domingo, 30 de setembro de 2012

ACIDENTE AUTOMOBILÍSTICO CEIFA 02 VIDAS EM ALCÂNTARAS/CE

 

domingo, setembro 30, 2012

No final da tarde desde sábado (29/09), um grave acidente ocorreu na Rodovia Iraldo Cristino estrada Alcântaras-Coreaú. Ao ultrapassar um veículo que ia no sentido Coreaú, a moto de placa HXE-8727, se chocou com outra de placa HWM-7418 que ia no sentido Alcântaras.

No choque, o Sr. conhecido por Altimar que é morador do sítio Belém foi arremessado e caiu em cima do veículo vindo a falacer no local. O veículo ultrapassado é um corsa placa de Fortaleza HWX-6022. O acidente ocorreu na localidade de sítio Macaco no trecho conhecido por Santa Maria.

O outro condutor envolvido no acidente, o que fez a ultrapassagem, conhecido por Juninho (Filho do Sr. Paulo Soares), foi levado as pressas para a Santa Casa de Misericórdia em Sobral, não resistindo e veio a falecer no início da noite.

Tanto a perícia como o IML de Sobral foram acionados para o local. Antes, o destacamento policial de Alcântaras foi o primeiro a chegar e realizar os procedimentos legais.

Altimar guiava a moto Titam HWM-7418, mesmo indo na sua faixa teve sorte e faleceu no local.

Fonte e imagens: Blog Visão Norte

Justiça registro de candidatura e torna inelegível prefeito e vice de Icó

 

 

A juíza eleitoral da 15ª Zona Eleitoral do Ceará, Lia Sammia Souza Moreira, condenou, neste domingo [30], por abuso político o prefeito de Icó, Marcos Nunes [PMDB], e o vice-prefeito, Charles Peixoto [PSD].
Ambos são candidatos à reeleição no pleito de domingo próximo [7/10] e tiveram o registro de candidatura e os diplomas, caso eleitos, além de serem considerados inelegíveis pelos próximos oito anos.

Ambos são postulantes pela coligação "Icó cada vez Melhor" [PRB / PP / PDT / PTB / PMDB / PTN / PSC / PRTB /PHS / PMN /PSB / PSD / PCdoB]. Da decisão cabe recurso

O prefeito e vice já haviam sido cassados no dia 5 de julho deste ano pelo juiz susbstituto da 15ª Zona Eleitoral, sediada em Icó, Herick Bezerra Tavares. Na decisão, ambos ainda foram considerados inelegíveis e recorreram. Mais informações em instantes.

Postado por Yuri Guedes ás

Dor e aplausos marcam o sepultamento da apresentadora Hebe Camargo

 

 

Público gritou o nome da artista durante toda a cerimônia e aplaudiu o cortejo emocionado

O corpo da apresentadora Hebe Camargo chegou ao Cemitério Gehtsêmani do Morumbi às 10h23 deste domingo (30). Rapidamente, os funcionários do local já colocaram o caixão sobre um carrinho, que subiu uma pequena rampa até o local do sepultamento sob os aplausos dos fãs, que também gritavam seu nome incessantemente.

O percurso foi acompanhado pelos familiares da artista, incluindo o sobrinho e empresário Claudio Pessutti e o governador Geraldo Alckmin. Sobre o caixão, uma bandeira do Brasil.

A banda da Polícia Militar fez as honras enquanto o corpo de Hebe era enterrado e sua família preparou uma chuva de pétalas de rosas, no momento da despedida. O momento foi de pura dor e todos os familiares choraram muito.

O espaço reservado à família de Hebe, inclusive, ficou pequeno diante do grande público que compareceu ao cemitério para o último adeus à apresentadora.

Nas últimas semanas, Hebe sofria também com problemas renais. Os familiares foram alertados da gravidade do caso, mas segundo a equipe médica, foi uma guerreira até o último minuto.

R7

Morre apresentadora HEBE CAMARGO

 

Morre Hebe Camargo (© AE)

A apresentadora Hebe Camargo, uma das pioneiras da televisão brasileira, morreu aos 83 anos na manhã deste sábado (29). Hebe teve uma parada cardíaca enquanto dormia em sua casa, em São Paulo. O velório será realizado ainda neste sábado no Palácio dos Bandeirantes, edifício sede do Governo do Estado de São Paulo.

Portal Ubauna

sábado, 29 de setembro de 2012

NÓS E A POLÍTICA

 

Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – Http://luizcarlosamorim.blogspot.com

Não gosto de política, mas ela influi diretamente na minha vida e na vida de todos os cidadãos, então não posso ficar alheio a ela. Ouço pessoas dizendo que não querem saber de política, que não adianta muito votar nesse ou naquele candidato porque são todos iguais. Ou então vejo algumas pessoas aceitando algum benefício em troca do voto, favorecendo a entrada no poder público de candidatos que, comprando votos, mostram bem a que vem.

Pois todos nós deveríamos prestar muita atenção na política, mesmo que seja a politicagem que grassa em nosso meio, até mais por causa disso, pois ela afeta, e muito, a vida de cada um de nós. Devemos, sim, procurar saber tudo o que for possível sobre os candidatos, antes de uma eleição. O que não devemos é acreditar em todas as suas promessas. E se não houver em quem votar, podemos anular o voto, que é única maneira de manifestar nosso indignação com o estado de coisas que se arrasta de há tanto tempo.

Precisamos saber votar e precisamos saber cobrar trabalho daqueles em quem votamos. Porque são os representantes que elegemos para dirigir nossas cidades, nossos Estados e nosso país, que administrarão ou deixarão de administrar a saúde, a educação, a segurança publicas. São os vereadores, prefeitos, deputados, senadores que vão dirigir nossos destinos. São eles que, uma vez colocados no poder legislativo pelo nosso voto, poderão aprovar leis que nos prejudicarão e poderão deixar de aprovar leis que beneficiariam a sociedade como um todo. São eles que, céleres, legislarão em causa própria. Isso tudo sem falar da corrupção e da impunidade que dilapidam o dinheiro público e impedem que os recursos formados pela grande quantidade de impostos que pagamos sejam aplicados em mais obras.

Então a política influi em tudo na vida de cada cidadão. Todos precisamos estar atentos tanto quando formos votar, quanto depois das eleições, quando nossos “representantes” estiverem “trabalhando” para o povo. Porque eles estão lá, no topo da administração, para servir o povo. O povo é quem paga seus salários milionários e os recursos que são “desviados” e que nunca são devolvidos aos cofres públicos.

A política está presente em tudo, favorecendo ou prejudicando a vida de cada cidadão. Há que nos conscientizarmos disso, para que não nos iludamos, achando que o que está acontecendo não tem nada a ver conosco.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Discurso de Dilma na Assembleia da ONU

Datafolha/OPOVO – Cid tem 52% de bom e ótimo; Luizianne Lins, 31%

Eliomar de Lima |

“A avaliação positiva da prefeita Luizianne Lins (PT) manteve a trajetória de alta apresentada desde o início da campanha eleitoral. O percentual de eleitores que consideram a gestão municipal de Fortaleza ótima ou boa passou de 27% para 31% desde a pesquisa realizada no fim de agosto. Esta é a primeira vez desde dezembro de 2009 que o índice de eleitores da Capital que avaliam a administração Luizianne como ótima ou boa superou a barreira dos 30%.

Por outro lado, o percentual daqueles que fazem juízo ruim ou péssimo sobre a gestão, que vinha em queda desde a primeira pesquisa destas eleições, parou de cair e se manteve estável em 30%. Dessa forma, há empate técnico entre as opiniões negativas e as positivas sobre o trabalho da Prefeitura ao longo dos últimos sete anos e oito meses.

Para a avaliação positiva continuar a subir, Luizianne conseguiu atrair simpatias daqueles que, no levantamento anterior, opinaram que seu desempenho vinha sendo regular. Esse índice passou de 41% para 38% desde agosto. A nota média também manteve a trajetória ascendente das últimas três pesquisas. Agora, o desempenho da gestão recebeu conceito médio 5,5, de acordo com o Datafolha. É a maior nota alcançada desde março de 2009, quando Luizianne acabara de ser reeleita e iniciava seu segundo mandato.

A melhora dos indicadores se reflete nos resultados do candidato apoiado pela prefeita à sua sucessão, Elmano de Freitas (PT), que subiu 8 pontos desde a última pesquisa e tem agora 24% das intenções de voto na pesquisa O POVO/Datafolha.

Cid Gomes

A opinião da população de Fortaleza sobre o governador Cid Gomes também melhorou. O percentual dos que consideram seu trabalho ótimo ou bom chegou a 52%. A última vez em que o Datafolha havia pesquisado a opinião do fortalezense sobre o Governo do Estado havia sido em julho. Na ocasião, o índice de ótimo ou bom era de 45%. Já a avaliação ruim ou péssima oscilou de 15% para 13%.

O que significa que, apesar da melhora do desempenho de Luizianne, o conceito sobre o trabalho do governador ainda é melhor perante o eleitor da Capital. Na disputa pela Prefeitura de Fortaleza, Cid apoia Roberto Cláudio, que aparece com 19% na pesquisa O POVO/Datafolha e está tecnicamente empatado com Elmano na liderança.”

(O POVO)

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Faroeste caboclo

Faroeste caboclo é o título de uma canção do grupo Legião Urbana, na voz
de Renato Russo, que narra a estória de João de Santo Cristo. A música
conta como esse personagem se tornou bandido, discriminado por sua cor e
classe social, como foi traído e em que condições foi morto. É o retrato
de inúmeros Josés, Joãos, Silvas e Souzas da vida. É o cenário que vem
sendo exposto e explorado continuamente pela mídia televisiva através de
suas reportagens sobre o tráfico de drogas e o confronto com a polícia. É
o que tem alimentado o horário nobre da telinha e enchido de horror o povo
brasileiro.
Alguns buscam a justiça ao seu próprio modo. Parece que voltamos atrás no
tempo, na fase da vingança privada, que por conta de seus intermináveis
conflitos acabou determinando o surgimento da pena de talião, como forma
de delimitar os castigos. Assim, a pena consistia na aplicação da mesma
agressão sofrida, daí a expressão: “olho por olho, dente por dente”. Se
observarmos bem, veremos que aparentemente estamos diante de um retrocesso
histórico. Nossa Justiça não vem inspirando credibilidade, pois
simplesmente, em muitos casos, não há justiça! O clima de insegurança é
perturbador e todos têm medo. A desconfiança perpassa qualquer
relacionamento e a predisposição em reagir fica automaticamente acionada
para alguma eventualidade. Fazemos coisas que sequer imaginávamos fossemos
capazes. Ficamos embrutecidos, aborrecidos, esquisitos... e nem sabemos
por quê. Mas estamos ali, todos os dias, em frente à telinha, alimentando
nosso subconsciente com informações negativas que fomentam nosso desejo de
vingança e nos fazem crer que nada de bom existe neste mundo.
Não me admira que alguns tenham partido para ações pouco recomendáveis em
função de se acharem no exercício de seu pleno direito. A vida das pessoas
parece ter muito pouco valor. Apenas parcos reais. As balas,
provavelmente, dão a sensação de que conseguirão aquilo que algumas
palavras não conseguiram. Ao final, restam muitas lamentações, meses de
expectativa e a dor do arrependimento. Mas quem se interessa por isso?
Acaso a TV aborda o peso na consciência, a frustração, o medo de
enlouquecer? Nada disso é mostrado. Permanece ignorado, pois não
interessa. Mostra-se o sangue, o desejo de vingança, a ira... mas, pouco
se retrata acerca da desolação subsequente. Faz-se crer que o homem pode
ser feliz dizimando sua própria espécie. Esse clima de animosidade que
estamos vivenciando atualmente vem sendo fabricado e alimentado pelos
meios de comunicação que, ao invés de promoverem a vida, insistem em
promover a morte e a degradação.
Existem muitos homens de bem que não são vistos, não são mostrados, não
dão ibope porque não mancham a TV de sangue. É muito triste ver o povo
brincando de faroeste, como se o outro fosse um inimigo a ser eliminado da
face da terra. Se a moda pega vamos ter que encomendar colete à prova de
balas para grande parte da população. Aqui vai um alerta para você que
está lendo este artigo: se algo ou alguém o encoraja a praticar um crime
contra o seu próximo, muito provavelmente, esse algo ou alguém não é bom
para você. Simplesmente se afaste; e sua vida irá, com certeza, melhorar!
Maria Regina Canhos Vicentin (e.mail: contato@mariaregina.com.br) é
escritora.
Acesse e divulgue o site da autora: www.mariaregina.com.br.

NA PRAÇA SÃO PEDRO O JUMENTO É O ZELADOR

 

Cruz.É verdade meu senhor, esta história do Sertão, Padre Vieira falou, que o jumento é nosso irmão”.

clip_image002

clip_image004

 

Quer queira quer não o jumento sempre ajudou ao homem nordestino. Transportou material para construção, fez açude, estrada, construiu casas, cercas, carregou água e serviu de montaria. Ainda, hoje, ele tem serventia. Na Praça São Pedro, em Preá, Município de Cruz, além de adubar os canteiros, apara a grama, evitando que fique acima do tamanho normal. Se fosse um lugar onde o jumento fosse pouco conhecido ainda servia de atração, principalmente, para as crianças que gostam de animais.

Cá entre nós, a praça é bem guarnecida, pois são quatro vigias que dão plantão vinte e quatro horas por dia, mas têm mementos que desaparecem não se ver nenhum, será que estão a procura de votos para não perderem o emprego? Em época de eleições tudo é possível. Há momentos em que é mais importante vigiar o eleitor do que a praça. Mas, vamos falar baixinho, que isto é um segredo, eu não sei de nada.

Dr. Lima

Caso raríssimo de gêmeas siamesas unidas pelo cóccix é registrado no Rio Grande do Norte

 

clip_image002

 

Um caso raríssimo de gêmeas siamesas foi registrado no Rio Grande do Norte. No último dia 12, a dona de casa Eucivânia Cunha, 27, natural de Alto do Rodrigues, deu à luz duas meninas gêmeas Ana Clara e Any Vitória, que nasceram unidas pelo cóccix (região glútea).

De acordo com o neurocirurgião Ângelo Silva Neto, que acompanhou a gestação de Eucivânia e o nascimento das crianças, este é um caso raro. É, segundo o médico, possivelmente, o primeiro no Brasil cujos gêmeos são unidos pela região glútea.
"O caso dos gêmeos pigopagos, que são aqueles ligados pela superfície póstero-lateral da região sacrococcigeana, é raríssimo. Geralmente ocorre um caso de gêmeos siameses a cada 200 mil nascimentos. Os pigopagos se resumem a 20% dos casos de siameses. Ou seja, é a raridade da raridade", esclareceu o neurocirurgião. "Os bebês serão submetidos a um procedimento cirúrgico para separação corporal", disse.
Nascidas no dia 12 deste mês em um hospital da rede privada de Natal, as meninas se desenvolvem dentro do que é considerado normal pela equipe médica que as acompanha. Elas amamentam como os demais bebês, tem órgãos internos e membros superiores e inferiores independentes, respondem a estímulos, não aparentam retardo mental e emitem sons comuns aos recém-nascidos.

A diferença é que, em decorrência da união coccigeana, elas compartilham o mesmo ânus. A união corporal de Ana Clara e Any Vitória ocorreu no final da coluna vertebral, o que reduz os riscos de sérios danos ao desenvolvimento das recém-nascidas. "Os riscos são menores, pois elas não estão ligadas pela medula. Poderão ficar sequelas, quando da separação dos corpos, pois há a comunhão de alguns nervos. Entretanto, elas poderão ter vida normal após a cirurgia", esclareceu Ângelo Silva Neto.
Apesar dos riscos do procedimento cirúrgico, os pais de Ana Clara e Any Vitória decidiram autorizar a cirurgia de separação. No entanto, como aconselha o médico, o procedimento só deve ser realizado quando as gêmeas estiverem com cerca de nove meses de idade. "As dificuldades da cirurgia se concentram na perda acentuada de sangue pelos bebês e na questão da separação do ânus. O caso deve ser muito bem estudado, pois irá refletir no cotidiano das crianças quando elas estiverem mais velhas. Iremos avaliar se criaremos um ânus com a mucosa existente no corpo de uma delas ou se adotaremos a colostomia, que consiste na colocação de uma bolsa artificial para eliminação das fezes", advertiu Ângelo Silva Neto.

Diante da complexidade do processo cirúrgico e da impossibilidade de ser realizado no Rio Grande do Norte, pela falta de leitos de Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica no Hospital Universitário Onofre Lopes, o neurocirurgião levará o caso à Universidade de São Paulo (USP), onde a cirurgia deverá ser realizada. "Precisamos avaliar bem o local da cirurgia e montar uma equipe multidisciplinar para participar do processo. Acredito, porém, que a intervenção só será feita após o nono mês de nascimento das gêmeas", ressaltou o médico.

A literatura médica brasileira não dispõe de muitos relatos quanto ao nascimento de gêmeos pigopagos. No Brasil, segundo Ângelo Silva Neto, que também é professor universitário, não há estudos publicados quanto à separação de gêmeos siameses unidos pelo cóccix. "Este poderá ser o primeiro caso e servirá como fonte de estudo para ocorrências futuras", enfatizou.

Um caso similar foi registrado no Hospital Infantil da Universidade de Birmingham, na Inglaterra, em 2004. Os gêmeos foram separados e sobreviveram ao procedimento cirúrgico.

Obs.: nossa. Na década de 90, houve um caso de duas crianças nascidas em Mossoró ligadas pela região do umbigo.

Fonte: O Mossoroense

Dr. Lima

Elmano sobe 8 pontos, mas empate técnico persiste

 

O candidato do PT cresceu oito pontos percentuais na pesquisa O POVO/Datafolha

 

 

A dez dias do 1º turno das eleições em Fortaleza, o candidato do PT a prefeito, Elmano de Freitas (PT), subiu oito pontos percentuais desde a última pesquisa O POVO/Datafolha e aparece agora com 24%. Ele está tecnicamente empatado na liderança com Roberto Cláudio (PSB), que oscilou dentro da margem de erro e passou de 17% para 19%.

Moroni Torgan (DEM) caiu quatro pontos percentuais e agora tem 18%. A diferença dele para Elmano está no limite máximo da margem de erro, de três pontos percentuais, considerada a variação para mais ou para menos. O Datafolha considera estatisticamente improvável o empate técnico entre o petista e o candidato do DEM.

Já Heitor Férrer (PDT), após ser o candidato que mais cresceu na rodada anterior do Datafolha, não sustentou a tendência de alta. O pedetista oscilou negativamente um ponto e ficou com 13%.

Votos válidos

Pela primeira vez, o Datafolha trouxe também o resultado em votos válidos – que é a forma como será divulgado o resultado oficial da eleição pela Justiça Eleitoral. Nesse cálculo, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. Nessa situação, Elmano tem 27%, Roberto Claudio 22% e Moroni 21%.

O Datafolha ouviu 1.143 eleitores de Fortaleza. A pesquisa foi realizada anteontem e ontem. O número de registro no Tribunal Regional Eleitoral é CE-00079/2012.

Brasil tem maior sistema público de transplantes do mundo, mas burocracia ainda atrapalha

Paula Laboissière
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Apesar de contar com o maior sistema público de transplantes do mundo, “dificuldades burocráticas” comprometem a melhoria dos índices no Brasil, disse o coordenador do Sistema Nacional de Transplantes do Ministério da Saúde, Heder Murari.

Segundo ele, a pasta deve apresentar em 2013 um novo sistema de informação dentro da rede de transplantes, capaz de gerenciar uma lista única de receptores de órgãos, utilizando uma plataforma tecnológica mais moderna. A atualização dos dados dos pacientes, por exemplo, poderá ser feita pelo profissional de saúde por meio de um smartphone.

Durante evento para marcar o Dia Nacional da Doação de Órgãos e Tecidos - lembrado hoje (27) - Murari destacou que a legislação brasileira atual exige o laudo de dois neurologistas para atestar casos de morte encefálica (quadro caracterizado pela perda definitiva e irreversível das funções cerebrais e que abre caminho para a doação de órgãos do paciente).

De acordo com o coordenador, há uma proposta de autoria do Conselho Federal de Medicina (CFM) para que a exigência, em caso de morte encefálica, passe a ser o laudo de dois médicos com qualificação em terapia intensiva, e não mais em neurologia.

“Vamos aproveitar para adequar o decreto à proposta do CFM, que é quem determina o critério de morte encefálica pela lei brasileira e, ao mesmo tempo, modernizar uma série de itens”, explicou. A previsão é que as alterações sejam encaminhadas à Casa Civil até o fim deste ano.

Segundo Murari, o ministério deve anunciar hoje uma portaria que trata da capacitação em transplantes. O texto, segundo ele, vai instituir a atividade de tutoria em transplantes e prevê o repasse de recursos para instituições definidas como tutoras.

“Vamos institucionalizar o ensino do processo de doação de órgãos e de transplantes”, disse. “Vai acabar a necessidade de pessoas jurídicas se organizarem para dar cursos em estados menos desenvolvidos”, completou.

Dados do governo federal indicam que alguns estados, como o Rio Grande do Norte, já conseguiram zerar a fila de transplantes. O termo é utilizado quando o tempo médio de espera por um órgão não ultrapassa 30 dias. A expectativa da pasta é que, até 2015, todos os estados brasileiros tenham zerado suas filas.

Outra meta definida pelo governo é contabilizar 15 doadores de órgãos para cada 1 milhão de habitantes – o melhor índice na América Latina. Nos primeiros quatro meses de 2012, o número registrado no país foi 13 doadores para cada 1 milhão de habitantes.

Edição: Graça Adjuto

Aprovação do governo Dilma cresce e chega a 62%, líder do PT comemora resultado

 

O governo da presidenta Dilma Rousseff é bom ou ótimo para 62% dos brasileiros – o que representa um crescimento de três pontos percentuais na avaliação positiva do governo petista com relação à pesquisa de junho passado (59%). A informação é da pesquisa CNI/Ibope, divulgada ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O levantamento revelou ainda que o percentual de brasileiros que confiam na presidenta chega a 73%.

A pesquisa também acusou uma queda da avaliação negativa do governo. O índice dos que consideram o governo “regular” passou de 32% para 29%. O percentual dos que classificam o governo como “ruim” ou “péssimo” caiu de 8% para 7%. Dos entrevistados, 1% não soube responder sobre a gestão.
“Esse resultado, mais uma vez, é a prova de que o governo da presidenta Dilma Rousseff está no rumo certo”, avalia o líder da Bancada do PT na Câmara, deputado Jilmar Tatto (SP). Para o petista, a presidenta dá continuidade ao bem sucedido projeto político iniciado pelo ex-presidente Lula.

“É um reforço de todo o investimento social, de toda a preocupação em controlar a inflação, de todo o esforço de promover o crescimento do País distribuindo renda”, argumenta o líder.

As áreas de atuação do governo que receberam maior aprovação foram o combate à fome e à pobreza (60%), combate ao desemprego (57%) e meio ambiente (54%). A aprovação da política para educação do governo subiu três pontos percentuais em relação a junho, de 44% para 47%. Outra área na qual a aprovação cresceu foi o combate à inflação, com elevação de 46% para 50% no período. A aprovação com relação às políticas de juros manteve-se inalterada, no patamar de 49%.

Outro dado importante é o crescimento da avaliação positiva do governo entre os brasileiros jovens de 25 a 29 anos. Nesse faixa etária, a avaliação do governo Dilma subiu 13 pontos percentuais. A região do País que registrou maior crescimento foi o Sul, com alta de nove pontos percentuais. O Nordeste continua sendo a região com o maior índice dos que aprovam o governo: 68%.

Entre as notícias mais lembradas no mês, está o anúncio da redução de até 28% nas tarifas de energia elétrica, lembrado por 11% dos participantes. Um total de 57% dos entrevistados consideram o governo Dilma igual ao governo Lula, e 62% têm expectativa de que o restante da gestão da presidenta será ótimo ou bom.

A pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Entre 17 e 21 de setembro, o Ibope ouviu 2.002 eleitores com 16 anos ou mais em 143 municípios.

www.ptnacamara.org.br

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

564460_420937017967983_2050381515_n[1]

Medida reabre mercados para o RN e PB

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Mendes Ribeiro Filho, assinou ontem uma Instrução Normativa que inclui o Rio Grande do Norte e a Paraíba no inquérito soroepidemiológico


O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Mendes Ribeiro Filho, assinou terça feira uma Instrução Normativa que inclui o Rio Grande do Norte e a Paraíba no inquérito soroepidemiológico, um estudo que está em andamento em parte das regiões Norte e Nordeste do país para atestar se a área pode ser considerada livre de febre aftosa com vacinação. Na solenidade, realizada no parque de exposições Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, o ministro prometeu anunciar os resultados do inquérito em outubro, durante a Festa do Boi. Uma possível mudança na classificação dos estados - hoje considerados de risco médio para a doença - só deverá ser oficializada, porém, em março do próximo ano.

A reclassificação é importante porque pode abrir mercados a animais e produtos agropecuários. A instrução normativa assinada ontem também tem esse efeito, considerando que ao incluir o RN e a Paraíba na área em estudo revoga barreiras que o Ministério "levantou" desde maio nos dois estados com o objetivo de restringir o trânsito de animais e de produtos agropecuários para outras unidades da federação. As restrições haviam sido determinadas pelo Mapa para reduzir possíveis riscos de introdução do vírus da aftosa nos estados que já passavam pela avaliação soro epidemiológica.

Estados do Norte e Nordeste esperam reclassificação conjunta

A Instrução Normativa do Mapa, assinada pelo ministro Mendes Ribeiro Filho, inclui o Rio Grande do Norte e a Paraíba no Inquérito Soroepidemiológico, ao lado dos estados de Alagoas, Ceará, Pernambuco, Pará (parte centro-norte), Maranhão e Piauí, que estão sob avaliação desde abril deste ano. O resultado de todos os estados vai ser divulgado em conjunto.

Na solenidade que marcou o ingresso do RN na área em estudo, a governadora Rosalba Ciarlini, disse que o Estado "dá um grande passo" para se tornar área livre de aftosa com vacinação. "Isso é uma luta que abraçamos desde que assumimos o governo porque representa muito para a pecuária, para os criadores, para o desenvolvimento do campo em nosso Estado", afirmou.

A conclusão do inquérito soroepidemiológico está previsto para março de 2013, mas durante a solenidade o ministro firmou o compromisso de adiantar os resultados até o início da Festa do Boi, previsto para 11 de outubro. "O governo do Estado avançou nas metas e cumpriu todas as exigências que foram sendo feitas. Espero estar aqui na Festa do Boi, em seus 50 anos, para assinarmos o avanço do Rio Grande do Norte nessa área", afirmou o ministro Mendes Ribeiro disse que para finalização do inquérito, com a sorologia necessária, o Mapa precisa de, aproximadamente, um mês. Os avanços conquistados pelos estados, disse ele, "fazem com que o Brasil avance na questão econômica no que diz respeito a mercados internacionais".

DEFICIÊNCIAS
O Rio Grande do Norte havia ficado de fora do inquérito Soroepidemiológico em virtude de deficiências encontradas no serviço e na cobertura veterinária prestados pelo Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do estado (Idiarn). Problemas com as instalações das unidades de vigilância do Instituto, falta de recursos humanos, de capacitação de servidores e de cadastros de propriedades, além de ausência do controle de trânsito dos animais.

Uma nova auditoria, entretanto, foi realizada entre o final de julho e o mês de agosto e o Departamento de Saúde Animal do Mapa encontrou um cenário favorável para a realização do inquérito no Estado. Segundo o secretário de Estado da Agricultura, Betinho Rosado, como há mais de 20 anos o RN não tem registro de casos de aftosa, o que é prova de que não há circulação do vírus no Estado, dificilmente haverá problemas para o reconhecimento.

O reconhecimento nacional só depende das avaliações técnicas do Mapa. Já o reconhecimento internacional é de responsabilidade da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), baseada nos relatórios finais dos pleitos de reconhecimento encaminhados à Organização. Como os prazos para envio de pleitos para reconhecimento em 2013 estão expirados, o reconhecimento internacional deve ficar para maio de 2014.

MILHO
A aftosa não foi, porém, o único assunto tratado por Mendes Ribeiro Filho na visita ao RN, ontem. O ministro aproveitou a ocasião para falar sobre a escassez de milho vendido aos pecuaristas para alimentação animal. Durante discurso, ele foi contundente nas críticas à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), responsável pelos estoques, e disse que trabalha para não ver esses problemas no próximo ano.
"As mudanças que disse a presidente Dilma Rousseff que faria no Ministério, vou fazer. Vamos terminar de uma vez por todas com esse caminhar desesperado, injustificado, com essa incapacidade, ineficiência, com essa incompetência e despreparo da Conab em garantir uma armazenagem eficiente no Nordeste", disparou o ministro. Ele disse que, ao longo dos anos, a Conab deixou sua estrutura bem abaixo da necessidade. "Veja a situação que se criou no Nordeste pela greve dos caminhoneiros. Nós não tínhamos armazenagem suficiente e gerou uma desassistência ao produtor e isso não pode mais acontecer", asseverou o ministro. Mendes Ribeiro Filho disse que o Ministério está construindo uma política nacional de armazenamento. "Vamos fazer um levantamento, estado por estado, e buscar parcerias para ampliar as unidades e construir novas", prometeu o ministro.

Há meses, os produtores rurais enfrentam problemas pela reduzida oferta do produto. Diante da situação de seca, o milho é vendido nas oito unidades de armazenamento da Conab, mas a reposição dos estoques tem sido lenta e irregular. No último dia 23 de agosto, a TRIBUNA DO NORTE publicou reportagem mostrando que os produtores estavam fazendo filas para comprar milho na unidade de Assu, que atende 20 municípios potiguares.

Na unidade de Caicó, que atende outros 24 municípios, a situação à época não era diferente. As 102,3 toneladas, solicitadas à época, não eram suficientes para atender nem 8% dos produtores cadastrados.

Estoques de milho serão normalizado.

Os estoques de milho da Conab vão começar a normalizar em dez dias, afirmou o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), Caio Rocha. Duas transportadoras já produto para o Rio Grande do Norte. "O estoque que se tem hoje, no Estado, em torno de mil toneladas, o que é muito pouco, vai nos dar uma folga em torno de sete a dez dias. Mas em dez dias, os estoques vão começar a normalizar", garantiu Caio Rocha.

Ao ser cobrado pelo deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB) sobre as limitações de estocagem das unidades da Conab, o ministro Mendes Ribeiro Filho determinou a seus auxiliares, presentes à solenidade, o início imediato do diagnóstico da rede de armazenamento da Companhia. "Acredito que tenhamos unidades suficientes, só que elas são pequenas. Vamos focar o investimento em cima dessas unidades para que sejam ampliadas e fazer uma relação para definir estrategicamente onde precisamos fazer armazéns novos", adiantou o secretário Caio Rocha, que o acompanhava. Quanto ao transporte do milho, Rocha disse que já foi retomado, com a autorização do governo federal de aumentar em 32% o valor do frete. O ministério havia pedido apoio ao Exército para fazer o transporte, mas as Forças Armadas disseram que a operação seria inviável.

Ainda na solenidade, Mendes Ribeiro anunciou uma política eficiente de armazenagem para todo o Nordeste. Ele adiantou que essa política terá duas frentes: uma de melhoramento dos armazéns e outra de ampliação da fertilização do solo. "Vamos ter, o Armazena Rio Grande do Norte para dar uma capacidade suficiente de estocagem ao Estado e, ao mesmo tempo, vamos ter o Fertiliza Nordeste, para tratarmos o nosso solo e darmos condições para produzirmos mais", afirmou Mendes Ribeiro Filho.

Fonte: Tribuna do Norte-RN

Dr. Lima

Bancários aprovam fim de greve em SP, Rio e BH

 

Estadão Conteúdo – 1 hora 14 minutos atrás

Os bancários de São Paulo que trabalham em instituições privadas aprovaram em assembleia na noite desta quarta-feira (26) o fim da greve da categoria, que teve início no dia 18. Na terça-feira (25), a Federação Nacional de Bancos (Fenaban) propôs ao Comando Nacional dos Bancários um reajuste de 7,5% para os salários, o que representa um aumento real de 2%. A oferta dos banqueiros agradou aos sindicalistas que sinalizaram o fim da greve.

Bancários de instituições privadas de São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Rondônia, Roraima e Rondônia confirmaram as perspectivas do Comando Nacional e decidiram aprovar a proposta da Fenaban e voltar ao trabalho nesta quinta-feira.

Os funcionários do Banco do Brasil (BB) e Caixa também fizeram assembleias para analisar as propostas específicas feitas pelas duas instituições públicas. Os empregados do BB concordaram com a proposta do banco e também voltam ao trabalho.
O pessoal da Caixa, no entanto, decidiu rediscutir a proposta em nova assembleia prevista para esta quinta-feira.

"A proposta foi aprovada por unanimidade", disse a presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, Juvandia Moreira. De acordo com ela, os funcionários dos bancos privados representam quase 90% do total dos bancários de São Paulo. Ao todo, a categoria tem 500 mil trabalhadores no País, sendo 138 mil na base do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.

No final de agosto, a Fenaban havia apresentado proposta linear de reajuste de 6% para salários, pisos e benefícios. O pedido dos trabalhadores anteriormente era de 10,25% de reajuste salarial, sendo 5% de aumento real. Em 2011, de acordo com Cordeiro, a categoria ficou parada por 21 dias e recebeu aumento real de 1,5%. Neste ano, com oito dias de mobilização, os bancários conseguiram aumento real de 2%.

Entre outras coisas, a Fenaban propôs, além do aumento salarial, reajuste de 8,5% (2,95% de aumento real) para piso salarial, vale alimentação e vale refeição. O piso do caixa passa de R$ 1.900,00 para R$ 2.056,89. O vale alimentação passa de R$ 339,08 para R$ 367,92. O vale-refeição vai de R$ 19,78 para R$ 21,46 por dia. O aumento proposto pela Fenaban para a parte fixa da participação nos lucros e resultados (PLR) e para o teto do adicional foi de 10% (aumento real de 4,37%). A PLR adicional é de 2% do lucro líquido distribuído de forma linear.

Convocação do RC/Sobral

digitalizar0002

MULHER SOFRE TENTATIVA DE ESTUPRO EM FORMOSA

 

Cruz. Situação dramática passou uma senhora de 55 anos, casada, residente na localidade de Formosa, Distrito de Caiçara, Município de Cruz. O fato aconteceu domingo, por volta das 18hs, quando um elemento de cor morena, forte, adentrou a casa, agarrou a senhora que se encontrava sozinha, tirou toda a roupa e bateu muito na tentativa de praticar estupro. Após lutar muito e apanhar do vagabundo, que aparentava está drogado e/ou bêbado, a senhora conseguiu escapar após ele ir ao banheiro. A senhora correu nua até a casa do vizinho para pedir socorro. Logo os vizinhos compareceram ao local, conseguiram dominar o elemento, amarraram e desceram o cacete. Após uma boa surra, a policia foi acionada, prendeu o criminoso que foi conduzido até a Delegacia de Acaraú, mas chegando lá logo foi posto em liberdade, fato que revoltou a população da comunidade de Formosa. Segundo conseguimos apurar, o elemento reside na comunidade praiana de Barrinha, Município de Acaraú, mas é da cidade de Camocim. Não conseguimos o nome do elemento, e o da senhora, omitimos por questão de ética e proteção. Sem dúvida a impunidade tem contribuído muito para que fatos desta natureza aconteçam com frequência fazendo as pessoas voltarem no tempo e relembrarem o Rei do Cangaço Virgulino Ferreira da Silva, o Coronel Lampião, que, em casos como este, fazia justiça. Por isto que o Coronel Lampião ainda é admirado por muitos sertanejos que guardam na memória os atos que ele praticava, embora não saibamos se ele foi herói ou bandido.

Dr. Lima

Concurso de redação do Rotary

concurso arte final

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Sobral tem dessas coisas

DSCF1176

Bem estacionado? Só falta o Cartão Azul

Figuras impolutas do Becco do Cotovelo

DSCF1178

Senhora Lurdinha, esposa do radialista Expedito Vasconcelos, proprietários do Café Jaibaras. Lurdinha é candidata a vereadora. Dr. Portela, chefe do SINE/IDT; Rui Silva, radialista e faz o cerimonial da prefeitura de Sobral. Inspetor Mota Diniz ex chefe da PRF em Sobral; Edilson Silva, radialista e jornalista do jornal Correio da Semana e Dr. chico Prado, Presidente do Centro Cultural Dom José. Pessoas que dão vida ao Becco

O Dinheiro da CIA para FHC

 

 

Detalhes
Publicado em Domingo, 23 Setembro 2012 11:32
Escrito por Jussara Seixas

    Sebastião Nery

    “Numa noite de inverno do ano de 1969, nos escritórios da Fundação Ford, no Rio, Fernando Henrique teve uma conversa com Peter Bell, o representante da Fundação Ford no Brasil. Peter Bell se entusiasma e lhe oferece uma ajuda financeira de 145 mil dólares. Nasce o Cebrap”. Esta história, assim aparentemente inocente, era a ponta de um iceberg. Está contada na página 154 do livro “Fernando Henrique Cardoso, o Brasil do possível”, da jornalista francesa Brigitte Hersant Leoni (Editora Nova Fronteira, Rio, 1997, tradução de Dora Rocha). O “inverno do ano de 1969″ era fevereiro de 69. *** FUNDAÇÃO FORD

    Há menos de 60 dias daquele fevereiro de 69, em 13 de dezembro de 68 a ditadura havia lançado o AI-5 e jogado o País no máximo do terror do golpe de 64, desde o início financiado, comandado e sustentado pelos Estados Unidos. Centenas de novas cassações e suspensões de direitos políticos estavam sendo assinadas. As prisões, lotadas. Até Juscelino e Lacerda tinham sido presos. E Fernando Henrique recebia da poderosa e notória Fundação Ford uma primeira parcela de 145 mil dólares para fundar o Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento). O total do financiamento nunca foi revelado. Na Universidade de São Paulo, sabia-se e se dizia que o compromisso final dos americanos era de 800 mil a um milhão de dólares. Era muito dinheiro, naquela época, com o dólar supervalorizado. *** AGENTE DA CIA Os americanos não estavam jogando dinheiro pela janela. Fernando Henrique já tinha serviços prestados. Eles sabiam em quem estavam aplicando sua grana. Com o economista chileno Faletto, Fernando Henrique havia acabado de lançar o livro “Dependência e desenvolvimento na América Latina”, em que os dois defendiam a tese de que países em desenvolvimento ou mais atrasados poderiam desenvolver-se mantendo-se dependentes de outros países mais ricos. Como os Estados Unidos. Montado na cobertura e no dinheiro dos gringos, Fernando Henrique logo se tornou uma “personalidade internacional” e passou a dar “aulas” e fazer “conferências” em universidades norte-americanas e européias. Era “um homem da Fundação Ford”. E o que era a Fundação Ford? Uma agente da CIA, um dos braços da CIA, o serviço secreto dos EUA. *** QUEM PAGOU Em 2008, chegou às livrarias brasileiras um livro interessantíssimo, indispensável, que tira a máscara da Fundação Ford e, com ela, a de Fernando Henrique e muita gente mais: “Quem pagou a conta? A CIA na guerra fria da cultura”, da pesquisadora inglesa Frances Stonor Saunders (editado no Brasil pela Record, tradução de Vera Ribeiro). Quem “pagava a conta” era a CIA, quem pagou os 145 mil dólares (e os outros) entregues pela Fundação Ford a Fernando Henrique foi a CIA. Não dá para resumir em uma coluna de jornal um livro que é um terremoto. São 550 páginas documentadas, minuciosa e magistralmente escritas: “Consistente e fascinante” (“The Washington Post”). “Um livro que é uma martelada, e que estabelece em definitivo a verdade sobre as atividades da CIA” (“Spectator”). “Uma história crucial sobre as energias comprometedoras e sobre a manipulação de toda uma era muito recente” (“The Times”). *** MILHÕES DE DÓLARES 1 – “A Fundação Farfield era uma fundação da CIA… As fundações autênticas, como a Ford, a Rockefeller, a Carnegie, eram consideradas o tipo melhor e mais plausível de disfarce para os financiamentos… permitiu que a CIA financiasse um leque aparentemente ilimitado de programas secretos de ação que afetavam grupos de jovens, sindicatos de trabalhadores, universidades, editoras e outras instituições privadas” (pág. 153). 2 – “O uso de fundações filantrópicas era a maneira mais conveniente de transferir grandes somas para projetos da CIA, sem alertar para sua origem. Em meados da década de 50, a intromissão no campo das fundações foi maciça…” (pág. 152). “A CIA e a Fundação Ford, entre outras agências, haviam montado e financiado um aparelho de intelectuais escolhidos por sua postura correta na guerra fria” (pág. 443). 3 – “A liberdade cultural não foi barata. A CIA bombeou dezenas de milhões de dólares… Ela funcionava, na verdade, como o ministério da Cultura dos Estados Unidos… com a organização sistemática de uma rede de grupos ou amigos, que trabalhavam de mãos dadas com a CIA, para proporcionar o financiamento de seus programas secretos” (pág. 147). *** FHC FACINHO 4 – “Não conseguíamos gastar tudo. Lembro-me de ter encontrado o tesoureiro. Santo Deus, disse eu, como podemos gastar isso? Não havia limites, ninguém tinha que prestar contas. Era impressionante” (pág. 123). 5 – “Surgiu uma profusão de sucursais, não apenas na Europa (havia escritorios na Alemanha Ocidental, na Grã-Bretanha, na Suécia, na Dinamarca e na Islândia), mas também noutras regiões: no Japão, na Índia, na Argentina, no Chile, na Austrália, no Líbano, no México, no Peru, no Uruguai, na Colômbia, no Paquistão e no Brasil” (pág. 119). 6 – “A ajuda financeira teria de ser complementada por um programa concentrado de guerra cultural, numa das mais ambiciosas operações secretas da guerra fria: conquistar a intelectualidade ocidental para a proposta norte-americana” (pág. 45). Fernando Henrique foi facinho. Be Sociable, Share! • • Furioso com sucesso de ‘A Privataria Tucana’, FHC ataca publicamente Amaury Ribeiro Postado em: 16 dez 2011 às 12:07 Os fatos documentados que revelam o maior esquema de corrupção da história tiram o sono do ex-presidente FHC FHC e Ricardo Sérgio O livro “A privataria tucana”, de Amaury Ribeiro, deixou FHC irritadíssimo. O “eminente”, “notável” e “ilustre” ex-presidente do Brasil privatizado e de joelhos para o FMI sentiu o baque. Ele está uma fera. Uma semana após o lançamento do livro, ele divulgou hoje uma nota dura contra o premiado jornalista e exigiu medidas urgentes do seu partido, o entreguista PSDB, para silenciá-lo:

    Share on Tumblr

    Comentários

    0#1Nelson Menezes24-09-2012 18:19

    Isso agora é relevante só para o conhecimento,o estrago já foi feito,o fato agora é que não so setores do governo como da imprensa esta cheio de escritórios de fachada mas que na verdade são verdadeiros nucleos da CIA ou alguem acha que eles estão assistindo de camarote em seus quarteis generais la nos States,me engana que eu gosto,na verdade eles já estão tomando o governo,eu como povo ja vejo o estrago que a imprensa está fazendo nestas eleições,estamo s sendo rendidos sem luta ,porque quem esta com a caneta e o governo nas mãos espera uma reação da militancia,e a militancia esperando uma reação do governo;O que temos que fazer agora e esperar como gado indo para o matadouro até 2014 se chegar-mos até lá para assistir o fim da erá LULA -DIMA,isto porque ,o governo tem medo de enfrentar os nossos algoses a IMPRENSA,infeli zmente posso acreditar que as mortes ,todos os sacrificios dos que lutaram contra a Ditadura fora em vão,e pena.

    Brasil qualifica carta dos EUA como inaceitável ; petistas apoiam

     

     

    Parlamentares da bancada do PT elogiaram nesta sexta-feira (21) a reação do governo brasileiro à carta em que o representante de Comércio dos Estados Unidos, Ron Kirk, criticou a política do País de elevação de tarifas de importação de cem produtos. Os deputados Cláudio Puty (PT-PA) e Dr. Rosinha (PT-PR) concordaram que os termos usados pelos EUA, em documento recebido quinta à tarde pelo ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, são "inaceitáveis", ainda mais em se tratando dos EUA, que ambos os parlamentares consideram um pais adepto da teoria do "faça o que digo não o que eu faço".

    Puty observou que desde 2003, com o governo do PT e aliados, o Brasil não tem uma política econômica e externa subalterna aos interesses dos países desenvolvidos, como foi o período do PSDB, com Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). "Assim, o Brasil tem todo o direito de defender seu mercado, adotando o aumento de tarifas de importação, para a defesa de nossa indústria e do emprego dos brasileiros", disse.

    Ele observou que os EUA são extremamente protecionistas e desenvolveram seu poderio industrial às custas do protecionismo, via políticas de Estado. "Além do mais, num momento de crise do capitalismo- -onde há uma onde protecionista generalizada -nada mais compreensível que o Brasil adote também medidas em defesa do interesse nacional".

    Puty, assim como Dr. Rosinha, frisou que os EUA recomendam a outros países a adoção de práticas que, internamente, são o contrário, já que o mercado norte-americano é fechado em diversos setores para empresas estrangeiras, com diferentes medidas protecionistas.

    "Historicamente , os EUA destacam-se por seu protecionismo, embora tenha um discurso formal pró livre comércio", comentou Dr. Rosinha. Ele lembrou que em recente concorrência internacional para a compra de aviões militares, a Embraer ganhou mas não levou. Era um contrato de US$ 355 milhões, para o fornecimento de 20 aviões de combate leve para a Força Aérea dos EUA. "A concorrência foi cancelada sem mais nem menos; e os EUA ainda prejudicam a Embraer ao vetar a venda de aviões militares para a Venezuela, já que a empresa utiliza componentes norte-americanos", disse o parlamentar.

    Para Dr. Rosinha, um dos maiores problemas no comércio mundial é a concorrência predatória da China. "Curiosamente, não há nenhuma reação dos EUA contra os chineses, porque os maiores investidores na China são empresas norte-americanas. Isto mostra como os EUA são contraditórios e não têm moral nem para criticar o Brasil , nem para recomendar a adoção de práticas que não são seguidas por Washington".

    SEM FUNDAMENTO - O porta-voz do Itamaraty, embaixador Tovar Nunes , disse que o governo brasileiro não gostou "nem do conteúdo nem da forma" da carta enviada pelos EUA. "Consideramos injustificadas as críticas, não têm fundamento", afirmou. O tom do texto do representante de Comércio dos Estados Unidos, Ron Kirk, foi qualificado como "inaceitável" pelo governo brasileiro.

    No texto, Kirk não só começa dizendo que escreve para declarar "em termos fortes e claros" a preocupação dos EUA com a política brasileira, como acusa o governo brasileiro de tomar medidas protecionistas e de mirar especificamente as importações americanas. Além disso, o tom de ameaça - Kirk diz que medidas como essa podem levar a respostas à altura e podem prejudicar as relações dos dois países - foi considerado desrespeitoso.

    O Brasil teve, em 2011, um déficit comercial de US$ 8,2 bilhões com os EUA. Este ano, entre janeiro e agosto, a diferença na balança comercial já alcança US$ 2,7 bilhões contra o Brasil. Além disso, as ações americanas para proteger seu comércio também não costumam levar em conta os problemas que causam nos outros países.

    A recente decisão do Fed de comprar US$ 40 bilhões em títulos públicos para injetar dinheiro na economia foi classificada pela presidente Dilma Rousseff como um "tsunami monetário", que fortalece artificialmente as moedas dos demais países e prejudica o comércio. No quesito subsídios, o Congresso americano negocia uma nova lei agrícola, a "Farm Bill", que pode ser ainda mais danosa para os produtos agrícolas que a atual, apesar de o país já ter perdido contenciosos na OMC por subsídios.

    Equipe Informes, com agências

    www.ptnacamara.org.br

    RÁDIO FM COMUNITÁRIA 6 DE ABRIL FAZ 15 ANOS NO AR.

    image

    Camila Marques

    Cruz-CE. Nesta segunda feira, 24, a Rádio FM Comunitária 6 de Abril fez  aniversário de 15 anos no ar servindo ao povo de Cruz contribuindo para o desenvolvimento da fé, cultura, esporte, noticias, diversão, orientação técnica ao homem  do campo, dicas para as donas de casa e conselhos para a juventude. Temos parceria com a ONG Catavento e EMBRAPA. Seu compromisso é com a fé, a verdade e a formação permanente do cidadão. A Rádio 6 de Abril, ZYL – 383 – 98,7MHz, cujo nome é uma homenagem a data de fundação da Paroquia de São Francisco de Cruz que foi erigida em 6 de abril de 1958.  A rádio nasceu de um ideal do Conego Valdery, Pároco de Cruz, com o objetivo de difundir a educação, a cultura e as pastorais da igreja levando conforto espiritual, através das ondas do rádio, a todos aqueles que se encontram nos lugares mais distantes de sua terra natal. A rádio 6 de Abril tem sido a maior companheira da família cruzense onde que que esteja. É através do rádio que as noticias chegam às residências em qualquer lugar. Graças a este meio de comunicação, as pessoas ficam bem informadas sobre tudo o que acontece em sua terra natal seja em momentos de festa, alegria ou dor. A sua fundação não foi uma tarefa fácil. Foram vários anos de lutas e até de batalhas judiciais para que fosse conseguido o direito de concessão.

    clip_image004

    Dr. Lima

    Hoje, é um orgulho para o povo de Cruz ter uma emissora com os ideais voltados para o bem servir a todos os conterrâneos que com fé e orgulho ouvem a sua programação diária de qualidade, de alto nível, pois possui uma equipe de comunicadores da melhor qualidade. São pessoas dedicadas que gostam do que fazem e respeitam seus ouvintes. Noticia, orientação técnica, cultura, esporte, entretenimento, religião, educação, são feitos com credibilidade fazendo desta emissora fonte de informação para o povo de Cruz.

    clip_image006

    Lucio Nascimento e Bureta

    A equipe de comunicadores orgulhosamente participam da Festa dos seus 15 anos: Bureta, Lucio Nascimento, Camila Marques, Jota Vasconcelos, Junior Nascimento, Pe. Valdery, Dr. Lima, Meirilene Farias, Ediberto e tantos outros que por aqui já passaram deixando a sua contribuição para que esta rádio pudesse concretizar seus objetivos. Os nossos colaboradores também se sintam homenageados neste dia. Os ouvintes também participaram deste momento festivo dedicando mensagens oriundas dos mais diversos pontos do país, principalmente filhos de Cruz que se encontram em terras distantes. Quem mora longe ouve a Rádio FM Comunitária 6 de Abril através da internet: www.seisdeabrilonline.blogspot.com e pode interagir com o locutor do horário.

    Dr. Lima

    PREFEITO DE MERUOCA PEDE DESFILIZAÇÃO DO PT, ANTES DE SUBIR NO PALANQUE DO PRB

     

    O prefeito Fonteles de Meruoca na tarde de sábado (22) endereçou a sede do Partido dos Trabalhadores e ao presidente interino da sigla, Maçarico, seu pedido de desfiliação partidária da agremiação. A carta chegou às mãos do presidente Maçarico, através do presidente municipal do PMDB, Maurício Sanford.

    Com esse pedido de desfiliação, o prefeito Fonteles, eleito vice-prefeito na chapa em que João Coutinho foi eleito e depois indicado pela liderança maior João Coutinho, para sucedê-lo, aderiu à campanha de Herica do PRB.

    Fonteles não anunciou em qual o partido deverá se filiar, mas os comentários indicam que o prefeito deverá assinar em breve sua filiação com o PSB do Governador Cid Gomes.(Política em Evidência)

    Postado por Sobral de Prima

    Copa 2014 – Cid receberá Luizianne em audiência na próxima sexta-feira

    Eliomar de Lima |

    O governador Cid Gomes (PSB) abriu agenda e vai receber, às 8h30min da próxima sexta-feira, no Palácio da Abolição, a prefeita Luizianne Lins. Ela havia pedido via ofício nº 0201/12- GP, na tarde da última quinta-feira, para ser recebida e tratar com Cid sobre as desapropriações da Via Expressa. A intervenção é necessária para a construção do VLT Parangaba/Mucuripe e do Corredor Norte/Sul da Via Expressa, parte das obras de mobilidade urbana para a Copa 2014.

    Luizianne avalia que “o atual momento político não pode interferir nas expectativas da população nem prejudicar a cidade com vistas ao cumprimento dos prazos das citadas intervenções”. A expectativa é que os dois, que não se encontram há mais de um ano para discutir questões administrativas, assumam o que está estabelecido na Matriz
    de Responsabilidades, documento que prevê as atribuições dos governos na execução dos empreendimentos do certame mundial.

    segunda-feira, 24 de setembro de 2012

    Aviso importante

    Sebrae InformativoSebrae Cearáfeira do empreendedor

    Cursos

    VEJA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

    24 a 28/09/12

    Eventos

    24 a 27

    FEIRA DO EMPREENDEDOR
    Local: Fortaleza - CE

    25 a 27

    FRUTAL
    Local: Fortaleza - CE

    Acessibilidade e inclusão social como oportunidade de negócios

    Evento aponta tendências para quem deseja investir em produtos ou serviços para pessoas com deficiência

    Da Redação

    Divulgação

    Chinelos com o alfabeto em braile são opções de produtos para quem está de olho nesse segmento

    Camisetas com estampas de libras, chinelos com o alfabeto em braille e muita vontade de mostrar que a deficiência não exclui o sucesso no mundo dos negócios. Esse é o conceito básico do espaço da inclusão social, que está sendo criado para a Feira do Empreendedor no Ceará, que acontece entre os dias 24 a 27 de setembro no novo Centro de Eventos, em Fortaleza. O evento é uma promoção do Sebrae no Ceará com visitação gratuita.
    A ideia das camisetas foi pensada pelo especialista em acessibilidade, libras, braille e empreendedorismo, Nelson Júnior. Envolvido há anos com a inclusão social de portadores de deficiência, ele traz à Fortaleza, além desta coleção de camisetas, modelo de negócios para pessoas com deficiência em um formato diferenciado de capacitação para quem, apesar de não ter pleno uso de todas as suas funções, deseja desenvolver-se como um revendedor.
    E não para por aí. Nelson traz na bagagem também, para este evento, um jogo que promete reunir no seu entorno surdos, cegos e pessoas no pleno uso de suas faculdades, numa interação difícil de imaginar, mas que o artista considera totalmente possível.
    Uma das teses defendidas por Nelson é de que existe um grande leque de oportunidades de negócios e também profissionais para esse público carente de inclusão e fez até um mapeamento para ressaltar essa afirmação. "Professores de libras que se disponibilizam em ensinar outros surdos chegam a ganhar até R$60,00/h. Além desses pontos, o setor de inclusão oferece também oportunidades de desenvolver aplicativos com alfabeto de surdos para celulares, softwares de comunicação via pc, tradutor de sites, próteses e impressoras em braille", enumera.
    Cidade
    A Feira do Empreendedor traz esse ano o tema Cidade dos Negócios, uma área multisetorial de 15 mil metros quadrados com cerca de 200 estandes, onde serão apresentadas as mais diversificadas oportunidades de negócios, atuais e futuras.
    Durante os quatro dias, o evento contará com palestras, minicursos e soluções tecnológicas e de inovação, destinados tanto aos empreendedores que já possuem um negócio montado e desejam diversificá-lo ou ampliá-lo, quanto para os que pensam em abrir uma pequena empresa, onde todo o passo a passo será explicado.
    O visitante pode se inscrever antecipadamente pelo próprio site do evento www.ce.sebrae.com.br/feiradoempreendedor seguindo as instruções.
    O evento é uma promoção do Sebrae/Ceará, com o apoio da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) e suas entidades, Associação Comercial do Ceará, Sistema Fecomércio e suas vinculadas, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal, Universidade Federal do Ceará (UFC), Federação das Associações do Comércio, Indústria, Serviços e Agropecuária (Facic), Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (Faec), Federação Cearense das Micro e Pequenas Empresas do Estado do Ceará (Fecempe) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Ceará (Senar).
    Feira do Empreendedor do Ceará
    Data: 24 a 27 de setembro
    Local: Centro de Eventos do Ceará
    Horário de Visitação: das 14 horas às 22 horas
    Website: http://www.ce.sebrae.com.br/feiradoempreendedor
    Entrada gratuita
    Informações gerais sobre o evento: 0800-570-0800

    TERRAZUL FAZ OFICINA DE TEATRO PARA JOVENS EM CAIÇARA

     

    clip_image002

     

    Cruz. Nos dias 22 e 23 de agosto a Associação Civil Alternativa Terrazul - Fortaleza realizou oficina de Teatro para 24 jovens das comunidades de Córrego das Panelas, Cavalo Bravo, Preá e Vila de Caiçara. O curso foi realizado por uma equipe de técnicas da Terrazul: Edineuda Soares, Diretora Administrativa Financeira da Terrazul, natural de Fortaleza, formada em Edificações e estudante de Economia, trabalha com o Projeto Cajus patrocinado pela União Europeia. A instrutora da Oficina foi Graciele Ferreira (foto) estudante de Artes Cênicas do IFETCE. Também fez parte da equipe promotora da oficina a ex-diretora da Terrazul, Fernanda Rodrigues, estudante de Pedagogia da UFC e Aline que trabalha com o Projeto cajus, sendo formada em Economia Domestica.

    clip_image004

    O objetivo desta oficina é promover uma alternativa de ocupação para os jovens destas comunidades, dando oportunidade para que possam expressar suas ideias através da arte. Em outubro, haverá nova oficina para dar continuidade a este trabalho objetivando capacitar os jovens para que possam realizar as primeiras apresentações teatrais. Além de aprenderem uma arte, o teatro é uma forma de expressão cultural que procura tirar muitos jovens da ociosidade, e quem sabe, dando oportunidade para formação de futuros profissionais que queiram desenvolver esta atividade profissional como forma de desenvolvimento de seus talentos. A instrutora Graciele disse esta satisfeita com o bom desempenho e a habilidade dos participantes. A oficina aconteceu na sede da Associação, na Vila de Caiçara, sede do Distrito de Caiçara, Município de Cruz. Para os participantes foi oferecidos almoço e merenda por conta da Terrazul.

    Dr. Lima

    domingo, 23 de setembro de 2012

    TERROR EM SOBRAL: MORRE APOSENTADO VÍTIMA DE "BALA PERDIDA"

    Clique na imagem abaixo, faça o seu cadastro e comece a ganhar EURO

     

    domingo, setembro 23, 2012 Nenhum comentário

    O Blog Sobral 24 horas acaba de receber a informação de que um aposentado morreu vítima de "bala perdida" no bairro Dom José. Por volta das 19h00m houve um tiroteio na rua Iracema, onde a vítima (Aposentado conhecido por Sr. Expedito) foi vítima de bala perdida, foi conduzido ao hospital Sta. Casa e veio a falecer agora por volta das 21h00m.

    Mais informações a qualquer momento

    Do blog sobral 24 horas

    "Bom dia, gaúchos e gaúchas de todas as querências!", essa frase me lembra quando eu era criança: assistia todos os domingos o famoso "Galpão Criolo", dizeres estes do saudoso Nico Fagundes. Saudades desse tempo. A velocidade das informações é algo extraordinário. Há 20 ou 30 anos tudo era diferente. Mas a química não mudou, ela evoluiu, ficou mais fina e não conseguimos viver mais sem ela. Vocês devem estar perguntando aonde quero chegar com essa conversa. Pois bem, tenho visto várias discussões referentes aos produtos orgânicos. Dizem que são muito melhores que os convencionais, pois não têm agrotóxicos, ou seja, nada de químico ou química. Bom, isso me remete a pensar um pouquinho mais e pergunto a vocês: toda essa discussão vale a pena? Não estamos perdendo tempo de melhorar e descobrir novas tecnologias para o agro? Não existe química em nossa vida: seja ela orgânica ou inorgânica? Nós, técnicos, não estamos confundindo as pessoas que vivem nas cidades com os objetivos econômicos?

    Concluo que estamos segmentando o agro sem organização. Vejam as montadoras: sabemos hoje exatamente o carro que queremos - 1.0, 1,4, 1.6, com ou sem air bag etc. Quem trabalha no comércio sabe do que estou falando. Isso vale também para agricultura: produzimos vários produtos para diferentes consumidores. Porém, não deveríamos canibalizá-los. Em geral, com essa falta de organização - de que no orgânico não há produtos químicos e os convencionais têm produtos químicos e são perigosos, esse assunto todo está simplesmente colocando dúvidas em nosso cliente.

    Infelizmente esquecemos que o mundo não vive sem química e químicos. Vocês já pensaram se extinguíssemos os químicos do mundo, como seriam as nossas vidas? Não está na hora de gerarmos soluções para ajudar as cidades e os produtores de orgânicos e convencionais, ao invés de gerarmos problemas? Caso mudássemos nosso modelo agrícola, o quanto deveríamos produzir de esterco para adubar e produzir nos patamares atuais? Seria sustentável?

    Ao mesmo tempo em que incentivamos isso, colocamos a culpa no boi pelo efeito estufa, não é estranho? Quem não gosta de churrasco aos domingos?! Vamos colocar os pingos nos "is"! Nossa vida tem química, nosso corpo é formado em grande parte por água, nossa digestão necessita de química, a produção de energia das plantas é um processo químico, então, por que fazermos essa distinção: como dizer que tudo que não tem química é melhor, se vivemos por causa da química?

    É assim para alimentos produzidos nos diferentes modelos agrícolas, alguns usam insumos inorgânicos que tem resposta mais rápida e as plantas assimilam, em geral, com maior velocidade, e outros usam insumos orgânicos, ambos com suas propriedades químicas envolvidas no processo. O que precisamos entender é que somos um país diferente, temos um clima instável, necessitamos da tecnologia e da química - tanto que há uma lei para produtos orgânicos que classifica, por exemplo, o cobre, como produto fitossanitário. O que é produto fitossanitário? Não seria um químico? Pensemos nisso.

    Nossa comunicação "econômica" precisa melhorar como dizem os árbitros "a regra deve ser clara para todos". Lembrem-se: necessitamos alimentar gente, produzir alimentos e energia de qualidade para todos. A cada sete pessoas como nós, uma delas passa fome e a fome dói. Não percamos tempo de nossas vidas acreditando que o melhor é com ou sem, façamos algo pelo bem das pessoas, é isso que fica em nossa lembrança e para o futuro.

    Investir em tecnologia de forma planejada e consciente evita prejuízos para as escolas

     

    ÂNGELO OLIVEIRA

    Especialista em tecnologias educacionais

    Um estudo realizado em Portugal mostrou o impacto negativo do mau uso da tecnologia em sala de aula. O "Impact of Broadband in Schools: Evidence from Portugal" indicou que, em média, as notas baixaram cerca de 7,7% entre 2005 e 2008 e cerca de 6,3% entre 2005 e 2009 devido às lacunas de uma inicativa que implementou o uso de banda larga de forma errada.

    Os resultados surpreenderam negativamente os autores da pesquisa e, segundo eles, a explicação para o declínio no desempenho é que a internet cria distrações que, para garantir que não se tornem depreciativas, necessitam ser acompanhadas por medidas adicionais de controle. Por isso, concluem que não basta introduzir novidades tecnológicas nas escolas, é fundamental se atentar para políticas que promovam seu uso produtivo.

    A utilização da tecnologia educacional como ferramenta ainda gera dúvidas sobre sua eficácia e incertezas sobre os reais pontos favoráveis. Afinal, de que forma a aplicação inadequada da tecnologia pode reverter em prejuízos para as escolas?

    É verdade que há diversos projetos fracassados. Projetos onde a utilização de sistemas desmontáveis e/ou portáteis, por exemplo, provoca perda de tempo no início de cada aula, diminuindo o tempo de aprendizado.

    Outra situação é a falta de familiaridade do professor com a tecnologia, que reduz drasticamente a eficiência da ferramenta; ou, ainda, a inexistência de metodologias que associem a tecnologia a práticas didáticas efetivas.

    Em todos os casos, as consequências são desastrosas: o investimento financeiro torna-se inútil; a cada projeto fracassado aumenta a resistência dos professores, cai o rendimento escolar e o aspecto lúdico por si só pode terminar camuflando os problemas e potenciando os efeitos negativos, entre outras situações.

    Mas, se o mundo está evoluindo com a tecnologia, não é aceitável que a educação seja a exceção em um cenário de progresso contínuo, que beneficia não só pessoas, mas empresas e organizações. Diante disso, vem a pergunta: como usar, de fato, esse instrumento em prol do aprendizado?

    Concordo com os autores de Portugal. O ponto-chave está em como a tecnologia está sendo empregada. Ela não deve ser adquirida pela escola sem um projeto claro, sem suporte adequado.

    A escola, portanto, precisa tomar consciência dessa realidade para se envolver no processo de forma efetiva e sustentável. Não dá mais para investir descoordenadamente em tecnologia para educação. A área exige atenção e metas. Este é um ponto importante e que responde a pergunta. Quando a instituição define objetivos para trabalhar e aloca recursos humanos e técnicos para alcança - los, deve obrigatoriamente iniciar um projeto estruturado. Se, resultados, por outro, as empresas que oferecem a tecnologia também têm a obrigação de utilizar as melhores metodologias na aplicação dos materiais para viabilizar o sucesso da escola.

    O elemento visual transforma o ensino de diversos temas, e o processo de conhecimento cresce consideravelmente.

    É relevante lembrar que isso vai além da aula de informática. Português, Matemática, Física, Geografia e outras disciplinas podem ser enriquecidas com o uso da tecnologia. Para tanto, sobretudo quando falamos em lousas digitais, faz-se necessária a utilização de softwares apropriados e inteligentes, e a realização de treinamento sério e orientado aos profissionais. Isso faz uma diferença absolutamente determinante, pois representa o elemento produtivo que eleva o simplesmente lúdico ao nível da produtividade pedagógica e didática.

    Colocar uma televisão em sala de aula ou uma lousa digital com a mais alta tecnologia, sem antes tratar com os professores de que forma eles podem usar o recurso é em vão. Por mais rico em animações, vídeos e conteúdo que um aplicativo seja, ele também não produzirá resultado algum se não for trabalhado de forma a contribuir para a aprendizagem do aluno. Aconselho as escolas a encarar esse desafio.

    A responsabilidade é grande para fazer valer o investimento, mas há muitos outros relatos positivos e projetos que funcionam na prática. São projetos de qualidade, que com o seu sucesso geraram estudantes motivados, participativos, interessados, explorando o conhecimento e aprendendo a gostar de estudar, e que apresentam relevante melhora no desempenho. Esse contexto reflete no professor, que fica mais disposto e satisfeito.

    É nesse momento que vem a certeza de que valeu a pena o engajamento.

    A realização de trabalho eficiente no espaço educacional é um forte desafio, onde o profissionalismo ao mais elevado nível é requerido. Mas, na mesma proporção, a utilização adequada das tecnologias representa uma oportunidade ímpar de inserir a escola em uma realidade digital cada vez mais presente na vida dos alunos e que os levará ao desenvolvimento de novas habilidades e competências.

    Fonte: O Mossoorense

    Dr. Lima

    sexta-feira, 21 de setembro de 2012

    Luz na prisão


    Atualmente, o Brasil possui a quarta maior população carcerária do mundo;
    cerca de quinhentos mil presos. O número de mulheres encarceradas dobrou
    nos últimos dez anos, a maioria por participação em assaltos e
    envolvimento no tráfico de drogas. É uma parcela significativa da
    população, e que aumenta a cada dia. Além disso, a prisão de alguém
    mobiliza não só a pessoa em si, mas também a sua família, e, por que não
    dizer, a sociedade como um todo. São números que precisam ser analisados.
    Não podemos ficar indiferentes a esses dados alarmantes. Algo precisa ser
    feito para que exista uma conscientização em relação à prática delituosa:
    o que leva alguém a praticar um crime, os efeitos disso na pessoa, como se
    libertar dessa situação... Tudo isso pode ser apresentado como reflexão
    para o preso, sua família e demais interessados. Pensando nisso foi que
    surgiu, numa iniciativa inédita: Luz na prisão, um livro destinado aos
    encarcerados.
    A obra, que conta com o prefácio do desembargador do Tribunal de Justiça
    do Estado de São Paulo, Antônio Carlos Malheiros, e passou pela revisão
    doutrinária de Bonifácio Hartmann, sacerdote da Ordem Premonstratense e de
    Raul Suzin, frade da Ordem dos Capuchinhos, tem o intuito de mostrar à
    pessoa em conflito com a lei como a tendência ao crime foi se delineando
    em sua psique, e de que forma pode proceder para reverter essa situação,
    buscando uma vida melhor.
    Ninguém está livre da possibilidade de cometer delitos. Muitos há que os
    praticam e não são surpreendidos. Outros são condenados por crimes que não
    praticaram. Diversos continuam impunes por ausência de provas. O mundo
    contempla inúmeras desigualdades sociais. Quem tem dinheiro pode custear
    bons advogados e, com maior probabilidade, livrar-se do cárcere; mas quem
    não dispõe de recursos financeiros quase sempre está sujeito à própria
    sorte, amargando por vezes a sentença condenatória. Políticos vivem
    envolvidos em escândalos, mas raramente são presos. Alcoolistas,
    prostitutas, pobres e negros são abordados constantemente em revistas
    policiais e, portanto, estão mais sujeitos às apreensões. É uma realidade
    brasileira. Uma realidade que precisa mudar!
    O uso e consumo de substâncias entorpecentes vem alterando a feição dos
    nossos encarcerados. Hoje, até mesmo integrantes de famílias relativamente
    estruturadas ingressam na criminalidade levados pelo vício e comércio das
    drogas. Pessoas perdem sua saúde e dignidade, geram crianças doentes, e
    participam de negociações escusas. Não conseguem sair de onde não deveriam
    ter entrado. Precisam compreender o processo que leva à prática de ações
    delituosas. Isso pode ser feito analisando-se exemplos dos que trilharam
    esse caminho e servindo-se de orientações de quem trabalhou vários anos
    com pessoas em conflito com a lei. Testemunhos dos que atravessaram a
    provação e saíram vencedores também servem de motivação para quem deseja
    tomar um novo rumo. Tudo isso você vai encontrar na obra, Luz na prisão.
    Um livro escrito com muito amor para todo aquele que vivencia a
    experiência do cárcere em sua vida. Lançamento em 22 de outubro
    (segunda-feira), às 19:00 horas, no auditório do SENAC - Jaú (SP).
    Maria Regina Canhos Vicentin (e.mail: contato@mariaregina.com.br) é
    escritora.
    Acesse e divulgue o site da autora: www.mariaregina.com.br.

    Partidos divulgam nota em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

     

    O PT, PSB, PMDB, PCdoB, PDT e PRB, representados pelos seus presidentes nacionais, divulgaram ontem nota conjunta na qual repudiam de forma veemente a ação de dirigentes do PSDB, DEM e PPS, que tentaram comprometer a honra e a dignidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

    “Valendo-se de fantasiosa matéria veiculada pela revista Veja, pretendem transformar em verdade o amontoado de invencionices colecionado a partir de fontes sem identificação”, dizem na nota.

    Leia abaixo a íntegra:

    Nota à sociedade brasileira

    As forças conservadoras revelam-se dispostas a qualquer aventura. Não hesitam em recorrer a práticas golpistas, à calúnia e à difamação, à denúncia sem prova.

    O gesto é fruto do desespero diante das derrotas seguidamente infligidas a eles pelo eleitorado brasileiro. Impotentes, tentam fazer política à margem do processo eleitoral, base e fundamento da democracia representativa, que não hesitam em golpear sempre que seus interesses são contrariados.

    Assim foi em 1954, quando inventaram um “mar de lama” para afastar Getúlio Vargas. Assim foi em 1964, quando derrubaram Jango para levar o País a 21 anos de ditadura. O que querem agora é barrar e reverter o processo de mudanças iniciado por Lula, que colocou o Brasil na rota do desenvolvimento com distribuição de renda, incorporando à cidadania milhões de brasileiros marginalizados, e buscou inserção soberana na cena global, após anos de submissão a interesses externos.

    Os partidos da oposição tentam apenas confundir a opinião pública. Quando pressionam a mais alta Corte do País, o STF, estão preocupados em fazer da ação penal 470 um julgamento político, para golpear a democracia e reverter as conquistas que marcaram a gestão do presidente Lula .
    A mesquinharia será, mais uma vez, rejeitada pelo povo.

    Rui Falcão, PT
    Eduardo Campos, PSB
    Valdir Raupp, PMDB
    Renato Rabelo, PCdoB
    Carlos Lupi, PDT
    Marcos Pereira, PRB.

    Fonte:

    www.ptnacamara.org.br

    quinta-feira, 20 de setembro de 2012

    PROPAGANDA POLÍTICA E POLUIÇÃO SONORA

    Por Luiz Carlos Amorim – Escritor – Http://luizcarlosamorim.blogspot.com
    O abuso do barulho, do som muito alto é comum demais, em quase todos os lugares, como se não houvessem parâmetros ou leis que regulassem isso. Quem não tem um vizinho que coloca o som a todo volume a qualquer hora do dia – e às vezes, de noite, também? Quem não sofre com os carros equipados com pesadíssimos equipamentos de som ligados a todo vapor – e com o capô aberto na direção da casa da gente, como acontece comigo, aqui na minha redondeza?
    Isso é falta de respeito para com o próximo, é descumprimento de lei que proíbe o excesso, é falta de civilidade, de educação, de bom senso, de inteligência. É não saber conviver em sociedade.
    E nessa época de eleição o som de carros que fazem propaganda eleitoral parece tornar legal esse desrespeito. Autofalantes com músicas de mau gosto ou locutores falando numa altura de decibéis intolerável,tentando vender candidatos com mentiras e promessas que sabemos, nunca vão ser cumpridas, são comuns.
    Será que esses candidatos pensam que esse barulho insuportável, que incomoda todo mundo, vai lhes angariar votos? Quem gosta desse barulho são apenas as pessoas que prestam esse tipo de “serviço”. É comum as pessoas terem o trabalho de anotar o número ou nome dos candidatos que fazem arrazoados barulhentos, para não votar neles. E não o contrário.
    E é o que devemos fazer, para desencorajar candidatos pouco inteligentes mas metidos a espertos, de fazerem este tipo de propaganda, pois é um tiro na culatra para eles. Vão gastar dinheiro com os tais “carros de som” que os farão, na verdade, perder votos, porque ninguém acha simpático o fato de ser incomodado com barulho da pior qualidade.
    Então, senhores candidatos, não se iludam: na verdade vocês perdem votos com o barulho que promovem, contratando os famigerados “carros de som” para berrarem seus nomes e suas promessas, para cantarem seus “jingles” horrorosos. Usem o dinheiro que pagam por esse “serviço” de outra maneira: coloquem propaganda nos jornais, por exemplo. Polui o jornal, mas é muito mais silencioso, muito mais limpo, mais civilizado.

    Base aliada acusa oposição de recorrer 'a práticas golpistas' para comprometer Lula

     

    Por Gustavo Uribe (gustavo.uribe@sp.oglobo.com.br) | Agência O Globo

              

     

    O ex-presidente Lula é acusado de chefiar o mensalão os principais partidos que compõem a base aliada do governo federal divulgaram nota nesta quinta-feira (20) em que acusam PSDB, DEM e PPS de recorrer "a práticas golpistas" ao tentar comprometer "a honra e a dignidade" do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No texto, os presidente nacionais do PT, PSB, PMDB, PCdoB, PDT e PRB repudiam nota divulgada na terça-feira pelos partidos de oposição que cobram do ex-presidente petista explicações sobre as denúncias de que ele teria sido o "chefe" do esquema do mensalão.

    Leia mais:
    Serra se beneficiou ao ligar mensalão a Haddad

    O texto foi divulgado após a revista "Veja" publicar reportagem que reproduz conversas do publicitário Marcos Valério com parentes e amigos nas quais afirma que Luiz Inácio Lula da Silva era o "chefe" e "fiador" do escândalo político.

    "Eles pretendem transformar em verdade o amontoado de invencionices colecionado a partir de fontes sem identificação. As forças conservadoras revelam-se dispostas a qualquer aventura. Não hesitam em recorrer a práticas golpistas, à calúnia e à difamação, à denúncia sem prova. O gesto é fruto do desespero diante das derrotas seguidamente infligidas a eles pelo eleitorado brasileiro", criticaram as siglas da base aliada.

    Na nota, os dirigentes das legendas afirmam ainda que os partidos de oposição tentam fazer política "à margem do processo eleitoral" e que não hesitam "em golpear sempre que seus interesses são contrariados". Eles comparam o gesto do PSDB, DEM e PPS às críticas feitas pela oposição ao ex-presidente Getúlio Vargas em 1954, ano em que ele se suicidou, e ao ex-presidente João Goulart em 1964, quando foi afastado do poder pelo golpe militar.

    "Os partidos da oposição tentam apenas confundir a opinião pública. Quando pressionam a mais alta Corte do País, o Supremo Tribunal Federal (STF), estão preocupados em fazer da ação penal 470 um julgamento político, para golpear a democracia e reverter as conquistas que marcaram a gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva", ressaltam no texto.

    Monsanto quer monopolizar a agricultura no Nepal com transgênicos

     

    Uma notícia antiga, mas reflete as atitudes atuais da MONSANTO em muitas partes do mundo, inclusive aqui no Brasil

     

    Domingo, 15 de abril de 2012


    O governo nepalês junto com a empresa agrícola Monsanto quer forçar os agricultores a usarem sementes transgênicas. O objetivo é substituir importações e aumentar a produção de uma nação faminta.

    O milho, por exemplo, é uma das maiores culturas do Nepal, mas o país produz apenas cerca de metade do que é necessário para a sua própria indústria de alimentos. Cerca de 130.000 toneladas são importados por ano para cobrir o déficit. Ainda assim, mais de 40 por cento da população do Nepal está desnutrida.

    "Estamos tentando ajudar o agricultor nepalês a aumentar sua produção total de culturas alimentares", fazendo dele "um pouco mais competitivo", disse um assessor da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional.

    Logo após o anúncio da iniciativa centenas de manifestantes se reuniram em frente à embaixada dos Estados Unidos em Katmandu para protestar contra a Monsanto.

    "Você começa comprando sementes da Monsanto", explicou o manifestante Sabin Ninglekhu."Ano um: as sementes rendem um pouco. De dois anos: o rendimento começa a descer. E então isso significa que você tem que aumentar as compras. Você tem que comprar sementes anualmente a partir desta empresa porque a fertilidade da semente diminui com o tempo. "

    Enquanto a maioria concorda que o Nepal deve resolver urgentemente os problemas de segurança, os críticos dizem que a solução para os problemas agrícolas do Nepal deve vir de dentro do país, não do exterior.

    O objetivo final dos protestos foi a de colocar pressão sobre o governo do Nepal para cancelar seu contrato com a Monsanto. Os manifestantes dizem que a parceria vai mudar a dependência do país a partir de milho importado para sementes geneticamente modificadas a partir do estrangeiro.

    A História da Monsanto não é exatamente positiva. Alegações de monopolização dos mercados locais seguem a corporação, depois de ter sido processada por centenas de milhares de agricultores ao redor do globo.

    A mais recente ação judicial contra a Monsanto foi apresentado na semana passada em New Castle, Delaware. O processo alega que a corporação ", motivado por um desejo de ganho econômico injustificado", envenenou agricultores argentinos que foram pressionados a utilizar pesticidas da empresa. Os agricultores insistem que a exposição de produtos químicos da Monsanto causou uma série de defeitos em crianças locais.

    Alguns países europeus também se opõem fortemente o uso de sementes geneticamente modificadas da Monsanto. No mês passado, o MON 810 linhagem de milho foi temporariamente banido na França "para proteger o meio ambiente." A Polônia também afirmou que irá mover-se para proibir a semente completamente. E na semana passada, a Comissão Europeia não conseguiu reunir apoio suficiente para aprovar o cultivo de três variedades de milho desenvolvidas pela Monsanto.

    Fonte: Tradução do site Rússia Today feita pelo IAnotícia

    http://ianoticia.blogspot.com.br/2012/04/monsanto-quer-monopolizar-agricultura.html#more

    A PARTIR DE SÁBADO, CANDIDATO SÓ PODE SER PRESO EM CASO DE FLAGRANTE

     

    Segundo o calendário eleitoral de 2012, a partir deste sábado (22) os candidatos a prefeito e vereador só podem ser presos em flagrante, segundo o TSE. A norma vale também para membros de mesa das Zonas Eleitorais no dia 7, quando os eleitores depositarão seus votos, e para os fiscais de partido.

    Sábado também é o prazo para as coligações indicarem quem serão seus fiscais. Além disso, a Justiça Eleitoral deve indicar, até o fim de semana, quais funcionários e espaços precisará para realizar o pleito, bem como requerer transporte e alimentação para os que estarão trabalhando no dia da votação.

    Postado por Sobral de Prima à

    Convite para a Feira do Empreendedor 2012 24 a 27 de setembro de 2012

    securedownload

    quarta-feira, 19 de setembro de 2012

    Oportunidade para o Brasil tornar-se protagonista

     

    Valor Econômico

    A grande crise financeira de 2008, com o colapso do Lehman Brothers desencadeou um fenômeno com múltiplas dimensões. A crise e o quase colapso do sistema financeiro são o núcleo de uma erupção vulcânica que desencadeou a chamada Grande Recessão de 2008/09, seguida da crise de dívidas soberanas na Europa e causaram uma série de outras mudanças paradigmáticas.

    As economias dos Estados Unidos e da Europa saíram da normalidade e passaram a ser regidas por comportamentos induzidos por incerteza, medo, contágios, pânicos e corridas, com mudanças

    Ex-Comandante da PM denuncia tratamento desigual

    Autor: Eliomar de Lima | Categoria(s): Ceará, Política, Segurança Pública |

    “Um grupo de coronéis e praças da Polícia Militar do Ceará (PM) anda insatisfeito com o tratamento “desigual” que o governo do Estado estaria dispensando aos militares na hora de conceder a reserva remunerada. É que para uns, o tempo entre o pedido de aposentadoria e a publicação no Diário Oficial do Estado (DOE) pode demorar até sete anos. Há casos em que servidores morreram na fila de espera ou só conseguiram o benefício integral após o falecimento. No entanto, revela o coronel Adail Bessa de Queiroz, ex-comandante da PM durante o primeiro ano da gestão Cid Gomes (2007), alguns poucos têm o direito autorizado em dois dias ou menos de um mês.

    Caso dos coronéis Francisco José Bezerra Rodrigues, atual secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS); de Zarlul Kalil Filho, que trabalhou na Casa Militar e na SSPDS como auxiliar do coronel Bezerra e de Francisco Erivaldo Gomes de Araújo, ex-secretário adjunto da Casa Militar.

    De acordo com o ex-comandante da PM, o processo de aposentadoria de Francisco Bezerra (nº 10740435-4) deu entrada no Sistema de Protocolo Único (SPU) do Estado no dia 27 de dezembro de 2010. Dois dias depois, o Diário Oficial do Estado (DOE) nº 224, de 29/12/2010, publicou a reserva. O oficial foi assessor de Cid Gomes em Sobral, quando o político foi prefeito de lá, e depois na primeira gestão de Cid à frente do governo do Ceará.

    Adail Bessa aponta como semelhante o procedimento dispensado ao coronel Zarlul Kalil Filho. Coronel que, nos últimos anos da carreira policial, exerceu funções de confiança tanto na Casa Militar como na SSPDS. O processo do militar (nº 121011275) começou a tramitar, segundo o SPU, dia 6/3/2012 e, dez dias depois, a aposentadoria já havia sido oficializada em documento público. Com o coronel Francisco Erivaldo Gomes de Araújo, observa Adail Bessa, também não houve demora. “Da mesma forma dos dois anteriores, a reserva remunerada saiu em menos de um mês pra ele”, mostra Adail Bessa, por meio do Diário Oficial número 89, publicado em 11/5/2012.

    Enquanto isso, observa o ex-comandante da PM, 13 coronéis (veja quadro) e centenas praças esperam para ter o direito reconhecido de forma integral. Dois deles, o coronéis Roberto Franklin Muniz e João Julião, estão há quatro anos no aguardo do benefício. Cinco da lista de oficiais entraram com o pedido em 2009 e sete em 2010. Em muitos casos, “militares modernos passam por cima de antigos”.

    Outro agravante indicado por Adail Bessa se refere a coronéis que estariam morrendo na fila de espera da aposentadoria. “Foi o caso do Edmilson Anastácio da Silva (2009), César Augusto Maciel Soares (2010) e João Clywton Viana Martins Júnior (2011). Este último teve sua reserva publicada somente depois de sua morte, enquanto os outros dois coronéis falecidos estão com os processos ainda em tramitação”. O POVO procurou as três viúvas dos oficiais, mas elas não quiseram falar sobre o assunto. Quando um militar morre, a esposa e/ou dependentes passam a receber uma pensão provisória de 80% até que seja publicado o ato de reserva em definitivo. Com a publicação no DOE, passam a receber 100% do que ganharia o militar em vida.

    Remuneração

    Um coronel da ativa, afastado (agregado) ou na reserva, sem gratificação, recebe um salário bruto de R$ 9.201,73, ficando com R$ 6.563,51 (líquido). Até início de 2011, mesmo estando “agregado”, ou seja, afastado, aguardando a publicação da reserva, ele continuava tendo descontada a previdência integralmente, como se ainda estivesse trabalhando.

    De acordo com Adail Bessa, depois que a Justiça decidiu várias ações em favor de policiais e bombeiros militares, o governo editou uma lei ordenando que se a reserva demorar mais de 90 dias, o militar passa a pagar a metade do desconto previdenciário (Lei Complementar nº 93, de 25 de janeiro de 2011). “Só que desde 2000 existe uma lei dizendo que o processo de reserva é para demorar apenas 90 dias (Lei nº 13.035, de 30/6/2000)”, explica o ex-comandante da PM.

    Quem está na fila da aposentadoria da PM

    1. Cel. Roberto Franklin Muniz (2008)

    2. Cel. João Julião da Silva (2008)

    3. Cel. Antônio de Oliveira Ferreira (2009) 4. Cel. Francisco Sérgio da Silva Magalhães (2009)

    5. Cel. Roberto Cleiton Rosendo Teixeira (2009)

    6. Cel. Carlos Alberto de Oliveira (2009)

    7. Cel. Francisco José Domingos Barroso (2009)

    8. Cel. José Amilcar Batista Filho (2010)

    9. Cel. Jussiê Costa Pereira (2010)

    10. Cel. Calos Alberto Serra dos Santos (2010)
    11. Cel. Amarílio Francisco Moura d Melo (2010)

    12. Cel. Paulo Pimentel da Silva (2010)

    13. Cel. Edmílson Pereira Monteiro (2010)

    (O POVO)