sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Militância do PT encampa Dilma como candidata

A militância petista encampou a candidatura da ministra Dilma Rousseff, a despeito de ela ter sido construída e planejada diretamente pelo presidente Lula, sem interferências da base petista. "Ficou bonito, não ficou?´´, dizia um militante presente na abertura do 4º Congresso Nacional petista, mostrando aos correligionários a foto dele ao lado de Dilma, estampada numa camiseta de malha.

Importante aliado da ministra, o ministro Alexandre Padilha (Relações Institucionais) explica a simbiose do PT com Dilma, que só se filiou em 2001: "O PT assumiu a Dilma como Dilma, porque não tem que ficar comparando-a com o Lula´´. "Está absolutamente assumida a candidatura da Dilma pelo PT e o PT se sente parte desta decisão´´, explica o ministro.

Ricardo Berzoini (SP), que entrega a presidência do PT hoje a José Eduardo Dutra (SE), diz ser um "fenômeno´´ a adesão integral da militância petista. "Hoje o PT está totalmente unido em torno da Dilma, que foi reconhecida como a melhor candidata por representar a coordenação geral do governo Lula´´, afirmou.

Dilma será aclamada pré-candidata do PT à Presidência sábado, no encerramento do congresso. Pretende, em seu discurso, aproximar-se ainda mais da militância e pedir engajamento na campanha. Tentará explorar ao máximo sua proximidade com Lula e o governo para justificar a escolha como representante legítima de um projeto. (DN).

Nenhum comentário:

Postar um comentário