quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Serra lidera e Ciro cresce na preferência

Pesquisa CNI/Ibope divulgada ontem mostra que o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), lidera a corrida pela Presidência da República em todos os cenários nos quais aparece como candidato do PSDB.

Sem Serra na disputa, a pesquisa mostra o deputado Ciro Gomes (PSB) como o melhor posicionado na corrida pelo Palácio do Planalto. Ciro conseguiu superar na pesquisa de setembro a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), que em junho deste ano tinha vantagem sobre o pré-candidato do PSB.

Em um primeiro cenário, na disputa entre Serra, Dilma e Ciro, o governador de São Paulo venceria as eleições com 34% das intenções de voto. Dilma e Ciro ficaram empatados em segundo lugar, com 14% das intenções de voto. Em seguida aparecem os pré-candidatos Heloísa Helena (PSOL), com 8%, e a senadora Marina Silva (PV), com 6%. Os votos brancos, nulos e os eleitores que não responderam à pergunta somam 23%.

Em outro cenário, no qual Serra é substituído pelo governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), Ciro venceria a disputa com 25% dos votos. Dilma aparece em segundo lugar, com 16% das intenções de votos, seguida por Aécio, com 12%. A ex-senadora Heloísa Helena recebeu 11% das intenções e voto e, em último lugar, aparece Marina Silva com 8%. Os brancos, nulos e os eleitores que não responderam somam 28%.

A pesquisa montou outro cenário sem a participação de Heloísa Helena. Nestas condições, Serra venceria a disputa com 35% das intenções de votos, seguido por Ciro, com 17%, e Dilma, com 15%. Marina Silva aparece em quarto lugar com 8% das intenções de votos, enquanto os brancos, nulos e os que não responderam somam 24%.

No mesmo cenário, com a substituição de Serra por Aécio, Ciro venceria a disputa com 28% das intenções de voto, seguido por Dilma, com 18%. Em terceiro lugar aparece Aécio, com 13% das intenções de votos, e Marina, com 11%. Os brancos, nulos e os eleitores que não responderam somam 31%. (O Estado).

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário