segunda-feira, 11 de março de 2013

EUAs querem uma guerra a qualquer custo

EUA e Conselho de Segurança, serão os maiores responsáveis pelas futuras consequências : Rondong Sinmum

O poderoso líder norte coreano Marechal Kim Jong Un visitando e inspecionando uma localidade nas ilhas de Jangjae e Mu

Pyongyang, 11 de março (ACNC) -- Faz alguns dias, os Estados Unidos inventaram por fim a chamada "resolução de sanções " no Conselho de Segurança da ONU acusando o terceiro teste nuclear subterrâneo da República Popular Democrática da Coreia.
Em seu comentário individual insertado nesta segunda-feira , o diário Rodong Sinmun afirma que a "resolução " constitui flagrante violação da soberania da RPDC e declaração de guerra, e prossegue:
É rotineiro modo de guerra do império fabricar uma "resolução", que justifique sua guerra agressiva, abusando de um Conselho de Segurança da ONU e lançá-la logo com "capacetes azuis da ONU".
Ambas partes beligerantes se enfrentam agudamente na Península Coreana com enormes forças armadas.
Em tal circunstância, o Conselho de Segurança aprovou a "resolução" que demanda o desarme de uma parte beligerante, o qual é igual a dar luz verde para uma guerra nuclear aos EUA.
A ONU, organização internacional com a missão de promover a paz e a segurança do mundo, deveria questionar primeiro os treinamentos militares conjuntos do império do mal que ameaça seriamente a paz e a segurança mundiais, desmantelar imediatamente a "Comando das Forças da ONU", aparato para o cumprimento de guerra de agressão, e tomar medidas para acabar com o estado de guerra entre Coreias.
Ao contrário de seus propósitos, o Conselho de Segurança da ONU serviu de mecanismo de votação a favor dos EUA, autoproclamado como "única superpotência", em vez de adotar uma resolução que condene e rechace os perigosos movimentos atuais para a guerra nuclear.
EUA e o Conselho de Segurança serão os maiores responsáveis pela grave situação que se encontra a Península Coreana.

Tradução e adaptação do texto do espanhol ao português-Daniel-UND

Fonte:

Um comentário: