, Operação Exponorte, foi abordado um caminhão FORD/F11000 de placas HTY4645, após o condutor

desrespeitar a ordem de parada dos agentes e se evadir do local da fiscalização. Durante a abordagem, foram constatados indícios de embriaguez do condutor que ao realizar o teste do etilômetro resultou na medição foi de 0,87 mg/L, sendo a

tolerância admitida é 0,03 mg/l. Dada voz de prisão e cientificado de suas prerrogativas constitucionais, em virtude de seu estado de ânimo que se apresentava alterado, fez-se necessário o uso de algemas para

condução à Polícia Judiciária, a teor da súmula vinculante n. 11 do STF, tendo em conta o perigo à integridade física própria do conduzido e dos policiais. O condutor de iniciais F C V N, de 49 anos, não conseguia ficar em pé normalmente de tão embriagado. Levado a Polícia Judiciária Civil de Sobral para procedimentos pertinentes.

Fonte: PRF/4 Delegacia Sobral

Município de Sobral é condenado ao pagamento de R$ 4 milhões por irregularidades trabalhistas

Image.1406753283419

Após ação do Ministério Público do Trabalho no Ceará (MPT/CE), o município de Sobral e os gestores da Cooperativa de Trabalho do Ceará (COOTRACE) e Cooperativa dos Prestadores de Serviços Terceirizados do Estado do Ceará Ltda (COOPRESERV) foram condenados pela Justiça do Trabalho ao pagamento de indenização por danos morais coletivos na importância de R$ 4.410.945,97, a ser revertida em prol do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), devido a irregularidades na contratação de trabalhadores das cooperativas.

Além disso, a Justiça do Trabalho determinou que o Município de Sobral se abstenha de contratar mão-de obra, por meio de cooperativas de mão-de-obra, para prestação de serviços ligados às suas atividades-fim ou meio, quando o trabalho respectivo demandar subordinação, quer em relação ao tomador, quer em relação ao fornecedor dos serviços, constituindo elemento essencial ao desenvolvimento e a prestação de serviços terceirizados, sob pena de multa de R$ 10.000,00 por contratação irregular, a ser revertido em prol do FAT. A sentença, proferida pela juíza do trabalho, Rossana Talia Modesto Gomes Sampaio, também dissolveu as cooperativas fraudulentas.

“Resta evidente, portanto, que os demandados, em sua totalidade, causaram manifesto prejuízo não apenas ao Erário, mas também a uma coletividade de trabalhadores”, comentou a juíza na sentença.

Para a Justiça do Trabalho, “está consubstanciado na robustez das provas apresentadas e produzidas pelo Ministério Público do Trabalho em parceria com o Ministério Público Estadual, evidenciando a prática reiterada de contratações fraudulentas em afronta ao erário e a interesses indisponíveis de diversos trabalhadores, infringindo direitos fundamentais”. Já havia cerca de 700 reclamações trabalhistas contra as cooperativas na Justiça do Trabalho.

Da decisão da juíza cabe recurso.

Ação Civil Pública

A Ação Civil Pública teve como autora a procuradora do trabalho, Ana Valéria Targino, lotada na Procuradoria do Trabalho no Município de Sobral. Segundo investigações do MPT e do Ministério Público do Estado do Ceará, as cooperativas Cootrace e Coopreserv foram contratadas pela Prefeitura de Sobral desde 2006 para fornecimento de mão-de-obra. De lá pra cá, já foram repassados mais de R$ 40 milhões de reais às duas entidades.

Após denúncias e uma rigorosa investigação, foi constatada a presença de cooperados fantasmas, bem como o não pagamento dos direitos trabalhistas deles. De 2006 a 2013, o Município vinha sendo condenado pela Justiça Trabalhista a pagar os referidos encargos trabalhistas. Por fim, foi verificado que a mão-de-obra fornecida era de forma indiscriminada, sendo utilizada em quase todos os setores da Prefeitura. Na prestação de contas perante os cooperados, os administradores afirmavam que não havia sobras para repartir, entre outras irregularidades.

As denúncias do MPT e MPE desencadearem uma ação denominada de Operação Carcará, desencadeada no dia 28 de agosto de 2013, em Sobral, que teve o objetivo de cumprir 16 mandados (7 de prisão temporária e 9 de busca e apreensão) referentes a pessoas acusadas de fraude em licitações, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, corrupção e falsidade ideológica.

Identificadas irregularidades na locação de aeronaves pelo Governo do Estado

 

Anderson Pires
redacao@cearanews7.com.br

A maioria do Pleno do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE-CE) decidiu, em sessão realizada terça-feira (29), que a Casa Civil do Governo do Ceará não poderá firmar convênio com a empresa Easy Taxi Aéreo LTDA para locação de aeronaves. O processo nº 05870/2011-3 refere-se à denúncia sobre possíveis irregularidades ocorridas nos contratos nº 011/2007 e 067/2010 – e seus respectivos aditivos – com o objetivo de locar aeronaves para utilização no âmbito das administrações estaduais direta e indireta pelo critério quilômetro voado.
O secretário chefe da Casa Civil, Arialdo de Mello Pinho, foi multado no valor de R$12 mil, em virtude da grave infração à Lei das Licitações (Lei nº 8.666/93), ao promover prorrogações contratuais sem a devida comprovação da vantajosidade para a Administração Pública. Foi fixado um prazo de 30 dias para a comprovação do recolhimento do valor. No caso de não recolhimento, e ocorrendo o trânsito em julgado da matéria, ficam autorizadas a cobrança judicial da dívida, através da Procuradoria-Geral do Estado do Ceará, e a inscrição do nome do responsável no Cadastro de Inadimplência da Fazenda Estadual (Cadine) e na lista de inadimplentes deste Tribunal.
O TCE-CE também determinou ao Secretário Chefe da Casa Civil que, ao motivar a prorrogação de vigência de seus contratos administrativos, demonstre, em cada caso concreto, o caráter contínuo do serviço do contrato a ser prorrogado, bem como comprove a vantajosidade do ato mediante ampla pesquisa de preços no mercado e a apresentação de no mínimo três orçamentos, em obediência ao disposto no inciso II do art. 57 da Lei 8.666/93.
A maioria do colegiado da Corte de Contas, baseado no certificado técnico da 7ª Inspetoria de Controle Externo (7ª ICE) e no parecer do Ministério Público junto ao TCE-CE, entendeu que os esclarecimentos prestados pelo gestor responsável pelo contrato não foram suficientes para apuração da economicidade contratual.
A Casa Civil deverá registrar e divulgar informações mais detalhadas relativas a cada solicitação de uso dos serviços de fretamento de aeronaves, tais como quem o solicitou, em que data, por qual motivo, qual o trajeto a ser percorrido, qual o custo de cada viagem, a quantidade de vezes que o serviço foi requerido, quantos quilômetros foram percorridos em cada voo e outras, a fim de que se promova um controle mais eficaz desses gastos, em atenção aos princípios da transparência, economicidade e eficiência.
De acordo com a decisão da Corte de Contas, somente poderá ser prorrogado o Contrato nº 182/2012, previsto para se encerrar em 21/08/2014, se forem atendidas cabalmente todas as exigências determinadas pelo Tribunal.
* Com informações do TCE/Ceará

http://www.cearanews7.com.br/ver-noticia.asp?cod=18927

quarta-feira, 30 de julho de 2014

ASSALTO NA VILA DE CAIÇARA AMEDRONTA COMERCIANTES E POPULAÇÃO

 

clip_image002

Cruz. Segunda feira, 28, os moradores e comerciantes da Vila de Caiçara, cede do Distrito de Caiçara, Município de Cruz, Litoral Extremo Oeste do Ceará, a 270 Km de Fortaleza, passaram momentos de terror ao serem surpreendidos por uma dupla de motoqueiro com a cabeça coberta por um pano e revólver em punho abordando comerciantes e motoristas que faziam entrega de mercadorias.

O fato aconteceu por volta das 13 h quando muitos comércios ainda estavam fechados fazendo com que a ação não desse o resultado esperado. Mesmo assim, conseguiram abordar um motorista, que no momento se encontrava dormindo na cabine do caminhão, os marginais o acordaram e recolheram todo o dinheiro apurado com a venda das mercadorias. Um comerciante, que já havia aberto o comercio, também foi vítima da ação destes marginais que fugiram sem deixar pista. Poucas horas depois, chegava a informação de que outra comunidade da zona rural tinha sofrido a ação de marginais, fazendo-se acreditar que se tratava dos mesmos elementos, que também abordaram um motoqueiro em Lagoa dos Monteiros, no final da tarde, quando ele saía do trabalho e levaram sua moto.

No final de semana, dois elementos, da cidade de Acaraú, roubaram uma balança no Centro de Cruz, mas, foi descoberto pelo vigia do Terminal Rodoviário, local para onde eles se deslocaram após a prática do crime. A Polícia foi acionada e a dupla foi hospedar-se no hotel dos marginais.

Dr. Lima

China vai oferecer 6 mil bolsas de estudo a países da América Latina

 

Dilma anunciou também que universidades federais terão unidades do Instituto Confúcio

por Danilo Fariello

17/07/2014 20:36/Atualizado 18/07/2014 0:01

A presidente Dilma e o presidente da China, Xi Jinping, em encontro no Palácio do Itamaraty Foto: Felipe Dana / APA presidente Dilma e o presidente da China, Xi Jinping, em encontro no Palácio do Itamaraty - Felipe Dana / AP


BRASÍLIA - A presidente Dilma Rousseff disse, nesta quinta-feira, após reunião com o presidente chinês Xi Jinping, que a China ofereceu aos países da América Latina seis mil bolsas de estudo naquele país. A presidente destacou que essas bolsas não se misturam às 5 mil do programa Ciência Sem Fronteiras, custeadas pelo governo federal.

Veja Também

Os memorandos de entendimento assinados pelos governos de Brasil e China também preveem a instalação de unidades do Instituto Confúcio, que tem como objetivo promover a língua e a cultura chinesa, em universidades federais brasileiras, como a Universidade Federal do Ceará e as universidades estaduais de Campinas e Pará, além de programas para ensino de mandarim no Brasil

Também nesta quinta-feira, o grupo chinês Baidu anunciou que um memorando assinado entre os governos prevê a oferta de estágios na China a brasileiros que fazem parte do programa Ciência sem Fronteiras e a instalação de um centro de pesquisa e desenvolvimento no Brasil.

Segundo Felipe Zmoginski, gerente de marketing e comunicação do Baidu no Brasil, o grupo já possui seis centros de pesquisa desse tipo, sendo três na China, um no Japão, outro em Cingapura e um ainda no Vale do Silício dos EUA. Só esse centro de pesquisa significa um investimento de dezenas de milhões de dólares.

Read more: http://oglobo.globo.com/sociedade/educacao/china-vai-oferecer-6-mil-bolsas-de-estudo-paises-da-america-latina-13294169#ixzz38zeV1jjd

PML: Santander fez pouco caso da democracia

 

:

Colunista Paulo Moreira Leite condena informe da instituição presidida por Jesús Zabalza contra a reeleição do PT: “Há instituições que colocam-se acima de qualquer dever com o futuro do país, o bem estar dos cidadãos e obrigações com o país que os acolhe. É um comportamento ainda mais impressionante quando se recorda que os clientes brasileiros oferecem, ao Santander, uma bolada de 20% ou mais dos lucros que a instituição obtém em suas operações no mundo inteiro”

29 de Julho de 2014 às 07:30

247 – O colunista Paulo Moreira Leite condenou o informe divulgado pelo Santander a seus clientes contra a reeleição da presidente Dilma Rousseff. Segundo ele, a instituição fez pouco caso do regime democrático. Leia:

Banco imperial

Campanha do Santander contra Dilma demonstra pouco caso com regras da democracia
O senador Wellington Dias (PT-PI) acha que o Congresso precisa investigar o Santander depois que o banco foi flagrado em campanha contra o governo Dilma. Para o senador, que fez a vida profissional como funcionário da Caixa Econômica Federal, não custa lembrar:

“Um banco é uma concessão pública e não pode valer-se dessa situação para atuar numa eleição,” lembra Wellington.

A gravidade da questão reside aí.

A legislação eleitoral brasileira não impede que uma instituição financeira – ou qualquer outra empresa privada – retire uma parte de seus lucros para fazer uma contribuição a determinado partido político. Eu acho errado e condenável pois ajuda a criar eleitores que valem 1 voto e outros que valem 1 bilhão de reais. Mas a lei permite – e é por isso que a regra de financiamento de campanha precisa ser modificada.

Mas a orientação a seus gerentes voltados a clientela de renda mais alta tem outra natureza. Implica em usar o negócio – que deve obedecer a regras específicas do Banco Central – para pedir votos. E isso não é aceitável, explica o senador.

Da mesma forma que ninguém desautorizado pode sair por aí emprestando dinheiro sem correr o risco de ser acusado de agiotagem, nem comprar ou vender dólares sem ser chamado de doleiro, um banco não pode transformar-se num comitê eleitoral. Como qualquer outra empresa privada, tem sua função social a cumprir.

A lembrança de que, em 2002, tivemos a campanha do Lulômetro, estimulado por executivos do Goldman Sachs, um dos grandes bancos de investimento do mundo, não diminui gravidade do que ocorre em 2014. Apenas confirma um mesmo fenômeno.

Há instituições que colocam-se acima de qualquer dever com o futuro do país, o bem estar dos cidadãos e obrigações com o país que os acolhe.

É falta de respeito.

Pouco caso com o regime democrático.

É um comportamento ainda mais impressionante quando se recorda que que os clientes brasileiros oferecem, ao Santander, uma bolada de 20% ou mais dos lucros que a instituição obtém em suas operações no mundo inteiro. É mais do que o dobro daquilo que o banco obtém no mercado da Espanha, seu país de origem. Pelo menos uma vez os lucros assegurados pela filial brasileira chegaram a 28% do total do banco.

O Santander deu um salto no Brasil – tornando-se um dos principais bancos europeus -- depois que participou da privatização do Banespa, o maior entre os bancos estaduais.

Foi pela compra dessa carteira de clientes, que lhe dava acesso a folha de salários dos funcionários púbicos do Estado mais rico da federação, que o Santander conseguiu um lugar entre as cinco maiores do país. A operação, que desfalcava São Paulo de um lastro respeitável para investimentos futuros, enfrentou a oposição do governador Mário Covas, e não custou pouco.

O Santander pagou R$ 7 bilhões pelo Banespa e essa quantia foi usada como argumento favorável a operação. O que pouco se divulgou é que o Santander teve direito a abater quase 3 bilhões a título de ágio contábil. Embora esse desconto fosse previsto por uma lei de 1997, o fato do deságio ser concedido a um grupo estrangeiro chamou a atenção de quem acompanhou a privatização de perto, encontrando grande resistência, por exemplo, quando o caso chegou a Receita.

A seu favor, o Santander poderia dizer em 2014 que o comunicado lamentável apenas deixou claro, em voz alta e letras de forma, aquilo que outras instituições reconhecem em voz faixa e sem assinar recibo.

A verdade é que os bancos privados tem praticado uma política sinuosa depois que, em função da crise de 2008, o governo Lula decidiu abrir os cofres dos bancos estatais para garantir o crédito e impedir o desmonte da economia.

A primeira reação do banco privado foi abandonar o mercado de credito por anos seguidos, permitindo que os bancos estatais ganhassem terreno um ano após o outro – para chegar a 47% do mercado, um número recorde, em 2012.

Pressionado, o governo federal iniciou uma política de retirada do mercado, para abrir espaço para o retorno das instituições privadas. Mas isso não aconteceu. A marcha-a-ré de Brasília coincidiu com a alta nos juros, que permitiu ao sistema retornar ao conhecido universo rentista, de quem acumula fortunas bilionárias sem fazer força – pois o Tesouro paga a conta.

O crédito publico recuou e o privado não apareceu, situação que ajuda a entender – ao menos em parte – os números decepcionantes do crescimento recente, inferior a maioria das previsões. Os bancos seguem cobrando juros altíssimos, sem relação sequer com aumentos da Celic, sem serem incomodados pela concorrência dos bancos públicos.

Prevê-se, a partir de setembro, uma retomada do crédito nos bancos públicos. Será seguido, como se sabe, por um coralzinho contra a presença do estado na economia. E ninguém vai lembrar que um banco que já esteve ligado ao desenvolvimento de São Paulo agora é usado para fazer campanha presidencial junto a seus clientes.

Fonte: http://www.brasil247.com/+0rcj4

Requião diz que Aécio é ‘cheirador de cocaína, ladrão e sem vergonha’

 

Na convenção estadual da executiva juvenil do PMDB (Partido do Movimento Democrático) que aconteceu neste sábado, 26 de abril em Francisco Beltrão, para eleger o novo presidente da executiva, o pré-candidato ao governo do estado do Paraná, Senador Roberto Requião (PMDB-PR) disse (aos 2”40′) “O que você acha do Aécio Neves? Cheirador de cocaína, ladrão e sem vergonha?”.

O clima foi bastante tenso na convenção. O Deputado Federal do PMDB, Osmar Serraglio, fez a abertura da convenção, mas quando da chegada do líder Requião se retirou do local ‘às pressas’, segundo os correligionários do partido no município que se dizem ‘entristecidos’ com a situação.

Fonte: http://www.juniorpentecoste.com.br/2014/07/requiao-diz-que-aecio-e-cheirador-de.html

terça-feira, 29 de julho de 2014

Demanda doméstica na aviação civil sobe 6,5% no semestre

 

A procura por transporte aéreo acumula crescimento de 6,56% no primeiro semestre de 2014, no comparativo com o mesmo período do ano anterior. E a doméstica completa nove meses consecutivos de expansão com o aumento 0,5% em junho.

Segundo o Relatório de Demanda e Oferta, divulgado na última semana pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o número de passageiros pagos transportados no mercado doméstico em junho de 2014 atingiu 7,2 milhões (1,8% mais, em relação a junho de 2013).

O modal aéreo ampliou a sua participação no transporte interestadual de passageiros em distâncias superiores a 75 km para 62% no primeiro trimestre de 2014. Em 2013, o transporte aéreo respondeu por 59% dos passageiros neste mercado.

Em junho de 2014, a demanda do transporte aéreo internacional de passageiros das empresas aéreas brasileiras registrou aceleração em comparação com a taxa de crescimento apresentada no mês anterior, com alta de 7,5%, quando comparada com o mesmo mês de 2013. A oferta internacional apresentou o primeiro resultado positivo após oito meses consecutivos de redução, com alta de 0,1%, em junho de 2014. Tanto a demanda quanto a oferta atingiram o seu maior nível para o mês nos últimos dez anos.

Internacional – O número de passageiros pagos transportados no mercado internacional em junho de 2014 atingiu 490,8 mil, com aumento de 8,8%, em relação a junho de 2013. Trata-se da maior quantidade de passageiros transportados em voos internacionais por empresas brasileiras registrada para o mês de junho nos últimos dez anos.

A taxa de aproveitamento das aeronaves em voos internacionais de passageiros operados por empresas brasileiras alcançou 81,5%, em junho de 2014, contra 75,8%, no mesmo mês de 2013, representando uma variação positiva de 7,4%. Com o resultado de junho de 2014, o setor registrou o melhor aproveitamento para o mês em nos últimos dez anos.

https://br-mg4.mail.yahoo.com/neo/launch?.rand=0and4esmedkak

LIVROS PARA TODOS

 

Por Luiz Carlos Amorim – Escritor, editor e revisor – Http://luizcarlosamorim.blogspot.com.br

Tenho escrito repetidas vezes sobre o Projeto Floripa Letrada, de Florianópolis, que disponibiliza livros nos terminais de ônibus para leitura dos usuários do transporte urbano. As estantes ficam localizadas nas plataformas dos terminais e o usuário escolhe o livro para levar, sem registro ou prazo para devolução. O propósito é deixar que o leitor leve quantos volumes quiser, mas que os devolva depois de lidos. Isso acontece muito pouco, mas não é esse o nosso foco hoje. Existem outros projetos como este pelo Brasil afora e é bom discutirmos o assunto, para sabermos como eles funcionam em diferentes lugares.

Eu tenho criticado o fato de que os livros disponibilizados nas estantes, nos últimos anos, são quase que exclusivamente didáticos. A crítica, na verdade, não é dirigida às pessoas que gerenciam o projeto, mas sim ao poder público, que não tem uma verba específica para compra de livros para prover o projeto. É claro que o município paga algumas pessoas que trabalham na manutenção do Floripa Letrada – recebimento de doações, organização e colocação nas estantes. Mas seria interessante que houvesse recurso para comprar livros, diretamente das editoras, por exemplo.

Então o projeto sobrevive de doações e é por isso que a grande maioria dos livros que vemos nas estantes são didáticos, técnicos. Porque esses livros – apostilas - são renovados quase todos os anos, nas escolas, e as escolas que não os usam mais podem doá-los e as editoras que não os venderam em tempo hábil também. Os livros literários dependem da oferta de quem doa. Eu, por exemplo, doei cento e tantos volumes, todos de gêneros literários, lá no início do projeto. Por isso, não tenho mais para doar.

Outro dia, encontrei a senhora Roseana, pessoa que está à frente do Floripa Letrada e faz das tripas coração para manter o projeto, para conseguir sempre mais volumes para colocar à disposição do leitor, sejam eles literários ou didáticos. Sei que há uma dificuldade, também, para conseguir veículo que vá até os doadores para recolher os livros, pois quando fiz a doação esperei semanas até que alguém pudesse vir a minha casa apanhar mais de uma centena de volumes. E a operária dos livros está sempre batalhando todos os dias para conseguir uma condução que possibilite o recolhimento de doações.

Então rendo meu tributo a essa lutadora que não deixa o projeto esmorecer, mesmo que a sua manutenção seja um desafio. É de Roseanas, Marizas, Ednas, e outros abnegados incentivadores do hábito de ler que precisamos, para colocar livros no caminho de nossos leitores. É o trabalho delas que faz com que leitores em formação descubram a magia e o encantamento dos livros.

Conclamo a todos, escritores e leitores, livreiros e editoras, que verifiquem o que pode ser doado em seus “acervos” já lidos ou não vendidos, para poder oferecer mais obras literárias ao projeto, para que dona Roseana não tenha que colocar quase que exclusivamente livros didáticos, técnicos e revistas nas estantes do Floripa Letrada. Todo livro que pudermos ofertar será bem-vindo. E não é necessário acumular muitos volumes, não. Se forem poucos, basta levar a um terminal onde há o projeto e colocar na parte mais baixa da estante, pois os organizadores precisam carimbar os livros para que eles possam ser devolvidos pelos leitores que os levarem. E os leitores, sejam conscientes, peguem apenas o que realmente vão ler. Já fui abordado no centro da cidade por pessoa que estava vendendo – sim, vendendo – livros com o carimbo do Floripa Letrada. Já conversei com dona de sebo que recusou livros que queriam lhe vender porque tinham o carimbo do projeto.

Sempre temos em casa livros que já foram lidos e que podem ser passados adiante. Qualquer exemplar de qualquer livro não precisa ser lido por apenas um ou dois leitores. Eles sempre podem ser lidos por mais e mais leitores. Então vamos coloca-los em circulação. Se você quiser doar, procure um projeto parecido em sua região e entre em contato para doar. Não deixe livros encarcerados em gavetas ou encerrados em estantes. Compartilhe-os.

PLENÁRIA DO TERRITÓRIO LITORAL EXTREMO OESTE

 

Cruz. Dia 18, reuniram-se os membros do Colegiado Territorial para Plenária Territorial representando os doze municípios que constituem o Território Litoral Extremo Oeste do Ceará, sendo eles: Acaraú, Barroquinha, Bela Cruz, Camocim, Chaval, Cruz, Granja, Jijoca de Jericoacoara(ausente), Marco, Martinópole, Morrinhos e Uruoca.

clip_image002

Sec. Agricultura de Acaraú - Malu

A reunião aconteceu na cede da 16ª Coordenadoria Regional de Saúde – CRES, em Camocim, e teve como mediadora a Assessora Técnica Territorial Maria da Conceição do Nascimento e expositor o Secretário Executivo do Conselho Estadual do Desenvolvimento Rural Dr. Marcos Castro.

clip_image004

Assessoras Ana Vládia e Maria Conceição

O objetivo da reunião era a discursão da Política Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, preparação para atualização do Colegiado – eleição do Núcleo Dirigente, apresentação, discursão e aprovação do PROINF – 2014, incluindo a elaboração de um projeto para aquisição de equipamentos para um Centro de Recebimento e Distribuição dos Produtos da Agricultura Familiar para todos os municípios que integram este Território com recursos da ordem de R$ 410.000,00 a ser rateado entre todos os municípios.

clip_image006

Janaina-Bela Cruz e Carlão-Cruz

Os municípios ficam com a responsabilidade de entrarem com a contrapartida de 4%, estrutura física e dois funcionários mediante compromisso assumido com termos de doação.

Na relação de equipamentos propostos consta de uma câmara fria, balança, caixas, computador, mesas, ar condicionado, geladeiras e outros itens relacionados com a atividade de receber e distribuir os produtos da Agricultura Familiar permitidos no regulamento.

clip_image008

Grupo de trabalho em Acaraú

Dia 23, outra plenária foi realizada no Auditório da Secretaria de Ação Social de Acaraú e teve como anfitriã, a Secretária de Agricultura e Pesca Maria Lúcia Soares (Malu).

clip_image010

Representantes de Martinópole

Nesta plenária, foi discutido e aprovado o texto final do projeto a ser encaminhado para a Secretaria do Desenvolvimento Agrário - SDA.

clip_image012

Representantes de Bela Cruz, Cruz e Camocim

Nas duas plenárias, em Camocim, com a presença de onze municípios e em Acaraú com nove municípios, Jijoca de Jericoacoara foi o único município que não esteve presente. Barroquinha e Chaval não estiveram em Acaraú, mas justificam as suas ausências e encaminharam toda a documentação necessária. Na quinta-feira, a Assessora dos Territórios Conceição e o Secretário de Agricultura de Cruz Carlos César estiveram em Jijoca conversando com o Prefeito Lindomar e o Secretário José Arteiro sobre a ausência do município nestas plenárias e a importância deste centro para o Fortalecimento da Agricultura Familiar do Município, os quais se comprometeram em providenciar a documentação em prazo prefixado para sua incluso no projeto.

clip_image014

Claudia-Granja e Janaina-Bela Cruz

clip_image016

Entre os participantes, nossa reportagem conversou com a Secretária de Formação e Organização Sindical – STTR – do Município de Granja Claudia Avelino Bacharel em Matemática; o Coordenador da Agricultura Familiar do Acaraú Roberto Campos; a Agente de Economia Solidária e estudante universitária do curso de Serviço Social e representante o Município de Bela Cruz Janaina Rodrigues; o Secretário de Agricultura do Município de Cruz Carlos César de Carvalho (Carlão) e a Secretária de Agricultura e Pesca de Acaraú Maria Lúcia Soares(Malu). Todos enalteceram a importância deste empreendimento em prol do fortalecimento da Agricultura Familiar de seus municípios.

Presidente da FAC Dr. Lima

O membro do Colegiado dos Territórios e Presidente da Federação das Associações Comunitárias do Município de Cruz - FAC Engenheiro Agrônomo Antonio dos Santos de Oliveira Lima participou de todas as Plenária representando a instituição e o representante do STTR.

A próxima Plenária dos Territórios tem como propósito a eleição do Núcleo Dirigente em local e data a serem determinados. Ressaltamos a importância de uma representação dos Sindicatos da Agricultura Familiar – SINTRAF – no Colegiado dos Territórios. Os interessados devem entrar em contato com a Assessora Técnica dos Territórios Maria da Conceição do Nascimento para mais esclarecimentos.

A participação da sociedade organizada nestes debates é de fundamental importância para conquistas das reinvindicações feitas pelos movimentos sociais. Para isto “precisamos ser fortes e ativos”.

Dr. Lima

Para analista, a Alemanha planeja participar do BRICS

 

dom, 27/07/2014 - 10:22 - Atualizado em 27/07/2014 - 10:39

Stanilaw Calandreli

O analista financeiro Jim Willie categoricamente afirmou que a Alemanha está se preparando para abandonar o sistema unipolar apoiado pela NATO e os EUA e juntar-se às nações do BRICS, e por isso a NSA foi pego espionando Angela Merkel e outros líderes alemães.

Em entrevista à Greg Hunter, do blog USA Watchdog, Willie, um analista e PhD em estatística, afirmou que a verdadeira razão por trás do recente escândalo de espionagem da NSA, visando a Alemanha, é o clima de medo que ronda os Estados Unidos de que as potências financeiras da Europa estejam procurando fugir do inevitável colapso do dólar.

A entrevista de Jim Willie

O escritor de boletim financeiro, Jim Willie, diz que não importa quem derrubou o jato comercial da Malásia sobre a Ucrânia que haverá massivas consequências.

Willie afirma: "Aqui está a grande consequência. Os EUA, basicamente, estão dizendo à Europa: você tem duas opções aqui. Junte-se a nós na guerra contra a Rússia. Junte-se a nós nas sanções contra a Rússia. Junte-se a nós nas constantes guerras e conflitos, isolamento e destruição à sua economia, na negação do seu fornecimento de energia e na desistência dos contratos. Junte-se a nós nessas guerras e sanções, porque nós realmente queremos que você mantenha o regime do dólar. Eles vão dizer que estão cansados ​​do dólar. . . Estamos empurrando a Alemanha para fora do nosso círculo. Não se preocupem com a França, nem se preocupem com a Inglaterra, se preocupem com a Alemanha. A Alemanha tem, no momento, 3.000 empresas fazendo negócios reais, e elas não vão se juntar ao período de sanções".

Willie continua: "É um jogo de guerra e a Europa está enjoada dos jogos de guerra dos EUA. Defender o dólar é praticar guerra contra o mercado. Você está conosco ou está contra nós?". Quanto a espionagem da NSA sobre a Alemanha, Willie diz: "Eu acho que estão à procura de detalhes no caso de suporte à Rússia sobre o ‘dumping’ ao dólar. Eu penso, também, que estão à procura de detalhes de um possível movimento secreto da Alemanha em relação ao dólar e juntar-se ao BRICS. Isto é exatamente o que eu penso que a Alemanha fará".

Willie calcula que quando os países se afastarem do dólar dos EUA, a impressão de dinheiro (quantitative easing, QE) aumentará e a economia piorará. Willie chama isso de ‘feedback loop’, e afirma, "Você fecha o ‘feedback loop’ com as perdas dos rendimentos causados pelos custos mais elevados que vêm da QE. Não é estímulante. É um resgate ilícito de Wall Street que degrada, deteriora e prejudica a economia num sistema vicioso retroalimentado... Você está vendo a queda livre da economia e aceleração dos danos. A QE não aconteceu por acaso. Os estrangeiros não querem mais comprar os nossos títulos. Eles não querem comprar o título de um banco central que imprime o dinheiro para comprar o título de volta! A QE levanta a estrutura de custos e causa o encolhimento e desaparecimento dos lucros. A QE não é um estímulo.É a destruição do capital".

Na chamada "recuperação" a grande mídia tem batido na mesma tecla durante anos, Willie diz: "Eu acredito que os EUAentrou em uma recessão que não sairá até que o dólar tenha desaparecido. Se calcular-mos a inflação corretamente... veremos uma recessão monstro de 6% ou 7% agora. Eu não penso que a situação melhore até que o dólar seja descartado”. “Portanto, estamos entrando na fase final do dólar".

Para finalizar, Willie diz: "Você quer se livrar de obstáculos políticos? Vá direto para o comércio e negócios. Por que é que a Exxon Mobil continua realizando projetos no Ártico e no mar Negro (na Crimeia) com os russos e suas empresas de energia? Nós já temos empresas de energia dos Estados Unidos desafiando nossas próprias sanções, e mesmo assim estamos processando os bancos franceses por fazerem a mesma coisa. Isso é loucura. Estamos perdendo o controle.

http://jornalggn.com.br/blog/stanilaw-calandreli/para-analista-a-alemanha-planeja-participar-do-brics

A seca chegou ás lagoas do complexo turístico de Jericoacoara

 

DSCF2844

A infra estrutura para receber os turistas aumentou, mas a água diminuiu

290

A Lagoa do Paraiso quando cheia

DSCF2846

A Lagoa do Paraiso hoje. A água de está a quase dez metros mais baixa

IMG_0175

Uma outra vista da Lagoa do Paraiso. Esta faixa branca é onde ficam as barracas.

 366Lagoa Azul. Precisava de barco para chegar no Barranco DSC02054337341

Onde se usava a jangada acima, hoje está assim. já se chega no barraco de carro e tem lugares já totalmente seco

Eram um conjunto de três lagoas, assim denominadas: Lagoa da Caiçara, Lagoa Azul (antes chamada pelos nativos de Lagoa do Meio) e a Lagoa do Paraiso (antes conhecida pelos nativos de Lagoa da Jijoca).

Quem quiser tomar um banho nessas lagoas, terá que se apressar, pois segundo os moradores da região, elas estarão sem condições de banho antes da próxima quadra invernosa.

Xinga o movimento sem-teto, mas acha bonito doar cobertor na rua

 

Leonardo Sakamoto

Toda vez que o frio chega com força à capital paulista, lembro a quantidade de imóveis que têm como inquilinos ratos e baratas, visando à especulação imobiliária, enquanto tem gente virando picolé do lado de fora. Ou pessoas que dormem – sob temperaturas de conservar sorvete napolitano – em barracos, cortiços e habitações frias e precárias.

“Tá com dó? Leva para casa!'' é uma frase clássica utilizada por quem tem apenas dois neurônios – o Tico e o Teco. É proferida ad nauseam quando o tema é a dura barra enfrentada pela gente parda, fedida, drogada e prostituída que habita o burgo paulistano – locomotiva da nação, vitrine do país, orgulho bandeirante que não segue, mas é seguida e demais bobagens que floreiam discursos ufanistas caindo de velhos e me dão um enjôo pré-vômito. É só falar da necessidade de políticas específicas para evitar que o direito à propriedade oprima os outros direitos fundamentais, que reacionários vociferando abobrinhas saem babando, querendo morder.

Como já disse aqui neste espaço e repito, boa parte dos trabalhadores que entraram na linha do consumo, há poucos anos, adota com facilidade o discurso conservador. Conquistaram algo com muito suor e têm medo de perder o pouco que têm, o que é justo e compreensível. Mas isso tem consequências. Em debates sobre déficits qualitativos e quantitativos de moradia, por exemplo, quem tem pouco adota por vezes um discurso violento, que seria esperado dos grandes proprietários e não de trabalhadores. Afirmam que, se eles trabalharam duro e chegaram onde chegaram sozinhos, é injusto sem-teto, sem-terra ou indígenas consigam algo de “mão-beijada'' por parte do Estado.

Ignoram que o que é defendido por esses excluídos é apenas a efetivação de seus direitos fundamentais: ou a terra que historicamente lhes pertenceu ou a garantia de que a qualidade de vida seja mais importante do que a especulação imobiliária rural ou urbana.

Você acha que apenas doar agasalhos e cobertores resolve o problema de quem está passando frio do lado de fora e que a vida vai mudar com a somatória de pequenas ações de caridade coloridas e cintilantes? Pede mais educação, mais saúde, mais segurança e, ao mesmo tempo, quer menos impostos e menos Estado? Desculpe, você é muito desinformado. Ou, pior: patético.

Não é uma responsabilidade individual minha ou sua tomar cada pessoa em situação de rua ou sem-teto pelo braço e levá-los para casa. Mas a construção participativa de saídas é um dever coletivo que tem no Estado o ator principal.

Como aqui já disse, sabe o artigo sexto da Constituição Federal que garante o direito à moradia? Então, é mentira.

Do mesmo tamanho daquela anedota contada no artigo sétimo que diz que o salário mínimo deve ser suficiente para possibilitar “moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social”. Se o artigo sétimo fosse verdade, talvez pudesse ajudar o sexto a ser também.

Função social da propriedade? Por aqui, isso significa garantir que a divisão de classes sociais permaneça acentuada como é hoje. Cada um no seu lugar. Afinal de contas, viver em São Paulo é lindo – se você pagar bem por isso.

Isso contribui com a faxina social que ocorre, a conta-gotas, pelas mãos do Estado ou de agentes privados. Talvez para não melindrar o cidadãos de bem, que não gostam de mendigos mal-cobertos por doações de agasalhos ferindo o senso estético por aí, têm horror a qualquer crítica à intocabilidade da propriedade privada e querem tomar um café quentinho em seu restaurante sem serem importunados por famílias de olhos do lado de fora das vitrines.

- Minha família tem um imóvel fechado há anos sim, tá esperando o preço aumentar e não é obrigada a alugar só porque tem bêbado que não quer trabalhar.

- Quer casa fácil e eu aqui ralando que nem um louco para ter a minha…

- Um dia desses eles vão entrar com metralhadora na sua casa. Vão jogar álcool em vc e dizer que colocarão fogo! Depois te roubam tudo, levam seu carro e a policia encontra na favela que pegou fogo! Depois de um mes te assaltam na Riberto Marinho e levam teu relógio ali mesmo, naquela favela. Sabe o que? Tem que limpar mesmo……

- Eles roubam de noite e passam a tarde ali no boteco da favela tomando cerveja. Acordem!!!!!!

- Eu me mato para pagar um IPTU de 1.200,00 reais anualmente. Além de luz, telefone, TV a cabo, funcionários etc e etc… Qual desses “desvalidos'' paga o que eu pago? E eles tem “tudo mais'' que eu tenho. Casa de graça, Luz (Miau), TV (Miau), Metrô perto de casa, shopping etc etc e ainda quando aparecem “flagelados'' ganham casa do governo e bolsa isso, bolsa aquilo, seguro desemprego, seguro “cadeia'' etc… Quem é mais prejudicado no Brasil populista? EU ou eles??????????????

http://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/2014/07/26/xinga-o-movimento-sem-teto-mas-acha-bonito-doar-cobertor-na-rua/

Alinhada ao assassino, Veja condena Itamaraty

 

:

Capa da revista semanal que adota posições cada vez mais extremistas aponta "apagão na diplomacia" e "falência moral da política externa de Dilma"; com seu radicalismo, revista da família Civita sai em defesa do carniceiro Benjamin Netanyahu, que foi responsável pela morte de mais de mil pessoas nos últimos vinte dias e capaz de bombardear até um hospital e uma escola das Nações Unidas

247 - Responsável pelo primeiro voto, em 1947, pela criação de Israel, o Brasil sempre foi um aliado da causa judaica. No entanto, a política externa do Itamaraty também sempre foi pautada pela defesa dos direitos humanos. Foi exatamente neste contexto que o chanceler Luiz Alberto Figueiredo divulgou uma nota em que condenava "energicamente" a ação desproporcional de Israel no conflito da Palestina, que, em menos de vinte dias, matou mais de mil pessoas.

Neste período, o governo do chanceler Benjamin Netanyahu assassinou mulheres, crianças e foi capaz até de bombardear um hospital e uma escola da Organização das Nações Unidas, levando o secretário Ban-Ki-Moon a se dizer "estarrecido". De acordo com as Nações Unidas, Netanyahu deve ser investigado por "crimes de guerra" e até mesmo o maior aliado de Israel, o governo dos Estados Unidos, tem se mostrado desconfortável com o banho de sangue. Ontem, o secretário de Estado, John Kerry, pediu uma trégua que impedisse a continuidade da matança.

No entanto, Netanyahu tem, a seu lado, a família Civita, que edita a revista Veja, cuja capa desta semana se dedica a a apontar o que seria o "apagão na diplomacia" e a "falência moral da política externa do governo Dilma". Internamente, a revista aponta o que seriam sinais de "nanismo" do Itamaraty. Um desses, curiosamente, seria até a declaração do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, numa reunião do G-20, quando chamou o ex-presidente Lula de "o cara". Ou seja: na lógica de Veja, um elogio de Obama no G-20, organismo que deve muito ao Brasil, diminuiria o País.

Com a capa desta semana, Veja se coloca à extrema direita e se isola até de mesmo seus leitores. Responsável pela formulação da política externa do candidato Aécio Neves (PSDB-MG), o embaixador Rubens Barbosa concordou com a posição adotada pelo Itamaraty. Neste sábado, a jornalista Mônica Bergamo também informa que o presidente da Confederação Israelita Brasileira, Claudio Lottenberg, se disse indignado com a grosseria do porta-voz Yigal Palmor, que chamou o Brasil de "anão diplomático". Em editorial, o jornal Estado de S. Paulo condenou o que chamou de "baixaria israelense".

Veja, assim, se isola, assim como o carniceiro Benjamin Netanyahu. Os dois, na verdade, se merecem.

http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/148030/Alinhada-ao-assassino-Veja-condena-Itamaraty.htm

segunda-feira, 28 de julho de 2014

FEIRA DA AGRICULTURA FAMILIAR INSENTIVA PRODUTORES

 

Cruz. A Prefeitura Municipal de Cruz, através da Secretaria da Agricultura, está realizando, semanalmente, A Feira da Agricultura Familiar, com o objetivo de incentivar a produção agropecuária que usa a mão de obra familiar para produzir alimentos sem agrotóxicos e de maneira sustentável. Todas as sextas feiras, pequenos produtores, artesãos e extrativistas levam sua produção e produtos manufaturados para serem comercializados no Mercado do Produtor que fica ao lado do Terminal Rodoviário, no Centro de Cruz.

clip_image002

Dona Maria Luciene

Tudo que há de produção está à venda: farinha, queijo, ovos, macaxeira, peixes, bolos, frutas, pequenos animais, mel, doces caseiros, Jerimum, galinhas caipiras, suínos, chás, café e uma grande variedade de artesanatos. Além de estimular a produção, pretende-se eliminar a figura do atravessador com a venda direta ao consumidor reduzindo preços ao consumidor e obtendo melhores preços para os produtores fazendo com que ambos sejam beneficiados.

clip_image004

Liliane- Jenipapeiro

Apesar das dificuldades enfrentadas pelos produtores, em terem o que vender, por causa de uma sequência de três anos de escances de chuvas, que dizimou a produção agrícola e reduziu o rebanho de animais, mesmo assim, de todas as localidades da zona rural chegam agricultores e criadores que trazem um pouco de sua produção.

clip_image006

Maria do Socorro -Sulflores

O Secretário de Agricultura Carlos César de Carvalho (Carlão) e sua equipe de auxiliares: a Zootecnista Carolina Vasconcelos, a Secretária Vanusia Sousa, o Professor Manoel e o Engenheiro Agrônomo Antonio dos Santos não medem esforços para que esta feira seja uma grande conquista dos pequenos produtores.

clip_image008

Luciene – Caiçara de Baixo

Várias reuniões foram feitas com a coordenação do Território Litoral Extremo Oeste, que congrega 12 municípios, com o objetivo de elaborar um projeto para aquisição de um Posto de Recebimento e Distribuição dos produtos da Agricultura Familiar para todos os Municípios do Território que compreende Acaraú, Barroquinha, Bela Cruz, Camocim, Chaval, Cruz, Granja, Jijoca de Jericoacoara (ausente), Marco, Martinópole, Morrinhos e Uruoca. Uma estrutura que irá beneficiar os feirantes.

clip_image010 clip_image012

José Edivalso – piscicultor de Prata

Os recursos são provenientes da SDA e Ministério da Agricultura em um montante de R$ 410.000,00. As reuniões aconteceram em Camocim, dia 18 e, em Acaraú, dia 23.

clip_image014 clip_image016

Rosimeire e Amiga Bonecos de Rosimeire

Em conversa com a nossa reportagem alguns feirantes falaram de suas expectativas bastante otimistas em relação a feira. Conversamos com Rosa Meire da cidade de Cruz, Liliane da Comunidade de Jenipapeiro, Maria do Socorro Silva da sede do município e dona do Atelier Sulfores, Luciene Silva Santos da Comunidade de Caiçara de Baixo, Maria Luciene que vendia lindos bonecos e José Edivalso um criador de peixes da Comunidade de Prata.

Com um objetivo de organizar a feira e capacitar os feirantes e produtores, a Prefeitura de Cruz, na pessoa do Gestor Municipal Adauto Mendes - PT, firmou parceria com o SEBRAE para que os produtores sejam induzidos para uma visão mais empreendedora dos negócios da Cadeia Produtiva da Agricultura Familiar.

Sem dúvida uma missão corajosa, pois, tenta superar barreiras para estimular a Agricultura Familiar e reconhecer a importância do pequeno produtor para a cadeira produtiva do município, valorizando quem sempre esteve a margem da sociedade rural.

Numa visão mais audaciosa, a comissão organizadora da feira irá até ao produtor para ajudá-lo a superar as suas dificuldades e lavar uma mensagem de otimismo e encorajamento como forma de reconhecimento de seu trabalho. Após, cada feira, a equipe faz uma avaliação dos pontos fracos e fortes que foram observados durante a feira. Os técnicos conversam com produtores e consumidores ouvindo suas opiniões.

Dr. Lima

Ai vem o “trem bala”

IMAGEM DO DIA NA LENTE DO BLOG WILSON GOMES
E A POPULAÇÃO DE SOBRAL A ESPERA DO VLT.

A primeira lei de trânsito surgiu na Inglaterra e se chamava “Lei da Bandeira Vermelha”. Os veículos eram tão lentos que era obrigado uma pessoa ir na frente com uma bandeira vermelha, que significava que atrás dela vinha um carro.

Imagem do Blog do Wilson Gomes

SINDSEMS comemora 10 anos e empossa nova diretoria

 

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sobral (Sindsems) realizou, na manhã da última sexta-feira (25) solenidade em comemoração aos 10 anos de fundação do Sindicato.

Durante a solenidade foi empossado o novo presidente da entidade, Gilvan Azevedo Ferreira, e inaugurado o auditório que leva o nome da servidora, Prof.ª Maria Aldenir Lopes (in memoriam). A sede do Sindsems fica na Rua Joaquim Trindade, nº 94, no Centro.

O evento foi bastante concorrido, sendo prestigiado pela deputada Raquel Marques (PT); Luciano Arruda (Chefe de Gabinete de Sobral); Raniere Araújo (Pres. do Sindicato dos Calçadistas); Anizio Melo (Pres. da APEOC), Secretários Municipais e servidores da PMS.

Fonte: Sindsems

http://sobralemrevista.blogspot.com.br/

SINDSEMS comemora 10 anos e empossa nova diretoria

 

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sobral (Sindsems) realizou, na manhã da última sexta-feira (25) solenidade em comemoração aos 10 anos de fundação do Sindicato.

Durante a solenidade foi empossado o novo presidente da entidade, Gilvan Azevedo Ferreira, e inaugurado o auditório que leva o nome da servidora, Prof.ª Maria Aldenir Lopes (in memoriam). A sede do Sindsems fica na Rua Joaquim Trindade, nº 94, no Centro.

O evento foi bastante concorrido, sendo prestigiado pela deputada Raquel Marques (PT); Luciano Arruda (Chefe de Gabinete de Sobral); Raniere Araújo (Pres. do Sindicato dos Calçadistas); Anizio Melo (Pres. da APEOC), Secretários Municipais e servidores da PMS.

Fonte: Sindsems

http://sobralemrevista.blogspot.com.br/

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Alta produção levanta ação da Petrobras em 72%

 

:

Papéis da estatal atingem valor mais alto em 22 meses; pico de R$ 21,05, nesta semana, representou alta de 72% sobre pior cotação no ano, de R$ 11,81, em março; além da especulação feita em torno das pesquisas eleitorais, agora investidores reconhecem que elevação para 1,95 milhão de barris/dia de petróleo extraídos pela estatal no País garante ótimos resultados financeiros; da área do pré-sal já saem mais de 500 mil barris/dia nos primeiros poços; "É a Harvard das águas profundas", comparou, elogiando, o banco Credit Suisse; JP Morgan e Goldman Sachs também recomendam compra dos papéis em razão de "crescimento consistente" na produção; presidente Graça Foster comemora: "Aqui dentro temos uma espécie de mantra: produção, produção e produção", diverte-se ela

24 de Julho de 2014 às 18:15

247 – O mercado está devolvendo, e rapidamente, toda a sangria provocada de maneira especulativa sobre as ações da Petrobras. Esse retorno já está na casa dos 72% de valorização do papel da estatal brasileira desde o piso em que se encontrava no pregão do dia 17 de março, quando valia apenas R$ 11,81, no seu pior momento histórico. Nesta semana, atingiu o pico de R$ 21,05. Foi o maior valor histórico do papel da petrolífera desde o dia 14 de setembro de 2012, vinte e dois meses atrás. O fechamento nesta quinta-feira 24 ficou em R$ 20,31, com valorização de 0,25% sobre a véspera.

Desta vez, o motivo da forte maré de alta das ações da Petrobras não está na especulação dos investidores em torno de pesquisas de opinião. Os grandes operadores da Bolsa de Valores jogaram quantias pesadas na fuga do papel no ano passado. A partir de março, correram a fazer pesadas compras, ao sabor de boas notícias nas pesquisas eleitorais para a oposição, o que levou o preço da ação subir com o crescimento de expectativa sobre um segundo turno.

O que faz a ação subir, agora, é um motivo muito mais robusto e adequado ao julgamento de uma companhia pelo mercado: seus resultados. No caso da Petrobras, os players do mercado de ações se renderam ao fato de a companhia ser a única, em todo o mundo, a aumentar sua produção de petróleo nos últimos seis anos. Com atuais 1,95 milhão de barris produzidos diariamente, a Petrobras já retira, desde o final de junho, mais de meio milhão de barris diários exclusivamente de poços na área do pré-sal, confirmando projeções de um universo de 13 bilhões de barris.

Importantes analistas de mercado convergem para avaliações em tudo positivas sobre a decisão estratégica da presidente Graça Foster, da Petrobras, de dar prioridade à busca por petróleo. O Credit Suisse, em relatório a investidores, chamou o pré-sal de Harvard das águas profundas”, reconhecendo a riqueza que a estatal preservou, em leilões, para si própria, nos contratos de concessões compartilhadas. Goldman Sachs, JP Morgan e Bradesco passaram a recomendar a compra dos papéis da estatal, registrando o crescimento consistente do aumento da produção.

- Aqui temos uma espécie de mantra: produção, produção, produção, disse Graça ao 247, em entrevista com jornalistas da mídia internet, na comemoração promovida pela companhia para a retirada superior a 500 mil barris/dia no pré-sal.

- Sabemos que produzir mais é o presente e o futuro dessa empresa. Cobro os diretores todos os dias, desde a primeira hora em que entram na minha sala. A marca de meio milhão de barris diários no pré-sal é histórica, e muitas outras virão. Nossas reservas comprovadas no pré-sal são de pelos menos 13 bilhões de barris, assinala a presidente.

O mercado não deixou de registrar que a companhia garantiu junto ao governo direitos exploratórios sobre áreas do pré-sal que não foram licitadas no primeiro momento. A companhia não irá precisar tomar empréstimos e aumentar seu endividamento para fazer os investimentos necessários na exploração dos atuais e novos poços.

- Estamos entrando num círculo virtuoso, no qual quanto mais produzimos, mais faturamos e mais temos capacidade de investir.

Acima dos ataques especulativos provocados pela disputa presidencial, a Petrobras está mostrando resultados de uma solidez estratégica que o mercado não tem como não aplaudir.

Nós estávamos certos, sabíamos que estávamos.

http://www.brasil247.com/pt/247/economia/147853/Alta-produ%C3%A7%C3%A3o-levanta-a%C3%A7%C3%A3o-da-Petrobras-em-72.htm

quinta-feira, 24 de julho de 2014

ONU elogia Brasil por Bolsa Família e cotas nas universidades

 

O Brasil subiu uma posição no IDH de 2013, para o 79º lugar, num total de 187 países, segundo relatório da ONU

Política Primeiro-ministro renuncia na Ucrânia(0)Política Protesto contra Israel na Alemanha reúne de pacifistas a radicais(0)Política Ato pró-palestinos na Alemanha reúne de pacifistas a radicais(0)

País sobe uma posição no ranking de desenvolvimento humano, e Nações Unidas elogiam programas de transferência de renda e de redução das disparidades sociais.

O Brasil subiu uma posição no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 2013, para o 79º lugar, num total de 187 países, segundo o Relatório do Desenvolvimento Humano da ONU, divulgado nesta quinta-feira, 24, pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

Com IDH 0,744, o País registrou a mesma nota da Geórgia (república da região do Cáucaso) e de Granada (país do Caribe). Pela metodologia das Nações Unidas, o Brasil é considerado um país de alto desenvolvimento humano por ter nota acima de 0,7. O IDH varia de 0 a 1, grau máximo de desenvolvimento.

O relatório do Pnud, com o título Sustentar o Progresso Humano: reduzir as vulnerabilidades e aumentar a resiliência, aponta o Brasil como o autor de boas medidas na área de desenvolvimento humano. Uma das iniciativas elogiadas é o Bolsa Família, que, segundo o documento, "é um programa de transferência de dinheiro que tenta minimizar efeitos negativos a longo prazo, mantendo as crianças na escola e protegendo a sua saúde".

"[O programa] custou apenas 0,3% do Produto Interno Bruto entre 2008 e 2009 e foi responsável por 20% a 25% de redução da desigualdade (...) e está ligado a uma redução de 16% da pobreza extrema", diz o documento, acrescentando que muitos países "têm descoberto que um investimento inicial de uma pequena parte do PIB tem benefícios que em muito o ultrapassam".

O relatório garante que fornecer benefícios de segurança social básicos aos pobres "custaria menos do que 2% do PIB mundial" e contraria a ideia de que apenas os países ricos podem oferecer serviços universais.

Ao lado dos frequentemente elogiados países escandinavos, como a Dinamarca, a Noruega e a Suécia, a Coreia do Sul, a Costa Rica e o Brasil surgem na lista dos países com boas práticas. "Esses países começaram a implementar medidas de proteção social quando o seu PIB per capita era inferior ao da Índia ou do Paquistão."

A ONU diz ainda que o Brasil está tentando reduzir as disparidades raciais para os mestiços e afro-brasileiros, que constituem mais de metade da sua população. Como exemplos, diz que o país aprovou em agosto de 2012 uma lei que exige cotas de admissão preferencial para essa população nas 59 universidades e 38 escolares técnicas federais. Em 1997, apenas 2,2% de negros e mestiços entre os 18 e 24 anos frequentavam universidades. Em 2012, essa percentagem subiu para 11%. O número de estudantes desprivilegiados também aumentou, de 30 mil para 60 mil, no mesmo período.

"O Brasil embarcou para o desenvolvimento e consolidação democrática com divisões étnicas e raciais e desigualdade como pano de fundo. O governo implementou uma mistura de intervenções políticas destinadas a incentivar o mercado de trabalho, expandir o ensino universal e enfrentar disparidades de gênero e raça", escrevem os autores do relatório.

O Pnud entende que esses esforços são responsáveis por efeitos como a queda da mortalidade infantil, que foi cortada para quase metade entre 1996 e 2006, e a proporção de meninas na escola primária, que subiu de 83% para 95% entre 1991 e 2004.

Melhora significativa
Apesar da melhora do IDH, o Brasil continua abaixo de outros países latino-americanos, como Chile (41º lugar, com nota 0,822), Cuba (44º, com nota 0,815) e Argentina (49º, com nota 0,808), considerados com grau muito alto de desenvolvimento humano por terem obtido nota acima de 0,8. A Noruega lidera o ranking, com nota 0,944, seguida de Austrália (0,933), Suíça (0,917) e Holanda (0,915). Os últimos lugares são ocupados por Níger, Congo e República Centro-Africana.

O índice é calculado com base em três aspectos do desenvolvimento humano: uma vida longa e saudável, acesso ao conhecimento e qualidade de vida. Para isso, são levados em conta fatores como a esperança média de vida, anos de escolaridade de cada cidadão e PIB per capita. Em 2013, o Brasil registrou 73,9 anos de expectativa de vida, 7,2 anos de média de estudo, 15,2 anos de expectativa de estudo para as crianças que atualmente entram na escola e renda nacional bruta per capita de 14.275 dólares, ajustada pelo poder de compra.

O IDH do Brasil em 2013 subiu 36,4% em relação a 1980. Naquele ano, a expectativa de vida correspondia a 62,7 anos, a média de estudo era de 2,6 anos, a expectativa de estudo somava 9,9 anos, e a renda per capita totalizava 9.154 dólares. "O Brasil é um dos países que mais evoluíram no desenvolvimento humano nos últimos 30 anos", disse o representante do Pnud no Brasil, Jorge Chediek. Ele destacou que as mudanças são estruturais e têm ocorrido em todos os governos.

http://www.opovo.com.br/app/maisnoticias/mundo/dw/2014/07/24/noticiasdw,3287122/onu-elogia-brasil-por-bolsa-familia-e-cotas-nas-universidades.shtml

RIO ZIN RENASCE NO DESERTO DO NEGUEVE, EM ISRAEL, CUMPRINDO MAIS UMA PROFECIA BÍBLICA!

Israel é a "terra dos milagres". Não porque haja intervenção humana - apesar do desenvolvimento e capacidades do povo judeu - mas porque Deus cumpre a Sua Palavra!

E as profecias bíblicas de há 2.500 anos atrás anunciavam que o Senhor "abriria rios no deserto" de Israel, como prova da Sua eleição de Israel como Seu povo: "Abrirei rios em lugares altos, e fontes no meio dos vales; tornarei o deserto em lagos de águas, e a terra seca em mananciais de água."

"Para que todos vejam, e saibam, e considerem, e juntamente entendam que a mão do Senhor fez isto, e o Santo de Israel o criou." - Isaías 41:18 e 20.

RIO ZIN RENASCE EM PLENO DESERTO DO NEGUEVE!

Depois de muitos anos de seca absoluta, Israel assistiu a mais um cumprimento profético, ao testemunhar (vídeo acima) o renascimento de um rio dos tempos bíblicos que há muitos anos tinha deixado de existir. A população local não coube em si de contente ao registar esta bênção, tendo as imagens capturado a própria alegria de um cão ali presente...!

As fortes chuvas que têm caído nas montanhas subjacentes permitiram que granes quantidades de água deslizassem pelas encostas e voltassem a percorrer o leito deste antigo rio Zin, já existente nos tempos do Velho Testamento!

Segundo os peritos locais, esta grande quantidade de água é algo anormal na região, habituada a extremas e prolongadas secas.

Este rio Zin tem a sua nascente na região da cratera de Ramon - um impressionante sítio geológico localizado no topo do deserto do Negueve, e as 85 kms a sul da cidade de Berseba - indo desaguar no Mar Morto.

Foi exactamente deste local que os 12 espias judeus foram enviados para espiar a Terra de Canaã: "Assim subiram e espiaram a Terra desde o deserto de Zin..."(Números 13:21), sendo o rio Zin a marca da fronteira do território de Israel nos tempos bíblicos.

Este raro acontecimento comprova a fidelidade do Deus de Israel para com o Seu povo, pois Ele "Converte o deserto em lagos, e a terra seca em fontes." (Salmo 107:35)

"O deserto e o lugar solitário se alegrarão disto...porque águas arrebentarão no deserto e ribeiros no ermo. E a terra seca se tornará em lagos, e a terra sedenta em mananciais de águas..."(Isaías 35:1, 6 e 7).

"Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo. Os animais do campo me honrarão, os chacais e as avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao Meu povo, ao meu eleito. A esse povo que formei para Mim..." (Isaías 43:19-21).

Shalom, Israel!

FONTE:

http://shalom-israel-shalom.blogspot.com.br/search?updated-max=2014-03-22T16%3A15%3A00Z&max-results=20&start=17&by-date=false

PRF prende motoqueiro portando arma de fogo municiada

Durante fiscalização realizada por Policiais Rodoviários Federais, no km 306 da BR 222, localidade de Acarape, distrito de Tianguá, foi observado um motoqueiro parar e empreender fuga em sentido contrário à fiscalização. Foi realizado então acompanhamento tático visando abordar o motoqueiro que adentrou por ruas daquele povoado pilotando uma motocicleta Honda placa ORZ-4017. Quando em acompanhamento verificou-se que o condutor da motocicleta jogou uma mochila às margens da rodovia e continuou fuga. Ao ser finalmente interceptado foi dado voz de prisão ao mesmo pois foi encontrado dentro da mochila uma arma de fogo. Trata-se de revólver calibre 38 municiado com 5 balas e mais 2 de reserva. Trata-se de V. S. R., natural de Tianguá/CE, 48 anos. Veículo, acusado e demais itens apreendidos foram encaminhados a Polícia Judiciária Civil de Tianguá/CE.

A PRF trabalha com o intuito de evitar acidentes e vítimas na rodovia federal, no entanto também procura diuturnamente realizar abordagens visando coibir a prática de crimes diversos, zelando pela segurança dos usuários da BR 222.

Fonte: PRF/4 Delegacia Sobral

Ceará registra um acidente de trabalho a cada 40 minutos

No próximo domingo (27/7), o Brasil celebra o Dia Nacional da Prevenção de Acidentes de Trabalho com o registro de uma pequena queda no número de casos. Na contracorrente, o Ceará contabiliza crescimento de 5% no total anual de acidentes e uma média de uma vítima a cada 40 minutos, de acordo com os dados mais recentes do Ministério da Previdência Social.
O último levantamento publicado pela Previdência Social totaliza os acidentes de trabalho ocorridos em 2012. No Ceará, foram 13.002 casos, 620 a mais que no ano anterior. No mesmo período, o número de acidentes no Brasil diminuiu de 720.629 para 705.239.
O município de Sobral foi o recordista no crescimento de acidentes, em termos absolutos. Foram 1.248 acidentes, 237 a mais que no ano anterior. O número de novos casos é superior ao de Fortaleza, onde, em 2012, foram registrados 45 casos a mais que em 2011 (total foi de 5.126). Percentualmente, o recordista foi o município de Santana do Acaraú, que contabilizou crescimento 1.300%, subindo de 2 para 26 casos.
Para tentar reduzir o número de acidentes de trabalho no Ceará, 40 instituições públicas e privadas reuniram-se em um grupo chamado de Getrin7. Tribunal Regional do Trabalho do Ceará, Ministério Público do Trabalho, Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, Ministério Público do Trabalho, Centros de Referência em Saúde do Trabalhador, prefeituras, sindicatos e federações formam uma força-tarefa que, por meio de ações educativas, tentam reduzir os acidentes.
Neste ano, o foco do Getrin7 é o trabalho rural, atividade para a qual não existem estatísticas oficiais. “Se na área urbana já é difícil obter dados atualizados, com o trabalho rural e agrícola é quase impossível”, explica o juiz do trabalho Carlos Alberto Rebonatto, um dos coordenadores do Getrin7.
Caravana do trabalho seguro: Sem dados oficiais, a alternativa encontrada pelo magistrado para definir onde o Getrin7 deve atuar foi realizar um diagnóstico conjunto com representantes do Ministério do Trabalho e Emprego, Instituto Nacional da Previdência Social, Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará e Universidade Federal de Fortaleza.
Juntos, os representantes dessas instituições elegeram quatro regiões que, no mês de novembro, receberão a visita de uma caravana de especialistas que formam o Getrin7. Eles irão dialogar com patrões e trabalhadores essencialmente sobre meios de prevenção.
Regiões problemáticas: “A comercialização ilegal e uso incorreto de agrotóxicos na Serra da Ibiapaba, por exemplo, é caso de polícia”, afirma o coordenador da fiscalização do trabalho rural na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, Sérgio Carvalho. Em Aracati, os principais riscos estão relacionados ao trabalho nas fazendas de camarão. Em Granja, são os carnaubais que preocupam. Limoeiro do Norte completa a lista de quatro regiões mais problemáticas que receberão a visita do Getrin7.
--
Assessoria de Comunicação Social do TRT/CE
Telefones: (85) 3388-9426 / 3388-9227 / 3388-9428
Email: csocial@trt7.jus.br
Twitter: www.trt7.jus.br/twitter

TRE julga 143 processos e barra 5 registros de candidatura

 

Mesmo condenados por captação ilícita de sufrágio, Carlomano Marques e Francisco Guimarães tiveram suas candidaturas autorizadas pelos juízes.

Anderson Pires
redacao@cearanews7.com.br

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará já julgou 143 processos de registros de candidatura, todos referentes a cargos proporcionais. Deste total, cinco resultaram em indeferimento ao cargo de deputado estadual: João Paulo Nascimento Oliveira (PSC), Vera Mariano da Silva (PSC) e Ana Cleide Pereira Gomes (PDT), Augusta Brito de Paula (PC do B) e Antônio Roque de Araújo (Pros).
Na sessão desta quarta-feira, 23/7, presidida pela desembargadora Iracema do Vale, foram analisados 7 processos de registros de candidatura. Além de dois indeferimentos (Augusta Brito de Paula e Antônio Roque de Araújo), os juízes deferiram as candidaturas de Carlomano Marques e Francisco Guimarães, que embora condenados pela Corte do TRE por captação ilícita de sufrágio em processos anteriores, os dois estão amparados por liminar concedida pelo TSE. Na sessão, foram deferidos ainda três DRAPs: da coligação a deputado federal PTC-PEN-PV-PTdoB-PRTB-PMN-PPL; da coligação a deputado estadual PMDB-PR-DEM-PRP-PSDB; e Coligação Ceará de Todos (a governador e senador), este último com pedido de impugnação da Coligação Para o Ceará Seguir Mudando.
Ao todo, 846 candidatos solicitaram o registro para os cargos de governador, senador, deputado federal e deputado estadual. Este número é maior do que o registrado nas eleições de 2010, quando o TRE julgou 827 processos.
O TRE tem prazo até o dia 5 de agosto para julgar todos os processos de registros de candidatura. Mas, de acordo com o Calendário Eleitoral do TSE, os partidos/coligações ainda podem substituir ou registrar novos candidatos até o dia 6 de agosto nas vagas remanescentes para os cargos proporcionais (deputados estadual e federal) e até o dia 15 de setembro para substituir os candidatos aos cargos majoritários (senador e governador).
* Com informações do TRE

http://www.cearanews7.com.br/ver-noticia.asp?cod=18740

quarta-feira, 23 de julho de 2014

TCU bloqueia bens de Gabrielli e ex-diretores por perdas com refinaria

 

Compra de Pasadena gerou prejuízo de US$ 792 milhões à Petrobras.
Citados como responsáveis têm 15 dias para apresentar defesa.

Fábio AmatoDo G1, em Brasília

O plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou nesta quarta-feira (23), por unanimidade, relatório do ministro José Jorge que aponta prejuízo de US$ 792,3 milhões à Petrobras pela compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, em 2006.

O texto não aponta entre os possíveis responsáveis a presidente Dilma Rousseff, presidente do conselho de administração da Petrobras na época da compra de Pasadena. Isso significa que, no entender do TCU, ela não teve responsabilidade pelo prejuízo. Antes, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, havia determinado o arquivamento de apuração para averiguar se houve cometimento de crime por parte de Dilma na aquisição da refinaria.
O acórdão do TCU cita como possíveis responsáveis pelo prejuízo ex-membros da diretoria da Petrobras, entre eles o ex-presidente da estatal José Sérgio Gabrielli. Eles têm 15 dias para apresentar defesa e, a partir disso, um novo relatório será produzido pelo tribunal, que poderá alterar valores devidos, excluir ou incluir nomes de pessoas apontadas como responsáveis pelo prejuízo.

Entre as medidas aprovadas também está o bloqueio dos bens em nome dos citados – além de Gabrielli, são apontados como suspeitos de responsabilidade pelo prejuízo o ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró e o ex-diretor de Abastecimento e Refino Paulo Roberto Costa, preso em uma operação da Polícia Federal suspeito de envolvimento em um esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas. O bloqueio será por um ano e terá validade a partir da citação dessas pessoas.

Refinaria de Pasadena

Petrobras é investigada por compra

Gabrielli e Cerveró já negaram que o negócio tenha sido prejudicial à estatal. Em abril passado, em audiência na Câmara dos Deputados, o ex-diretor disse que não teve a "intenção de enganar" o conselho de administração. O ex-presidente da Petrobras também defendeu a compra, em junho passado, na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI). Ele afirmou que, na época, se tratou de "um bom negócio".

Entenda o caso
Além do TCU, o negócio é alvo de investigações da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF), por suspeita de superfaturamento. A compra também é investigada por duas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) no Congresso.

A aquisição de 50% da refinaria, por US$ 360 milhões, foi aprovada pelo conselho da estatal em fevereiro de 2006. O valor é muito superior ao pago um ano antes pela belga Astra Oil pela refinaria inteira: US$ 42,5 milhões. Depois, a Petrobras foi obrigada a comprar 100% da unidade, antes compartilhada com a empresa belga. Ao final, aponta o TCU, o negócio custou à Petrobras US$ 1,2 bilhão.
Decisão preliminar
A decisão desta quarta-feira é considerada preliminar. Ela determina a conversão do processo em Tomada de Contas Especial (TCE). Nessa fase, serão quantificados débitos e identificados os responsáveis pelo prejuízo. Além disso, os citados vão poder apresentar suas defesas.

De acordo com o ministro José Jorge, após a TCE será elaborado um novo relatório, dessa vez com o parecer definitivo do TCU sobre a compra de Pasadena. Ele apontou, porém, que a conclusão do novo relatório pode levar mais tempo já que os citados devem pedir, e receber, mais prazo para apresentar defesa.
Assim como Dilma, todos os outros membros do conselho de administração da Petrobras na época da compra de Pasadena não foram citados no acórdão e, por isso, não são responsabilizados pelo prejuízo. Entretanto, eles podem vir a ser citados na nova fase do processo.

No total, o documento cita 11 executivos. Entre eles, nomes ligados a setores financeiro e jurídico e representantes da Petrobras América, subsidiária da estatal nos EUA. Além de Gabrielli, Cerveró e Costa, são apontados como suspeitos Almir Guilherme Barbassa, Renato de Souza Duque, Guilherme de Oliveira Estrella, Ildo Luis Sauer, Luís Carlos Moreira da Silva, Gustavo Tardin Barbosa, Renato Tadeu Bertani e Carlos César Borromeu de Andrade. Todos eles são atingidos pelo bloqueio de bens.
Origem do prejuízo
Em seu relatório, o ministro José Jorge aponta que “a maior parte provável do prejuízo causado à Petrobras” vem da fase inicial da operação de compra. Para estimar o valor de mercado da refinaria, a estatal contratou a empresa texana Muse & Stancil, que, em janeiro de 2006, chegou a montantes que variavam de US$ 84 milhões a US$ 126 milhões.

Entretanto, a Petrobras realizou um Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica, “que resultou em avaliação da refinaria por montante muito superior”, de US$ 745 milhões, e “serviu de base para as ofertas efetuadas pela Petrobras e norteou o preço de fechamento do negócio”.

Jorge aponta “falta de plausibilidade” desse estudo. Segundo seu relatório, o valor levantado pela estatal tem como base estimativas de fluxos de caixa que seriam obtidos pela refinaria ao longo do tempo “após a realização de vultosos investimentos”, ao invés do estado em que a planta se encontrava na época.

“A Petrobras, portanto, avaliou a refinaria partindo da hipótese que seu valor seria aquele que dependeria da realização de investimentos futuros, a serem feitos pela própria Petrobras.”

Do total de US$ 782,3 milhões de prejuízo estimados, US$ 580,4 milhões seriam, segundo o acórdão, devido à desconsideração, pela diretoria da Petrobras, do laudo da consultoria Muse & Stancil. Outros US$ 92,3 milhões vieram da “decisão de postergar o cumprimento da sentença arbitral até o trânsito em julgado de ações que visavam desconstituí-la”.

O acórdão aponta ainda que US$ 79,8 milhões surgiram da assinatura da carta de intenções para a aquisição dos 50% da refinaria que pertenciam à Astra. Já US$ 39,7 milhões são atribuídos à dispensa, pela Petrobras, da cobrança de valores previstos no contrato junto à Astra.
Suspensão
A votação do processo pelo plenário do TCU chegou a ser suspenso após pedido de vistas feito pelo ministro Benjamin Zymler. Ele alegou que não tinha condições de avaliar, nesta quarta, se o cálculo apontado para o prejuízo estava correto.

Zymler, entretanto, voltou atrás depois que alguns colegas optaram por adiantar seus votos, todos favoráveis ao relatório de José Jorge.

http://g1.globo.com/economia/noticia/2014/07/tcu-aponta-prejuizo-de-us-7923-milhoes-por-compra-de-pasadena.html

Com 38%, Dilma vence 2º turno, diz Ibope

 

Qua, 23 de Julho de 2014 00:00

A presidente Dilma Rousseff lidera a corrida presidencial com 38% das intenções de voto; em segundo lugar aparece o senador Aécio Neves com 22%; o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) tem 8% / Foto: Divulgação

Pesquisa Ibope divulgada ontem (22) pelo “Jornal Nacional”, transmitido pela TV Diário, mostra a presidente Dilma Rousseff como líder da corrida presidencial com 38% das intenções de voto. Em segundo lugar aparece o senador Aécio Neves (PSDB-MG), com 22%. O ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) tem 8%. Todos os outros candidatos juntos somam 5%.

Segundo o Ibope, 16% votariam branco ou nulo se a disputa fosse hoje. Outros 9% declararam não saber em quem votar. Dilma também lidera as simulações de segundo turno feitas pelo Ibope. Contra Aécio, vence por 41% a 33%. Contra Campos, por 41% a 29%.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo em parceria com o jornal "O Estado de S. Paulo". Com 2.002 entrevistas entre os dias 18 e 22, o levantamento tem margem de erro de dois pontos para mais ou para menos. A taxa de confiança é de 95%. O registro do levantamento no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é BR-00235/2014.

As taxas de rejeição a Dilma e Aécio oscilaram negativamente de junho para cá. No mês passado, 38% dos eleitores disseram que não votariam de jeito nenhum na presidente. Hoje são 36%. No mesmo período, a rejeição ao tucano variou de 18% para 16%. A taxa de rejeição a Eduardo Campos caiu de 13% para 8%, e a do pastor Everaldo foi de 18% para 11%. Segundo o levantamento, 13% disseram que poderiam votar em todos os candidatos.

A maioria absoluta dos eleitores acredita que Dilma vai se reeleger em outubro. Para 16%, Aécio Neves, é o favorito na disputa. Apenas 5% acreditam que o próximo presidente será Eduardo Campos. Quase um quarto dos eleitores (24%) não soube responder à questão.

Para o Senado, o ex-governador Tasso Jereissati (PSDB) lidera a disputa com 58% das intenções de voto. O candidato do Pros, Mauro Filho, aparece em segundo, com 14%, à frente de Raquel Dias (PSTU), com 5%, e Geovana Cartaxo (PSB), com 2%.

Na última pesquisa Ibope, Tasso, que compõe chapa com Eunício Oliveira, marcou 47% dos votos. Na ocasião, o nome de Mauro Filho ainda não havia sido definido para concorrer ao Senado.

Alckmin

Em busca de vacinas contra as críticas que sofrerá durante a campanha eleitoral, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), escalou ontem o secretário estadual de Saneamento e Recursos Hídricos, Mauro Arce, para coordenar o núcleo responsável pelas propostas na área de segurança hídrica em seu programa de governo.

A escolha é uma tentativa de fortalecer uma área considerada por adversário do tucano como um dos "calcanhares de aquiles" de sua administração. A crise de desabastecimento do Sistema Cantareira, que opera desde maio com o volume morto, é alvo de ataques tanto do PT como do PMDB, que acusam o governo paulista de não ter investido o suficiente na área para evitar a escassez de água.

http://www.odiariodemogi.inf.br/nacional/24524-com-38-dilma-vence-2o-turno-diz-ibope.html

terça-feira, 22 de julho de 2014

Eunício tem 44%, Camilo 14%, Eliane fica com 6% e Ailton com 3% das intenções de voto

 

Tasso Jereissati lidera a corrida ao Senado Federal com 58%, tendo Mauro Filho em segundo lugar com 14%.

Anderson Pires
redacao@cearanews7.com.br

O IBOPE Inteligência Pesquisa e Consultoria LTDA divulgou, nesta terça-feira (22), a primeira pesquisa de intenção de voto após a realização das convenções partidárias que definiram as candidaturas que disputarão as eleições ao Governo do Estado e ao Senado Federal representando o Ceará. O levantamento foi encomendado pela TV Verdes Mares.
Segue abaixo os dados revelados nas entrevistas:
GOVERNO DO CEARÁ

  • Eunício Oliveira (PMDB) – 44%
  • Camilo Santana (PT) – 14%
  • Eliane Novais (PSB) – 6%
  • Ailton Lopes (PSOL) – 3%
  • Branco / Nulo – 15%
  • Não Sabe / Não Respondeu – 18%

SENADO FEDERAL
  • Tasso Jereissati (PSDB) – 58%
  • Mauro Filho (PROS) – 14%
  • Raquel Dias (PSTU) – 5%
  • Geovana Cartaxo (PSB/Rede) – 2%
  • Branco / Nulo – 11%
  • Não Sabe / Não Respondeu – 10%

A pesquisa, que ouviu 1.204 eleitores, entre os dias 18 e 20 de julho, foi registrada junto ao TSE com o número CE-00010/2014. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança chega a 95%.

 http://www.cearanews7.com.br/ver-noticia.asp?cod=18709