segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Lei antifumo cresce no País

Na esteira da lei antifumo implantada em todo o Estado de São Paulo, pelo menos três cidades brasileiras criaram legislação com o objetivo de coibir o uso do cigarro em ambientes coletivos fechados. No Rio Grande do Sul, um projeto tramita na Assembléia Legislativa.
Em Curitiba (PR), a Câmara Municipal aprovou na semana passada projeto de lei antifumo que radicaliza a ofensiva contra o hábito na cidade. Tal qual a lei paulista, a proposta do vereador Tico Kuzma (PSB) proíbe fumódromos em empresas, alas para fumantes em estabelecimentos comerciais e qualquer prática do hábito em ambientes públicos fechados.
´A proposta é educativa, para que as pessoas deixem de fumar´, afirma o vereador. O projeto ainda precisa da sanção do prefeito Beto Richa (PSDB) para virar lei.
Em Goiânia (GO), a lei que baniu o fumo em ambientes fechados foi sancionada em junho. A prefeitura admite que o projeto foi inspirado na lei paulista e que esse tipo de medida é uma ´tendência mundial´.
Em Salvador (BA), é proibido fumar em locais fechados há pouco mais de uma semana, quando a lei antifumo municipal foi regulamentada.
Diferentemente do ocorrido em outros Estados, a aprovação do texto não encontrou resistência dos proprietários de bares, restaurantes e hotéis. (DN).

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário