sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Pôr do Som divulga novos gêneros musicais

Grupo Transcenda, de Sobral, também está entre as bandas convidadas a se apresentar no palco do anfiteatro da margem esquerda do Rio Acaraú (Foto: Natércia Rocha)

O Pôr do Som é realizado pela Prefeitura Municipal de Sobral, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo

Sobral. Acontece, sexta-feira, no anfiteatro da margem esquerda do Rio Acaraú, mais uma edição do Pôr do Som, projeto que vem dando voz às novas referências e conceitos do gênero musical.

Dessa vez sobe ao palco a céu aberto, a partir das 19h, a banda MopTop, do Rio de Janeiro, composta pelos cariocas Gabriel Marques (voz e guitarra), Rodrigo Curi (guitarra), Daniel Campos (contra-baixo) e Mário Mamede (bateria) que, desde 2003, produzem sonoridades que misturam “indie rock” contemporâneo com pitadas de “rock retrô”.

De acordo com uma das organizadoras do evento, Maria Carvalho, a banda traz a simplicidade do rock dos anos 50 e 60, amplificada pela estética punk. “Eles assimilam cores de um rock com sabor clássico e vigoroso. O repertório é 100% autoral e as canções de Gabriel Marques emanam paixão, frustração e prazer, devidamente revestidas pela fúria instrumental de Curi, Daniel e Mário”, diz Maria.

A MopTop foi indicada pela Revista Bizz como um dos nomes “que realmente importam no novo rock”. A banda ganhou prêmios em festivais nacionais, como: Claro Q é Rock; MTV VMB 2005; Banda da Vez da Rádio Cidade; troféu Revelação Carioca no Prêmio London Burning de Música Independente e, pela Revista Laboratório Pop, conquistaram dois prêmios: revelação nacional 2005 e revelação nacional pela escolha do público.

Outra banda que marcará presença no Projeto Pôr do Som é a cearense 2 Fuzz, formada por João Victor (voz e guitarra), Hugo Lopes (baixo), Vitor Colares (guitarra) e Ciro Figueredo. Com melodias fortes, guitarras distorcidas e diálogo entre as vertentes do rock alternativo dos anos 90, a 2 Fuzz está lançando o segundo CD independente, “Limen”, que traz referências claras ao rock alternativo e tendência progressiva. Recentemente a banda realizou turnê pela Europa participando do Festival de Belfort, na França.

Dentro da proposta do projeto musical, a banda “Transcenda”, de Sobral, também foi convidada a se apresentar na noite de sexta-feira. Segundo Stênio Nog (guitarra e vocal), o grupo segue a vertente do Samba-Rock, mesclado ao Soul e Dub. A Transcenda é constituída, também, por Yuri Steindorfer (guitarra e vocal), Ozias Júnior (baixo), Gerardo Neto (percussão), Igor Pernambuco (cavaco e percussão), Pedro Neto (bateria) e Daniel Glaydson (eletrônicos).

“A banda, com suas ideologias e virtudes, galga a prosperidade não de um amanhã, mas de um hoje. Buscamos não apenas fazer parte da engrenagem que aí está. Queremos sentir o sabor das cores, ouvir os sabores, ver o som”. E destaca: “Temos repertório composto de músicas próprias e covers de bandas influentes, sempre com a idéia difusora de integrar, sintonizar e levar todos à mesma freqüência e estado”, diz o vocalista Nog.

O Pôr do Som é realizado pela Prefeitura Municipal de Sobral, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo. Vem se constituindo como opção inteligente de criar novos espaços para a música e público jovem, na perspectiva de inclusão social também pelo lazer.

Última Hora

Nenhum comentário:

Postar um comentário