terça-feira, 11 de agosto de 2009

Pacujá entre os municípios que não prestaram contas

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) divulgou, ontem, a relação atualizada das Prefeituras e Câmaras Municipais cearenses em atraso com as prestações de contas mensais por meio do Sistema de Informações Municipais (SIM). Em relação ao exercício de 2009 apenas cinco Prefeituras e duas Câmaras Municipais estão em atraso com a remessa dos balancetes mensais.
Apesar das dificuldades enfrentadas vários municípios regularizaram a sua situação ainda em maio. No mês de junho, conforme dados publicados pelo TCM em sua página na Internet, no dia nove de junho, somente em relação ao exercício de 2008, nove Prefeituras e três Câmaras continuavam em atraso com o SIM.
Em relação a 2009 a inadimplência atingia 12 Prefeituras e quatro Câmaras Municipais. Duas Prefeituras e uma Câmara foram relacionadas na condição dos que não haviam remetido e o restante, 10 Prefeituras e três Câmaras Municipais , constavam como inadimplentes apenas por atraso.

Ontem, 10 de agosto, o TCM divulgou a relação atualizada dos inadimplentes com o SIM. Em referência ao exercício deste ano, 2009, consta que apenas cinco prefeituras e duas câmaras municipais estão inadimplentes. A última prestação de contas da Prefeitura de Pacujá refere-se ao mês de março. Portanto, deixou de mandar os balancetes de abril, maio e junho. As Prefeituras de Beberibe (CPAP), Carius, Quiterianópolis e Umari prestaram contas até maio, faltando junho.
As Câmaras Municipais de Catunda e de Carnaubal também estão inadimplentes. O último mês que a Câmara de Catunda prestou contas foi março, estando inadimplente em relação a abril, maio e junho.
A inadimplência da Câmara de Carnaubal é maior ainda, tendo em vista que prestou contas apenas do mês de janeiro, estando em falta com fevereiro, março, abril, maio e junho. Em relação ao exercício de 2008 a inadimplência atinge apenas três Prefeituras e duas Câmaras municipais. O último mês que a Prefeitura de Pindoretama prestou contas foi setembro daquele ano. (DN).

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário