quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Em Fortaleza vereadores faltam e sessão é suspensa

Em plena terça-feira, primeiro dia de sessão da semana na Câmara Municipal de Fortaleza (CMF), nada de expediente. Faltou vereador para o quorum exigido pelo Regimento Interno da Casa ser alcançado. Por conta disso, os debates de ontem no Legislativo Municipal foram cancelados. Em suma: um dia a menos de atividades sem que haja qualquer tipo de punição para os faltosos.

O placar de presenças sequer foi acionado para expor quem estava na Casa e quem ainda não havia chegado. Essa é uma prática de praxe na abertura das sessões ordinárias. Porém, pela ata do dia, apenas 12 parlamentares compareceram até as 9h 30, momento em que o vereador José do Carmo (PSL) anunciou a transferência dos pronunciamentos e votações para a sessão de hoje. Qualquer pronunciamento em plenário só pode acontecer com pelo menos 14 vereadores assistindo-os.
Cinco minutos após o término, vários parlamentares chegaram às bancadas, mas foram comunicados do cancelamento. E não gostaram nada da notícia. Um deles foi João Alfredo (PSol), que reclamou do rigor excessivo do presidente em exercício. “Se ele tivesse esperado mais dois minutos, talvez tínhamos superado o quorum. Quando cheguei aqui, tinham quase 20”, afirmou o socialista. (O Estado).

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário