sábado, 27 de fevereiro de 2010

Edifício em Sobral pode ser interditado

Uma vistoria de rotina no Edifício Alba Carneiro, em Sobral, poderá levar o Corpo de Bombeiros a solicitar do Ministério Público Estadual a interdição desse complexo residencial de seis andares. O prédio, situado no Centro da cidade, não tem saídas de emergência, câmara de gás GLP, brigada de incêndio, alarmes e, ainda, falta iluminação nos corredores e na escadarias, bem como não foi apresentado pelos responsáveis o Auto de Verificação de Segurança (AVS). O condomínio tem seis andares e 18 apartamentos. Se somados, são mais de 50 moradores. O prédio foi construído há 29 anos.

"Estamos nesse primeiro momento solicitando às pessoas que deixem seus apartamentos, antes que a Justiça interdite o prédio, que é a nossa intenção", disse o capitão Roberto Moraes, comandante do Corpo de Bombeiros de Sobral.

Sem prazo

Ele acrescenta que não existe ainda um prazo estipulado para que essas pessoas desocupem os apartamentos. "Gostaríamos de ter encontrado o prédio totalmente desocupado, mas algumas pessoas insistem em continuar morando sem levar em conta os riscos que estão sujeitos", disse.

De acordo com o comandante, todos os pilares e colunas de sustentação apresentam oxidação o que compromete a estrutura do prédio. Outra preocupação está relacionada com o elevador, que está parado entre o terceiro e quarto andares, e há perigo de os cabos se romperem a qualquer momento. "Além disso, há infiltração em todos os andares, o elevador está parado há vários anos e qualquer pessoa pode abrir e fechar as portas que dão acesso ao elevador".

Nenhum comentário:

Postar um comentário