sábado, 20 de fevereiro de 2010

Cearenses comentam o programa de Ciro na TV

Representantes do PT, PMDB e PSDB reagiram de forma diferente às declarações do deputado federal Ciro Gomes (PSB), no programa partidário do seu partido, exibido na noite da última quinta-feira, em cadeia nacional de rádio e televisão. Embora tenham comentado as manifestações do deputado cearense, todos evitaram polemizar, sobretudo porque ainda há algumas indefinições no quadro político nacional e estadual.

No programa, em que Ciro Gomes atuou como âncora, não faltaram críticas às alianças fechadas em nível nacional entre PT e PMDB e também à intenção dos petistas de fazer uma eleição plebiscitária entre os projetos do PT e do PSDB.

O deputado estadual Artur Bruno (PT) destacou que Ciro Gomes, como aliado, tem direito de também fazer críticas à alguns setores do Governo, assim como o próprio PT o faz. "Nós mesmos criticamos alguns pontos do Governo Lula para aprofundá-lo", disse o parlamentar. Ciro disse que em determinados momentos, o presidente Lula teve que tomar atitudes sem o apoio de membros do Governo, que divergiam.

Com relação à crítica feita à aliança firmada entre PT e PMDB para governar o País, e para as eleições, Bruno disse que a compreensão do PT é de que hoje não é possível governar sem aliança e que o PT continuará alinhado aos partidos de esquerda. (DN).

Nenhum comentário:

Postar um comentário