segunda-feira, 28 de setembro de 2009

PORTOS: Plano que faria diagnóstico sobre portos cearenses, não sai do papel


No quesito projetos, planos e soluções mirabolantes o Governo do estado na Gestão Cid Gomes anda disparado na frente, o problema é que fica só por aí. Tirando o ronda do quarteirão que foi colocado em pratica por cima de pau e pedra, o governo do estado vem se omintido em relação ao nosso municipio.Para perceber isso na pratica basta ver o plano de desenvolvimento e integração portuária alardiado no inicio do governo Cid Gomes e que até esta data, não saiu do papel.

O setor portuário cearense iria trabalhar de forma integrada. Para isso, seria elaborado o Plano de Desenvolvimento e Integração Portuária cuja coordenação seria feita pela Secretaria da Infraestrutura do Estado (Seinfra) mediante parceria com a Cearaportos, sua vinculada, a Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag) e a Companhia Docas do Ceará. O Plano, orçado em R$ 1,4 milhão, visava realizar um diagnóstico da situação dos portos cearenses, em especial o Terminal Portuário do Pecém e o do Mucuripe, e, a partir desses estudos, identificar suas vocações e potencialidades.

Conforme o secretário-executivo, o estudo iria apontar qual a verdadeira vocação de cada porto e indicar os meios para que estas sejam otimizadas, revelando que o Plano não seria aplicado apenas aos dois maiores portos cearenses, o Pecém o do Mucuripe, mas também aos portos menores como Acaraú, Aracati e Camocim de forma que também desenvolvessem suas potencialidades.

Teria sido formatada desde o início do atual Governo estadual, quando ambas as companhias portuárias se reuniram e traçaram as primeiras diretrizes com vistas a atuarem de forma mais integrada, visando o desenvolvimento do Ceará.Mas até o momento esse plano não saiu do papel, aliás como muito projetos do governo do estado em Acaraú. Será que a Gestão de Cid Gomes sera lembrada como a gestão das promessas? Só nos resta aguardar.



Fonte: Blog Acaraú,Vivendo e Sempre Aprendendo!

Postado por Jacinto Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário