quarta-feira, 20 de março de 2013

Brasil criou 123.446 vagas de trabalho em fevereiro, diz Caged

InfoMoney

SÃO PAULO – No Brasil, foram geradas 123.446 vagas de trabalho em fevereiro, de acordo com os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados nesta quarta-feira (20).
Leia também:
Trabalho acredita que Caged indica resposta do mercado
Comércio tem pior janeiro da série histórica, diz Caged
Criação de vagas em janeiro decepciona, mostra Caged

Faltam profissionais de tecnologia no Brasil

Na comparação com janeiro deste ano, houve uma expansão de 0,31%. Já nos últimos 12 meses, o índice registrou a criação de 1.116.340 postos de trabalho, correspondendo a elevação de 2,89%. No acumulado do ano, o mercado teve um acréscimo de 170.612 vagas.

Crescimento setorial
Na análise mensal, cinco dos oito setores de atividade econômica analisados apresentaram crescimento na geração de empregos formais. Em números absolutos, o destaque ficou com Serviços, com 82.061 vagas de trabalho. Porém, a maior variação percentual ficou com Administração Pública, que registrou alta de 1,42% no número de vagas (+12.364 postos).

Outro destaque do período foi a Construção Civil, que apresentou acréscimo de 15.636 postos de trabalho (+0,50%). Indústria de Transformação registrou acréscimo de 33.466 vagas (0,41%) e a Extrativa Mineral teve alta de 0,34%, com o surgimento de 165.

Em contrapartida, Comércio teve baixa de 10.414 postos de trabalho (-0,12%), Agropecuária, recuou -0,62% e fechou 9.775 vagas e Serviços Industriais de Utilidade Pública registrou -0,01%.

Análise regional
Ao analisar as regiões, os dados revelam que 16 das 27 unidades federativas apresentaram crescimento na geração de postos de trabalho. Os destaques positivos foram São Paulo (+552.968 postos ou +0,38%), Rio Grande do Sul (+139.771 postos ou +0,65%), Paraná (+142.115 postos ou +0,61%), Santa Catarina (+118.662 postos ou +0,79%) e Goiás (+65.674 postos ou +1,01%).

Considerando as regiões, todas apresentaram elevação no emprego formal. Em números absolutos, nota-se o seguinte comportamento: Sudeste (+66.177 postos ou +0,31%), Sul (+48.016 postos ou +0,67%), Centro-Oeste (+22.982 postos ou +0,76%) e Norte (+2.152 postos ou +0,12%).

Nenhum comentário:

Postar um comentário