domingo, 31 de março de 2013

DE NOVO, TODA CIDADE COM BIBLIOTECA

 

Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – Http://luizcarlosamorim.blogspot.com

Deparei-me com uma boa notícia em um jornal, há uns três ou quatro pares de anos - e olhe que notícia boa em jornal não é muito comum, cá pra nós. Falo do Projeto Livro Aberto, do Ministério da Cultura, que prometia implantar cento e trinta novas bibliotecas no país, naquele ano de 2005. Até o final de 2006, a meta era zerar a quantidade de cidades brasileiras sem salas de leitura. Não era uma boa notícia?
Isso significava que as pequenas cidades que até então não tinham o benefício e a opção da leitura, passariam a ter a sua biblioteca pública municipal, com um acervo inicial de dois mil livros. Do kit faria parte também um computador com o acervo cadastrado, mesas e cadeiras.

Só que os anos passaram e, assim como tantas outras promessas do governo anterior, essa também não foi cumprida.
O tal projeto Livro Aberto seria um alento para a acirrada luta que travamos com o objetivo de se conseguir disseminar a leitura nesse país, para que se consiga despertar o gosto pela leitura. Mas não vingou.

Então me deparo, recentemente, com outra notícia parecida com aquela de tantos anos atrás: “Biblioteca será obrigatória nas escolas do Brasil em 2020”. Para uma promessa que já havia sido feita há bastante tempo, prevendo que em 2006 não haveria mais cidade brasileira sem biblioteca pública, prometer isso de novo com tão largo prazo é uma confissão de nossos governantes de que não cumprem as suas promessas. Como os notebooks para os alunos de primeiro e segundo graus, prometidos há anos atrás e que também não foi cumprido. Essa promessa também foi reeditada, só que com tablets.

O interessante é que, com todo esse prazo, a lei federal 12.244/10, que determina que todas as instituições de ensino públicas e privadas do Brasil devem ter bibliotecas até o ano de 2020, foi sancionada em 2010, já com três anos de defasagem, portanto.

Segundo o movimento Todos pela Educação, 72,5% das escolas públicas do país não têm bibliotecas. O Brasil teria que começar já a entregar bibliotecas, para dar conta do recado. Não me consta que estejam inaugurando bibliotecas públicas por aí, diariamente, então ficamos em dúvida quanto ao cumprimento de mais essa promessa. E precisamos de bibliotecas, precisamos de livros, precisamos incutir o hábito da leitura. E sem bibliotecas públicas e escolares, isso fica bem difícil, ainda mais com o sucateamento da educação que todos estamos vendo em nosso país.

Mas como o poder público terá a parceria do Instituto Ecofuturo, da Academia Brasileira de Letras (ABL), do Conselho Federal de Biblioteconomia (CFB) e da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) – que aceitaram fazer parte da campanha Eu Quero Minha Biblioteca, vamos esperar que a coisa ande.

Municípios brasileiros que não têm biblioteca, por favor não deixem de se inscrever no programa Eu quero Minha Biblioteca”. E cobrem a sua.

Nada funciona bem

 

Nos anos do governo de Fernando Henrique Cardoso o que mais justificou as privatizações foi o argumento de que o Estado, na figura abstrata dos entes de administração pública, estava em todos os ramos de atividades, típicas da iniciativa privada. Era verdade, e nada tem a ver como algumas privatizações foram realizadas.

Por presunção, depois das privatizações, o Estado tomaria conta de suas atividades essenciais. Como não há uma definição sobre elas, as mais destacadas seriam a saúde, a educação e a segurança. Passados alguns anos, essas áreas estão piores e as autoridades se satisfazem com desculpas bizarras.

Quem de algum modo consegue, não mede esforços nem sacrifícios para pagar planos de saúde caríssimos, com preços abusivos, para ter atendimento ruim, apenas melhor do que o do sistema público. Quando se precisa de um exame mais sofisticado, a maioria das instituições conveniadas não faz, e algumas só realizam em determinadas locais. Além disso, a burocracia para algumas autorizações é igual à do SUS. Tem sempre uma predisposição para negação.

Os mais de quarenta mil assassinatos anuais dispensam maiores comentários sobre a segurança pública no Brasil, com índices crescentes em São Paulo, estado no qual a criminalidade vinha diminuindo. O número de carros e de cargas roubadas, de assaltos a estabelecimentos comerciais, aos edifícios comprova que esse serviço é prestado de forma precária. Já o número irrisório de condenados pelos crimes serve de incentivo à criminalidade, assim como as penas insignificantes.

Na educação, os números que sobem são os da violência dentro das escolas e a péssima posição do Brasil nos concursos internacionais comprovam que nossa educação não educa. Mas as nossas autoridades só veem números favoráveis e os especialistas já apontaram todos os diagnósticos possíveis. E ano após ano a história do caos se repete.

Nesses três itens a nota é baixíssima, para não dizer zero, pois um ou outro hospital, um programa funciona razoavelmente.

Outros serviços são prestados diretamente pela administração pública ou por concessionárias. Nenhum serviço é prestado satisfatoriamente. As estradas são uma peneira. Dão imenso prejuízo aos agricultores no transporte das safras, além de contribuírem para o festival de mortes no trânsito. Os transportes coletivos são superlotados, não cumprem horários e nem esclarece devidamente quando há problemas. O metrô, os trens e os ônibus são vagarosos e verdadeiros supermercados ambulantes, onde se vende de tudo.

Com qualquer chuva, os faróis das cidades têm efeitos semelhantes ao açúcar e apresentam defeito com qualquer garoa. Quase todas as cidades são muito sujas, pichadas, sem praças de esporte e de lazer, sem bibliotecas, teatros ou cinemas públicos, mesmo que improvisados.

Os órgãos de fiscalização deveriam ser mais fiscalizados do que os serviços que fiscalizam. Em suma, nenhum serviço público, seja federal, estadual ou municipal funciona a contento. Os cidadãos se acovardam e não enfrentam as intimidações costumeiras dos agentes públicos, especialmente da área de segurança. Na grande maioria começa com um aviso de que desacatar servidor é crime, sem mencionar que não prestar o serviço para que fora designado é igualmente criminoso.

Intimidar e dificultar a manifestação das pessoas e colocar desculpas tornaram-se um modo de não agir nos serviços públicos. Virou clichê alegar falta de funcionário e de material, além de constantemente os aparelhos estarem quebrados. Nunca citam que os funcionários não cumprem os horários corretamente, que deveria haver peças de reposição e empresas para manutenção. Acabar com as várias dispensas de ponto que existem, com as faltas abonadas, com as permissões para saírem no horário de expediente. Deveriam submetê-los a treinamentos e aprimoramento permanentes. E o mais importante seria intensificar o controle sobre os materiais utilizados, com especial fiscalização nos hospitais, prontos-socorros e postos de saúde.

Não resta dúvida sobre o acerto da máxima de que cada povo tem o governo que merece. Há mais de um ano reclamo de um vazamento em São Paulo, junto à estação Anhangabaú do Metrô. A Sabesp alegou competência da prefeitura. Arrumaram, mas não demorou dois meses e o vazamento continua lá, há menos de 200 metros do gabinete do prefeito e a uns 300 da Câmara Municipal, que tem 55 vereadores e mais de mil funcionários e ninguém vê isso por eles mesmos. Pior, quando consertam, a duração é de meses.

Este ano já reclamei da sujeira numa estação da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos de São Paulo - e de calçadas altas. Se ao menos sua insatisfação não for demonstrada, os governos ficam como gostam: inertes e sem cobranças.

Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP

Bacharel em direito

Jurista marginal

 

João Baptista Herkenhoff

Quando eu era Juiz de Direito, em atividade, era chamado por algumas pessoas, pejorativamente, com o codinome de jurista marginal. O epíteto não me era atribuído pelos leigos em Direito, o que seria menos doloroso, mas por profissionais que integravam o universo jurídico

Isto acontecia porque, seguindo a consciência e por uma questão de foro íntimo, eu dava sentenças que, naquela época, não guardavam sintonia com o pensamento dominante e a jurisprudência dos tribunais superiores.

Na década de 1960 – esclareça-se esta data porque é essencial – preferia absolver a condenar. Optava por dar penas leves, quando era obrigado a condenar, do que aplicar pesadas penas. Acreditava na palavra e dialogava com acusados e réus, tratando-os como seres humanos, portadores de dignidade porque tinham na alma, ainda que trangressores da lei, o selo de Deus. Confiava em acusados e réus, firmando com eles pactos de bem viver. Emocionava-me porque nenhuma lei ou código de ética proíbe o juiz de ter emoções. Colocava nos despachos e decisões a Fé que recebi na infância. Assim agia por entender que o Estado é laico mas o magistrado, embora integrando um dos Poderes estatais, pode revelar sua crença, sem ferir a laicidade do Estado. Esforçava-me por obter acordos, no juízo cível, evitando que as partes prolongassem as contendas.

Esta visão do Direito não era, de forma alguma, partilhada, naqueles tempos distantes, pelos magistrados do andar de cima. Não fosse o apoio entusiástico e a compreensão integral principalmente de três desembargadores – Carlos Teixeira de Campos, Mário da Silva Nunes e Homero Mafra – teria sido muito difícil resistir às pressões.

Porque tudo que eu fazia, era feito com retidão de propósito, o apelido de jurista marginal me magoava muito.

Certo dia veio-me a inspiração. Por que eu não transformava a alcunha ofensiva em arma de defesa, de modo a desarmar os opositores?

Havia, dentre os que se opunham à conduta judicial adotada, pessoas de espírito nobre, que nada tinham de pessoal contra o juiz marginal, mas apenas discordavam de seus métodos.

Em homenagem a estes era preciso dar uma resposta racional e elegante aos questionamentos.

Tudo ponderado, como se diz no final das sentenças, escrevi um livro, defendendo a orientação adotada nos decisórios que estavam sendo atacados. Dei ao livro este título: Escritos de um jurista marginal.

Atribuindo a mim mesmo o adjetivo nada elogioso, dava nos adversários mentais um dribe decisivo.

A obra foi publicada pela Livraria do Advogado Editora, de Porto Alegre. Procurei, de caso pensado, uma editora localizada bem longe do Espírito Santo. Lá das plagas gaúchas, eu lançaria o livro. Pareceu-me bastante adequado escolher o sul do Brasil para dar início ao périplo pretendido.

João Baptista Herkenhoff é magistrado aposentado, palestrante e escritor. Acaba de publicar Encontro do Direito com a Poesia – crônicas e escritos leves (GEditora, Rio de Janeiro).

E-mail: jbherkenhoff@uol.com.br

Homepage: www.jbherkenhoff.com.br

quinta-feira, 28 de março de 2013

Páscoa

 

Refletir sobre a Páscoa implica em refletir sobre o Amor. Amor capaz de dar a vida, superar divisões, perdoar pecados, iluminar caminhos. Quando penso na Páscoa fico emocionada. Nunca imaginei que alguém fosse capaz de querer se sacrificar por mim, por nós. Esse amor-doação sempre surpreende as pessoas, porque poucas delas estão dispostas a abrir mão de seu conforto para auxiliar quem quer que seja, imagine então, entregar-se em sacrifício por alguém. Seria demais, não é mesmo? Isso me faz sentir como precisamos de Deus, como Ele nos é imprescindível. Crer nesse amor é vital para a nossa sobrevivência e para o nosso equilíbrio emocional. Todo ser humano tem o anseio de ser amado. É isso que nos confere o senso de valor e utilidade. Jesus nos amou até a morte e, morte de cruz, terrivelmente sofrida. Ele disse que nos amaria para sempre. Alguém duvida desse amor?

Muitas vezes nós somos abandonados, maltratados, caluniados, injustiçados. Temos vontade de sumir, nos esconder, desaparecer. Ficamos irritados, tristes, angustiados, amedrontados. É natural do ser humano se sentir assim de vez em quando, principalmente diante dos desafios e adversidades. Quando nos sentimos fracos e sem valor, exterminados sob o peso das responsabilidades ou sem forças para reagir, podemos olhar para o alto. Existe alguém que se importa conosco. Alguém que morreu por nós, mas que, diferente de outros que também padeceram, ressuscitou. Jesus vive! Ele não está morto, mas vivo. Páscoa é isso! Celebração da ressurreição. Elixir de vida para nós, conferindo-nos a esperança. Podemos tornar à vida crendo no Salvador. Isso é maravilhoso!

Entretanto, Jesus faz algumas exigências. Talvez, a principal seja: converta-se! Mude. Abra mão do egoísmo, da ganância. Partilhe. Doe. Ame. Creia no Evangelho do Amor. Creia em Deus. Creia em Jesus Cristo. Creia no Espírito Santo. Entregue sua vida nas mãos de quem se entregou por você. Deixe o amor de Deus invadir seu coração e lhe transformar numa nova pessoa. Páscoa-Passagem! Nova vida, vida nova, vida! Amor que perpassa o tempo. Que nos envolveu no passado e nos envolve hoje. Amor que nos refugia da dor e do medo; amor que nos cura, que nos salva, que nos liberta! Páscoa-Passagem!

Ontem havia desolação; hoje, esperança. Cristo está vivo! Luz para nossos pés, guiando cada passo, orientando cada atitude, tudo no amor e por amor. O pecado foi vencido. A morte foi vencida. Páscoa é crer na vitória da vida sobre a morte! Feliz daquele que crê no Senhor Deus e trilha seus caminhos. Será amparado em sua velhice, maturidade, juventude e infância. Ensine a seus filhos o doce sabor da Páscoa. Seja honesto, enfrente os apelos publicitários, e mostre a eles que o gosto dela é de ressurreição e não de chocolate!

Maria Regina Canhos (e.mail: contato@mariaregina.com.br) é escritora.

Livros, não jogue fora

João Baptista Herkenhoff

Não jogue livros fora. Dôe a bibliotecas.

A propósito, eu me lembro das aulas de alemão que tive com a Professora Gisele Servare, quando aprendi que há uma expressão no idioma de Goethe para significar a queima de livros: Bücherverbrennung. Palavra enorme e com aparência horripilante, própria mesmo para significar o brutal ato de destruir livros.

Jogar livros fora é, ainda que sem muita malícia e consciência, fazer algo semelhante a Bücherverbrennung.

O livro que, por algum motivo, não me serve, pode servir a outra pessoa. Daí que o melhor destino para os livros em disponibilidade é uma biblioteca pública.

Se o livro já não está em bom estado, o doador deve providenciar a restauração antes de colocá-lo na biblioteca contemplada.

A biblioteca, desde tempos imemoriais, preserva livros. A mais famosa biblioteca da Antiguidade foi a de Alexandria, destruída por um incêndio, segundo se supõe. Com sua desaparição, grande parte da História Antiga foi sepultada.

No Brasil as maiores bibliotecas são a Nacional (Rio de Janeiro), a da Câmara dos Deputados (Pedro Aleixo) e a Biblioteca Pública de São Paulo.

No Espírito Santo, Estado onde resido, as maiores bibliotecas são a Estadual, a da Academia Espírito-Santense de Letras, a do Instituto dos Advogados, a do Instituto Histórico, a da UFES.

Celebremos na poesia o livro e o semeador de livros.

“Às vezes sentava-me na rede, balançando-me com o livro aberto no colo, sem tocá-lo, em êxtase puríssimo.

Não era mais uma menina com um livro: era uma mulher com o seu amante.” (Clarice Lispector).

"Bendito, bendito é aquele que semeia livros,

livros à mão cheia e manda o povo pensar;

o livro caindo na alma,

é germe que faz a palma,

é chuva que faz o mar." (Castro Alves).

Devo a uma bibliotecária grande parte do amor que adquiri pelos livros. Eu a chamava de Dona Telma. Era a responsável pela Biblioteca Pública Municipal de Cachoeiro de Itapemirim. Indicava-me e aos meus colegas os bons livros. Transmitia aos frequentadores de nossa Biblioteca Pública o gosto que ela própria tinha pela leitura. Ensinava-nos a conservar os livros com capricho, cuidado e carinho.

Onde estará Dona Telma? Imagino que ela esteja lá em cima, em outras paragens, cercada de livros azuis.

Se não posso encontrá-la, se ela já se distanciou do mundo dos mortais, saúdo todas as bibliotecárias e bibliotecários do Brasil, reverenciando a bibliotecária de minha infância - essa Dona Telma que, com os livros, eu tanto amei.

João Baptista Herkenhoff, magistrado aposentado, professor itinerante, escritor. Acaba de publicar Encontro do Direito com a Poesia – crônicas e escritos leves (GZ Editora, Rio de Janeiro).

E-mail: jbherkenhoff@uol.com.br

Homepage: www.jbherkenhoff.com.br

DEUS passando por você

Kim Sousa

Quando Deus tira algo de seu alcance,tipo suas horas extras. Ele não está
punindo-o, mas apenas abrindo suas mãos para receber algo melhor.
Concentre-se nesta frase... "A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a
Graça de Deus não irá protegê-lo." Alguma coisa boa vai acontecer com
você hoje, algo que você tem esperado ouvir.. Por favor, não quebre!
Apenas 27 palavras. Deus, nosso Pai, CAMINHE pela minha casa e leve
embora todas as minhas preocupações e doenças, e POR FAVOR, vigia e cura
a minha família em nome de Jesus... AMEM Esta oração é muito poderosa.
Passe essa oração para o máximo de amigos não apenas para 12 pessoas,
mas para todos. Todo mundo precisa de uma benção e agora nesse momento
uma bênção está vindo para você na forma de um novo emprego, uma casa, o
casamento,saúde ou financeiramente. Não faça perguntas. Este é um
teste. Será que Deus está em primeiro lugar na sua vida? Se assim for,
pare o que estiver fazendo e envie a mensagem. Observe o que Ele faz.

Pascoa1

Projeto “De Zumbi dos Palmares ao Dragão do Mar”

Zumbi Seminário

 

Nos dias 1º, 02 e 03 de abril de 2013, das 13h às 17h e das 19h às 22h, no Centro de Convenções de Sobral, será realizado o Seminário “De Zumbi dos Palmares ao Dragão do Mar”, edição: Cosme Bento das Chagas “Negro Cosme”, em comemoração aos 129 anos da abolição da escravatura no Estado do Ceará, ocorrida a 25 de março de 1884.

O ciclo de debates será realizado em parceria com a Coordenadoria Especial de Politicas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial do Governo Federal, Governo do Estado do Ceará, Universidade Estadual Vale do Acaraú-UVA e Prefeitura Municipal de Sobral, através da Secretaria da Cultura e do Turismo e ECOA.

A iniciativa busca suscitar debate sobre políticas de igualdade racial; resgatar a memória do sobralense Dom Cosme Bento das Chagas; divulgar, no âmbito nacional, a façanha pioneira do povo cearense e, assim, estimular o turismo étnico, gerando emprego e renda em período de baixa estação e promover a Economia do Negro.

Na verdade, a pretensão do projeto é ratificar, contribuir, fazer cumprir e garantir o direito à educação e ao saber mais sobre a história e a cultura africanas e afro-brasileiras nas escolas básicas, em consonância com a Lei nº 10.639/2003.

Historicamente, o heroísmo de “Negro Cosme”, notabilizou nosso Estado como a primeira província a libertar seus cativos, quatros anos antes da promulgação da Lei Áurea, e em função desse pioneirismo o Ceará recebeu o título de “Terra da Luz” do abolicionista José do Patrocínio, Patrono da Nação Brasileira.

O homenageado nessa edição, Cosme Bento das Chagas, Tutor e Imperador da Liberdade Bem-Te-Vi, título que adotou em 1840, nasceu em Sobral, entre os séculos XVIII e XIX, e é considerado como um dos maiores vultos negros da história do Brasil. Condenado por sublevar escravos na famosa Revolta da Balaiada, por sua fuga da prisão foi morto no dia 20 de setembro de 1842, por enforcamento em frente à Cadeia Pública de Itapecuru (Maranhão), hoje Casa da Cultura Prof. João Silveira.

Nada mais justo do que assinalar o 25 de março como marco de exaltação à Data Magna do Ceará, pela determinação e coragem de “Negro Cosme”, símbolo do homem cearense que “espera as bênçãos divinas para sua remissão, e combate para sobreviver, a qualquer custo”.

Tremor de terra de 2.6 graus na escala Ritcher atinge cidade do Ceará

 

Tremores foram sentidos com maior intensidade no distrito de Jordão.
Casas tiveram telhas quebradas, mas ninguém ficou ferido.

Do G1 CE

Comente agora

Tremor de terra atingiu cidades da região norte do Ceará (Foto: Google/Reprodução)Tremor de terra atingiu cidades da região norte do Ceará (Foto: Google/Reprodução)

Dois tremores de terra foram registrados em Sobral, no norte do Ceará nesta quarta-feira (27). Os tremores foram registrados pelo Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Segundo os especialistas, o primeiro foi registrado pela manhã, e o segundo, às 12h41 (horário local), de 2,6 graus de magnitude na escala Ritcher, que vai de 0 a 10.

De acordo com o subinspetor Nogueira, coordenador da Defesa Civil de Sobral, os tremores foram sentidos especialmente no distrito de Jordão, em Sobral, onde casas tiveram as telhas quebradas, com poucos danos materiais. Ninguém ficou ferido.

saiba mais

Desde 2008, a atividade sísmica da região é monitorada pelo Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O mais forte tremor registrado na região foi também em Sobral, em 2009, e chegou a 4.3 graus, na escala Ritcher. Esse tremor causou rachaduras em estruturas de concreto e derrubou móveis em residências e comércios. O tremor atingiu uma área de 200 quilômetros de raio e chegou a afetar cidades do litoral cearense, como Fortaleza.

De acordo com os especialistas do laboratório, a direção do epicentro dos abalos desta quarta-feira é a mesma de tremores anteriores, ocorridos nos dias 17 e 24 de março. "A conclusão é que o tremor de hoje ocorreu na parte mais profunda da Falha do Riacho Fundo sendo que os eventos anteriores ocorreram na parte mais rasa", diz Joaquim Ferreira, da UFRN. Os tremores são comuns na região de Sobral e também em Natal, no Rio Grande do Norte e em parte de Pernambuco. Os tremores ficam em torno de 2 e 3 graus na escala Richter, segundo o laboratório, e não são perigosos.

Segundo Eduardo Menezes, técnico do Laboratório de Sismologia da UFRN, os tremores são comuns na região devido a fossas subterrâneas que estão constantemente em atividade sismológica. As fossas são ligadas ao encontro das placas tectônicas no Oceano Atlântico, que ligam a América do Sul ao continente africano. Os tremores também podem estar relacionados à atividade sismológica das placas tectônicas.

Escala Ritcher
Criada em 1935 pelo sismólogo americano Charles F. Richter, integrante do Instituto de Tecnologia da Califórnia, a escala Richter foi desenvolvida para medir a magnitude dos terremotos, que consiste no ato de quantificar a energia liberada no foco do terremoto. É uma escala que se inicia no grau zero e é infinita (teoricamente), no entanto, nunca foi registrado um terremoto igual ou superior a 10 graus na escala Richter. Um dos fatores é que ela se baseia num princípio logarítmico, ou seja, um terremoto de magnitude 6, por exemplo, produz efeitos dez vezes maiores que um outro de 5, e assim sucessivamente.

Saiba o que abre e o que fechará neste feriadão santificado

Eliomar de Lima

O feriado prolongado da Semana Santa já começa nesta quinta-feira, 27, modificando o horário de funcionamento do comércio, de shoppings centers, agências bancárias e órgãos públicos em Fortaleza. Programe-se e veja o que funcionará durante o feriadão:

Serviços

Bancos
- As agências bancárias fecharão na sexta-feira da Paixão, 29, reabrindo na segunda-feira, 1º. Na quinta-feira, 28, as agências funcionam normalmente.

Cagece
- Na quinta-feira, 28, todas as lojas da Cagece no Estado estarão abertas, no horário de 8h às 14h. Neste dia (28), as lojas das Casas do Cidadão de Fortaleza (nos shoppings Benfica e Diogo, no Centro), e a loja do bairro Novo Oriente, em Maracanaú, estarão fechadas. Na sexta-feira, 29, as lojas estarão fechadas, assim como no fim de semana, reabrindo na segunda-feira, 1º, no horário de 8h às 17h.

A Cagece informa que qualquer solicitação ou reclamação poderá ser encaminhada normalmente, por meio do teleatendimento do órgão, pelo número 0800.2750195, que funciona 24h de forma gratuita para os clientes.

equipes estarão de plantão em pontos estratégicos do Estado para agilizar o atendimento emergencial durante o feriado e, assim, garantir o fornecimento de energia para os clientes.

Coelce
- A Central de Relacionamento da Coelce – 0800.285.0196 – funcionará normalmente, 24h por dia, oferecendo todos os serviços da companhia. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer ponto do Estado, inclusive de telefonia móvel. Também estará disponível o portal da companhia: www.coelce.com.br

As lojas de atendimento estarão fechadas durante o feriado da sexta-feira da Paixão, voltando a funcionar normalmente na segunda-feira, 1º de abril.

Correios
- As agências dos Correios funcionarão em seus horários habituais na quinta, 28, e, no caso daquelas que normalmente abrem aos sábados, também no dia 30. Na sexta-feira, 29, não haverá atendimento ao público.

Atendimento telefônico
A Central de Atendimento aos Clientes dos Correios – CAC funcionará normalmente na sexta, no sábado e no domingo, das 8h às 18h, e estará apta a prestar quaisquer esclarecimentos sobre serviços através dos seguintes números:
- 3003 0100 – capitais e regiões metropolitanas
- 0800 725 7282 – demais localidades
- 0800 725 0100 – para reclamações, sugestões, elogios e críticas

Comércio

- As lojas do comércio não funcionam na sexta-feira, 29. Abrem normalmente no sábado, 30.

- Padarias funcionam normalmente todos os dias, inclusive na sexta-feira.

- Supermercados terão horário normal todos os dias.

- Postos de combustíveis abrem todos os dias, com exceção da sexta-feira, que é facultativo.

Metrô de Fortaleza

- Na sexta-feira, 29, não haverá circulação da Linha Sul e Linha Oeste.

Shoppings

- Avenida – quinta-feira e sábado: funcionamento normal. Sexta-feira e domingo: fechado.

- Aldeota – quinta-feira: funcionamento normal. Sexta-feira: Lojas fecham, praça de alimentação funciona de 10h às 22h; Pão de Açúcar funciona de 7h às 23h; Lojas Americanas abre de 10h às 22h. O restante dos dias funciona normal, de acordo com o expediente.

- North Shopping – quinta-feira, sábado e domingo: funcionamento normal. Sexta-feira: lojas fecham; praça de alimentação, cinemas e supermercados: funcionamento normal.

- Benfica – quinta, sábado e domingo: funcionamento normal. Sexta-feira: lojas, quiosques e boxes fecham; praça de alimentação e cinema estarão funcionando.

- Del Paseo – quinta-feira, sábado e domingo: funcionamento normal. Sexta-feira: lojas fecham; praça de alimentação e cinemas: funcionamento normal.

- Iguatemi – quinta-feira, sábado e domingo: funcionamento normal. Sexta-feira: lojas fecham; praça de alimentação funciona de 10h30min às 22h; Cinemas, de 11h à 0h; Lojas Americanas, de 10h às 22h. Hipermercado Extra, de 7h à 0h.

- Via Sul Shopping – sexta – cinema e praça de alimentação abrem. No restante dos dias, o funcionamento é normal, de acordo com o expediente.

- Shopping Pátio Dom Luís – sexta – funciona a praça de alimentação, os cinemas, o boliche e as Lojas Americanas. o restante dos dias o funcionamento é normal, de acordo com o expediente.

- Center Um Shopping – sexta e domingo: a praça de alimentação funciona das 10h30min às 15h30min, o Pão de açúcar de 10h30min até 22h; sábado normal.

Órgão Públicos
- Órgãos da administração pública do Estado e Município têm ponto facultativo nesta quinta-feira, 28. No feriado da sexta-feira da Paixão estarão fechados. Universidades e escolas também não funcionarão a partir desta quinta-feira.

Veículos apreendidos se amontoam em frente a PRF de Sobral

 

Quem passa pelo Posto da Polícia Rodoviária Federal em Sobral a primeira impressão que se ver e uma cena de poluição visual devido o amontoado de carros e motos velhos que enfileirados tomam conta da frente do pátio do prédio do posto fiscalizador. Mas o problema pode se agravar e se tornar caso de saúde pública, uma vez que a região está no período de chuva e poças d´águas estão se formando dentro dos veículos, transformando-os num criatório para o mosquito da dengue. O cena pode ser atribuída ao trabalho de fiscalização do órgão, que tem se tornado rígido nos dias atuais. Mas a descaso também, pois há veículo parado há mais de cinco ou até dez anos, como é caso de um caminhão-pipa apreendido há quase uma década. A quem diga que a imagem, dos carros e motos parados em frente ao posto não é exclusiva, do KM 223 da BR 222, outros locais de fiscalização a cena também se repete.

O Detran/CE como órgão fiscalizador até poderia fazer valer a Lei 9.503/1997, que estabelece no seu artigo 328, procedimentos no caso de veículos apreendidos e retidos por órgãos de fiscalização. Na resolução 178 diz que "O veículo que não estiver identificado na forma da legislação em vigor ou, ainda, tiver sua identificação adulterada, não deverá permanecer no depósito, sendo encaminhado à autoridade policial para as providências cabíveis. Constatada a permanência de veículo no depósito do órgão ou entidade por período superior a 90 (noventa) dias, o mesmo será levado a leilão". o Blog Wilson Gomes, tomou conhecimento que um acordo firmado entre PRF e Detran deverá retirar desse e dos demais postos da PRF no estado os veículos apreendidos há mais de 90 dias e que não reclamados pelos seus donos. Vamos ficar no aguardo.


Por WILSON GOMES

terça-feira, 26 de março de 2013

AS CORES DA PÁSCOA

 

Por Luiz Carlos Amorim – Escritor - Http://luizcarlosamorim.blogspot.com
A quaresmeira, tipo de jacatirão que tem esse nome porque floresce na quaresma, está em plena florescência, talvez a temporada com mais flores de que me lembro. Em Rancho Queimado, na grande Florianópolis, há um trecho da 282 que está uma beleza, tingido de vermelho e vinho dos dois lados da estrada. Na serra gaúcha também há muitos deles, principalmente nos jardins, e a quantidade de flores é um espetáculo à parte.
Este tipo de jacatirão, a quaresmeira, tem as flores menores do que o jacatirão nativo, que floresce na primavera/verão, mas é mais colorido, tem cores mais vivas, mais vibrantes. Então não dá pra não notar uma quaresmeira fechada de flores. O manacá-da-serra, outro tipo de jacatirão que floresce no inverno, é mais parecido com o nativo.
Fico encantado com as manchas vermelhas que as quaresmeiras deixam na mata, nos jardins, nas beiras das estradas. Mas não é um encantamento comum, simples, é um encantamento mágico, pois meus olhos são atraídos pelas cores das pétalas vermelhas e lilazes, no meio do verde, e meu olhar flutua em direção a elas, como se minha alma seguisse com ele em direção às cores. E então meus olhos brilham, como faróis, e o raio de luz é o canal de ligação com meu coração.
É assim que me sinto encantado com a generosidade das flores do jacatirão, encantamento que envolve meu olhar, minha alma, meu coração.

Mas parte deste encantamento, ainda, é o porquê de eu chamar o jacatirão de “flor da Páscoa”. Acho que ele é a flor de Cristo, também, porque ele está florescido em dezembro, quando nasce o Menino Jesus para todos nós. E uma variedade desse mesmo jacatirão, a quaresmeira, está florescida na Páscoa, quando aquele Menino, feito homem, é cruscificado e sobe aos céus. O jacatirão está presente tanto na chegada quanto na partida do Menino, filho do Pai. Não é uma flor divina?

Pois a Páscoa não é simplesmente ovos e coelhos de chocolate. A palavra Páscoa vem do hebraico e significa "passagem". Os judeus comemoravam esse dia antes mesmo do nascimento de Cristo, desde há muito tempo, então com outro sentido: o de liberdade, ou seja, a libertação de anos de escravidão no Egito. Para os cristãos, a Páscoa passou a celebrar o renascimento de Cristo, a passagem dEle deste mundo para o Pai.

Páscoa, então, é renascimento, renovação, a festa da libertação. Época de repensar a vida e renová-la, de refletir sobre o Menino que se tornou homem, morreu e ressuscitou, elevando-se ao céu, provando aos homens que há uma força divina, maior, regendo nossos destinos.

De maneira que Páscoa é fé em uma força maior que rege nossos destinos e é também jacatirão, a flor que anuncia o Natal e enfeita a Páscoa, que anuncia a chegada e a elevação do Menino filho de Deus.

Brasileiro melhora de vida. Neolibelês (*) querem demitir !

 

Renda sobe 41 % no Governo Lulilma. Chora, Tucanuardo ! Chora, Aécio !

 

No Valor:

Renda das famílias cresce bem acima do PIB per Capita

Tainara Machado | De São Paulo
A renda familiar no Brasil avançou em um ritmo bastante superior ao do Produto Interno Bruto (PIB) nos últimos dez anos. De acordo com cálculos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a renda domiciliar per capita da população brasileira aumentou 40,7% entre 2003 e 2011, taxa 13,3 pontos superior a apresentada pelo PIB per capita, que avançou 27,7% no período. Dentro do PIB, em consequência, a renda do trabalho tem crescido mais do que as rendas da “propriedade”, que envolvem, na conta do PIB, juros, dividendos e a própria remuneração do capital.
A diferença entre renda familiar e PIB per capita é ainda maior caso a conta per capita das famílias seja feita pelo critério de mediana, que mostra a tendência central. Marcelo Neri, presidente do Ipea, ressalta que, por essa ótica, fica mais evidente a melhora de vida do brasileiro médio: entre 2003 e 2011, a alta acumulada nessa métrica foi de 65,9%. As informações são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Delfim Netto, em O Globo, pág. 16, 25/3:
O Brasil assiste a um “processo civilizatório”:
A empregada doméstica virou manicure ou foi trabalhar num call center. Agora, ela toma banho com sabonete Dove. A proposta desses ‘gênios’ é fazer com que ela volte a usar sabão de coco aumentando os juros

Estadão, 24 de março, pág. B8, “emprego em alta pressiona inflação”
“Sem aumentar a taxa de desemprego será difícil manter a inflação sob controle num prazo mais longo -a inflação vai se acelerar lentamente.”
De José Marcio Camargo, economista da gestora (sic) Opus
“A saída é frear a economia. Demitir mesmo !”
De Alexandre Schwartsman, ex-diretor de Politica Monetária do Banco Central, em O Globo, 25 de março, pág. 16
“O Governo não dá sinais de que quer abandonar a estratégia de estimular o consumo, e para isso toma decisões voltadas a manter salários reais elevados e o nível de desemprego baixo. (Para aumentar o PIB) … (teria que ) reduzir seus gastos correntes em proporção às receitas, grande parte das quais são transferências de renda às classes de renda mais baixas, responsáveis pela elevação do consumo.”
Affonso Celso Pastore, ex-presidente do Banco Central, pág B8, Estadão, 24 de março.

Clique aqui para ler Eduardo foi ao cassino: vermelho 36

Navalha

Como diz o Delfim, são os jenios dos juros.

Coitada da funcionária do call-center !

Pau nos pobres !

Paulo Henrique Amorim

(*) “Neolibelê” é uma singela homenagem deste ansioso blogueiro aos neoliberais brasileiros. Ao mesmo tempo, um reconhecimento sincero ao papel que a “Libelu” trotskista desempenhou na formação de quadros conservadores (e golpistas) de inigualável tenacidade. A Urubóloga Miriam Leitão é o maior expoente brasileiro da Teologia Neolibelê.

NOVE EM CADA DEZ PARTICIPANTES DO EXAME DA OAB SÃO REPROVADOS

 

Só um em cada 10 participantes que prestaram o IX Exame da OAB no início deste ano foi aprovado. O percentual de 10,3% é o pior resultado desde que a mesma prova, no modelo unificado, passou a ser aplicada em todo o país, em 2010. Para o presidente da Comissão Nacional do Exame de Ordem da OAB, Leonardo Avelino, o baixo índice de aprovação não surpreende. Segundo ele, a tendência é que o percentual oscile entre 10% e 15% a cada edição do exame. Avelino sugere que a explicação seria a má qualidade das faculdades de Direito e do ensino médio: - Muitos que prestam o exame não são capazes nem de interpretar com profundidade um texto. É uma lacuna deixada pelo ensino médio que as faculdades não conseguem suprir. O presidente da Comissão Nacional do Exame da Ordem apontou medidas que poderiam reverter a baixa aprovação, como o estágio obrigatório em órgão público, além do acordo firmado entre OAB e MEC que prevê um marco regulatório para os cursos de Direito.

Postado por Sobral de Prima

Sob novas sanções, Coreia do Norte se diz pronta para combate

                      Sob novas sanções, Coreia do Norte se diz pronta para combate

REUTERS

Por Jack Kim e Ju-min Park

SEUL, 26 Mar (Reuters) - A Coreia do Norte repetiu nesta terça-feira sua ameaça de atacar bases militares dos EUA, enquanto Washington e seus aliados endureceram as sanções econômicas contra o isolado país.

A retórica da Coreia do Norte, que já ameaçou os EUA com uma guerra nuclear e ensaiou ataques teleguiados à Coreia do Sul, e a dura reação de Washington geram preocupações na China, única aliada importante de Pyongyang, que disse ver uma situação "delicada".

A Coreia do Norte diz que as sanções da ONU, definidas depois do terceiro teste nuclear norte-coreano, em fevereiro, é parte de um complô liderado pelos EUA para derrubar seu regime comunista.

"A partir deste momento, o Comando Supremo do Exército Popular Coreano colocará na postura de combate número 1 todas as unidades de artilharia de campo, incluindo as unidades de artilharia de longo alcance e as unidades de foguetes estratégicos, que farão mira em todos os objetos inimigos em bases invasoras dos EUA no seu território continental, no Havaí e em Guam", disse a agência estatal de notícias norte-coreana, a KCNA.

O ministério sul-coreano da Defesa disse não ver sinais de ação militar iminente por parte da Coreia do Norte, e a maioria dos analistas militares considera que Pyongyang não correrá o risco de travar e perder um conflito contra os EUA.

A Coreia do Sul e os militares dos EUA estão conduzindo exercícios militares até o final de abril, mas garantem que seu objetivo é estritamente defensivo. O Norte acusa os EUA de fazerem preparativos para uma guerra, e anunciou ter desconsiderado o armistício que encerrou a Guerra da Coreia (1950-53).

Autoridades disseram que Japão e Austrália planejam impor sanções ao Banco de Comércio Exterior da Coreia do Norte, como parte dos esforços dos EUA e seus aliados para cortar o financiamento ao programa nuclear norte-coreano.

A China novamente pediu moderação às partes. "No momento, a situação na península coreana continua sendo complexa e delicada", disse Hong Lei, porta-voz da chancelaria.

A agressiva retórica de Pyongyang parece marcar mais uma tentativa de reforçar as credenciais militares do líder Kim Jong-un, que assumiu o poder em dezembro de 2011, após a morte do seu pai.

A KCNA disse na terça-feira que Kim orientou uma operação de pouso de unidades combinadas, incluindo da Marinha.

"Essa é a construção de um mito para o comandante", disse Jeung Young-tae, analista-sênior do Instituto de Unificação Nacional da Coreia, em Seul.

Na terça-feira, faz três anos que um navio militar sul-coreano foi afundado, causando a morte de 46 marinheiros. A Coreia do Norte nega ter torpedeado a embarcação.

Dilma participa de cúpula dos países emergentes na África do Sul

 

Líderes da Rússia, China, Índia e África do Sul confirmaram presença.
Segundo o Itamaraty, países devem discutir criação de um banco dos Brics.

Priscilla Mendes Do G1, em Brasília

A presidente Dilma Rousseff participa nesta terça-feira (26) da 5ª Cúpula do Brics, grupo de países emergentes formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. O encontro acontece em Durban, na África do Sul.

A presidente deixou o Brasil na noite desta segunda e a chegada estava prevista para as 8h (no horário de Brasília). O primeiro compromisso previsto na agenda é uma reunião com o presidente da África do Sul, Jacob Zuma, à tarde. Depois, haverá a abertura do encontro e, no fim da noite, um jantar em homenagem aos chefes de Estado presentes, oferecido por Zuma.

Na quarta-feira (27), haverá uma reunião dos cinco mandatários dos Brics e, em seguida, um encontro ampliado entre o bloco e outras nações africanas convidadas, segundo o Palácio do Planalto.

Reunião da presidente Dilma Rousseff com líderes do brics, na França, em novembro de 2011 (Foto: Roberto Stuckert Filho/PR)Reunião da presidente Dilma Rousseff com líderes do brics, na França, em novembro de 2011 (Foto: Roberto Stuckert Filho/PR)

A presidente deverá voltar ao Brasil na quinta-feira (28), segundo assessoria, mas ainda não há previsão de onde passará o feriado da Páscoa.

saiba mais

Banco
Um dos temas na pauta desta edição da cúpula dos Brics será a criação de novo banco de desenvolvimento voltado para financiamento de projetos entre os cinco países. O tema já havia sido discutido na conferência de 2012, na Índia, quando se decidiu formar um grupo de trabalho para tratar do assunto.

Em outubro do ano passado, técnicos dos cinco países definiram que o principal foco do futuro banco, apelidado de Banco dos Brics, será infraestrutura, desenvolvimento sustentável e mudanças climáticas. O resultado do grupo de trabalho será apresentado aos chefes de Estado nesta cúpula, segundo informações do governo.

Além da eventual criação do Banco dos Brics, a cúpula deste ano deverá tratar da expansão comercial e da cooperação em infraestrutura com outros países da região africana, não apenas a África do Sul, segundo o Itamaraty. O tema deste ano é “BRICS e África: Parceria para o Desenvolvimento, Integração e Industrialização”.

Ainda de acordo com o Ministério de Relações Exteriores, a cúpula debaterá a “promoção do desenvolvimento inclusivo e sustentável, a reforma das instituições de governança global, caminhos para a paz, segurança e estabilidade mundiais”.

No ano passado, segundo informações do Itamaraty, os Brics responderam por 21% do Produto Interno Bruto mundial. O comércio entre as cinco nações alcançou US$ 282 bilhões em 2012, mas o grupo estima que este valor chegue a R$ 500 bilhões até 2015, de acordo com o MRE.

O comércio entre o Brasil e os demais países do bloco saltou de US$ 7,6 bilhões em 2002 para US$ 91 bilhões, o que corresponde a um aumento de mais de 1000% em dez anos, conforme o Itamaraty.

Do G1

Proteste Já - CQC - 25/03/13 (HD)

segunda-feira, 25 de março de 2013

ANIVERSÁRIO DA CASA DO RADIOAMADOR DE SOBRAL

clip_image002

ABRIL 2013 – 3.º ANIVERSÁRIO DA CASA DO RADIOAMADOR DE SOBRAL – CRAS

Data: 13 de Abril de 2013

Local: Av. Ermírio de Moraes, 1622 - Clube Bandeirante – Sobral-Ce

________________________________________________________________________________

PROGRAMAÇÃO

8:00 às 10:00 – Provas p/ radioamadores

10:00 hs – Recepção aos convidados do evento no clube Bandeirantes

10:30 hs – Feira de equipamentos novos e usados (Eletroca)

11:00 hs – Sessão solene em homenagem ao 3º. Aniversário da CRAS

11:30 hs – Sorteio de brindes e entrega de troféus aos agraciados

12:00 hs – Almoço

15:00 hs – Agradecimentos e despedidas

Responsáveis: Nagibe – PT7JNS (Presidente da comissão do evento), Júnior – PT7AR (Vice-Presidente). Contatos: 0XX88-9961-7678*9984-5549

Brasil e China assinam acordo de crédito de US$ 30 bi

 

Por Eduardo Cucolo | Estadão Conteúdo

O Brasil e a China assinam nesta terça-feira (26) um acordo que dará aos dois países uma linha de crédito equivalente a US$ 30 bilhões na moeda do parceiro comercial. O acordo de troca (swap, em inglês) de moeda é uma espécie de "cheque especial". O Banco Central (BC) brasileiro, por exemplo, deixa disponível esse valor na moeda nacional para o país asiático, que pode ou não usar o recurso.

O Brasil, por sua vez, pode sacar o mesmo valor em yuan, em caso de necessidade. Em outubro de 2008, o Brasil fechou acordo semelhante com os Estados Unidos, como parte da estratégia para combater os efeitos da turbulência financeira internacional daquele período, mas a linha nunca foi usada. Nem pelos brasileiros nem pelos americanos.

O objetivo da medida é criar uma reserva adicional para ser usada em caso de falta de financiamento internacional, que reforça a situação financeira dos dois países. A linha para troca de moeda com a China era negociada desde 2012, quando a presidente Dilma Rousseff se reuniu com o então primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Cnuds), também conhecida como Rio+20, no Rio. O acordo será assinado na África do Sul, onde o presidente do BC, Alexandre Tombini, e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, participam da reunião de ministros das Finanças e presidentes de BCs de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul (Brics), grupo de países emergentes.

Dilma e Eduardo dividem um palanque em PE

 

A um ano e meio da sucessão presidencial, basta abrir um jornal ou uma janela para dar de cara com os candidatos. O brasileiro tem mais o que fazer. Mas já não adianta virar o rosto. Eles estão em toda parte. Nesta segunda, por exemplo, Dilma Rousseff e Eduardo Campos oferecerão à plateia doses maciças de dissimulação.
Com a amizade já bem cansada, a presidente e o governador pernambucano dividirão o mesmo palanque na cidade de Serra Talhada. Dilma anunciará investimentos de R$ 500 milhões numa adutora. Vai ser divertido acompanhar os discursos da visitante e do anfitrião.
A aliança entre ambos, já em avançado estágio de decomposição, permanece insepulta como um símbolo da hipocrisia e do faz-de-conta que caracterizam a atividade política. A ornamentação do palco da uma ideia do teatro. Governa a cidade o petista Luciano Duque, cuja tribo providenciou faixas pró-Dilma.
Lê-se nas faixas uma mensagem que realça em vermelho os sentimentos de “gratidão e lealdade” que Serra Talhada supostamente devota a Dilma. Uma alusão à alegada ingratidão e deslealdade de Eduardo Campos, que investe contra um governo que recobre Pernambuco de verbas desde Lula.
Aliados do governador também plantaram pela cidade placas de agradecimento. Devem assegurar a Eduardo, de resto, uma claque à altura da de Dilma. Informa-se no Planalto que Dilma deve encurtar sua passagem pela capital, Recife. Sérgio Cabral (PMDB), governador do Rio, ofereceu-lhe um bom pretexto.
Cabral convidou Dilma para uma missa em memória das vítimas dos deslizamentos da Região Serrana do Rio. Com isso, a presidente terá de deixar Pernambuco antes do previsto. A menos que Eduardo a convença do contrário, não deve almoçar com o quase-futuro-rival. Melhor assim. Evita-se a indigestão.

Por pompeumacario

Dilma cresce em Datafolha sobre sucessão de 2014

 

Detalhes
Publicado em Sábado, 23 Março 2013 08:58
Escrito por Jussara Seixas

    Presidente oscilou quatro pontos para cima em relação pesquisa sobre a sucessão presidencial realizada em dezembro do ano passado; enquanto isso, seus prováveis concorrentes Marina Silva, Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) perderam terreno; na última pesquisa Datafolha, Dilma aparecia com 54% das intenções de voto

    247 - A mais recente pesquisa Datafolha sobre a sucessão presidencial, divulgada nesta sexta-feira 22, indica que a presidente Dilma Rousseff venceria a disputa de 2014 no primeiro turno, e com mais facilidade do que a última pesquisa indicava. Se a eleição fosse hoje, a petista teria 58% das intenções de votos, seguida de muito longe pela ex-senadora e ex-ministra Marina Silva, que tenta fundar sua Rede de Sustentabilidade e teria 16%. O senador tucano Aécio Neves (PSDB-MG) aparece apenas em terceiro lugar, com 10%. Enquanto isso, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), ocuparia a quarta colocação, com 6% das intenções de voto. Em relação à pesquisa anterior, realizada em dezembro do ano passado, Dilma cresceu (tinha 54% no fim do ano passado), enquanto Marina (18%) e Aécio (12%) e Campos (4%) perderam terreno. Na pesquisa divulgada nesta sexta-feira, 6% declararam voto nulo ou em branco, enquanto 3% disseram não saber em quem votar. A pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 21 de março e ouviu 2.653 pessoas. Ela tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

    domingo, 24 de março de 2013

    Presença brasileira no mundo

    Bruno Peron

    Os Centros Culturais Brasileiros (CCB) espraiam-se em vários países através dos Chefes da Missão Diplomática e dos Consulados do Brasil com a missão de difundir a língua portuguesa (embora o português do Brasil esteja mais próximo do dos outros países que ratificaram o Acordo Ortográfico que vigora desde janeiro de 2013), literatura brasileira, artes visuais, cinema, música e teatro, conferências, informações turísticas e outras expressões culturais de nosso país.

    O Departamento Cultural do Itamaraty considera os CCB 'o principal instrumento de execução da nossa política cultural no exterior' (http://dc.itamaraty.gov.br/lingua-e-literatura/centros-culturais-do-brasil). Já o CCB de El Salvador admite que também se esforça para promover 'el acercamiento comercial, diplomático y académico' (http://www.ccbes.org.sv/Paginas/historia.html) entre Brasil e El Salvador. As metas específicas dos CCB variam de um país a outro de acordo com a necessidade de cooperação entre eles.

    Desde final dos anos 1940, o Ministério das Relações Exteriores brasileiro criou 21 CCB: 12 na América (Asunção, Georgetown, La Paz, Lima, Manágua, México, Panamá, Paramaribo, Porto Príncipe, Santiago de Chile, Santo Domingo, San Salvador), 3 na Europa (Barcelona, Helsinque, Roma) e 6 na África (Bissau, Luanda, Maputo, Praia em Cabo Verde, Pretória, São Tomé). Rumores indicam a previsão de outros CCB em Timor Leste, Guatemala e Tunísia.

    Basta mudar uma palavra da expressão Centro Cultural Brasileiro para que outra entidade se apresente também como estudiosa, produtora, gestora ou difusora da realidade brasileira. Teríamos então o Centro de Estudos Brasileiros em Barcelona, o Centro Cultural Brasil-Estados Unidos em Coral Gables, e o Instituto Cultural Brasileiro em Zurique. O Portal Brasil informa-nos que há em torno de 2500 Centros Culturais no Brasil, que geralmente se referem a um museu, uma galeria, um teatro, uma biblioteca ou uma Casa de Cultura. (http://www.brasil.gov.br/sobre/cultura/centros-de-cultura)

    A despeito das diferenças de propósito de criação de cada uma destas instituições, elas têm em comum o interesse de desvendar a natureza humana do Brasil, que trafega das aventuras marítimas portuguesas às contradições de sua inserção na economia-mundo. Porquanto o país se criou em 1500 (em vez de ter sido descoberto), o que havia antes não era Brasil.

    Dos esforços colonizadores de mascarar os costumes e usos dos milhões de indígenas que habitavam este território, impor-lhes uma língua (portuguesa), religião (Catolicismo) e prática econômica (mercantilismo), atravessamos mais de cinco séculos com um dever estranho que transcende a preocupação com a identidade nacional. A ordem do dia é divulgar ao mundo as conquistas centenares - por vezes, dúbias e controversas - das culturas ditas brasileiras.

    O esforço mais notável desta prática de diplomacia cultural é o de enlatar num Centro Cultural tudo aquilo que somos e queremos a fim de convencer nossos vizinhos hispano-americanos de que não somos sub-imperialistas, nossos irmãos africanos de que também fomos explorados como eles, e nossos algozes europeus de que também somos seres pensantes.

    No entanto, o ensino da língua portuguesa como carro-chefe dos Centros Culturais Brasileiros é a tecedura que mais nos enjaula na sensação de que Portugal é a legítima Pátria Mãe. Um equívoco, por certo. Mais bem uma expressão da nossa cultura de favores, pela qual os brasileiros sentimos necessidade de quitar dívidas oferecendo algo em troca. Esta tem sido a nossa estratégia oficial de aproximação entre universos culturais diferentes.

    De outro modo, a promoção de eventos - que evento não é cultural exceto inundações, tsunámis, a Doutrina de Segurança Nacional EUAna e outras catástrofes ambientais? - acaba por atrair, de um lado, pessoas que buscam entretenimento em vez de educação, e, de outro, outras que possuem códigos e hábitos apurados para o consumo artístico. Há que encontrar maneiras de pluralizar o entendimento da realidade brasileira abstraindo-se da miopia do observador forâneo.

    Nisso, os Centros Culturais Brasileiros têm um mérito. É o de conferir presença brasileira no mundo sem o método corsário e impositivo de British Museumificação dos outros países ou a porquidade maniqueísta EUAna, que incitam uns povos contra outros (chamando isso de "Primavera Árabe" na África Setentrional e no Oriente Médio) em vez de irmaná-los. Estou seguro de que, neste sentido, o Brasil tem algo diferente a mostrar ao mundo.

    Fontes:

    http://dc.itamaraty.gov.br/lingua-e-literatura/centros-culturais-do-brasil

    http://dc.itamaraty.gov.br/sobre-o-departamento

    http://www.brasil.gov.br/sobre/cultura/centros-de-cultura

    http://www.ccbes.org.sv/Paginas/historia.html

    http://www.perubrasil.com/system/ccbp/gallery_sub_article.asp?codigo=28&status=1

    http://www.CCB-barcelona.org/o_CCB_barcelona.htm

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Centro_Cultural_Brasileiro

    Livres para matar

     

    Há dois anos o Brasil se estarreceu com mais uma tragédia em razão da quantidade de pessoas mortas. Foram quase mil pessoas identificadas, e muitas nunca foram localizadas na região Serrana do Rio de Janeiro.

    De tão repetidas, pelas mesmas causas e trazendo os mesmos efeitos, ninguém se consterna mais quando o número de mortos não alcança as centenas. Isso serve para as chacinas, os acidentes automobilísticos e outras catástrofes.

    Mas Petrópolis choca novamente, agora pela repetição em tão pouco tempo.

    Qualquer cidadão comum sabe o período das chuvas. No Rio de Janeiro existem órgãos oficiais, com muitos cargos comissionados e fortunas gastas na manutenção dessas instituições, exatamente para evitar as construções irregulares e os desabamentos. Existem secretarias para autorizar e fiscalizar a construção das moradias de acordo com as exigências legais e com a segurança adequada aos moradores. Burocraticamente tudo perfeito. Só na burocracia.

    Somente após a repetição das tragédias surgem algumas medidas. Virou moda criar um gabinete de crise. De efeito prático, só algumas entrevistas do governador e de seus secretários. De prático, o espaço físico ocupado. Também, à la Estados Unidos, as autoridades passaram a sobrevoar as áreas afetadas para, como sempre, verem o caos de cima. De prático, as autoridades aparecem nos telejornais da televisão e constatarem que o problema é grande demais e não terá solução. E a mais inovadora das medidas foram as instalações de sirenes para avisar aos moradores que a morte se avizinha.

    No Brasil é assim porque a ilegalidade é a regra. Alguém só constrói num lugar proibido à custa de omissão ou de comissão. O Ministério Público e os demais órgãos de fiscalização não se manifestam no sentido de obrigarem as autoridades a proibirem as construções irregulares para punirem pelas mortes escancaradamente previsíveis. Quem tem o dever de zelar e não o faz, comete crime. Quem assume o risco de matar alguém, seja por ação ou por omissão, comete crime com dolo eventual. Nem os prefeitos que roubaram as verbas e os mantimentos dos sobreviventes são punidos.

    Única coisa nova nessa tragédia de Petrópolis foi a constatação da presidenta Dilma Rousseff de que precisam adotar medidas drásticas para retirar as pessoas das áreas de risco. Nossa, presidenta! É deprimente ter uma autoridade máxima que leve tanto tempo - e depois de tantas vidas perdidas - para fazer uma constatação tão óbvia.

    Depois de tantas mortes nenhum gato pingado foi protestar em frente ao Palácio do governo do Rio, alguns nem sabem onde fica a sede da prefeitura. Nem uma TV abriu seu telejornal com um editorial criticando essa inércia permanente, nem um jornal colocou na capa os rostos das dezenas de vítimas fatais.

    No Brasil o anormal é normal, a regra é a irregularidade. Quem se manifesta ou exige é um chato. A função essencial de todos os órgãos é ter cargos comissionados ocupados pelos amigos do governador ou do prefeito. A maioria não sabe ao certo as suas funções, pois elas não existem.

    Todos sabem que nenhuma providência efetiva será tomada, que mortes voltarão com as próximas chuvas e os governadores sobrevoarão as áreas de risco. Pelo que é feito atualmente, daqui a 50 anos as pessoas continuarão morrendo arrastadas pelas chuvas, como hoje. Já os governadores e prefeitos continuarão livres para matar sem nenhuma consequência, porque as áreas são de risco, mas nem sequer mencionam o risco de quê.

    Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP

    Bacharel em direito

    Plenária da Força Vermelha do PT

    DSCF1554Boas falas dos componentes da mesa e boas intervenções dos que estavam no plenário, versando sobre a conjuntura nacional, estadual e loca. Com deram um gostinho de PT de luta de base. Foram elogiados os feitos do partido à frente de nosso Brasil, a importância da eleição da Presidenta Dilma, mas foram  também muito enfáticos em afirmar que não se pode aceitar qualquer acordo em função de sua eleição, é preciso dar importância as conquistas locais e fazer parcerias com quem respeita a força e a qualidade das ações do PT nos Estados e nos Municípios. “É preciso não nos deixarmos ser engolidos por outros partidos, disseram alguns”. Foi falado da importância da vida orgânica do partido nos municípios. Vários oradores falaram da importância do PED e de respeitarmos os estatutos e as instâncias partidárias. Alguns falaram da importância das Tendências Internas nas discursões e formulações de decisões, mas não podemos deixar que algumas se tornem maior que o PT. Os  elogios à ‘Força Vermelha do PT de Sobral foram muitos, e vários propuseram a expansão desse movimento para outros municípios> Principalmente depois de constatarem não se tratar de um movimento separatista e sim de inclusão. Um movimento que não se opõe a essa ou aquela parte que está mais à frente de administrações, mas que quer contribuir com quem está exercendo mandatos no Executivo ou no Legislativo. Outros municípios manifestaram seus interesses em que sejam realizados eventos como este em suas comunidades e o primeiro já ficou marcado para 05 de Maio em Coreaú. A maioria das Tendências a nível estadual estavam representadas na plenária de hoje. Vários parlamentares mandaram seus representantes. Com certeza esse movimento irá crescer e dar uma contribuição importante na socialização das ações políticas do Partido do Trabalhadores. A maioria dos oradores elogiaram os coordenadores da Força Vermelha, pela iniciativa desse movimento. Perdeu, quem foi convidado e não compareceu.

    DSCF1553

    Por Jacinto Pereira

    sábado, 23 de março de 2013

    Convocação do SINDPRF-CE

                            image

    EDITAL DE CONVOCAÇÃO

    ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

    O Presidente do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Estado do Ceará - SINDPRF-CE, no uso de suas atribuições estatutárias, convoca todos os associados em gozo de seus direitos sociais para participar da Assembleia Geral Ordinária a ser realizada em sua Sede Social sita na Rua Margarida Queiroz, 7 - Cajazeiras, Fortaleza - Ceará, no dia 26 de março de 2013, terça-feira, às 16h00min em primeira convocação com a maioria dos associados e, em segunda e última chamada, às 16h30min com qualquer número de associados presentes, para deliberar sobre a seguinte ordem do dia: I - Apreciar o parecer anual do Conselho Fiscal e votar a prestação de contas da Diretoria Executiva do SINDPRF-CE, exercício 2012; II - Aprovar o orçamento para o exercício 2013; III - Assuntos de interesse geral da categoria.

    Fortaleza, 25 de fevereiro de 2013.

    Lourismar da Silva Duarte

    Presidente

    Rua Margarida Queiroz, nº 07 – Cajazeiras - CEP. 60.864.300 - Fortaleza – CE

    AS REDAÇÕES DO ENEM, RETRATO DA EDUCAÇÃO

    Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – Http://luizcarlosamorim.blogspot.com

    O escândalo do ENEM da vez é a correção das redações das provas do ano passado. O MEC, agora, é obrigado a dar vistas da redação corrigida ao prestador da prova. Então o jornal O Globo pediu que quem tivesse tirado nota mil na redação do Enem enviasse cópia da mesma, para expor bons desempenhos, bons exemplos. Acontece que o jornal recebeu redações nota 1000 com muitos erros, com erros crassos que evidenciam o fato de que aqueles textos não mereciam a nota máxima que lhe foi conferida.

    As redações apresentavam erros de grafia e graves problemas de concordância verbal, acentuação e pontuação. “Razoável”, “enxergar” e “trousse”, são alguns dos muitos problemas encontrados. Quando questionado, o Inep justificou: “uma redação nota 1.000 deve ser sempre um excelente texto, mesmo que apresente alguns desvios em cada competência avaliada. A tolerância deve-se à consideração, e isto é relevante do ponto de vista pedagógico, de ser o participante do Enem, por definição, um egresso do ensino médio, ainda em processo de letramento na transição para o nível superior”. Ainda o Inep: “um texto pode apresentar eventuais erros de grafia, mas pode ser rico em sua organização sintática, revelando um excelente domínio das estruturas da língua portuguesa”. Se faço erro de grafia e de concordância, como posso ter excelente domínio da língua portuguesa? Que “especialistas” em linguística e língua portuguesa são esses? Inep deve ser abreviação de ineptos, pelo visto.

    Quer dizer, o MEC dá nota máxima para redações com “desvios”, confirmando a má qualidade do ensino no Brasil, atestando, mais uma vez, a falência da nossa educação. Que gestores da educação de um país dão nota máxima para uma redação com erros crassos, erros de quem tem uma escola ruim, que não consegue ensinar os estudantes a escrever com correção a língua mãe? E ainda justificam a irresponsabilidade de quem corrige as redações, como se fosse uma coisa normal? Aliás, cá pra nós, essas redações são mesmo corrigidas?

    Não é normal, absolutamente, sucatear a educação, não qualificando e não pagando decentemente professores, não fazendo manutenção de escolas, não as equipando minimamente. Não é normal fazer modificações no ensino que empobrecem cada vez mais a educação brasileira, como aumentar o prazo para alfabetização de nossas crianças – de sete para oito anos, como foi feito recentemente. Ou alterar o sistema de alfabetização, que sempre funcionou tão bem, para um novo que faz com que as crianças cheguem ao terceiro, ao quarto ano, sem saberem, efetivamente, ler e escrever.

    Por incompetência dos gestores da educação, nossos estudantes estão indo para as universidades cada vez menos preparados e saem de lá cada vez mais profissionais que não estão aptos a exercer a profissão escolhida.

    E esses mesmos gestores não tem nenhum problema em confirmar isso, dizendo que é “normal” dar nota máxima para uma redação com erros.

    José Airton é indicado para integrar em Comissão Especial da Câmara dos Deputados destinada ao estudo do Fator Previdenciário

    O deputado federal José Airton foi indicado nesta terça-feira, dia 19, a integrar como membro suplente da Comissão Especial da Câmara dos Deputados destinada a efetuar estudo e apresentar proposta em relação ao Fator Previdenciário (CEFATOR). A Comissão Especial tem a finalidade de emitir pareceres sobre proposições em situações especiais (PEC, Códigos etc.) ou oferecer estudos sobre temas específicos.
    José Airton é autor do Projeto de Lei 4643/2009, que altera a Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, para acrescentar-lhe o art. 33-A, dispondo sobre a forma de cálculo da renda mensal de benefícios. Segundo a PL 4643/09, o valor correspondente à redução sofrida no salário-de-benefício, em razão da aplicação do fator previdenciário, será acrescido à renda mensal dos benefícios. O valor apurado será acrescentado a partir do primeiro ano de concessão do benefício, em cinco parcelas anuais, no mês de sua concessão. Essas parcelas anuais serão reajustadas anualmente na data de concessão do benefício, com base no índice utilizado para o reajuste dos benefícios de prestação continuada.

     

    José Airton é indicado para integrar como membro titular da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização
    O deputado José Airton foi indicado nesta última segunda-feira, dia 18, para integrar como membro titular da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO). A Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização, órgão legislativo do Congresso Nacional, é composta por 84 membros titulares, sendo 63 Deputados e 21 Senadores, com igual número de suplentes, e foi instituída pelo art. 166, § 1º, da Constituição Federal de 1988.

       José Airton recebeu nesta quinta-feira, 21, no seu gabinete, em Brasília, o Superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento do Ceará (Conab), Agenor Pereira. Ele relatou a situação em que se encontram os agricultores do Estado com a seca.
    Segundo Agenor, cerca de 50 mil produtores e agricultores familiares precisam da ajuda da Conab com relação ao milho hoje. Ano passado, foi liberado 81 mil toneladas. Em média, era para ser distribuído, 38 mil toneladas por mês, porém durante este ano, somente foram distribuídas cerca de 30 mil toneladas. E neste próximo mês de abril, apenas 28 mil toneladas, o que não atende a demanda.
    Os municípios afetados são: Crateús, Icó, Iguatu Juazeiro do Norte, Maracanaú, Russas, Senador Pompeu, Sobral, Tauá, Brejo Santo, Lavras Mangabeira, Quixeramobim, Marco, Morada Nova, Itapipoca, Jaguaribe e Quixadá.
    José Airton fez o apelo hoje em plenário para que o milho chegue e atenda as necessidades dos agricultores.

    Claudia Vidal - Jornalista: DRT 6203/PR

    (85) 8710.1313

    Assessoria de Imprensa

    Deputado federal José Airton Cirilo (PT/CE).

    Em nome do amor


    Em nome do amor se faz tanta coisa que não tem nenhuma relação com ele.
    Mente-se, mata-se, engana-se, cala-se, morre-se! Em nome do amor se vive
    de aparência. E lobos se comportam como cordeiros... Pessoas aparentemente
    boníssimas se revelam más, escondidas detrás do manto do preconceito. Em
    nome do amor muita gente sofre sem merecer, porque a hipocrisia ainda é
    maior que o amor ao próximo e a preocupação com o seu bem estar. Mas,
    certamente Deus está acima de tudo isso. Acima das aparências, da
    hipocrisia, do preconceito. Ainda bem que Deus é um Pai amoroso; revestido
    de amor incondicional pela criatura, ciente de seus erros e fraquezas.
    Algumas pessoas dizem amar, mas judiam da pessoa amada. Tratam-na com
    desrespeito, desconsideração, pouco caso, humilhação, indiferença. Isso,
    perdoem-me, não é amor. O amor pressupõe acolhimento, afeição, não
    julgamento. A maior parte das pessoas ama condicionalmente, ou seja, ama
    apenas quando lhes convêm. Se se age de acordo com o esperado, ótimo. Mas,
    se se age de modo contrário, que decepção; acabou o amor!
    Quantas pessoas dizem amar e, na verdade, apenas suportam o outro. Toleram
    para não terem de enfrentar muito mais, como a reprovação da família ou da
    sociedade. Quantas pessoas dizem amar e, na verdade, apenas usam esse
    discurso para manipular os seus e fazê-los viver sob suas ordens,
    obedecendo cegamente suas determinações. Isso não é amor, mas dominação,
    egocentrismo, tirania. Quantas pessoas afirmam “falo ou faço isso para o
    seu bem” quando, na verdade, pensam apenas na própria comodidade, conforto
    e satisfação, pouco se importando em como o outro se sente, se é feliz ou
    o que se passa verdadeiramente em seu interior.
    Precisamos desmascarar essas pessoas que dizem amar, mas na verdade não
    amam coisa nenhuma. Dominam, sufocam, maltratam... Impedem a livre
    expressão do outro em seus anseios e sentimentos. Instalam a tirania
    doméstica, em que apenas um tem voz e vez, enquanto os demais são
    relegados a um segundo plano.
    Em nome do amor pais e mães aleijam emocionalmente seus filhos,
    podando-lhes a chance de escolherem seus próprios caminhos, impondo-lhes a
    ditadura afetiva em que só recebe amor aquele que procede em conformidade
    com o esperado e aceito do ponto de vista familiar e social. Caso
    contrário, vira bode expiatório de todos os problemas domésticos e passa a
    ser odiado ou desprezado pelos seus.
    Cônjuges também podem destruir a vida de seus companheiros, impondo-lhes
    rotina de humilhação e indiferença, flagrantes desrespeitos comuns em
    nossos dias e que minam a autoestima e a alegria das pessoas envolvidas.
    Enfim, em nome do amor se faz muita coisa que em absoluto se parece ou
    lembra esse sentimento tão nobre. Cabe a cada um de nós estendermos
    olhares críticos às situações que nos rodeiam, a fim de poder identificar
    onde realmente existe amor ou onde existe apenas egoísmo.
    Maria Regina Canhos (e.mail: contato@mariaregina.com.br) é escritora.
    Acesse e divulgue o site da autora: www.mariaregina.com.br.

    FESTA DE SÃO JOSÉ, ATÉ O PROXIMO ANO!

     

    Cruz. “Olhando o mar azul, vejo a ti/Feliz até sonhei.../Mas o ano se passou/Só ilusão ficou, chorei/As lágrimas caindo, sobre a areia/Quente do verão, onde nós dois, vivemos o amor”. Altemar Dutra

    clip_image002A Festa de São José é um momento quando as pessoas se encontram para recordar tempos passados, momentos vividos com amor, reencontro de amigos, desfrutar as belezas dos “verdes mares bravios”, ver as ondas quebrando sobre a areia, sentir a brisa salitrada quem vem do mar e contemplar a imponência de seus coqueirais, que na hora da partida, agitam suas folhas como um “lenço verde em despedida”. É sempre assim.

    Cada ano, um novo momento é desfrutado pelos banhistas que, com o advento das câmeras fotográficas registram todos estes momentos. Tive a oportunidade de caminhar pela praia, em companhia do velho amigo radialista Abelardo Martins e podemos observar todos estes momentos.

    clip_image004

    clip_image006

    Mulheres de todas as idades, cores e formosura registravam este momento que talvez seja único ou poderá ser repetido, mas nunca igual. Os policiais não eram os mesmos de anos anteriores, os bombeiros, os coordenadores do evento, vendedores, as bandas de forró eram todos diferentes. Os bombeiros me disseram que a equipe era composta pelos Subtenentes Costa e Silva e Batista, Sargento Cleomarcio, Cabo Pontes e o Soldado Falcão.

    A Banda de Musica Municipal Cônego Manoel Valdery abrilhantou a abertura da festa religiosa. As comunidades vizinhas participaram das novenas que foram celebradas pelo Padre Marcone da Area Pastoral do Distrito de Caiçara. Bandas de forró fizeram a diversão por dois dias. As canoas faziam espetáculos agitando suas velas novas e multicores, presente da prefeitura, onde cada embarcação homenageava uma comunidade do município de Cruz. Barracas padronizadas vendiam o de comer aos banhistas fazendo apresentação de seus produtos da gastronomia local.

    Carros chegavam de todos os lugares: ônibus, caminhões, motos e automóveis com placas que identificavam suas origens.

    A avaliação dos banhistas e visitantes foi de um evento organizado e de muita tranquilidade. Todos se divertiram. O mar estava convidativo, com agua limpa, maré baixa e muita calmaria. Não houve registro de acidentes nem de prisões de meliantes. A Policia PMtur fez a segurança com muita eficácia. A equipe do Procidadania também contribuiu para garantir a segurança dos banhistas.

    clip_image008

    O Prefeito Adauto, com sua comitiva, esteve presente, conversou com os banhistas e pode sentir a satisfação deles com a organização do evento. Conversei com o Secretario de Transportes Demir que dizia está satisfeito com os resultados alcançados pela organização do evento.

    Felizes, todos retornaram para suas casas na esperança de que São José mandasse um bom inverno para os agricultores e que no próximo ano todos estejam de volta para mais um Dia de São José em Preá.

    clip_image010

    Após a despedida, a praia transforma-se em deserto e tudo volta a calmaria com as canoas ocupando o seu verdadeiro espaço.

    Dr. Lima

    quinta-feira, 21 de março de 2013

    Grupo de Cachoeira terá de devolver R$ 100 milhões

    Por Rubens Santos, especial para AE | Estadão Conteúdo

    A Justiça Federal em Goiás (JF) estipulou que a perda de bens do bicheiro Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, e mais quatro pessoas vinculadas à máfia dos caça-níqueis, em Goiás, será superior a R$ 100 milhões.

    Os bens, que já estão bloqueados e à disposição da Justiça, envolvem além de carros importados e apartamentos de luxo, terrenos diversos e um avião, listados nos nomes de Idalberto Matias, Lenine Araújo de Souza, Carlinhos Cachoeira, Raimundo Washington Souza Queiroga e José Olímpio. Além deles, constam bens em nome de laranjas e de empresas que teriam sido empregadas no esquema.

    A decisão pela perda dos bens já havia sido anunciada no ano passado pela própria Justiça Federal. Porém, coube ao juiz substituto, Daniel Guerra Alves, da 11ª Vara Federal em Goiás, no último dia 13, definir a efetiva perda dos bens e ainda estipulou o valor de R$ 156.985,50 pelos gastos policiais durante a Operação Apate.

    A operação foi realizada pela Polícia Federal no ano passado e resultou na prisão de Carlinhos Cachoeira e mais 79 pessoas. No processo penal, de acesso restrito, o grupo responde pelos crimes de formação de quadrilha e contra a administração pública.

    "O cálculo dos prejuízos causados pela organização criminosa comandada por Carlinhos Cachoeira e dos bens adquiridos com o produto dos crimes cometidos é, objetivamente, complexo", disse, nesta quinta-feira, por meio de nota oficial, o Ministério Público Federal (MPF). "Até que seja possível estipular um valor do ônus, os membros da quadrilha vão pagar, por enquanto, uma parcela dessa dívida com a sociedade", informou.

    O juiz federal, assim como os procuradores Daniel Salgado e Leia Batista não deram entrevista sobre a decisão. Porém, um dos advogados de Carlinhos Cachoeira disse que à decisão cabe recurso junto ao Tribunal Regional Federal (TRF1). Mesmo assim, os bens seguirão bloqueados e o processo tende a ser longo.

    O único bem de Cachoeira que consta da lista é um terreno, localizado no condomínio Alphaville, em Goiânia, avaliado em R$ 1,5 milhão. Mas, do sócio dele, José Olímpio de Queiroga, segundo a Justiça Federal, estão bloqueados cinco apartamentos, dois prédios, duas fazendas e um posto de lavagem e lubrificação.

    ESTÁ PASSANDO DA HORA DE ABRIR A RUA

    Por Armando Costa

    (Imagem do dia 04 de agosto de 2011 - em nosso primeiro reclame)

    (Imagens de hoje)

    Há muito, uma tradicional Rua do Centro de Sobral se encontra obstruída, causando enormes transtornos aos cidadãos, que ficam impedidos de ir e vir. O fechamento da via pública – no término da Rua Dr. João do Monte - impossibilita o trânsito daquela artéria e tem deixado impacientes os pais que todos os dias têm que deixar seus filhos no FB Sobralense. Em nome dos reclamantes, mais uma vez estamos fazendo matéria relacionada ao fechamento do espaço público. O prefeito Veveu Arruda (PT) e a Secretária de Urbanismo de Sobral, Gisella Gomes, tem que tomar uma providência urgente.


    Transtornos:

    Quem necessita voltar para a Av. Pericentral, é necessário o condutor dos veículos irem até a antiga Rua Cel. Diogo Gomes.

    POLÍCIA FEDERAL REALIZA "OPERAÇÃO CACTUS" NO INTERIOR DO CEARÁ

     

    A Polícia Federal, em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU), deflagrou na manhã desta quinta-feira (21) a “Operação Cactus” com o objetivo de desarticular organização criminosa especializada em desviar recursos públicos transferidos pela união a diversos municípios cearenses mediante convênios e contratos de repasses. A Policia Federal cumpre 62 mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela 11ª Vara da Justiça Federal em Fortaleza/CE, nos seguintes municípios cearenses: Aiuaba, Apuiarés, Barbalha, Canindé, Catarina, Fortaleza, Guaraciaba do Norte/CE, Iguatu, Irauçuba, Itapipoca, Itapiúna, Juazeiro do Norte, Morada Nova, Mucambo, Quixeramobim, Reriutaba, Saboeiro, Tarrafas, Tejuçuoca e Ubajara. Estão sendo cumpridos, também, mandados em Aparecida de Goiânia/GO, Brasília/DF e Natal/RN. Participam da operação cerca de 288 policiais federais e 12 auditores da Controladoria-Geral da União.

    Postado por Sobral de Prima

    Autoridades participam de reunião com Corpo de Bombeiros e Ministério Público

     

    Reunião com empresários de Sobral que promovem música ao vivo

    Autoridades locais participaram na manhã desta segunda-feira (18), de uma reunião na sede do 3º Grupamento de Bombeiros, para tratar sobre a regularização dos buffets, casas de shows e restaurantes, que promovem música ao vivo, e outros estabelecimentos que reúnem aglomeração de pessoas, junto ao Corpo de Bombeiros, que exige a obrigatoriedade dos itens de segurança contra incêndio e pânico, e Alvará de Funcionamento expedido pela Prefeitura.

    Ficou definido que o local que não possuir Alvará de Funcionamento, não poderá realizar nenhuma festa ou similar, tendo que buscar regularização imediata junto ao Corpo de Bombeiros, sendo estabelecido prazo de 30 dias, ou seja, até o dia 18 de abril do corrente ano.

    Participaram da reunião representantes do Ministério Público, Secretaria de Urbanismo, Procuradoria Geral do Município, AABB, Palmeiras Country Clube, Coqueiros, AESC, Clube do SESC, Barômetro, Barril, Afonso Grill, Sobral Grill, Pallace Buffet, Palace Kids, Stripulia Buffet e Buffet Dona Flor.

    Do Blog Sobral Online

    REMEDIANDO! OPERAÇÃO POLICIAL TENTA CONTER ONDA DE CRIMES EM SOBRAL

     

    26 PESSOAS FORAGIDAS ACUSADAS DE

    VÁRIOS CRIMES FORAM PRESAS

    Uma Mega Operação da Polícia Militar, deflagrada na madrugada desta quarta-feira, 20, prendeu 26 pessoas no município de Sobral. A operação tinha o objetivo de prender foragidos da Justiça, envolvidos com tráfico de drogas, assassinatos, assaltos e outros crimes. Cerca de 15 viaturas da Polícia, 45 policiais militares e a equipe de inteligência do 3º Batalhão da Polícia Militar (3º BPM) participaram da operação que realizou a prisão de foragidos da Polícia em diversos bairros da cidade e que contou com duas etapas.
    A primeira etapa consistiu em cumprir mandados de prisões expedidos pela Justiça, resultando na prisão de 25 foragidos da Polícia, e a segunda resultou no estouro de um ponto de tráfico de drogas, tendo sido presa a traficante responsável, identificada como Luzia Barbosa de Lima, de 28 anos, portando grande quantidade de pedras de "crack" e grande quantia de dinheiro resultado da venda de droga.
    Lá vou eu: Se esse estardalhaço todo conseguir conter a onda de roubos e homicídios recentes na cidade, a operação foi positiva. O curioso é que esse pessoal todo já estava foragido, cometendo crimes, antes de toda essa fase negra pela qual está atravessando Sobral há algumas semanas. Ou seja, em tese, só em tese, eles deveriam estar presos há tempos. O problema é que as autoridades insistem em tentar remediar depois de feito o estrago. Muita gente pagou com a vida por conta disso, muitas vezes em pleno centro da cidade. Mas é batata: Só após uma grande onda de crimes, vem uma operação pra tentar conter a situação. Parece que virou protocolo, como dizem alguns especialistas em segurança pública. Sobral deveria ser exemplo em segurança pública, já que é exemplo de desenvolvimento, educação, empreendedorismo, arrecadação...
    Postado por Tadeu Nogueira

    Com informações do Jornal O Povo

    quarta-feira, 20 de março de 2013

    Brasil criou 123.446 vagas de trabalho em fevereiro, diz Caged

    InfoMoney

    SÃO PAULO – No Brasil, foram geradas 123.446 vagas de trabalho em fevereiro, de acordo com os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados nesta quarta-feira (20).
    Leia também:
    Trabalho acredita que Caged indica resposta do mercado
    Comércio tem pior janeiro da série histórica, diz Caged
    Criação de vagas em janeiro decepciona, mostra Caged

    Faltam profissionais de tecnologia no Brasil

    Na comparação com janeiro deste ano, houve uma expansão de 0,31%. Já nos últimos 12 meses, o índice registrou a criação de 1.116.340 postos de trabalho, correspondendo a elevação de 2,89%. No acumulado do ano, o mercado teve um acréscimo de 170.612 vagas.

    Crescimento setorial
    Na análise mensal, cinco dos oito setores de atividade econômica analisados apresentaram crescimento na geração de empregos formais. Em números absolutos, o destaque ficou com Serviços, com 82.061 vagas de trabalho. Porém, a maior variação percentual ficou com Administração Pública, que registrou alta de 1,42% no número de vagas (+12.364 postos).

    Outro destaque do período foi a Construção Civil, que apresentou acréscimo de 15.636 postos de trabalho (+0,50%). Indústria de Transformação registrou acréscimo de 33.466 vagas (0,41%) e a Extrativa Mineral teve alta de 0,34%, com o surgimento de 165.

    Em contrapartida, Comércio teve baixa de 10.414 postos de trabalho (-0,12%), Agropecuária, recuou -0,62% e fechou 9.775 vagas e Serviços Industriais de Utilidade Pública registrou -0,01%.

    Análise regional
    Ao analisar as regiões, os dados revelam que 16 das 27 unidades federativas apresentaram crescimento na geração de postos de trabalho. Os destaques positivos foram São Paulo (+552.968 postos ou +0,38%), Rio Grande do Sul (+139.771 postos ou +0,65%), Paraná (+142.115 postos ou +0,61%), Santa Catarina (+118.662 postos ou +0,79%) e Goiás (+65.674 postos ou +1,01%).

    Considerando as regiões, todas apresentaram elevação no emprego formal. Em números absolutos, nota-se o seguinte comportamento: Sudeste (+66.177 postos ou +0,31%), Sul (+48.016 postos ou +0,67%), Centro-Oeste (+22.982 postos ou +0,76%) e Norte (+2.152 postos ou +0,12%).

    Sol continua no centro das preocupações

    Cientistas alertam novamente para grave ameaça solar em 2013


    NASA

    Cientistas dos EUA alertam para um pico de atividade solar em 2013. Isso pode levar à formação de manchas solares de grande porte, aumentando o risco de tempestades severas que ameaçam Sol até a Terra, advertem."Eu acho que eu posso dizer com grande confiança de que haverá um pico de atividade solar, no outono de 2013", disse Douglas Biesecker, um físico do Centro de Clima Espacial da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) dos Estados Unidos e presidente do painel emissão de previsões sobre o ciclo solar. 's manchas solares causam mudanças magnéticas na superfície do sol, que podem chegar a Terra. Se uma ejeção de grande parcela, como ocorreu em 1859, repetido no século XXI, l como consequências poderiam ser devastadoras, de acordo com alguns especialistas advertem.



    Os acidentes aéreos e de tráfego aumentariam, em podem acontecer muitas falhas em uma série de rotas do sistema, no desembarque, semáforos e sinais.
    Sistemas elétricos podem sofrer um colapso total, deixando as casas, indústrias, refinarias, fábricas de produtos químicos ou hospitais sem energia. Os elevadores, assim, tornar-se outro ponto preto, complicando evacuações e deixando milhares de pessoas presas.
    Continentes inteiros podem ser mergulhados na escuridão por meses e uma "crônica escassez de energia seria possível", o Conselho Nacional de Pesquisa, os EUA. Em janeiro de 2013, o Solar Dynamics Observatory da NASA alertou sobre a formação de uma grande mancha, que cobriria "Seis Terras ao todo", e que cresceu em proporções colossais provocando novas e poderosas tempestades solares.

    http://actualidad.rt.com/actualidad/view/89392-tormentas-sol-amenazan-tierra

    Nota: Olha ai amigos, mais uma vez o alerta está sendo dado, sinais no céu e no sol, as informações vão chegando a conta gotas.
    Já falamos muito aqui sobre esse assunto, inclusive sobre os enormes UFOS que andam a rodear o sol.


    Imagens recentes do sol, mostram como as manchas tem aumentado em número e tamanho.

    Obrigado Paty pelo link.

    http://celiosiqueira.blogspot.com.br

    Do Blog  Um Novo Despertar