quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Sem-terra ocupam sede do Incra

Às 5 horas de ontem, 250 pessoas do Movimento Sem Terra (MST) ocuparam a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Fortaleza, onde permanecem por tempo indeterminado. No entanto, o acesso ao prédio — nas primeiras horas restrito à imprensa e a servidores que fossem contatar Brasília — foi liberado após negociação à tarde, entre representantes do movimento, da Secretaria de Desenvolvimento Agrário e da superintendência do Incra.
O movimento em Fortaleza segue a mobilização nacional da Jornada Nacional de Lutas pela Reforma Agrária, que, só no Ceará, resultou também nas ocupações das sedes do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) em Russas (220 pessoas), Quixadá (400) e Crateús (200), além da Fazenda Cararu, em Caucaia, por 80 famílias, e do Centro de Quixeramobim. (DN).

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário