terça-feira, 13 de outubro de 2009

Diretor do Dnocs pede exoneração

O diretor de Desenvolvimento Tecnológico e Produção do Dnocs, Felipe Cordeiro, entrega o pedido de exoneração nesta terça-feira (dia 13), em caráter irrevogável. A diretoria de Desenvolvimento Tecnológico e Produção do Dnocs é responsável pelos perímetros de irrigação, que estão na origem do motivo da saída de Felipe Cordeiro, insatisfeito com o clima de indefinição que se gerou em torno do prosseguimento do contrato para Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) a pequenos produtores de 21 perímetros irrigados em seis estados. Segundo ele, o Dnocs conta, atualmente, com uma estrutura física e operacional fragilizada com pessoal técnico insuficiente, o que deixa o gestor muito exposto e vulnerável.

Afirma o diretor demissionário que "existem alguns problemas administrativos que foram detectados no andamento do contrato, entretanto não se pode deixar que esses problemas venham a inviabilizar a prestação dos serviços de Assistência Técnica a mais de seis mil pequenos produtores dos projetos de irrigação do Dnocs, em cinco estados do Nordeste. O que se deve é solucionar esses problemas e dar prosseguimento a esse serviço tão importante para os pequenos produtores". (DN).

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário