domingo, 13 de outubro de 2013

12 DE OUTUBRO, DIA NACIONAL DO ENGENHEIRO AGRÔNOMO

 

clip_image002

Hoje, é meu dia/ Quero Alegria/Porque a tristeza mandei embora/Já era hora dela partir/Eu ficar aqui feliz agora (Trio Mossoró).

Significado do Símbolo da Agronomia e sua história.

É interessante conhecermos como tudo começou, afinal é sobre a história que construímos nossa identidade.

Inicialmente, o símbolo do profissional de Agronomia era composto por uma engrenagem que simbolizava a engenharia, com um arado de aiveca dentro simbolizado a agricultura. Este surgiu em 1946 devido o reconhecimento da profissão de Engenheiro Agrônomo que ocorreu em 1933, pelo então presidente Getúlio Dornelles Vargas. Em 1963, o símbolo foi modificado, ganhado mais detalhes e foi escrito “Engenheiro Agrônomo”.  Foi em1969 durante a realização do VI Congresso Brasileiro de Agronomia e do I Congresso Latinoamericano de Engenheiros Agrônomos, em Porto Alegre, que foi escolhido o símbolo que conhecemos até hoje. Este logotipo foi feito pelo estudante de Arquitetura da USP, Eduardo Castro Mello.

O símbolo é composto por 6 “A”, que representam as Associações de Engenheiros-Agrônomos dos Estados filiados à FAEAB, mostrando no seu conjunto a união das mesmas nas soluções dos problemas das Associações, dos Agrônomos, da Agronomia, da Agricultura, da Agropecuária e da Agroindústria. O sextavado central é o centro de debates onde são discutidos assuntos da classe, anteriormente relacionados, tanto aceitando como propondo opiniões da própria categoria profissional, dos governos municipais, estaduais e federal. Os raios indicam os caminhos para a entrada e a saída de assuntos provindos de vários segmentos.

Indicação das cores

clip_image004

A cor azul indica assuntos relacionados à Categoria.

clip_image006



A cor verde indica assuntos técnicos relacionados à Agronomia.

clip_image008

A cor vermelha indica assuntos relacionados à Política Agrícola.

O Engenheiro Agrônomo é o profissional que reúne as condições técnico-científico-humanísticas para executar todas as tarefas inerentes à produção de alimentos para o homem e os animais domésticos, intervindo desde a definição das condições do plantio até a chegada do produto industrializado ao consumidor.

LEI Nº 5.194, DE 24 DE DEZEMBRO DE 1966.

Atribuições profissionais e coordenação de suas atividades

Art. 7º As atividades e atribuições profissionais do engenheiro, do arquiteto e do engenheiro-agrônomo consistem em:

a) desempenho de cargos, funções e comissões em entidades estatais, paraestatais, autárquicas, de economia mista e privada;

b) planejamento ou projeto, em geral, de regiões, zonas, cidades, obras, estruturas, transportes, explorações de recursos naturais e desenvolvimento da produção industrial e agropecuária;

c) estudos, projetos, análises, avaliações, vistorias, perícias, pareceres e divulgação técnica;

d) ensino, pesquisas, experimentação e ensaios;

e) fiscalização de obras e serviços técnicos;

f) direção de obras e serviços técnicos;

g) execução de obras e serviços técnicos; e

h) produção técnica especializada, industrial ou agropecuária.

Fontes: Diversas

Dr. Lima

Engenheiro Agrônomo

Nenhum comentário:

Postar um comentário