terça-feira, 15 de setembro de 2009

PPS entrará com ação contra Lula por campanha antecipada no Ceará

O PPS entrará com ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva por campanha eleitoral antecipada no Ceará, na semana passada. Segundo o partido, Lula desrespeitou a lei e debochou da Justiça ao pedir voto para o candidato da base aliada e dizer que não podia falar muito para não ser pego.
Na última quinta-feira, 10, Lula afirmou que, apesar de ter dito que estaria "proibido de falar desse tema“ - o das eleições do ano que vem -, o presidente não perdeu a oportunidade de atacar indiretamente o principal opositor político de sua base aliada: o governador de São Paulo e pré-candidato a presidente da República pelo PSDB, José Serra. “O que nós precisamos é fazer o povo entender que não pode se arriscar a votar em alguém que não dê continuidade às coisas que estão sendo feitas nesse País“, afirmou.
Lula citou ainda o exemplo de cidades que “trocam“ de prefeitos, em que um paralisa as obras do antecessor “para começar tudo de novo“. “Aí você vai criando um exército de obras inacabadas“, acrescentou. “Acho que nós vamos disputar as eleições num momento muito bom e penso que a base do Governo vai ganhar as eleições", disse ele. (O Povo).
Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário