quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Auditor fiscal preso ao receber propina em Sobral

Uma operação conjunta de inspetores do Departamento de Inteligência Polícia (DIP) e Delegacia Regional de Sobral, sob a coordenação do Departamento de Polícia Especializada (DPE), culminou, na tarde de ontem, na prisão, em flagrante, neste Município, do auditor fiscal da Secretaria da Fazenda (Sefaz), Francisco César Fernandes, 45, servidor do Estado há 19 anos. Ele foi detido logo após receber a quantia de R$ 10 mil em espécie como propina.

A Polícia apurou que o auditor era lotado no posto de fiscalização da Sefaz na cidade de Tianguá (a 318Km de Fortaleza)e, há cerca de três meses, tentava extorquir dinheiro do dono de uma loja de eletrodomésticos em Tianguá. César teria observado irregularidades fiscais no estabelecimento, cuja multa chegaria a R$ 58 mil.

Desde então, passou a chantagear o proprietário da loja, garantindo-lhe que, por R$ 10 mil, resolveria o "problema". O caso foi comunicado à Sefaz, que acionou a Polícia Civil. O diretor do DPE, delegado Jairo Pequeno, informou que a investigação foi iniciada imediatamente e, ontem, os inspetores do DIP prenderam o auditor tão logo este recebeu os R$ 10 mil que exigia do comerciante. A prisão ocorreu numa churrascaria.

Levado para a Delegacia Regional de Sobral, ele foi autuado pelo delegado Herbert Ponte e Silva por crime estabelecido no artigo terceiro da Lei Contra a Ordem Tributária. O delito é inafiançável e a pena varia de três a oito anos de reclusão.

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário