sábado, 28 de novembro de 2009

Ciro admite dividir o palanque com Dilma

O deputado federal Ciro Gomes, pré-candidato a presidente da República pelo PSB, disse ontem, em Fortaleza, no mesmo horário em que o governador de São Paulo, José Serra, também palestrava na cidade, que poderá acontecer de tudo, em termos de alianças eleitorais, na disputa presidencial do ano que vem. Até mesmo três candidatos em um mesmo palanque em alguns estados. Ciro assegurou, por exemplo, que no Ceará, o palanque do governador Cid Gomes poderá estar aberto para à sua postulação e a da ministra Dilma Rousseff.

O parlamentar conta com a possibilidade, que para ele é real, de ter, nos estados, o apoio de alguns partidos que no plano nacional poderão estar no palanque da ministra Dilma, pela força que tem o PSB, sobretudo nos estados do Nordeste.

As declarações do parlamentar foram proferidas na oportunidade em que debateu conjuntura política e econômica brasileira com o presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, desembargador Ernani Barreira Porto, no Fórum Nacional de Juizados Especiais (Fonaje), que ocorreu em Fortaleza até ontem. (DN).

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário