sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Homem é assassinado com aproximadamente 23 tiros em Acaraú


 

Por volta das 16:00 horas desta segunda-feira, 07, um homem das iniciais J.V.F.S.F, de 26 anos, residente em Fortaleza no Bairro Barroso 1, foi alvejado com aproximadamente 23 tiros, com arma calibre ponto 40, de uso restrito da polícia.

clip_image002

Segundo testemunhas, quatro homens em dois veículos, um Renault Sandero e um Honda Civic, desceram dos veículos e atiraram contra a vítima, sem chance de defesa.

Um dos veículos, o Renault Sandero foi abandonado e encontrado pela polícia na CE-085 entre a cidade de Acaraú e o Distrito de Juritianha. O veículo tinha placa de Sobral, no entanto a polícia logo identificou que a mesma era clonada, e que o veículo na verdade teria sido furtado em São Paulo.

A vítima que estava na cidade visitando a família, já tinha passagem por porte de arma.

A polícia civil e militar continuam diligenciando no intuito de prender os assassinos. O fato ocorreu na Rua José Monteiro de Melo, esquina com a movimentada avenida José Giffone da Silveira, no bairro de Saguim em Acaraú.

Com Informações da

Delegacia Regional de Acaraú

FUGA:

Após execução, veículo de bandidos é encontrado na saída de Acaraú

As imagens abaixo são do veículo Renault Sandero, o qual foi encontrado pela polícia abandonado na CE-085, entre Acaraú e o Distrito de Juritianha. O veículo era ocupado por dois elementos, que acompanhados por outros dois indivíduos em um Honda Civic prata dispararam cerca de 23 tiros de pistola ponto 40 contra J.V.F.S.F, de 26 anos, no bairro de Saguim em Acaraú.

clip_image004clip_image006

A polícia informou que o veículo encontra-se com a placa OCC-9934 com inscrição de Sobral (clonada), e que após verificação ficou constatado de que o mesmo havia sido furtado do estado de São Paulo.

A polícia militar e civil continuam diligenciando para capturar os quatro elementos. Em entrevista ao radialista Mauricio Otoni, da Rádio Difusora do Vale Acaraú, o delegado Flávio Novais informou que deverá ouvir familiares da vítima para tentar descobrir quem teria o interesse em executa-lo, já que a polícia trabalha com essa hipótese de execução pois nada da vítima foi furtado.

Imagens: Abelardo Martins - Rádio Difusora

Jhônata Adams Mendes Silva

Postado por: Dr. Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário