quinta-feira, 27 de março de 2014

Dilma tem 79%, Aécio 12% e Eduardo 7% na Bahia

 

:

Presidente Dilma Rousseff teria maior votação em todo o País na Bahia se as eleições fossem hoje; ela se reelegeria com facilidade na disputa com Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB); no maior estado do Nordeste e terceiro maior colégio eleitoral do País, ela venceria em primeiro turno com 79% dos votos, contra 12% do senador tucano e 7% do governador de Pernambuco; dados foram divulgados nesta quarta pelo governador Jaques Wagner com base em pesquisa que ele próprio alega ter encomendado

26 de Março de 2014 às 18:51

Bahia 247 - A presidente Dilma Rousseff (PT) arrasaria os adversários Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) na Bahia se as eleições fossem hoje. No maior estado do Nordeste e terceiro maior colégio eleitoral do País, ela seria reeleita em primeiro turno com 79% dos votos, contra 12% do senador tucano e 7% do governador de Pernambuco. Dados foram divulgados nesta quarta-feira (26) pelo governador Jaques Wagner em entrevista à rádio Metrópole. Levantamento foi encomendado por ele próprio.

"Dilma está dando 79% nos votos válidos. Na verdade, ela está dando 65% do total. Eduardo é mais novidade que Aécio, porque Aécio é governador de Minas, a cara está mais na rua, e tem uma taxa de rejeição maior. Vamos ver. É difícil fazer aposta", disse o petista.

Ainda de acordo com o governador, no pleito local, sua pesquisa revela cenário completamente indefinido, mas com certeza com decisão em segundo turno. O ex-governador Paulo Souto (DEM) aparece na liderança, com 31%, contra 28% do petista Rui Costa e 27% do peemedebista Geddel Vieira Lima.

Governador diz que pontuação de Eduardo Campos se deve à candidatura da senadora Lídice da Mata (PSB) ao governo do estado. "Por enquanto a candidatura de Lídice faz a candidatura de Eduardo crescer. Ela tem 12% na pesquisa que eu fiz, ela é maior que Eduardo na Bahia. Geddel tinha 27% com apoio de ACM Neto, Rui com nosso apoio tinha 28%, e Paulo Souto com apoio de Neto tem 31%".

Wagner avalia que o PMDB é a maior dor de cabeça para a oposição, que tem ACM Neto como condutor do processo de composição da chapa. "Quem for escolhido nós vamos enfrentar na eleição, temos que estar prontos apara enfrentar Geddel ou Paulo Souto. Como vamos enfrentar, de forma diferente, Lídice da Mata. Eu creio que o problema maior para Neto é manter essa aliança com o PMDB. Porque é importante para ele nas eleições de 2016. São vários fatores que pesam, há uma preferência do DEM por Paulo Souto".

http://www.brasil247.com/pt/247/bahia247/134591/Dilma-tem-79-A%C3%A9cio-12-e-Eduardo-7-na-Bahia.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário