quarta-feira, 10 de outubro de 2007

IGP-M registra a maior alta desde fevereiro de 2003

A primeira prévia de outubro do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), que registrou alta de 0,84%, foi a maior taxa de inflação para uma primeira prévia desde fevereiro de 2003, quando a taxa subiu 0,89%. A informação é baseada em tabela contendo a série histórica do IGP-M, fornecida pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Dentro do IGP-M, o Índice de Preços por Atacado (IPA), que tem maior peso no índice geral, registra elevação de 5,35% no acumulado do ano, e aumento de 6,73% no período de 12 meses. No varejo, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) acumula alta de 3,84% no ano e aumento de 4,53% em 12 meses, até a primeira prévia do IGP-M de outubro. Segundo a FGV, a aceleração na taxa do IPC, da primeira prévia do IGP-M de setembro para igual prévia em outubro (de 0,05% para 0,23%) foi causada principalmente pelo término de deflação no grupo Alimentação (de -0,25% para 0,38%), no período.
Agência Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário