terça-feira, 11 de agosto de 2009

Professores ocupam prefeitura depois de “bolo” do prefeito

Prefeito de Sapé, João da Utilar , não comparece à reunião e professores revoltados ocupam o prédio do Executivo

O prefeito de Sapé, João da Utilar (Dem), não compareceu a reunião que ele mesmo marcou para hoje para dar satisfações aos servidores da Educação que tiveram os salários e o tempo de serviço reduzidos nos contracheques de julho. Muitos servidores tiveram os contracheques zerados mesmo recebendo o aumento de 45% relativos ao acordo judicial assinado recentemente após a greve do Magistério. O percentual é referente a um reajuste nos salários de 15% retroativo aos meses de maio, junho e julho deste ano.

A categoria considera que o prefeito usou de má fé dando o aumento com uma mão e tirando com a outra, quando reduziu drasticamente os salários alegando que os servidores não têm direito a averbação do tempo de serviço para fins de remuneração.

Em reunião com uma comissão de professores e da diretoria do sindicato na última sexta-feira, o prefeito culpou seus secretários pelo que chamou de “falha” e disse não ter conhecimento do problema até aquele momento,marcando uma reunião com a categoria no salão de recepções Atena para hoje, mas ao local compareceu apenas o chefe de gabinete, Jarbas Antônio, trazendo o recado do prefeito que a reunião não iria acontecer, pois o chefe do Executivo considerou ‘eleitoreiro’ o anuncio em carro-de-som divulgando nota do sindicato convocando toda a categoria para a reunião. A categoria considerou o “bolo” como um desrespeito aos servidores e saíram em passeata diretamente para ocupar o prédio da prefeitura.

Cerca de 90 servidores estão nesse momento dentro da prefeitura esperando o comparecimento do Prefeito e avisaram que só desocupam o prédio quando o prefeito assinar um documento resolvendo o problema.



INFORMAÇÕES: JORGE GALDINO DE ALMEIDA: 9119-4097


Fonte: Matéria Enviada por e-mail pelo JORNAL FORÇA DE EXPRESSÃO JFE

Postado por Denilson Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário