sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Inflação não compromete economia e trajetória de queda nos juros

O aumento da inflação nos últimos meses não comprometerá a tendência de crescimento da economia brasileira e a trajetória de queda da taxa Selic (a taxa básica de juros da economia, atualmente, em 11,25% ao ano), avalia o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho. “Os fatores que fizeram a inflação subir são transitórios. Têm mais a ver com custos de alimentação. E isso, por sua vez, refletindo a subida de preços de produtos agrícolas no mercado internacional. Essas pressões parecem já estar arrefecendo”. Segundo ele, o Banco Central (BC) tem sido "competente" no controle da inflação, "de tal maneira que a taxa de juros poderá continuar caindo”. Coutinho participou hoje (27) da abertura do Fórum Especial promovido pelo Instituto Nacional de Altos Estudos(Inae). O fórum foi realizado na sede do BNDES, no Rio.
Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário