segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Dnit cobra empresa por trecho ruim

Após pressão sobre a situação das estradas federais no Ceará, o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), Guedes Neto, anunciou que a partir de hoje irá tomar algumas providências, em especial na BR 222. Ele marcará uma reunião com a construtora Notemper Empreendimentos Ltda, empresa responsável pela recuperação e conservação do trecho entre Itapajé e Sobral. Como o prazo final de entrega do trecho recuperado da via é 20 de outubro, ele pedirá à empresa o aumento do número de agentes trabalhando e cobrará a melhoria da qualidade do serviço.

A decisão veio depois da vistoria feita por Guedes Neto, na última sexta, na companhia dos deputados federais Chico Lopes (PCdoB) e José Linhares (PP). A visita foi solicitada pelo próprio ministro Alfredo Nascimento, após o governador Cid Gomes (PSB) ter pressionado a bancada federal cearense a resolver a situação das rodovias. De acordo com Chico Lopes, um dos trechos mais problemáticos é na região próxima de Irauçuba. Os parlamentares e o superintendente constataram haver fragilidade na manutenção. ``Estavam só pintado e colocando o piche. Com a chuva, voltará o mesmo problema``, constatou Lopes. O comunista solicitou ao Dnit que fosse cancelada a licitação da empresa e houvesse nova contratação.

De acordo com Guedes, por questões burocráticas, suspender uma licitação não é tão simples, mas ele irá se reunir com a empresa responsável para fazer as advertências. A Notemper possui contrato R$ 3 milhões, para a manutenção, recuperação e conservação do trecho específico. Mesmo com a cobrança do governador, o prazo dado pelo Dnit é de 10 meses para a situação das estradas federais melhorar. O deputado José Guimarães (PT), coordenador da bancada, disse que a pressão para a melhoria das estradas federais no Ceará vai continuar.(O Povo).

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário