quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Fim da greve de fiscais agropecuários

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento anunciou na terça-feira (25) à noite que o governo chegou a um acordo com a comissão de negociação dos fiscais agropecuários e que eles retomam nesta quarta-feira a normalidade dos trabalhos, interrompidos por paralisações desde 18 de junho. A categoria é responsável pela inspeção, fiscalização e o controle dos produtos agropecuários em portos, aeroportos e em postos de fronteira. Segundo a nota do ministério, os fiscais assinaram um termo de compromisso que atende a reivindicações da categoria, acertando um reajuste médio de 20,3% dividido em duas parcelas, a serem pagas em fevereiro de 2008 e fevereiro de 2009. O governo assumiu, ainda, segundo a nota, compromissos relativos ao plano de carreira e a capacitação da categoria. O acordo prevê ainda que o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão fará uma "análise e a negociação dos dias parados" e que os fiscais vão compensar o tempo parado. Ainda segundo a nota, os fiscais assumiram o compromisso de fazer um esforço concentrado esta semana para liberar "toda a carga retida nos portos e nos aeroportos". Segundo a Associação Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa), hoje, o salário-base do fiscal agropecuário em início de carreira fica em torno de R$ 2.700. Com os reajustes, a entidade calcula que o acréscimo poderá ser de R$ 1.500, incluídas as gratificações.

Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário