sábado, 26 de setembro de 2009

Ciro e José Serra travam briga rumo as eleções

O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) fez críticas ontem ao seu desafeto político, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB). Os dois devem disputar a Presidência da República em 2010."Ele é feio para caramba, mais feio na alma do que no rosto. Ele tem uma truculência ao se relacionar com seus adversários. A conduta pessoal dele em relação aos seus adversários é uma conduta feia, de não enfrentar com linguagem civilizada, uma atitude destrutiva, que inibe o diálogo. Para mim, é horrível. Até minha conta pessoal de salário ele conseguiu que um juiz de São Paulo bloqueasse", disse Ciro.
Ciro também reafirmou sua disposição em disputar a Presidência da República em 2010 e disse ter conversado com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre assunto, que ficou de pensar sobre a possibilidade de duas candidatura da base - a outra seria a da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil). Lula ficou de dar uma resposta ao socialista em fevereiro.
Disse que não decidirá sobre sua candidatura antes do prazo dado pelo presidente Lula. O partido de Ciro, o PSB, pertence à base aliada do presidente Lula. Setores do PT são contrários ao lançamento de duas candidaturas da base. O ex-ministro José Dirceu (Casa Civil) disse em seu blog que a eventual candidatura de Ciro trará problemas para o PSB nos palanques estaduais de 2010.
Ciro, entretanto, voltou a defender o lançamento de duas candidaturas da base. "Devemos ter duas candidaturas da base. Uma que esteja na TV e outras nas ruas mostrando as coisas que o governo fez", afirmou. Ele disse que conversou sobre sua ideia com o presidente Lula, que achou a proposta "interessante". (DN).
Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário