sábado, 12 de janeiro de 2008

Encontrada ossada de menino desaparecido há dois anos

Segundo informações da Polícia Civil de Minas Gerais, divulgadas na noite desta sexta-feira, 11, a ossada encontrada em uma mata no bairro Serra Verde, região noroeste de Belo Horizonte, é de Douglas Freitas Barbosa, desaparecido há quase dois anos. O menino não era mais visto desde 4 de março de 2006, na época com 13 anos, quando sumiu após participar de um treinamento de futebol na Vila Olímpica, complexo de esporte que pertence ao Atlético Mineiro.

A polícia encontrou em agosto do ano passo os supostos ossos do garoto e os enviou para análise no Instituto Médico Legal (IML), que encaminhou o resultado dos exames ao Instituto de Criminalística. Comparando esses resultados com o material extraído dos pais de Douglas, os peritos confirmaram a hipótese de que realmente aquela era a ossada do menino.

No dia do desaparecimento, Douglas saiu da Vila Olímpica e foi até uma cidade vizinha, onde participou de um jogo de futebol. De acordo com as informações da polícia, por volta das 15h ele retornou ao centro esportivo do Atlético-MG, local onde pegaria um ônibus para voltar para sua casa, em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte.

Sem notícias do filho, Simone Helena Rodrigues foi à Divisão de Referência à Pessoa Desaparecida, da Polícia Civil, fazer o boletim de ocorrência no dia seguinte ao desaparecimento, dispondo de poucas informações que pudessem ajudar a encontrá-lo. Desde então, a polícia vinha tentando localizá-lo. Com o resultado do exame pronto, o inquérito será encaminhado para a Divisão de Crimes Contra a Vida.
Agência Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário