quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Funcionários do Município de Cruz fazem manifestação

 

Na tarde desta quarta-feira, dia 24 de outubro, por volta das 17h, servidores efetivos e funcionários temporários do Município de Cruz participaram de manifestação, motivada, entre outros pelo fato de terem sido contratados na atual gestão (não reeleita) professores temporários cujos contratos serão suspensos, a partir do dia 31 de outubro, sem cumprir, segundo os funcionários, alguns de seus direitos.

Conforme o professor da Escola São Francisco da Cruz, Clayton Albuquerque, que participou da manifestação, o motivo do movimento é “para que essa prática de contratos temporários sem garantir direito dos funcionários não venha mais a acontecer”, destacou. A manifestação aconteceu na Praça Afonso Fontes, no Centro de Cruz, tendo reunido grande quantidade de profissionais da educação e alunos da rede pública que impunham cartazes e faixas que declaravam o desejo pela valorização da educação.

Compareceram comitivas de várias localidades do Município, como Preá, Paraguai, Belém, Pitombeiras, Lagoa Salgada, dentre outras. O movimento foi organizado pelo Sindicato dos Servidores Públicos de Cruz e contou com outras representações, como o Sindicato APEOC, dos professores.

Postado por Jhônata Adams Mendes Silva às

Leia mais no site do autor deste artigo: http://www.oacarau.com/#ixzz2AIe9MNwZ
Copiar e não citar a fonte, além de má educação, é ilegal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário