sábado, 27 de outubro de 2007

Islamitas decapitam quatro agentes de segurança no Paquistão

Militantes islâmicos seqüestraram e decapitaram quatro agentes de segurança no noroeste do Paquistão após um confronto entre o Exército e simpatizantes de um clérigo aliado do Talibã, informou neste sábado Badshah Gul Wazir, alto-funcionário do governo local. Os quatro homens foram seqüestrados quando patrulhavam a região Matta, próximo ao vale de Swat, por islamitas não identificados, segundo fontes locais. Seus corpos foram exibidos no povoado, o que não pôde ser confirmado pelas autoridades da região. Na sexta-feira um confronto armado foi registrado no vale de Swat, na província da Fronteira Noroeste, entre o Exército e islamitas leais ao clérigo radical, que fez uma campanha para estabelecer leis em concordância com os preceitos talibãs. Militantes islâmicos seqüestraram depois os quatro agentes de segurança e os decapitaram diante de aldeãos próximo de Matta, disse Wazir. "Posso confirmar que os quatro agentes de segurança foram decapitados", declarou. Os enfrentamentos registrados próximo ao refúgio onde se esconde o clérigo pró-talibã Maulana Fazlullah deixaram três rebeldes e dois civis mortos, indicaram autoridades locais na sexta-feira.
AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário