segunda-feira, 28 de julho de 2014

FEIRA DA AGRICULTURA FAMILIAR INSENTIVA PRODUTORES

 

Cruz. A Prefeitura Municipal de Cruz, através da Secretaria da Agricultura, está realizando, semanalmente, A Feira da Agricultura Familiar, com o objetivo de incentivar a produção agropecuária que usa a mão de obra familiar para produzir alimentos sem agrotóxicos e de maneira sustentável. Todas as sextas feiras, pequenos produtores, artesãos e extrativistas levam sua produção e produtos manufaturados para serem comercializados no Mercado do Produtor que fica ao lado do Terminal Rodoviário, no Centro de Cruz.

clip_image002

Dona Maria Luciene

Tudo que há de produção está à venda: farinha, queijo, ovos, macaxeira, peixes, bolos, frutas, pequenos animais, mel, doces caseiros, Jerimum, galinhas caipiras, suínos, chás, café e uma grande variedade de artesanatos. Além de estimular a produção, pretende-se eliminar a figura do atravessador com a venda direta ao consumidor reduzindo preços ao consumidor e obtendo melhores preços para os produtores fazendo com que ambos sejam beneficiados.

clip_image004

Liliane- Jenipapeiro

Apesar das dificuldades enfrentadas pelos produtores, em terem o que vender, por causa de uma sequência de três anos de escances de chuvas, que dizimou a produção agrícola e reduziu o rebanho de animais, mesmo assim, de todas as localidades da zona rural chegam agricultores e criadores que trazem um pouco de sua produção.

clip_image006

Maria do Socorro -Sulflores

O Secretário de Agricultura Carlos César de Carvalho (Carlão) e sua equipe de auxiliares: a Zootecnista Carolina Vasconcelos, a Secretária Vanusia Sousa, o Professor Manoel e o Engenheiro Agrônomo Antonio dos Santos não medem esforços para que esta feira seja uma grande conquista dos pequenos produtores.

clip_image008

Luciene – Caiçara de Baixo

Várias reuniões foram feitas com a coordenação do Território Litoral Extremo Oeste, que congrega 12 municípios, com o objetivo de elaborar um projeto para aquisição de um Posto de Recebimento e Distribuição dos produtos da Agricultura Familiar para todos os Municípios do Território que compreende Acaraú, Barroquinha, Bela Cruz, Camocim, Chaval, Cruz, Granja, Jijoca de Jericoacoara (ausente), Marco, Martinópole, Morrinhos e Uruoca. Uma estrutura que irá beneficiar os feirantes.

clip_image010 clip_image012

José Edivalso – piscicultor de Prata

Os recursos são provenientes da SDA e Ministério da Agricultura em um montante de R$ 410.000,00. As reuniões aconteceram em Camocim, dia 18 e, em Acaraú, dia 23.

clip_image014 clip_image016

Rosimeire e Amiga Bonecos de Rosimeire

Em conversa com a nossa reportagem alguns feirantes falaram de suas expectativas bastante otimistas em relação a feira. Conversamos com Rosa Meire da cidade de Cruz, Liliane da Comunidade de Jenipapeiro, Maria do Socorro Silva da sede do município e dona do Atelier Sulfores, Luciene Silva Santos da Comunidade de Caiçara de Baixo, Maria Luciene que vendia lindos bonecos e José Edivalso um criador de peixes da Comunidade de Prata.

Com um objetivo de organizar a feira e capacitar os feirantes e produtores, a Prefeitura de Cruz, na pessoa do Gestor Municipal Adauto Mendes - PT, firmou parceria com o SEBRAE para que os produtores sejam induzidos para uma visão mais empreendedora dos negócios da Cadeia Produtiva da Agricultura Familiar.

Sem dúvida uma missão corajosa, pois, tenta superar barreiras para estimular a Agricultura Familiar e reconhecer a importância do pequeno produtor para a cadeira produtiva do município, valorizando quem sempre esteve a margem da sociedade rural.

Numa visão mais audaciosa, a comissão organizadora da feira irá até ao produtor para ajudá-lo a superar as suas dificuldades e lavar uma mensagem de otimismo e encorajamento como forma de reconhecimento de seu trabalho. Após, cada feira, a equipe faz uma avaliação dos pontos fracos e fortes que foram observados durante a feira. Os técnicos conversam com produtores e consumidores ouvindo suas opiniões.

Dr. Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário