quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Cariré - hospital poderá fechar por falta de dinheiro

A população deste município está assustada com a notícia de que o único hospital da cidade, o Ana Celestino Rodrigues, está prestes a fechar. O motivo, segundo a direção do hospital, que é mantido pela Liga de Proteção à Maternidade e à Infância, conveniado com Sistema Único de Saúde (SUS), é por falta de dinheiro.

Além de atender à população de Cariré, o hospital, com 35 anos de fundação, também atende a pacientes de outros municípios. Antes, o atendimento médio mensal nos casos de internação era de 100 a 120 pessoas. Hoje, segundo a direção, não chega a 10% desse total. "Estamos com dificuldades de manter o hospital funcionando por falta de recursos. O município não repassa a verba destinada ao hospital desde agosto último, o que tem dificultado o seu funcionamento. Estamos em débito com funcionários e fornecedores. Se a situação não melhorar iremos fechar a unidade", disse Ana Fátima Soares, diretora administrativa do local.

O secretário de Saúde do município, Franscisco Rosimiro Guimarães, justifica alegando que o município tem honrado seus compromissos com o hospital. Ele atribui as dificuldades à queda no número de internamentos. "Hoje, o paciente chega às Unidades Básicas de Saúde para se receitar e como não é caso de internação ele volta para casa", disse o secretário.

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário