segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Cadeia Pública de Sobral é inaugurada

Os 145 presos que vivem recolhidos à antiga Cadeia Pública desta cidade deverão ser transferidos ainda está semana para o novo prédio construído à margem da estrada que dá acesso a cidade de Groaíras.

A construção da Cadeia em Sobral atende a uma Ação Civil Pública requerida pelo Ministério Público do Estado do Ceará em maio de 2007. Na ocasião, os promotores André Araújo Barbosa, Alexandre Pinto Moreira e Carlos Augusto Tomaz Vasconcelos ingressaram com ação que denunciavam as condições físicas das instalações da Cadeia de Sobral que funcionava dentro do prédio do 3º Batalhão da Polícia Militar, no Centro da cidade que se encontrava em situação precária, estando as redes elétricas, hidráulicas e de esgoto comprometidas, além da superlotação.

Estrutura

A nova cadeia, que custou aos cofres do Estado, R$ 3,3 milhões, tem capacidade para abrigar 152 detentos. O novo complexo prisional ocupa uma área de 1.702,72 metros quadrados, e conta com 33 celas, sendo 20 masculinas coletivas e oito individuais, além de quatro celas coletivas femininas e uma individual. Disponibiliza ainda de uma sala de oficina, duas salas de aula, uma de leitura, sala dos professores, da direção, secretaria, de apoio administrativo, de advogados, de espera para visitas, alojamento para funcionários, gabinete médico-odontológico, dentre outros.

Segundo o secretário de Justiça do Estado, Marcos Cals, nos últimos três anos o Governo do Estado investiu cerca de R$ 65 milhões. "Hoje as nossas cadeias são todas padronizadas, com espaço para homem e mulher. Muitas vezes uma mulher cometia um ato ilícito e tinha que ser encaminhada para Fortaleza. Agora a pena pode ser cumprida mais perto de casa", disse o secretário, que fez questão de mostrar detalhadamente, ao secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Roberto Monteiro, como funciona o novo equipamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário