segunda-feira, 26 de outubro de 2009

PSDB encerra ciclo de convenção no Ceará

O PSDB cearense realizou convenção neste domingo (25), no plenário da Assembleia Legislativa, para escolher seu diretório estadual para os próximos dois anos. A presidência regional do partido será exercida pelo médico Marco Penaforte, que substitui o empresário Carlos Matos. Para a vice-presidência o deputado federal Raimundo Gomes de Matos.

Também participaram do evento tucano o presidente nacional do Partido Popular Socialista (PPS), Roberto Freire, acompanhado do presidente estadual da sigla, Alexandre Pereira. Freire ressaltou a necessidade de união dos partidos de oposição ao governo Lula, e, em seu discurso, olhando para o senador Tasso Jereissati, perguntou: “Será que dá para convencê-lo a ser de novo candidato a governador?”. O público aplaudiu com entusiasmo.

Posição ambígua

O encontro foi marcado por discursos que destacaram a importância da oposição e a possibilidade do partido lançar um candidato próprio ao governo estadual. Mas as passagens mais polêmicas ficaram por conta do novo presidente tucano.

Marco Penaforte iniciou sua fala constatando que “vivemos tempos estranhos no Ceará. Não há oposição no Ceará, e isso não é bom”. Para ele, é fundamental que haja o contraponto aos governos. “Mesmo quando éramos governo e enfrentávamos a oposição sectária e irresponsável do PT, muitas vezes ela servia para que corrigíssemos rumos”. (DN).

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário