quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

MAIS UM CRIME BARBARO REGISTRADO EM CRUZ

 

Cruz. Na madrugada de quarta feira, 27, um crime bárbaro, com requinte de crueldade, foi registrado na cidade de Cruz, Rua Vicente Justo, quando um jovem foi encontrado morto com várias facadas chegando a expor o intestino.

clip_image002

As imagens são chocantes inadequadas para pessoas que não suportam ver fotos relativas a crimes violentos com retalhamento do corpo da vitima.

Há indicio de tratar-se de crime de vingança, pela barbaridade com que a vítima foi brutalmente assassinada, sem dó e sem piedade.

A humanidade está cada vez menos humanizada, matando seus semelhantes por motivos banais, sem considerar o verdadeiro sentido da vida.

Dr. Lima

Dilma desafia FHC e volta a trocar farpas com tucanos

A presidente Dilma Rousseff usou o seu discurso de comemoração dos dez anos de criação do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o Conselhão, para reafirmar os fundamentos econômicos de seu governo, de crescimento com estabilidade e controle da inflação, assegurando que eles estão mantidos. Dando prosseguimento à troca de farpas com os tucanos, Dilma acusou a oposição de provocar "instabilidade" ao alardear a ameaça de racionamento de energia no País, lembrando que estas vozes "se calaram" quando o racionamento não aconteceu.

A presidente também desafiou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso ao dizer que foi o governo do PT que criou o cadastro para as famílias receberem benefícios sociais. "É conversa que tinha cadastro. Nós levamos um tempão para fazer", atacou Dilma.

Pouco antes, de forma contundente, a presidente usou números de sua administração para "lustrar" a política macroeconômica do governo, se contrapor aos tucanos e neutralizar o discurso do senador Aécio Neves (PSDB-MG): "quando no Brasil, no passado, a gente teria uma relação dívida-PIB de 35%? Quando? Quando, no passado, na área externa, com as nossas reservas?"

Não só a presidente Dilma, mas os ministros palestrantes ignoraram qualquer feito dos governos passados. A maior parte dos slides apresentava dados a partir de 2003, quando foi iniciado o governo Luiz Inácio Lula da Silva. Depois de reiterar que seu governo manteve "a inflação sob controle", "a política de câmbio flexível" e "uma política de robustez fiscal" Dilma destacou que era preciso ter "vontade política" para fazer o Bolsa Família, o Brasil sem Miséria e o Brasil Carinhoso e, se não tiver, prosseguiu, "ninguém faz" porque, para isso, "tem de ter compromisso com os pobres desse País". Em seguida, passou a se vangloriar das medidas adotadas pelo ex-presidente Lula de criar toda "uma engenharia, uma tecnologia social" e "criar um cadastro, porque não existia cadastro".

CadÚnico

Só que, a falar disse, a presidente ignorou que, em 2001, quando houve a universalização do Bolsa Escola, programa tucano de transferência de renda, com condicionalidade de frequência à escola, os pagamentos dos benefícios eram controlados pelo Cadastro Único para Programas Sociais, CadÚnico, criado pelo decreto 3877, de 24 de julho de 2001, que em 2003 foi incorporado ao programa rebatizado por Lula de Bolsa Família. Dilma comemorou ainda a criação do Cartão "estratégico" para eliminar intermediários na liberação dos recursos. Em 2002, o governo FHC lançou o "Cartão Cidadão" que unificava o pagamento de benefícios à população pobre, como o Bolsa Escola e o auxílio gás.

Um mês depois de ter ocupado cadeia de rádio e televisão para anunciar a redução do preço da energia e reagir às notícias de riscos de apagão no País, a presidente Dilma chamou de "irresponsáveis" estes alarmistas. "Esse País tem segurança energética. Hoje, nós temos, antes da entrega dos 10 mil MW que entram esse ano, nós temos 14 mil MW de térmicas. Nunca tivemos isso na vida", desabafou a presidente, atacando "os irresponsáveis" que anunciaram apagões. "O que não é admissível para o país é que se crie instabilidade onde não há instabilidade. Exemplo: não é admissível que se diga que vai haver racionamento quando não vai haver racionamento. As mesmas vozes que disseram, em dezembro e janeiro que ia haver racionamento, se calam. E a consequência é nenhuma, o que eu acho que é uma irresponsabilidade", atacou. Para Dilma, "o que afeta a vida das empresas, a vida das pessoas, nós temos de ter cuidado, porque se coloca uma expectativa negativa gratuita para o país".

Fracassa o lançamento de Aécio Neves à presidência

 

Detalhes
Publicado em Quarta, 27 Fevereiro 2013 14:22
Escrito por Daniel Pearl

    Acesse e divulgue o BLOG DA DILMA
    O ex-presidente FHC participou de evento promovido pelo PSDB mineiro em Belo Horizonte, intitulado "Minas Pensa o Brasil", considerado o lançamento da candidatura do senador Aécio Neves (PSDB-MG) à Presidência em 2014. Ao lado do parlamentar, diante do fiasco que se transformou o evento, FHC afirmou que "não é necessário" lançar a candidatura, mas adiantou que ela está sendo "construída".

    Nitidamente constrangido, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso compareceu sozinho ao evento promovido pelo PSDB mineiro ocorrido em um hotel de luxo da zona sul de Belo Horizonte, a única presença política nacional foi a do líder do PSDB na Câmara Federal deputado Carlos Sampaio.
    Durante todo dia de ontem permaneceram parados no hangar da Construtora Cowan e na Banjet Táxi Aéreo três jatinhos prontos para buscar “convidados”. Mesmo diante da oferta que incluía hospedagem e alimentação, lideranças optaram por não comparecer demonstrando a insatisfação com o denominado ”Esquema Mineiro”, conforme noticiado por Novojornal.
    A presença mais notada foi a do deputado estadual Carlos Mosconi, acusado de chefiar no sul de Minas uma quadrilha de trafico de órgãos, condenada pela justiça mineira. Mostrando-se pouco confortável, desconversava quando indagado sobre o fato.
    Falando para um auditório preenchido as presas com ocupantes de cargos de confiança do governo de Minas, FHC afirmou que a presidente Dilma Rousseff é "ingrata" e que o PT "cospe no prato em que comeu".
    Ele se referia às declarações de Dilma de que o governo petista, iniciado com Luiz Inácio Lula da Silva, "não herdou nada" da gestão tucana. "O que a gente pode fazer quando a pessoa é ingrata? Nada. Cospe no prato em que comeu", declarou, ao ser questionado sobre as declarações de Dilma em evento de comemoração de dez anos de gestão petista no governo federal.
    O ex-presidente ainda afirmou que o PT "usurpou" o projeto tucano que começou a ser implantado em seus mandatos. "O que aconteceu no Brasil foi usurpação de projeto. Só que como ele é usurpado, não faz direito. Vai e vem, recua, não tem coragem de dizer que vai privatizar", disparou. "Eles (petistas) tinham duas grandes metas. Uma ligada ao socialismo e outra à ética. De socialismo nunca mais ninguém falou. E ética, meu Deus, não sou eu quem vai falar a respeito do que está acontecendo no Brasil", completou FHC.
    Aécio Neves evitou falar sobre a própria candidatura. Sobre as declarações de Ciro Gomes, de que o mineiro, assim como os demais possíveis candidatos na eleição presidencial de 2014 "não têm nenhuma proposta para o Brasil". "O Ciro tem seu estilo e obviamente não vou polemizar com ele. Estou até com saudade das boas conversas que nós tínhamos no passado", disse Aécio. "Se tiver oportunidade, vou convidá-lo para uma (conversa). Talvez ele se surpreenda com o conjunto de boas idéias que temos para o Brasil, como tínhamos no passado", completou.
    O senador também preferiu não se estender sobre a possibilidade de o Ministério Público Estadual (MPE) de Minas reabrir investigação sobre repasses de recursos durante sua gestão no Executivo mineiro à Rádio Arco Íris, que tem como sócios o próprio Aécio e sua irmã Andrea Neves. O caso deve ser decidido nesta terça (26) pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). "Não sou a melhor pessoa para falar dessa questão. Conheço muito pouco disso. Mas acho que as explicações já foram dadas", resumiu.
    Ao final do encontro, um grupo de jovens ligados à União Nacional dos Estudantes (Une) e à União da Juventude Socialista (UJS) foi para a porta do hotel com cartazes de protesto contra os tucanos. Na saída do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso chegou a haver um início de briga e na saída do senador Aécio Neves houve um novo confronto. Fonte: Novo Jornal.

    PT celebra 33 anos de história com ato político e exposição na Câmara

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    Para celebrar os 33 anos de sua fundação, o PT fará, hoje, um ato público na Câmara dos Deputados, a partir das 17h, no Espaço Rubens Paiva, no Hall da Taquigrafia. Além de integrantes da bancada petista na Câmara e no Senado, participarão da atividade o presidente do PT nacional, Rui Falcão, e outros dirigentes e militantes históricos. O ato acontece na véspera do encerramento da exposição sobre a história do PT, que ocorre até amanhã no corredor de acesso ao plenário da Câmara.
    O líder do partido na Câmara, deputado José Guimarães (CE), destacou que o PT realizará outras atividades como essa pelo País em 2013. “Esse ato, que homenageia o legado do PT e os dez anos do governo de mudança, busca externar o papel e o protagonismo que a nossa bancada teve nesses 33 anos de história. Nós transformamos o Brasil e nesse ano de 2013 vamos mobilizar a nossa militância para passar essa mensagem de transformação da qual o PT é partícipe”, informou o líder.
    Para o deputado Henrique Fontana (PT-RS), o ato é oportuno para celebrar não apenas o aniversário do partido, mas o novo momento que vive o Brasil. “Comemorar 33 anos da vida do PT é comemorar uma marca muito positiva na história política brasileira. Ao longo desse tempo, o PT errou e acertou, mas acertou muito mais do que errou e ajudou a mudar o Brasil, que está melhor depois dos dez anos dos governos Lula e Dilma”, enalteceu Fontana.
    As atividades pelo aniversário do partido também foram elogiadas pelo deputado João Paulo Cunha (PT-SP). “As fotos retratadas na exposição e o nosso ato mostram a história de um partido de luta, que se dispôs a mudar o Brasil e efetivamente está mudando o Brasil. E essa história foi construída com a contribuição da bancada na Câmara, que foi uma ferramenta importante para o PT chegar aonde chegou”.
    “Para comemorar o grande processo de inclusão social e de desenvolvimento ocorrido no Brasil nos últimos dez anos, nada melhor do que honrar a história desse partido de esquerda, democrático e socialista que é o PT”, acrescentou o deputado Bohn Gass (PT-RS).
    História – Fundado a 10 de fevereiro de 1980, no Colégio Sion, em São Paulo (SP), a partir da convergência do movimento operário com o movimento campesino, intelectuais, religiosos progressistas e outros setores da esquerda, o PT é hoje o partido preferido de cerca de um quarto da população brasileira, segundo vários institutos de pesquisa.
    Além disso, o PT é o único partido brasileiro com eleições diretas para escolha dos seus dirigentes, em nível municipal, estadual e nacional, através do processo de eleições diretas (PED).
    Em 1983, militantes e dirigentes petistas fundaram a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a maior organização sindical do Brasil e uma das maiores do mundo.
    Em 2002, na quarta eleição presidencial que disputou, o PT elegeu Lula para comandar os destinos do Brasil. Lula foi reeleito em 2006 e elegeu sua sucessora em 2010, com a vitória de Dilma Rousseff, que se tornou a primeira mulher a governar o Brasil.
    Ao longo dos últimos dez anos de governo petista, o Brasil gerou 19 milhões de empregos, reduziu o desemprego ao menor índice da história (e um dos menores do mundo contemporâneo), quintuplicou o orçamento da educação, permitiu a saída da pobreza de 40 milhões de pessoas, entre outras conquistas socioeconômicas reconhecidas mundialmente.
    No Congresso Nacional, a bancada petista cresce a cada eleição e atualmente é a maior da Câmara dos Deputados, com 88 deputados e deputadas.
    Edição especial – Hoje circula uma edição especial do PTnaCâmara, por ocasião do aniversário do partido.

    IFCE oferta 970 vagas para cursos técnicos

     

    São 29 cursos distribuídos em dez campi da instituição

    O Instituto Federal do Ceará (IFCE) oferece 970 vagas para 29 cursos técnicos gratuitos distribuídos em dez campi da instituição. Para os cursos do campus de Fortaleza, as inscrições para participação no exame de seleção seguem até 8 de março. Para os campi de Acaraú, Camocim, Crateús, Maracanaú, Sobral, Tauá, Tianguá, Ubajara e Quixadá, as inscrições vão de 4 a 15 de março.

    Há previsão de vagas para as cotas sociais, em atendimento à Lei Federal nº 12.711/2012 (lei de cotas). Os editais serão disponibilizados nesta semana no endereço eletrônico: http://qselecao.ifce.edu.br. no portal do IFCE. Confira abaixo a lista de cursos, com os turnos e a quantidade de vagas ofertadas.

    Acaraú

    Pesca: 35 vagas (manhã)

    Serviços de Restaurante e Bar: 35 vagas (manhã)

    Aquicultura: 35 vagas (noite)

    Construção Naval: 35 vagas (noite)

    Camocim

    Serviços de Restaurante e Bar: 30 vagas (manhã)

    Crateús

    Edificações: 30 vagas (manhã)

    Agropecuária: 35 vagas (manhã)

    Fortaleza

    Edificações: 25 (noite)

    Eletrotécnica: 30 (noite)

    Instrumento Musical: 25 (manhã)

    Manutenção Automotiva: 30 (noite)

    Mecânica Industrial: 30 (noite)

    Segurança do trabalho: 30 (noite)

    Refrigeração e Climatização: 30 (noite)

    Maracanaú

    Meio Ambiente: 40 vagas (noite)

    Informática: 30 vagas (tarde)

    Automação Industrial: 30 vagas (tarde)

    Quixadá

    Edificações: 30 vagas (tarde)

    Química: 30 vagas (tarde)

    Controle Ambiental: 30 vagas (tarde)

    Sobral

    Agroindústria: 35 vagas (noite)

    Eletrotécnica: 35 vagas (noite)

    Fruticultura: 35 vagas (tarde)

    Mecânica: 35 vagas (noite)

    Meio Ambiente: 35 vagas (noite)

    Panificação: 35 vagas (noite)

    Tauá

    Agronegócio: 35 vagas (tarde)

    Tianguá

    Informática: 30 vagas (tarde)

    Ubajara

    Alimentos: 70 vagas (manhã ou noite)

    Prevenção à Violência e Combate às drogas é tema de curso em Sobral

    DSC_5752

    Teve início nessa segunda-feira (25), no Centro de Convenções de Sobral, o “Curso de Prevenção à Violência e ao Uso Indevido de Drogas”, promovido pela Secretaria da Cidadania e Segurança de Sobral em parceria com o Governo do Estado, através da Divisão de Proteção ao Estudante (DIPRE) da Polícia Civil. Cerca de 90 participantes receberão formações sobre a prevenção às drogas, síndrome da dependência alcoólica, crack, tabagismo, legislação, tratamentos, recuperação e redução de danos sociais e à saúde, entre outros temas.

    Segundo o Delegado Carlos Alberto Camelo, Diretor da Divisão de Proteção ao Estudante da Polícia Civil, no final do curso, será elaborado um plano de ações preventivas. Ele ressaltou que a própria comunidade conhece os problemas enfrentados pelo Município e que a junção dos conhecimentos

    apresentados na formação com a experiência dos participantes “mostrará o que deve ser feito em prol do município de Sobral”.

    O secretário municipal da Segurança e Cidadania, Pedro Aurélio Aragão, lembrou que, em todo o Brasil, a violência e o índice de homicídios estão ligados à problemática das drogas. Para ele, a formação de multiplicadores em diversos órgãos vai produzir “bons frutos” no combate às drogas.

    Participam do curso: representantes das forças seguranças, como a Guarda Municipal e Polícia Rodoviária Federal; conselhos municipais da Saúde e da Infância e da Juventude; Poder Judiciário; Câmara Municipal; Conselho Tutelar; escolas municipais e estaduais; universidades; Coordenadoria Municipal de Juventude e Secretarias Municipais de Educação, Saúde e Desenvolvimento Social e Combate à Extrema Pobreza, entre outros órgãos.

    Sugestão de legenda: Durante o curso será elaborado um plano de ações preventivas contra o uso indevido de drogas

    (Foto: José Donato/Asscom PMS)

    Att,

    Assessoria de Comunicação | Prefeitura de Sobral

    (88) 3677-1175 | 3677- 1118

    terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

    475 brasileiros foram vítimas de tráfico internacional

    Por Vannildo Mendes | Estadão Conteúdo

    Entre 2005 e 2011, 475 brasileiros, na maioria mulheres, foram vítimas de tráfico internacional de pessoas, geralmente voltado para exploração sexual. No mesmo período, a Polícia Federal abriu 157 inquéritos para investigar esse tipo de crime, que resultaram em 381 indiciamentos e apenas 158 prisões. Os dados, divulgados nesta terça-feira pelo governo federal no lançamento do II Plano Nacional de Enfrentamento do Tráfico de Pessoas, indicam que menos da metade dos crimes investigados levam à punição dos autores.

    A situação é ainda mais grave porque, apesar das campanhas de esclarecimento, é alta a subnotificação de casos, segundo informou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ao lançar o plano em conjunto com as ministras da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci; e da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário. "Trata-se de um crime subterrâneo, difícil de ser combatido porque as vítimas não denunciam, seja por medo ou vergonha", observou o ministro. Na ocasião também foi apresentado o primeiro relatório com dados consolidados sobre esse crime no País.

    O plano tem cinco eixos, destinados a melhorar a performance do Brasil no enfrentamento do tráfico de pessoas, começando pelo aperfeiçoamento do marco regulatório. O governo encampou um projeto que aumenta a punição e amplia o alcance da lei, de modo a incluir na tipificação, por exemplo, o trabalho escravo e o tráfico de crianças para transplante de órgãos ou retirada de tecidos. Outro projeto prevê a perda dos bens de membros de organizações criminosas que exploram essa atividade. Cardozo disse que vai apelar ao Congresso para que inclua os dois projetos em regime de urgência.

    O segundo eixo promoverá a integração e o fortalecimento das políticas públicas e redes de atendimento às vítimas. Uma meta é criar dez novos núcleos ou postos de enfrentamento ao crime até 2014 nos locais de grande circulação - hoje são 13 postos e 16 núcleos. Serão investidos nessa ampliação R$ 5,9 milhões, incluindo aí a capacitação de agentes nas áreas relacionadas ao tema. Os postos serão localizados em cidades da fronteira seca do Brasil com os países vizinhos. Os outros dois eixos se destinam à produção de informações técnicas e a campanhas de educação e mobilização da sociedade no combate ao crime.

    O governo vai também criar um cadastro das vítimas de tráfico de pessoas no exterior. O objetivo, segundo a ministra Eleonora, é que 100% delas tenham sua situação monitorada para que lhes sejam assegurados direitos legais, como atendimento jurídico e reparação civil por danos materiais e morais. Entre as 125 metas setoriais, uma prevê a abertura de diálogo com os países vizinhos para o combate articulado às organizações criminosas especializadas em tráfico de pessoas. Uma comissão tripartite acompanhará a execução das medidas do plano.

    Capacitação

    O treinamento de profissionais da educação e da segurança inclui técnicas de capacitação para que possam identificar as diversas situações usadas por criminosos para camuflar o tráfico de pessoas e atos de violência contra mulheres. "Os agentes do estado precisam estar capacitados para identificação, combate às organizações criminosas e apoio às vítimas", disse Cardozo. "Mas é preciso que as pessoas percam o medo e denunciem. Para haver investigação tem que ter notícia do crime".

    Maria do Rosário qualificou o tráfico de pessoas como "uma grave violação de direitos humanos". Ela disse que ultimamente o problema ganhou mais visibilidade em razão da novela Salve Jorge, da TV Globo, que mostra mulheres brasileiras exploradas sexualmente na Turquia por quadrilha internacional. Mas a ministra Eleonora acha que a realidade é pior do que a ficção. "O que a novela mostra é pouco. A situação é muito mais grave, alarmante e preocupante", disse.

    Ela apelou para que as pessoas denunciem situações pelo Disque 180. Em um ano disponibilizado para o exterior, o serviço permitiu duas grandes operações que resgataram 40 mulheres de várias nacionalidades na Espanha. As denúncias partiram de Portugal e Espanha, em abril e outubro de 2012. "A denúncia é fundamental para que o crime venha à luz e os criminosos sejam punidos", esclareceu Eleonora.

    Registro

    O relatório aponta dificuldade em reunir provas nesse tipo de crime, o que dificulta a punição. O registro dos casos também é dificultado pela própria legislação, tida como inadequada, pois prevê somente o tráfico para fins de exploração sexual, deixando à margem outras modalidades, como tráfico para fins de remoção de tecidos, ou partes do corpo e o trabalho escravo.

    Conforme o estudo, de um total de 475 vítimas brasileiras identificadas pelo Ministério das Relações Exteriores, entre 2005 e 2011, 337 sofreram exploração sexual e 135 foram submetidos a trabalho escravo. Os países onde mais foram localizadas vítimas foram Suriname (porta de entrada para a Holanda), com 133 casos; Suíça (127) e Espanha (104). Para a Holanda diretamente foram traficadas 71 mulheres.

    Dados da PF revelam que são as mulheres, na maioria, as aliciadoras, recrutadoras ou traficantes, que somam 55% dos indiciamentos. Já os presos são na maioria homens (65%). Eles respondem também pela maior parte dos casos de agressão a vítimas do tráfico de pessoas.

    SERVIÇOS DE PATROLAMENTO MELHORA A ESTRADA DO PREÁ

     

    clip_image002

    Cruz. O Prefeito Municipal de Cruz deu inicio, nesta semana, aos serviços de patrolamento da estrada entre as comunidades de Lagoa dos Monteiros e a Praia do Preá, em uma extensão de 14 km, passando pelas comunidades de Santo Estevão, Córrego dos Ana, Vila de Caiçara, Cavalo Bravo e Praia do Preá seguindo até a comunidade de Formosa, na divisa do Município de Cruz com o Distrito de Aranaú, no Município de Acaraú em Castelhano.

    Trata-se de uma operação que visa melhorar as condições do transito de veículos para o dia de São José, 19 de março, quando cerca de 20.000 pessoas comparecem à Praia do Preá para o tradicional banho de mar.

    clip_image004

    Segundo informou o Prefeito Adauto, já tramita em Brasília um projeto para construção desta estrada com asfalto, um velho e adormecido sonho dos moradores das comunidades beneficiadas que aguardam com ansiedade a construção asfáltica deste trecho de estrada, que ligará a CE – 085 à Praia do Preá, um corredor turístico para Jericoacoara.

    Atualmente, todos os ônibus que transportam turistas ficam na cidade de Jijoca de Jericoacoara, onde os passageiros são transferidos para uma jardineira que os leva à Praia de Jericoacoara passando por este trecho de estrada carroçável aumentando o percurso em 10 km.

    Os veículos que trafegam diariamente por esta estrada fazendo transporte de passageiros ou entrega de mercadoria sofrem, há anos, com as péssimas condições desta estrada, cuja espera de construção se renova a cada pleito eleitoral com as promessas de campanha, que até agora não se concretizaram.

     

    FESTA DE SÃO JOSE

    clip_image006

     Começa dia 9 de março, a festa religiosa de São José Padroeiro da Comunidade do Preá, que este ano aborda o tema: Com São José seguimos firmes na nossa fé no “Ano da Fé” e lema: “A obra de Deus é esta: Que creias naquele que ele enviou” (Jo 2, 29). As missas acontecerão no horário das 20hs e contará com a presença das comunidades vizinhas e em cada noitada será trabalhado um subtema e o encerramento será dia 19 de março com a Santa Missa.

    A Capela de São Pedro, local das celebrações, pertence à Área Pastoral de São Francisco do Distrito de Caiçara, Paroquia de Santa Luzia de Jijoca de Jericoacoara e é administrada pelo Padre Marcone, um grande líder espiritual.

    Todas as comunidades católicas são convidadas para participarem dos festejos a São José em Preá.

    Dr. Lima

    O escritório político do deputado federal José Airton e a coordenação do MPT fazem o planejamento e balanço do mandato

     

    O encontro está sendo organizado pelo Movimento PT, corrente interna do Partido dos Trabalhadores ligada ao deputado federal José Airton. A pauta da plenária vai tratar sobre o balanço e planejamento das ações do mandato deputado federal JOSE AIRTON e suas parcerias municipais; a conjuntura política nacional e estadual; as eleições do PED 2013 e a escolha dos delegados ao encontro Nacional MPT. Nacionalmente o Movimento PT tem a participação da ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário.

    Avaliação nacional do Partido, quadro dos resultados das eleições 2012: O PT elegeu 636 prefeituras, 4 capitais (37 milhões de habitantes). Estas prefeituras somam os maiores orçamentos e entre elas está São Paulo. Do total das capitais, 8 ficaram com oposição e 19 com partidos da base aliada, Eliezer Pacheco - direção nacional do MPT.

    O MPT exerce poucos cargos no governo federal, o que não impediu seu enorme crescimento, tem capacidade de diálogo com todos os campos do partido, rompendo com o bloqueio de posições (esquerda x direita) sendo a única corrente com independência para defender firmemente nosso governo e ao mesmo tempo fazer, nos espaços adequados, a crítica às políticas que consideramos equivocadas, http://www.movimentopt.com.br/

    Serviço: Local: Hotel Quality
    Av. Beira Mar, 2340
    Salão Algas
    fone: 3466.7100
    Horário: 8 as 13h

    Claudia Vidal - Jornalista: DRT 6203/PR

    Assessoria de Imprensa

    Deputado federal José Airton Cirilo (PT/CE).

    TCE – Inspetoria técnica quer vistoria completa no Hospital Regional de Sobral

    Do blog do Eliomar de Lima

    “A inspetoria técnica do Tribunal de Contas do Estado (TCE-CE) encaminha hoje ao pleno da Corte o relatório da vistoria realizada semana passada no Hospital Regional Norte, em Sobral, a 250 quilômetros de Fortaleza. A intenção do corpo técnico do TCE é de que haja nova inspeção na unidade, dessa vez da totalidade da obra e com prazos maiores. A decisão por uma nova vistoria, no entanto, ficará a critério do conselheiro relator do caso, a ser designado na sessão de hoje, às 15 horas.

    A secretária de Controle Externo do Tribunal, Giovanna Adjafre, afirma que a primeira inspeção foi “pontual”, focada apenas na marquise do hospital que desabou no dia 17 deste mês. “A primeira inspeção foi muito pontual, em cima do ocorrido. Não se estendeu para toda a obra, porque existia uma demanda por celeridade (…) a intenção do corpo técnico é inspecionar tudo, verificar toda a obra, mas isso vai depender do relator”, diz.

    Segundo Giovanna, os dois engenheiros do TCE enviados a Sobral inspecionaram a marquise por dois dias, na terça-feira e na quarta-feira passadas. Eles elaboraram pareceres técnicos, realizaram registros fotográficos e proporam encaminhamentos possíveis. Os detalhes do relatório – que será pauta da sessão da Corte hoje – permanecem em sigilo. A assessoria de imprensa do consórcio Marquise/EIT, responsável pela obra do Hospital Regional Norte, afirma que ainda não foi notificada oficialmente pelo Tribunal, e que irá se manifestar após a divulgação oficial do conteúdo do relatório.

    A Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) afirma que também só deve manifestar após notificação oficial do TCE. A pasta relembra que o Governo já notificou o consórcio responsável pela obra cobrando todos os reparos necessários para a obra. Acidente

    A vistoria foi solicitada em 18 de fevereiro pelo presidente do TCE, Valdomiro Távora, após a queda de parte da marquise do hospital no dia 17 de fevereiro. O acidente feriu um operário da obra.”

    (O POVO)

    PAC 2 : Valor empenhado aumenta 52% e investimentos superam metas

     

     

     

     

     

     

     

     

    O governo federal divulgou na sexta-feira (22) o 6º balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Nesses dois anos, segundo nota divulgada pelo Comitê Gestor do programa, o PAC 2 garantiu que o investimento seja uma das principais forças impulsionadoras do desenvolvimento brasileiro, incentivando o investimento público e privado, gerando empregos e reduzindo as desigualdades regionais e sociais no Brasil.
    Ao final de seu segundo ano, a execução global do PAC 2 alcançou R$ 472,4 bilhões realizados, o que representa 47,8% do previsto para o período 2011-2014. O PAC 2 executou 31% a mais neste segundo ano, em relação ao primeiro, concluiu empreendimentos correspondentes a 46,4% do valor das ações previstas para serem concluídas no período 2011-2014. Esse resultado é 58,4% superior ao mesmo período de 2011.
    Os pagamentos e o empenho dos recursos do Orçamento Geral da União também são vigorosos. Em 2012, até 31 de dezembro, foram pagos R$ 39,3 bilhões, um aumento de 40% em relação ao mesmo período de 2011. Os recursos empenhados também aumentaram 52%, passando de R$ 35,4 bilhões em 2011 para R$ 53,8 bilhões em 2012. O total do valor empenhado no biênio é de R$ 89,2 bilhões. Houve um crescimento de 170% em relação ao mesmo período do PAC 1.
    "O PAC 2 supera suas metas, bate recordes, impulsiona a economia e trabalha para transformar o Brasil em um País cada vez mais competitivo, com oportunidades para todos os brasileiros", avaliou o líder do PT na Câmara, deputado José Guimarães (CE).
    Obras - O emprego em setores como o de construção de embarcações e estruturas flutuantes teve crescimento de 17,5%, em média, nos últimos dois anos. No mesmo período, o emprego no setor de geração e distribuição de energia elétrica cresceu 9,7% e no de transportes aquaviários, 7,4%.
    Em dois anos, foi possível iniciar obras complexas, como a Usina Hidrelétrica de Belo Monte, a maior em construção no mundo, e superar metas, como no Minha Casa, Minha Vida 2. Em 2012, o programa superou a marca de um milhão de unidades habitacionais entregues à população brasileira. Mais 1,3 milhão de moradias já estão contratadas em 80% das cidades brasileiras.
    Em apenas dois anos, foram concluídas obras em quase 1.500 quilômetros de rodovias e há obras em cerca de 2.700 quilômetros de ferrovias. O PAC 2 concluiu 15 empreendimentos em grandes portos brasileiros, como ampliação de terminais e píeres.
    Nos aeroportos, o PAC 2 concluiu 15 obras que aumentaram a sua capacidade em cerca de 14 milhões de passageiros por ano. Nesse mesmo período, foram realizadas as concessões dos aeroportos de Guarulhos e Campinas (SP), Brasília (DF) e São Gonçalo do Amarante (RN), que vão gerar investimentos de mais de R$ 16,8 bilhões.
    O PAC 2 também acrescentou mais de 6.800 megawatts ao sistema nacional, com a conclusão de usinas hidrelétricas, eólicas e térmicas; e incrementou a produção de óleo e gás com o início de operação de cinco novas plataformas, duas delas no pré-sal. A P-59, que irá perfurar poços em toda a costa brasileira, também foi concluída.
    Cidades - Nos centros urbanos, o PAC 2 está realizando grandes intervenções para melhorar o transporte público em várias cidades. Em dois anos já foram concluídos quase 500 empreendimentos de tratamento e abastecimento de água. Na área de garantia hídrica, os empreendimentos já concluídos no Nordeste aumentaram em mais de 1.000 quilômetros os canais e redes adutoras, beneficiando cerca de cinco milhões de pessoas. Além disso, o Programa Luz para Todos já levou energia elétrica para quase 1,5 milhão de pessoas em todo o Brasil.
    Em todos os estados brasileiros há mais de quatro mil obras de construção de creches e pré-escolas, quadras poliesportivas nas escolas, Unidades Básicas de Saúde, Unidades de Pronto Atendimento e Centros de Artes e Esportes Unificados.

    segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

    Tabuleiro do Norte recebe verba para construção de estádio de futebol e urbanização da comunidade de Gangorrinha

     

    O deputado federal José Airton recebeu em audiência, nesta sexta-feira (22), o Prefeito de Tabuleiro do Norte Marcondes Moreira, o Secretario de Esportes Raimundo da Gangorrinha e Erastos do município de Limoeiro do Norte.

    A pauta tratou sobre a liberação de recursos financeiros para a continuação da II Etapa do Estádio de Futebol e da Pavimentação na Comunidade de Gangorrinha. José Airton comunicou que, em ambas as obras, já foram liberados a primeira etapa para construção do Estádio de Futebol no valor de R$ 1.500 milhão e ainda R$ 300 mil para a urbanização das ruas na comunidade da Gangorrinha.

    Claudia Vidal - Jornalista: DRT 6203/PR

    (85) 8710.1313

    Assessoria de Imprensa

    Deputado federal José Airton Cirilo (PT/CE).

    Diocese de Tianguá inova com experiência comunitária no setor habitacional

     

    José Airton fala da ação como sendo relevante, levando em consideração o trabalho já desenvolvimento atualmente pelo frei Francisco.

    O deputado federal José Airton esteve, nessa sexta- feira (22), em uma audiência com o secretario Estadual das Cidades Camilo Santana, com o Frei Francisco e do empresário Francisco Carvalho de Guaraciaba do Norte.

    O encontro discutiu sobre as parcerias, em conjunto com a Diocese de Tianguá, para a construção de projetos sociais e casas populares, cerca de 250 unidades serão construídas. José Airton fala da ação como sendo relevante, levando em consideração o trabalho já desenvolvido atualmente pelo frei Francisco que trabalha na recuperação de casas populares em comunidades carentes, esses trabalho é desenvolvido com recursos de doações da Europa.

    O objetivo agora, com a Secretaria das Cidades envolvida, junto ao Governo Estadual, elaborar esse programa com um o custo menor. O secretario Camilo Santana se comprometeu, em viabilizar o projeto e de conhecer essa inovadora experiência comunitária.

    Claudia Vidal - Jornalista: DRT 6203/PR

    (85) 8710.1313

    Assessoria de Imprensa

    Deputado federal José Airton Cirilo (PT/CE).

    Parceiros dedicados na alimentação deste blog

    DSCF0056

    Dr. Lima, radialista atuante da emissora Rádio Seis de Abril em Cruz-CE e repórter que trás para os nossos leitores, as ocorrências da Região do Baixo Acaraú. A direita Eu, Jacinto Pereira, responsável pela atualizações  diárias deste blog e âncora do programa Rádio Debate da Rádio Pioneira de Forquilha, que também tem Studio em Sobral e Santa Quitéria-CE

    TRANSITO VIOLENTO NESTE FINAL DE SEMANA EM CRUZ

    O transito continua fazendo vitimas no Município de Cruz - CE.

    Neste final de semana, na zona rural do Município de Cruz foram registrados vários acidentes de transito que resultou em mortos e feridos.

    clip_image002

    Sábado, por volta das 22 hs, um motoqueiro, solteiro, de nome Eunir, residente em Jijoca de Jericoacoara, chocou-se com um poste na Praia do Preá. Com um impacto abriu a crânio ocasionando grande perda de sangue. Foi levado para o Hospital Municipal Dona Maria Muniz em Cruz, de onde foi transferido para a Santa Casa de Sobral, onde foi submetido a uma cirurgia e esta passando bem, segundo as ultimas noticias repassadas pela família. Fabio Lima, que tem treinamento em primeiros socorros, atendeu a vitima no local do acidente e fez o encaminhamento para o hospital. Eunir estava visitando o pai Xixico e amigos que residem na Praia do Preá. O motoqueiro não usava capacete.

    Acidente na CE - 085. Sabado, um veiculo chocou-se com um cavalo na estrada entre Cruz e Acaraú. O veiculo desceu o aterro e sofreu danos materiais, mas o motorista conseguiu sobreviver.

    Lagoa Velha. Outro acidente grave aconteceu, sábado, à noite, na estrada entre Lagoa Velha no Município de Cruz e o Distrito de Aranaú no Município de Acaraú próximo à Lagoa do Aranaú.

    Dois jovens que, segundo testemunhas, faziam um racha pegando parelha, em visível estado de embriagues, e empinando as motos, chocaram-se com um automóvel dirigido pelo Ex-Vereador de Cruz e atual Secretário de Transportes do Município de Cruz, Sr. Demir, residente em Lagoa Velha próxima ao local do acidente.

    Os dois motoqueiros morrem no local e tiveram braços e pernas decepadas com a violência do impacto. Demir sofreu escoriações leves.

    O IML e a Policia compareceram ao local para recolhimento dos corpos e realização dos exames de praxe.

    Não há informações de que os motoqueiros usassem os capacetes.

    São fatos registrados, que causam transtornos às famílias das vitimas, aumentam as estatísticas da violência no transito e preocupam as autoridades, que ainda não conseguiram uma solução eficaz para redução destas ocorrências indesejáveis.

    Irresponsabilidade, excesso de velocidade, desobediência às Leis do Transito, bebida e drogas são os ingredientes fundamentais para se fazer milhares de vitimas no transito em qualquer hora e local. A situação fica ainda mais revoltante, quando envolve elementos que não fazem parte deste bolo maldito.

    Dr. Lima

    O papa coragem


    “E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha
    Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” (Mt 16, 18).
    Assumo publicamente que desde o início simpatizei com o papa Bento XVI e
    que, de 2005 (quando assumiu o papado) até 2013 (quando anunciou sua
    renúncia), essa admiração só aumentou. Que homem corajoso! Que amor
    profundo pela Igreja! Meus cumprimentos Joseph Ratzinger pela humildade e
    agudo discernimento em relação aos sussurros inefáveis do Espírito Santo
    em meio a balburdia que tomou conta do Vaticano. Coragem de ser o cordeiro
    de Deus moderno, sacrificando-se para expiar os pecados de um corpo
    eclesial dividido, assombrado pela hipocrisia religiosa, individualismos,
    vaidades, desavenças por espaço, prestígio e poder. Haja fôlego para
    conviver com tantos complôs, corrupção e intrigas; tanta sujeira na
    Igreja.
    Já no início de seu papado, Bento XVI pediu: “Rezai por mim, para que eu
    não fuja, por receio, diante dos lobos”. E ele não fugiu! Retirou o véu
    negro que encobria os padres pedófilos e, se os mesmos não foram punidos
    com maior rigor, tal se deu somente porque muitas decisões do papa foram
    ignoradas num flagrante desrespeito à sua autoridade. Em reportagem de Léo
    Gerchmann, do jornal Zero Hora (Porto Alegre – RS), o teólogo Érico Hammes
    cogitou até a possibilidade de alguns discursos do papa “terem sido
    manipulados com a introdução de palavras indevidas”.
    Bento XVI combateu o relativismo e insistiu nas posturas tradicionais da
    Igreja, principalmente em defesa da vida, mantendo-se contrário ao aborto
    e à eutanásia. Ciente das questões sexuais atuais, contou com a aprovação
    pública ao declarar que o uso do preservativo é moralmente justificável
    como forma de prevenção para evitar a propagação da AIDS. Revelou seu lado
    amoroso, profundamente teológico e compromissado com Deus e a humanidade
    através de suas três encíclicas: “Deus caritas est”, “Spe salvi” e
    “Caritas in veritate”, além de outras produções literárias, dentre elas, a
    trilogia sobre Jesus Cristo, finalizada recentemente.
    Renunciou por amor! Nada de velhice, nada de doença, nada de pressão
    externa em decorrência dos casos de pedofilia... Simplesmente amor. Amor à
    Igreja, amor ao rebanho, amor a Deus! Padre Frederico Lombardi, porta-voz
    do Vaticano, afirma que os cardeais estão “profundamente afetados” com a
    renúncia do papa, e procuram “focar o alcance e o significado deste
    gesto”. Bento XVI, conduzido pelo Espírito de Deus, apontou o caminho:
    nada de buscar aprovação ou aplauso, mas se empenhar pela unidade dentro
    da Igreja. Urge uma renovação! Renovação que se proponha a resgatar e
    conservar os valores fundamentais do cristianismo, visto que são eternos,
    pois foram instituídos pelo próprio Jesus. A Igreja Católica não morrerá,
    apenas sofrerá uma salutar transformação. Daqui em diante, ainda que
    possivelmente em menor número, nós católicos temos o dever moral de
    separar o joio do trigo, pois não há como prosseguir deste modo. Obrigada,
    papa Bento XVI, pelo seu amor, sua coragem, sua humildade e sua obediência
    ao direcionamento do Espírito Santo de Deus!
    Maria Regina Canhos Vicentin (e.mail: contato@mariaregina.com.br) é
    escritora.

    domingo, 24 de fevereiro de 2013

    Reproduzindo sem dar opinião

     

    O Conversa Afiada reproduz artigo do JB online do sempre afiado Mauro Santayana sobre a nova ídola do Cae:

    A ilha, seu povo, seu sonho


    por Mauro Santayana
    Podemos discordar do regime político de Cuba, que se mantém sob o domínio de um partido único. Mas é preciso seguir o conselho de Spinoza: não lisonjear, não detestar, mas entender. Entender, ou procurar entender. A história de Cuba – como, de resto, de quase todo o arquipélago do Caribe e a América Latina – tem sido a de saqueio dos bens naturais e do trabalho dos nativos, em benefício dos colonizadores europeus, substituídos depois pelos anglossaxões.
    E, nessa crônica, destaca-se a resistência e a luta pela soberania de seu povo não só contra os dominadores estrangeiros, mas, também, contra seus vassalos internos.
    Já se tornou lugar comum lembrar que, sob os governos títeres, Havana se tornara o maior e mais procurado bordel americano. A legislação, feita a propósito, era mais leniente, não só com o lenocínio, e também com o jogo, e os mais audazes gangsters de Chicago e de Nova Iorque tinham ali os seus negócios e seus retiros de lazer. E, mais: as mestiças cubanas, com sua beleza e natural sensualidade, eram a atração irresistível para os entediados homens de negócios dos Estados Unidos.
    A Revolução Cubana foi, em sua origem, o que os marxistas identificam como movimento pequeno burguês. Fidel e seus companheiros, no assalto ao Quartel Moncada – em 1953, já há quase 60 anos – pretendiam apenas derrocar o governo ditatorial de Fulgencio Batista, que mantinha o país sob cruel regime policial, torturava os prisioneiros e submetia a imprensa à censura férrea. A corrupção grassava no Estado, dos contínuos aos ministros. O enriquecimento de Batista, de seus familiares e amigos, era do conhecimento da classe média, que deu apoio à tentativa insurrecional de Fidel, derrotada então, para converter-se em vitoria menos de 6 anos depois. Os ricos eram todos associados à exploração, direta ou indireta, da prostituição, disfarçada no turismo, e do trabalho brutal dos trabalhadores na indústria açucareira.
    Foi a arrogância americana, na defesa de suas empresas petrolíferas, que se negaram a aceitar as novas regras, que empurrou o advogado Fidel Castro e seus companheiros, nos dois primeiros anos da vitória do movimento, ao ensaio de socialismo. A partir de então, só restava à Ilha encampar as refinarias e aliar-se à União Soviética.
    Os americanos, sob o festejado Kennedy – que o reexame da História não deixa tão honrado assim – insistiram nos erros. A tentativa de invasão de Cuba, pela Baía dos Porcos, com o fiasco conhecido, tornou a Ilha ainda mais dependente de Moscou, que se aproveitou do episódio para livrar-se de uma bateria americana de foguetes com cargas atômicas instalada na Turquia, ao colocar seus mísseis a 100 milhas da Flórida, no território cubano.
    A solução do conflito, que chegou a assustar o mundo com uma guerra atômica, foi negociada pelo hábil Mikoyan: Kruschev retirou os mísseis de Cuba e os Estados Unidos desmantelaram sua bateria turca, ao mesmo tempo em que assumiram o compromisso de não invadir Cuba – mas mantiveram o bloqueio econômico e político contra Havana. Enfim, ganharam Moscou e Washington, com a proteção recíproca de seus espaços soberanos – e Cuba pagou a fatura com o embargo.
    O malogro do socialismo cubano nasceu desse imbróglio de origem. Tal como ocorrera com a Rússia Imperial e com a China, em movimentos contemporâneos, o marxismo serviu como doutrina de empréstimo a uma revolução nacional. O nacionalismo esteve no âmago dos revolucionários cubanos, tal como estivera entre os social-democratas russos, chefiados por Lenine e os companheiros de Mao.
    Os cubanos iniciaram reformas econômicas recentes, premidos, entre outras razões, pelo fim do sistema socialista. Ao mesmo tempo tomaram medidas liberalizantes, permitindo as viagens ao exterior de quem cumprir as normas habituais. É assim que visita o país a dissidente Yoani Sánchez (que mantém seu blog na internet de oposição ao governo cubano) e é reverenciada pelos setores de direita. Ocorre que ela não é tão perseguida em Havana como proclama e proclamam seus admiradores. Tanto assim é que, em momento delicado para a Ilha, quando só pessoas de confiança do regime viajavam para o Exterior, ela viveu 2 anos na Suíça, e voltou tranquilamente para Havana.
    É sabido que ela mantém encontros habituais com o escritório que representa os interesses norte-americanos em Cuba, como revelou o WikeLeaks. Há mais, ela proclama uma audiência que não tem, como assegura o sistema de registro mais confiável, o da Alexa.com. (citado por Altamiro Borges em seu site) em que ela se encontra no 99.944º lugar na audiência mundial, enquanto o modesto jornal O Povo, de Fortaleza, se encontra na 14.043ª posição, ou seja dispõe de sete vezes mais seguidores do que Yoani. Há mais: ela afirma que tem 10 milhões de acessos por mês, o que contraria a lógica de sua posição no ranking citado. O site de maior tráfego nos Estados Unidos é o do New York Times, com 17 milhões de acessos mensais.
    Apesar de tudo isso, deixemos essa senhora defender o seu negócio na internet. É seu direito dizer o que quiser, mas não podemos tolerar que exija do Brasil defender os direitos humanos, tal como ela os vê, em Cuba ou alhures. Um dos princípios históricos do Brasil é o da não interferência nos assuntos internos dos outros países. O problema de Cuba é dos cubanos, que irão resolvê-lo, no dia em que não estiverem mais obrigados a se defender da intervenção dos estrangeiros, que vêm sofrendo desde que os espanhóis, ainda no século 16, ali se instalaram. Foram substituídos pelos Estados Unidos, depois da guerra vitoriosa de Washington contra o frágil governo da Regente Maria Cristina da Espanha. Enfim, o generoso povo cubano, tão parecido ao nosso, não teve, ainda, a oportunidade de realizar o seu próprio destino, sem as pressões dos colonizadores e seus sucessores.
    Dispensamos os conselhos da Sra. Sánchez. Aqui tratamos, prioritariamente, dos direitos humanos dos brasileiros, que são os de viver em paz, em paz educar-se, e em paz trabalhar, e esses são os direitos de todos os povos do mundo. Ela, não sendo cidadã de nosso país, não deve, nem pode, exigir nada de nosso governo ou de nosso povo. Dispensamos seus avisos mal-educados e prepotentes, e esperamos que seja festejada pela direita de todos os países que visitará, à custa de seus patrocinadores (como o Instituto Millenium), iludidos pelo seu falso prestígio entre os cubanos.

    IML DE SOBRAL: NOTA DE ESCLARECIMENTO

     

    O IML de Sobral atende a 46 municípios alcançando uma população de 1.446.650 habitantes e cobrindo área que comportaria outros dois núcleos de perícias. A quantidade de profissionais encontra-se insuficiente para a demanda, o que antes contava com 12 médicos legistas, atualmente possui apenas 04 médicos peritos oficiais e 01 emprestado da secretaria de saúde. A quantidade de servidores é insuficiente para fechar uma escala de 24h de plantão permanecendo horários noturnos, finais de semana e feriados com escala deficitária e até desprovida de alguns servidores, impossibilitando o atendimento em sua plenitude. Além disso, a perícia criminal tem suas atribuições definidas pelo Código de Processo Penal, desse modo o IML somente poderá realizar exames que foram solicitados oficialmente por autoridade competente (juiz, delegado, promotor e comandantes de polícia) e os exames cadavéricos conforme o Decreto lei no3.689 do Código de Processo Penal no seu artigo 162, deverão ser feitos pelo menos 06 horas depois do óbito. Estes são alguns dos fatores que impedem a realização imediata de certos exames.

    Todas estas situações aqui mencionadas são de conhecimento dos gestores do Estado bem como das autoridades judiciárias locais e as providências legais vêm sendo tomadas. Já é a segunda turma de concursados que o atual governador convoca. Antes dele o Ceará ficou 16 anos sem realizar concursos para esta instituição. As soluções necessárias dependem prioritariamente:

    • da nomeação imediata dos concursados aprovados
    • da abertura dos núcleos de perícias em Tianguá e Itapipoca
    • da contratação de alguns servidores de apoio

    O IML de Sobral tem feito grande esforço para prestar um atendimento regular a toda à população destes 46 municípios, todavia existem limitações que excedem à capacidade resolutiva do médico plantonista ou da supervisão local. Temos buscado estas soluções junto a Secretaria de Segurança Pública do Estado através do perito geral de PEFOCE bem como solicitado o apoio da Administração Municipal e de alguns legisladores locais para que possamos, com responsabilidade, alcançar as soluções necessárias.

    Leila Carla da Cunha Silva Magalhães

    Supervisora do Núcleo de Perícias Médicas e Odontológicas de Sobral

    Médica Perita Legista

    Postado por Sobral de Prima

    Grifo Meu: Explica mas não justifica

    Medida provisória amplia Bolsa-Família para lares sem crianças ou adolescentes

    O Congresso analisa a Medida Provisória 607/13, que amplia as medidas do Plano Brasil sem Miséria. O texto altera a Lei 10.836/04, que criou o programa de transferência de renda Bolsa-Família.

    A medida estende a complementação de renda do Bolsa-Família para alcançar mais 2,5 milhões de beneficiários do programa que ainda permaneciam em situação de extrema pobreza. Com a medida, não existirá mais, dentro do programa, nenhuma família com renda mensal inferior a R$ 70 por pessoa, patamar considerado necessário para superar a linha da miséria ou da pobreza extrema. O pagamento será realizado a partir de março.

    Na prática, o texto amplia o benefício do Plano Brasil sem Miséria para famílias sem crianças e adolescentes de 0 a 15 anos. O texto anterior da lei condicionava o benefício a famílias com crianças e adolescentes nessa faixa etária.

    Com a ação, o governo considera que terá retirado da miséria cerca de 22 milhões de pessoas desde 2011. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, esse incremento custará aproximadamente R$ 770 milhões este ano, elevando o orçamento do Bolsa Família em 2013 para R$ 24 bilhões.

    Mesmo assim, o ministério estima que aproximadamente 700 mil famílias ainda estejam em situação de extrema pobreza no País. Para o governo, o cadastro, além de ser uma forma de transferir renda, serve para mapear as necessidades das populações mais carentes a fim de orientar a expansão de serviços públicos, incluindo a educação pública. As escolas com mais de 50% dos alunos em famílias cadastradas terão prioridade no programa de educação integral.

    (Agência Câmara de Notícias)

    Previsão indica irregularidade de chuvas entre as regiões do Semiárido

    Previsão indica irregularidade de chuvas entre as regiões do Semiárido

    clip_image002

    Os meteorologistas do norte da região Nordeste voltaram a se reunir para verificar as condições climáticas e elaborar a previsão para o próximo trimestre. A reunião foi sediada pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) e contou com a participação de representantes de instituições como o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), via audioconferência.

    Apesar das últimas chuvas que caíram na região, a previsão elaborada pelos técnicos nos últimos dias não é muito animadora para a produção agrícola. A previsão divulgada pela Emparn indica um período chuvoso abaixo do normal para o semiárido nordestino e de normal a acima do normal para o litoral. Em termos de percentuais, para o período de março a maio, a probabilidade de chuvas abaixo do normal é de 40%. Para o período chuvoso normal, a probabilidade é de 35%. Já para acima do normal, o percentual fica em 25%.

    No entanto, a esperança para o homem do campo pode ser renovada, já que os especialistas chegaram à conclusão de que não existem sinais evidentes de que o Nordeste terá um período chuvoso normal ou não. Isso acontece porque os parâmetros observados como as águas dos oceanos Pacífico e Atlântico, as Zonas de Leste e a atuação da Zona de Convergência Intertropical não são suficientes, no momento, para uma conclusão.

    Segundo o relatório divulgado pela Emparn, os meteorologistas ressaltaram que algumas localidades poderão receber maior quantidade de chuvas do que outras, já que a região tem como característica a variabilidade espacial e temporal nos índices pluviométricos.

    Os meteorologistas analisaram as condições regionais da pluviometria e globais dos oceanos e da atmosfera, assim como os resultados de modelos numéricos de previsão sazonal. A próxima reunião de Análise Climática será realizada em Recife e coordenada pela Agência Pernambucana de Água e Clima, no mês de março.

    Produtores esperam mais chuvas para iniciar o plantio

    Diante da nova previsão divulgada pelos meteorologistas, os produtores rurais estão receosos com a indicação do período chuvoso abaixo do normal, mas satisfeitos com o grau de confiabilidade da previsão. Até agora, choveu pouco em varias regiões do Nordeste e ainda não dá para iniciar o plantio.

    Muitos produtores estão ansiosos para o início do plantio. Há aqueles que nas primeiras chuvas já querem dar início às plantações, mas precisa-se esperar que chovesse, no mínimo, 50 milímetros, porque corre o risco de se perderem tudo, caso as chuvas não sejam constantes após a plantação.

    A perspectiva dos agricultores é de que as previsões estejam erradas e que chova mais e de forma constante em todas as regiões. No entanto, caso não haja um bom período chuvoso para a produção agrícola, que pelo menos haja chuvas suficientes para criar pasto para alimentarmos os animais. Infelizmente, no ano passado, a produção foi zero e não teve alimento nem para os animais.

    Fonte: O Mossoroense (texto adaptado)

    Dr. Lima

    Engenheiro Agronomo

    AS ESCOLAS PÚBLICAS E A TECNOLOGIA

    Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br/
    Com a desastrosa volta à escola na rede pública estadual de Santa Catarina, com crianças tendo de voltar para casa, porque as escolas estavam caindo aos pedaços, foi um tanto irônico que ao mesmo tempo fosse assinado pelo nosso governador o “Pacto pela Educação”. Espero, claro, que o pacto seja cumprido, pelo bem da educação falida em nosso Estado. Nesse documento, entre outras coisas, consta a entrega de mais de 11 mil tablets para os professores, e não posso deixar de lembrar a promessa de investimento de mais de cento e oitenta milhões de reais,pelo governo federal, em tablets para as escolas públicas brasileiras. Coisa que não foi cumprida, como prometida, no ano passado. Os tablets deste ano, que entraram no pacto aqui em Santa Catarina, são a distribuição do que o MEC tinha comprado, como foi divulgado? O Estado está se apoderando de promessas do governo federal?
    É até promissora a possibilidade de se colocar computadores nas nossas escolas de primeiro grau, pois as novas tecnologias, aliadas à internet facilitam o acesso à informação e, consequentemente, ao aprendizado, à aquisição de conhecimento.
    Mas além da incerteza de que esses aparelhos apareçam, realmente, nas escolas,– os notebooks, de outro programa, bem mais antigo, até hoje foram entregues apenas a pouquíssimas escolas brasileiras - há o fato de que a educação pública está falida. Algumas escolas estão desabando, sem manutenção há anos, em muitas delas não há equipamentos indispensáveis para os alunos assistirem às aulas e para o professor ministrar as aulas e os professores recebem salário aquém do que merecem para a nobre missão que eles têm, de educar nossos filhos e prepará-los para a universidade e para a vida.

    O início do ano letivo, aqui em Santa Catarina, está sendo um caos, pois o Estado não vinha fazendo manutenção em várias escolas e muitas delas foram interditadas, por absoluta falta de segurança para alunos e professores. E o mesmo Estado não usou os meses de férias escolares para fazer reformas, recuperar as escolas em estado precaríssimo. De maneira que as aulas começaram e muitos alunos tiveram que voltar para casa, pois não havia escola para eles estudarem.
    É claro que tecnologia é importante e ela pode ajudar na eficiência da educação, se for bem usada. Mas não seria mais racional se o dinheiro que seria usado para a compra dos tablets (e mais tantas outras coisas que se compram a preço de ouro pelo poder público) fosse usado para pagar melhor os professores e para reformar as escolas que estão desabando, por absoluta falta de manutenção de quem tem que garantir a educação para a população? Precisamos de lugares decentes para ensinar nossas crianças, precisamos de ambientes seguros para transmitir-lhes conhecimento, sem o que é inútil colocar em suas mãos ferramentas tecnológicas de última geração. E para isso precisamos de boas escolas, equipadas e com professores capacitados”, remunerados com salários justos e em número suficiente. O “pacto”, assinado para apaziguar os ânimos em meio à crise da segurança e da educação, promete recuperar as escolas sucateadas. Esperemos que isso se cumpra em curto espaço de tempo.

    AUDIENCIA PUBLICA EM CRUZ QUESTIONA RESTOS A PAGAR

     

    clip_image002

     

    Cruz. Quarta feira, 20, houve uma Audiência Publica na cidade de Cruz, promovida pelo Ministério Público representado pelo Promotor Publico Respondendo Dr. Irapuan da Silva Dionizio Junior com o objetivo de esclarecer a população do município sobre débitos e restos a pagar deixados pela administração pública passada e que vem causando grande repercussão entre os funcionários que ficaram sem receber o salario referente ao mês de dezembro de 2012.

    Auditório Cônego Valdery da Rocha

    O Auditório do Centro Administrativo Conego Manoel Valdery da Rocha, local do evento, recebeu mais de 300 pessoas, sendo curiosos, funcionários públicos, lideranças politicas, representantes da sociedade civil organizada, vereadores, secretários municipais, advogados, ex-prefeito e pessoas interessadas.

    A audiência Pública teve iniciou às 14h30min e foi transmitida pela radio local com som e imagem via internet, dando oportunidade para que houvesse maior publicidade do evento.

    A Audiência Publica teve como objetivo tornar publica a situação financeira do município de Cruz apresentando as receitas e despesas relativas ao exercício de 2012.

    clip_image004

    Promotor Irapuan Silva

    Os vereadores da oposição comparecem ao plenário, mas não fizeram nenhuma intervenção. Também não se manifestou nenhum representante do ex-gestor, que também não compareceu à audiência.

    Para abertura dos trabalhos, foi formada a mesa com algumas autoridades, dentre elas, Vereador Raimundo Brandão (Presidente da Câmara Municipal), Contador Otaciano Lopes, Advogado da PREVCRUZ, Presidente do Sindicato dos Servidores do Municipio – SINDSEPCRUZ - Francisco Henrique da Conceição e o Prefeito José Audair (Adauto). Após o pronunciamento do Prefeito Adauto e de outros componentes, a mesa foi desfeita para que o Consultor Técnico Contábil do município Francisco Otaciano Lopes apresentasse o demonstrativo contábil do município.

    Houve muitos questionamentos feitos pelos vereadores Lindomar Brandão, Geraldo Santos e Francisco Sousa, além dos funcionários públicos Médico Dr. Neto, Professora Valda, professor Manoel Aldair e outros sobre receitas e despesas realizadas pela administração passada.

    Foram discutidas as causas do não pagamento dos salários dos servidores municipais referente ao mês de dezembro, cuja divida é da ordem de R$ 1.200.000,00.

    clip_image006Segundo o contador do Município, Otaciano, um dos motivos que levou ao não pagamento dos vencimentos dos servidores foi a demora no repasse da prestação de contas por parte da gestão passada para a atual. Informou que cada rubrica é vinculada a uma determinada ordem de pagamento.

    Prefeito Adauto

    O Prefeito Adauto assumiu o compromisso de pagar os salários atrasados referente a administração passada, mas de forma parcelada por causa da falta de condições financeira do município, mas acredita que em um período de seis a doze meses os débitos serão quitados. Informou ainda que os funcionários que estavam em debito com as prestações dos empréstimos consignados, a prefeitura havia quitado as parcelas para que os funcionários não tivessem seus nomes incluídos na listra negra do SPC.

    Haverá uma reunião entre os vereadores, Ministério Publico e o Presidente do SINDSEPCRUZ para fechamento de um acordo sobre a forma de pagamento dos salários em atraso.

    Dr. Lima

    Sucesso do PT no governo deixa oposição “perturbada”, diz Lula

     

     

     

     

     

     

     

     

    “A resposta que temos que dar a eles é a reeleição da Dilma”, disse o ex-presidente Lula ao fim do seu discurso, no ato realizado na noite de quarta-feira (20), em São Paulo (SP), para celebrar os dez anos do governo do PT no Executivo federal. A frase de Lula se referia ao incômodo que a oposição tem por conta do sucesso da gestão petista.

    Para Lula, os tucanos não aceitam o fato de tantas coisas terem dado certo no governo do PT. “O fato de fazermos comparações os deixou perturbados. Não temos medo de comparação, inclusive no combate à corrupção. Podemos e queremos debater cada assunto”, enfatizou o ex-presidente. O ato contou com a presença da presidenta Dilma Rousseff, de ministros, de governadores, de prefeitos, de parlamentares, de dirigentes e de militantes históricos do PT e de partidos aliados

    A presidenta Dilma, última a falar, destacou as mudanças relacionadas à “força do povo” brasileiro. “Sabemos qual é a melhor década da nossa história recente. É a que começamos a comemorar agora. É a década da esperança, do otimismo, da recuperação da nossa autoestima, do despertar da nossa capacidade enquanto povo. São esses dez anos verdadeiramente de um governo do povo, pelo povo e para o povo”, ressaltou a presidenta.

    O líder do PT na Câmara, deputado José Guimarães (CE), participou do ato e avaliou que o Partido dos Trabalhadores à frente do governo federal promoveu uma transformação substancial na vida de milhões de brasileiros. “Pela primeira vez, o povo foi agente e sujeito político das grandes mudanças que aconteceram neste País. O nosso governo varreu a exclusão social patrocinada pelos oito anos de governo tucano”, disse.

    Dez anos no governo: “Não tivemos medo de ser felizes”

     

     

     

     

     

     

     

     

    Ninguém pode negar: o Brasil mudou na última década e mudou para melhor. Dez anos de governos liderados pelo PT proporcionaram profundas mudanças econômicas e sociais no País. A sociedade mudou. A desesperança dos anos 1990 foi transformada em otimismo.

    Em 1998, as classes de renda A, B e C somavam 53% da população brasileira. Hoje, somam 84%. As estatísticas econômicas e sociais – dos mais importantes institutos do País e alguns do mundo – podem divergir em um ou outro aspecto, mas são avassaladoras quando são comparados os governos do PSDB (1995-2002) com os governos de Lula-Dilma (2003-2012). Alguns poucos exemplos são suficientes para comprovar as diferenças.

    No início dos anos 2000, pesquisas apontavam que o desemprego era um grande problema nacional. Em 2003, a taxa de desemprego era superior a 12%. Hoje, a taxa atinge os 4,6%, uma das menores do planeta. O volume de vendas do mercado varejista praticamente dobrou entre 2002 e 2012. Em 2002, somente 33,9 % dos domicílios possuíam máquina de lavar. Em 2011, esse número aumentou para 51%.

    É importante lembrar que quando o PT assumiu a Presidência da República, com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o noticiário anunciava um Brasil em colapso. O risco país girava em torno de 2.400 pontos; a inflação estava em 12,5%, com projeção anual em 24%; a taxa Selic de juros básicos era de 25% e o salário mínimo equivalia a 70 dólares.

    Dez anos depois, o risco Brasil está em 155 pontos; a inflação está controlada, a taxa Selic de juros básicos está em 7,25%; e o salário mínimo ultrapassa a casa dos 300 dólares. Nessa onda positiva, de 2002 a 2011, foram gerados 19,1 milhões de empregos formais.

    Segundo o líder do PT na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), essa mudança significativa nas condições econômicas do Brasil aconteceu principalmente porque o governo do PT rompeu com a lógica neoliberal dos governos anteriores. “Não tivemos medo de ser felizes”, conclui o líder do PT.

    Entrevista: Uma década de mudanças com desenvolvimento e justiça social

    Em dez anos com o PT no governo, o Brasil transformou-se profundamente. Tornou-se referência mundial no combate às injustiças sociais, com crescimento e distribuição de renda. Milhões de brasileiros saíram da linha de pobreza, e o interesse nacional passou a pautar as ações do governo. Esses pontos são destacados em entrevista pelo líder do PT na Câmara, deputado José Guimarães (CE).

    Ele entende que vários desafios foram superados, mas defende a inclusão de temas que aprofundem a democracia. Entre eles, a regulamentação do funcionamento das empresas do setor de mídia, com o fim de monopólios na área, uma reforma ampla do Estado e a adoção de um novo sistema político-eleitoral e tributário. Leia íntegra da entrevista no site www.ptnacamara.org.br.

    Parlamentares comemoram projeto vitorioso de dez anos de governo

    Parlamentares da Bancada do PT na Câmara ocuparam a tribuna ontem para parabenizar os dez anos do governo popular e democrático do Partido dos Trabalhadores. Para a deputada Benedita da Silva (PT-RJ), essa década revela “a façanha histórica de um movimento de trabalhadores que se fez partido político, conquistou o governo e em apenas dez anos transformou socialmente o País”.

    O deputado Márcio Macêdo (PT-SE) afirmou que o projeto implementado pelo PT leva cidadania para todos os brasileiros. “O projeto que o PT e aliados estão levando está transformando o Brasil para melhor”, disse. Para ele, “é neste ritmo que o Brasil deve continuar crescendo, com equilíbrio econômico e geração de empregos, mas com uma real preocupação com a justiça social”, ressaltou Márcio Macêdo.

    “Fazemos parte de uma construção histórica, de um processo político que a esquerda no Brasil desenvolveu e que culminou com a vitória do Presidente Lula e que representou uma mudança profunda para os interesses do povo brasileiro”, afirmou o deputado Fernando Ferro (PT-PE). Para o deputado Luiz Couto (PT-PB), “nesses dez anos, o PT está investindo, demonstrando que é possível crescer, desenvolver e também distribuir renda

    Parlamentares comemoram projeto vitorioso de dez anos

    Vários parlamentares da Bancada do PT na Câmara ocuparam a tribuna durante a semana para parabenizar os dez anos do governo popular e democrático do Partido dos Trabalhadores. Para a deputada Benedita da Silva (PT-RJ), essa década revela “a façanha histórica de um movimento de trabalhadores que se fez partido político, conquistou o governo e em apenas dez anos transformou socialmente o País”.

    O deputado Márcio Macêdo (PT-SE) afirmou que o projeto implementado pelo PT leva cidadania para todos os brasileiros. “O projeto que o PT e aliados estão levando está transformando o Brasil para melhor”, disse. “Fazemos parte de uma construção histórica, de um processo político que a esquerda no Brasil desenvolveu e que culminou com a vitória do Presidente Lula e que representou uma mudança profunda para os interesses do povo brasileiro”, afirmou o deputado Fernando Ferro (PT-PE).

    Também falaram sobre os dez anos do PT à frente do governo os deputados Luiz Couto (PT-PB) e Nilmário Miranda (PT-MG).

    Conheça as atribuições da Mesa Diretora da Câmara

     

     

    Os deputados elegerão a Mesa Diretora da Câmara para o biênio 2013/2014. A Mesa é responsável pela direção dos trabalhos legislativos e dos serviços administrativos da Casa. Entre suas atribuições, também está a promulgação de emendas à Constituição, juntamente com o Senado.

    A Mesa Diretora compõe-se da Presidência (presidente e dois vice-presidentes) e da Secretaria — formada por quatro secretários e quatro suplentes.

    Presidente

    O presidente da Casa é o principal representante da Câmara. Ele supervisiona seus trabalhos e sua ordem, define a pauta do Plenário e convoca e preside as sessões.

    Além disso, o presidente é responsável por nomear comissões especiais, decidir sobre questões de ordem e designar titulares e suplentes das comissões. Ele não pode votar matérias em Plenário, exceto no caso de votações secretas ou para desempatar o resultado de uma votação aberta.

    Na ausência do presidente da República e em caso de impedimento do vice, o presidente da Câmara assume interinamente o Palácio do Planalto. Além disso, integra o Conselho da República e o Conselho de Defesa Nacional.

    Vice presidentes

    O 1º e o 2º vice-presidentes da Câmara substituem o presidente. O 1º vice também é responsável por elaborar pareceres sobre os requerimentos de informações e os projetos de resolução.

    O 2º vice-presidente examina pedidos de ressarcimento de despesas médicas dos deputados e promover a interação institucional entre a Câmara e os órgãos legislativos dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. À 2ª Vice-Presidência também cabia a função de corregedor da Casa, mas essa prerrogativa foi transferida neste ano para a 3ª Secretaria.

    Secretários

    O 1º secretário é o superintendente dos serviços administrativos e de pessoal da Câmara. Ele também é o responsável pelo envio de requerimentos de informações a ministros e por dar posse ao secretário-geral da Mesa e ao diretor-geral da Câmara, assim como decidir, em primeira instância, recurso contra o diretor-geral. É ele quem ratifica as despesas da Câmara e credencia assessores, profissionais da imprensa e empresas prestadoras de serviços.

    Ao 2º secretário, compete tratar das relações internacionais da Casa, inclusive a emissão de passaportes dos deputados. Ele também cuida dos programas de estágio oferecidos pela instituição.

    Já o 3º secretário controla o fornecimento de passagens aéreas aos deputados; examina os pedidos de licença e as justificativas de faltas; e exercia a função de corregedor-substituto até 2012. Neste ano, a função de corregedor foi transferida para esta secretaria.

    Por fim, o 4º secretário supervisiona o sistema habitacional da Câmara. Ele distribui os apartamentos funcionais e residências para uso dos deputados; propõe à Mesa a compra, venda, construção e locação de imóveis; e encaminha, à diretoria-geral, concessões de auxílio-moradia aos deputados que não ocupam imóveis funcionais.

    Reportagem – Lara Haje

    Edição – João Pitella Junior

    sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

    Álcool está ligado a 21% dos acidentes no trânsito do País

    por Redação do Portal Brasil

    alcool2 Álcool está ligado a 21% dos acidentes no trânsito do País

    Ainda é alto o número de motoristas que dirigem embriagados

    A pesquisa aponta, ainda, que as pessoas alcoolizadas estão mais sujeitas a hospitalização e a morte em decorrência do acidente.

    Foram apresentados na terça-feira (19) os resultados da última pesquisa, do Ministério da Saúde, sobre o impacto do uso do álcool e sua relação com o trânsito, que mostrou que 21% dos acidentes de trânsito estão relacionados ao consumo de álcool. Os dados revelaram que uma em cada cinco vítimas de acidente de trânsito atendidas nos prontos-socorros do País estava sob efeito de bebida alcoólica, o que tem forte impacto nos atendimentos de urgência e emergência do Sistema Único de Saúde (SUS).

    A pesquisa – cujos dados são referentes a 2011 e fazem parte do Vigilância de violências e acidentes (Viva), estudo realizado pelo Ministério da Saúde em 71 hospitais que realizam atendimentos de urgência e emergência pelo SUS -, aponta ainda que as pessoas alcoolizadas estão mais sujeitas a hospitalização e a morte em decorrência do acidente. Foram ouvidas 47 mil pessoas em todas as capitais e no Distrito Federal, que ficou com a maior proporção do País em relação à vítimas de violência que haviam consumido álcool, com 58,3%.

    Durante a coletiva de divulgação dos resultados, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, reforçou a importância de se obter informações qualificadas em saúde para que as ações de prevenção e de intervenção sejam cada vez mais eficientes. “Estas informações têm papel decisivo para que nós e todos os demais órgãos federais, estaduais e municipais tenhamos mais segurança para agir. Também vamos utilizá-las em nossas campanhas de conscientização de motoristas, passageiros e pedestres”, ressaltou.

    Perfil das vítimas

    O levantamento revelou que entre as pessoas envolvidas em acidentes de trânsito, 22,3% dos condutores, 21,4% dos pedestres e 17,7% dos passageiros apresentavam sinais de embriaguez ou confirmaram consumo de álcool. Entre os atendimentos por acidentes, a faixa etária mais prevalente foi a de 20 a 39 anos, ou seja, 39,3%.

    Além disso, foi constatado que 49% das pessoas que sofreram algum tipo de agressão consumiram bebida alcoólica. As principais vítimas são homens com idade entre 20 e 39 anos. Em 2011, 28,3 mil homens foram assassinados e 16,4 mil perderam a vida no trânsito, o que corresponde a quase metade de óbitos registrados nesta faixa etária, 31,5% e 18,3%, respectivamente.

    O estudo mostrou que a proporção do consumo de bebida alcoólica entre os pacientes homens foi bem superior ao das mulheres – 54,3% dos homens que sofreram violência e 24,9% dos que sofreram acidente de trânsito tinham ingerido álcool, enquanto os índices entre as pessoas do sexo feminino foram de 31,5% e 10,2%, respectivamente.

    De acordo com ao dados, 40% das vítimas de acidente de trânsito e 28% das vítimas de violência têm de nove a 11 anos de escolaridade. “A imagem de que a vítima de violência associada ao álcool é algo presente apenas em população de baixa renda e com baixa escolaridade não se sustenta com esses dados”, disse Padilha.

    Segundo o ministro interino das Cidades, Alexandre Cordeiro, a Lei Seca, em vigor no País desde 2008, já começa a incitar mudanças significativas, como a redução de 24% das mortes no período do Carnaval 2013, se comparado ao do ano anterior. “Temos uma guerra no trânsito e isso tem de acabar. Fiscalização, legislação efetiva e ações de conscientização são importantes para termos um trânsito seguro”, destacou.

    Vida no Trânsito

    Para apoiar estados e municípios a orientar condutores sobre o risco da combinação entre o álcool e direção, o Ministério da Saúde desenvolve o Projeto Vida no Trânsito, com participação de cinco capitais brasileiras – Curitiba, Teresina, Belo Horizonte, Campo Grande e Palmas – que conseguiram reduzir, entre 2009 e 2011, o percentual de atendimentos de vítimas de acidentes alcoolizadas nas emergências dos prontos-socorros.

    Uma das ações do Vida no Trânsito é a qualificação dos sistemas de informação sobre acidentes, feridos e vítimas fatais. Com o banco de dados atualizado, os gestores de saúde podem identificar os fatores de risco e os grupos de vítimas mais vulneráveis nos respectivos municípios, assim como os locais onde o risco de acidente é maior.

    Em setembro de 2012, o Ministério autorizou o repasse de R$ 12,8 milhões para os 26 estados, o Distrito Federal, todas as capitais, além de Guarulhos e Campinas. No total, foram cerca de R$ 25 milhões para as ações do projeto.

    Também estão sendo realizadas ações em relação ao número de acidentados e mortos nas estradas. Dentre elas, o trabalho das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e a expansão do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), onde foram investidos R$ 3,5 bilhões.

    Somente em 2011, foram gastos pelo órgão R$ 200 milhões em internações no SUS para vítimas de acidentes de trânsito, sem contar com reabilitação e com segunda cirurgia, muito frequentes em vítimas de acidentes, disse Padilha. “Estamos juntando as nossas ações com o Ministério das Cidades e outros parceiros para mudarmos esse quadro”.

    * Com informações da Agência Brasil.

    ** Publicado originalmente no site Portal Brasil.

    (Portal Brasil)

    Sobral tem dessas coisas - 5

     

    Mais um acidente, desta vez foi um taxi que indo pela rua Doutor Monte agora a pouco, avançou na rua Cel. Diogo Gomes e foi colhido por outro automóvel particular, resultando em danos materiais muita confusão.

    DSCF1461

    DSCF1460

    CORREIOS DE SOBRAL HOMENAGEIA O GRANDE RADIALISTA MARCOS DA CRUZ

     

    Amigos, quero agradecer ao Diretor dos Correios e Telégrafos Francisco das Chagas Mendes (Agencia de Sobral), pela homenagem prestada com o lançamento de um selo personalizado em nome do meu pai, Francisco Marques dos Santos ( Marcos da Cruz in memoriam ) lançado no último dia 20 de fevereiro de 2013.

    Meu pai foi funcionário dos Correios durante 36 anos, o qual se identificava muito e lançou clubes filatélicos no Ceará, em Sobral e na cidade de Crateús, onde dedicou 10 anos de sua vida naquela bela cidade, prestando serviços aos Correios, a qual tenho como minha segunda cidade…

    Obrigado Mendes…!!!.Em nome de toda a nossa família.

    (Texto extraído do Facebook do amigo Tupinambá Marques – Humorista de Sobral)

    Postado por Sobral de Prima

    Grifo meu: Justa homenagem, um grande comunicador e pioneiro do Rádio de Sobral. Por muito tempo  colaborou com o Jornal A Folha e nos ensinou muito.

    Jacinto Pereira

    quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

    ACIDENTE GRAVE NA CE - 085, ENTRE CRUZ E ACARAÚ

     

     

    clip_image002clip_image004

    Cruz. Um acidente envolvendo dois veículos foi registrado na manhã de ontem, 21, às 8h30min, na CE - 085, entre Cruz e Acaraú. O acidente aconteceu em uma curva próxima à Ponte do Rio Umarí, que corre paralelo ao Rio Acaraú, quando um veículo Parati, com prata, de Placa HVI 2675, de Fortaleza - CE, colidiu, violentamente, contra uma Toyota Hilux, de Placa HAI – 8622, Itapipoca – CE, cor preta, pertencente a um senhor por nome de João, residente em Acaraú. Com o impacto, a Parati capotou no asfalto e a Hilux ficou presa na estrutura metálica de proteção. Policiais de Acaraú chegaram ao local e removeram o condutor da Parati, que foi identificado como sendo o Dentista Marcos Pinheiro de Oliveira Cavalcante Filho, para o Hospital Ferreira Moura em Acaraú. Ao ser socorrido, pelos policiais, o Dr. Marcos estava consciente e chegou a lamentar o ocorrido, mas faleceu ao dar entrada no hospital, após receber os primeiros socorros, com suspeita de hemorragia interna em consequência do violento impacto que sofreu, enquanto que o motorista da Hilux sofreu apenas pequenas escoriações, segundo conseguimos apurar através de uma pessoa que o viu sendo atendido no hospital.

    clip_image006

    clip_image008

    O veiculo em que viajava o Dr. Marcos ficou totalmente destruído. Ele viajava de Jijoca de Jericoacoara, com destino à Fortaleza onde morava.

    clip_image010

    clip_image012clip_image014

    As imagens chocantes mostram a situação em que ficaram os veículos após o impacto.

    Dr. Lima

    José Airton usa tribuna e pede ações de convivência definitiva com o semiárido

    Ele pediu que fosse elaborada uma política definitiva de convivência com o Semiárido, "de convivência com a seca, porque não é mais possível ficar só esperando, a cada seca, a adoção de medidas emergenciais.

    O Deputado registrou em Plenário o empenho dos parlamentares do Ceará que se reuniram na Assembleia Legislativa, com o Pacto de Cooperação da Agricultura, o AGROPACTO, com o Comitê Integrado de Combate à Seca do Ceará, Senadores e lideranças, para discutir a grave situação da seca que o Ceará está vivenciando no
    Para José José Airton, uma situação dramática. Ele pediu que fosse elaborada uma política definitiva de convivência com o Semiárido, "de convivência com a seca, porque não é mais possível ficar só esperando, a cada seca, a adoção de medidas emergenciais para resolver o drama que nós estamos vivenciando com a falta de chuva, com as pessoas passando sede e o rebanho morrendo", explicou o Deputado.

    Claudia Vidal - Jornalista: DRT 6203/PR

    (85) 8710.1313

    Assessoria de Imprensa

    Deputado federal José Airton Cirilo (PT/CE).

    Funcionária da Avon que adquiriu doença profissional vai receber R$ 30 mil de indenização


    Por unanimidade, a Terceira Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE) condenou a empresa de cosméticos Avon a indenizar em R$ 30 mil uma trabalhadora que adquiriu doença profissional por esforço repetitivo. A decisão, publicada no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho de 19 de fevereiro, confirma sentença da 1ª vara do trabalho de Maracanaú.
    A ajudante de produção trabalhava colando rótulos em caixas que passavam em uma esteira, uma média de 80 caixas por minuto, segundo declarou testemunha. Para a juíza Regiane Carvalho, a manutenção da empregada em atividade extremamente repetitiva, que lhe exigia grande esforço físico, configura conduta desumana. “As más condições ergonômicas podem ser consideradas como causas diretas do surgimento da lesão”, afirmou a magistrada.
    Em sua defesa, a empresa alegava que cumpria todas as normas de segurança do trabalho e que quando a empregada foi demitida não apresentava nenhuma doença profissional. No entanto, o laudo pericial foi taxativo: a empregada desenvolveu as doenças ‘bursite’ e ‘tendinopatia’ no ombro esquerdo, ambas relacionadas à atividade profissional que exercia na empresa.
    Na avaliação do relator do processo, desembargador Jefferson Quesado Júnior, ficou evidenciada a conexão entre as doenças que acometeram a empregada e o trabalho desenvolvido por ela na Avon. “É dever do empregador zelar pela incolumidade física de seus trabalhadores, atentando para as condições de ergonomia e ambientais do trabalho, sob pena de assumir os danos causados àqueles que lhe prestam serviços”, concluiu.
    Processo relacionado: 0002374-24.2010.5.07.0032
    Mais informações:
    Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE)
    Assessoria de Comunicação Social
    Telefones: 85 33889227 e 33889426
    E-mail: csocial@trt7.jus.br
    Twitter: @trt7ceara

    O Rotary e a Fundação Rotária conquistaram grandes vitórias no ano passado.

     

    Um progresso extraordinário foi feito em relação à erradicação da pólio quando a Índia foi retirada da lista de países endêmicos, da qual agora fazem parte apenas Afeganistão, Nigéria e Paquistão. Ainda temos muito trabalho pela frente, mas graças ao comprometimento e à generosidade de rotarianos e amigos do Rotary, estamos confiantes que o Rotary alcançará seu objetivo de acabar com a doença de uma vez por todas.

    Nós ampliamos o alcance do Rotary de formas novas e eficazes, formando parcerias com a Mercy Ships e o Instituto Unesco-IHE, e mantendo nossa forte relação de cooperação com a Fundação Bill e Melinda Gates, USAID, Aga Khan University, Oikocredit e Centros Rotary pela Paz.

    Mais de meio milhão de pessoas do mundo inteiro participaram dos nossos programas para Novas Gerações. Este envolvimento com o Intercâmbio de Jovens, Rotaract, Interact e RYLA os ajudou a desenvolver as habilidades necessárias para se tornarem líderes comunitários e globais, e futuros rotarianos.

    Em 2012, a Fundação Rotária também foi reconhecida por diversas organizações que fazem avaliações independentes de instituições beneficentes, como American Institute of Philanthropy, Charity Navigator e Wise Giving Alliance.

    Sem dúvida, podemos nos orgulhar de tudo o que os rotarianos conquistaram. Tenho o prazer de enviar a versão digital do Relatório Anual do Rotary International e da Fundação Rotária de 2011-12, que mostra como os rotarianos estão trabalhando para melhorar a vida dos mais necessitados. Leia o documento com atenção e, se quiser, envie-o para pessoas que possam ter interesse em se associar a Rotary Clubs, formar parcerias ou fazer doações para nossa organização.

    Obrigado por ajudar o Rotary a causar mudanças duradouras em sua comunidade e no mundo inteiro.

    Atenciosamente,

    John Hewko
    Secretário-geral
    Rotary International e Fundação Rotária
    Twitter: @johnhewko

    Petrobras anuncia novo poço de petróleo, dados confirmam potencialidade

     

     

     

     

     

     

     

     

    A Petrobras anunciou ontem a existência de petróleo de boa qualidade no poço Florim, no pré-sal da Bacia de Santos – litoral de São Paulo. Esse é o sexto poço descoberto pela companhia após a assinatura do contrato de cessão onerosa, assinado com o governo como parte do processo de capitalização da estatal. Após a perfuração ser concluída, será feito um teste de formação para avaliar a produtividade dos reservatórios. A fase exploratória deve se estender até setembro de 2014, quando poderá ser declarada a comercialidade da área.

    Na avaliação do deputado Luiz Alberto (PT-BA), que é petroleiro aposentado, a descoberta de mais um poço de petróleo demonstra que o pré-sal “não é um mito, que essa riqueza existe e que a Petrobras tem tecnologia para se manter no controle da exploração”. De acordo com o deputado, a descoberta confirma também o acerto das políticas adotadas pelo governo do PT, com Lula e Dilma, para recuperação da estatal.

    Luiz Alberto lembra que na gestão de Fernando Henrique Cardoso foram criadas armadilhas para fatiar e desarticular a Petrobras, com o intuito de permitir a sua privatização. “O governo Lula desmontou essas armadilhas e criou as condições para a exploração do pré-sal”, afirmou. O deputado enfatizou que foi o governo do PT que optou pelo fortalecimento da indústria do petróleo, pela construção de plataformas no País e pela ampliação das refinarias brasileiras. “Essas políticas permitiram à Petrobras ser o que a estatal é hoje: uma das maiores empresas do mundo”, afirmou.

    Dados – O deputado Luiz Alberto aproveitou para rebater a oposição que, “sem discurso, utiliza a mídia para criticar a Petrobras”. Ele citou dados técnicos e estatísticas para desfazer os argumentos de que a estatal teve prejuízo no ano passado. “É verdade que o lucro líquido de 2012 foi inferior ao lucro de 2011, mas o resultado não foi negativo e ele ainda foi maior do que os lucros do período do governo FHC”, disse.

    Luiz Alberto citou as principais razões para que o lucro líquido da estatal em 2012, de R$ 21,2 bilhões, tenha sido inferior ao lucro líquido de R$ 33,3 bilhões em 2011:

    1– Depreciação cambial de 17 % (1,67 R$/US$ para 1,95 R$/US$): impacta especialmente o resultado financeiro, visto que cerca de 70 % da dívida da companhia está atrelada ao dólar. Além disso, afeta os custos operacionais, função do impacto imediato nos royalties, nas participações governamentais e nos preços do mercado internacional.

    2– Baixas de poços secos/subcomerciais: decorreu das atividades exploratórias, principalmente entre 2009 e 2012, em áreas de novas fronteiras, onde os poços custam mais caro. Não está associado necessariamente ao número de poços baixados (96 em 2010, 81 em 2011 e 97 em 2012). Destaca-se que o índice de sucesso exploratório subiu de 59% em 2011 para 64% em 2012 (no pré-sal foi de 82%).

    3 – Redução da margem de derivados: o crescimento de 8% no volume de vendas no mercado interno foi suportado em grande parte por importações. Ocorreram dois importantes reajustes de preço em 2012 (10,2% no diesel e 7,83% na gasolina), porém não foram suficientes para compensar o aumento dos preços internacionais afetados pela depreciação cambial. O preço do barril de petróleo aumentou 17% em Reais.

    4 – Produção de petróleo no Brasil: embora dentro da meta estabelecida no PNG 2012-2016, foi de 1.980 mil bpd no Brasil, 2% inferior à de 2011, o que impactou as receitas de exportação de petróleo.

    O deputado Luiz Alberto conclui afirmando que a redução do lucro não foi resultado de uma má gestão da presidência e das diretorias da Petrobrás. “Foi uma política do governo para não permitir que o preço internacional do petróleo impactasse a economia brasileira”. Ele acredita que a empresa voltará a ter lucros maiores em 2013, embora alerte que, no primeiro semestre deste ano, a produção de petróleo será menor em decorrência do programa de manutenção das plataformas. “A produção, no entanto, será acelerada no segundo semestre com a entrada de novas plataformas em operação”.

    Fonte: Liderança do PT na Câmara