terça-feira, 18 de agosto de 2009

Pesquisa demonstra que popularidade de Lula segue inabalável


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva mantém sua popularidade em alta, apesar da crise política protagonizada pelo Senado, informou pesquisa publicada pelo jornal Folha de S. Paulo do último domingo. Segundo o instituto Datafolha, para 67 % dos entrevistados, o governo é ótimo ou bom, variação dentro da margem de erro na comparação com a última pesquisa, feita em maio, quando Lula atingiu 69 % de aprovação. O governo do petista é regular na avaliação de 25 % dos brasileiros, ante 24 % na última pesquisa.

A pesquisa, na avaliação de parlamentares da bancada petista na Câmara, demonstra a maturidade da população brasileira, que reconhece que a crise política do Senado é uma questão alheia à vontade do governo. “Definitivamente, a tática da oposição de ataque ao presidente Lula e a seu governo não está surtindo efeitos. Na verdade, eles (a oposição) apostaram que a crise financeira mundial e a crise política do Senado derrubaria a popularidade do presidente Lula, mas isso não aconteceu em função da maturidade da população brasileira”, afirmou o deputado José Genoino (PT-SP).

Reforma política – Na avaliação do parlamentar, as questões referentes à crise do Senado, mais uma vez evidenciam a necessidade de uma ampla reforma no sistema político brasileiro. “A população entende que o que está em jogo é a disputa pelo poder no Senado. Enquanto não fizermos uma reforma política profunda, teremos que conviver com escândalos midiáticos envolvendo o Congresso”, explicou.

Para o deputado Fernando Nascimento (PT-PE), a imunidade na avaliação do presidente Lula se deve especialmente ao reconhecimento por parte da população dos avanços alcançados pelo governo petista. “Todos os investimentos do governo Lula, especialmente do PAC, têm provocado uma profunda mudança na vida do trabalhador e do empresariado brasileiro. Todos estão ganhando. A oposição precisa entender que não seria uma simples defesa ao presidente do Senado, visando a governabilidade, que abalaria a popularidade do presidente Lula”, afirmou.

Lula está a apenas três pontos percentuais de seu próprio recorde, de 70%, alcançado em novembro do ano passado. Foi o melhor resultado atingido por um presidente brasileiro desde que o Datafolha iniciou a pesquisa, em 1990.



Fonte: E-mail enviado por

Postado por Denilson Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário