quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Brasil deve ter 520 mil novos casos de câncer em 2012.

 

 

O Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) estima cerca de 520 mil novos casos de câncer no Brasil em 2012. A informação faz parte da publicação Estimativa 2012 – Incidência de Câncer no Brasil, que o Instituto lançou na última quinta-feira (24). Por ser tão importante conscientizar e ampliar o conhecimento da população sobre a prevenção e o tratamento do câncer, o Ministério da Saúde instituiu em 1998 o Dia Nacional de Combate ao Câncer, celebrado neste domingo (27).

O aumento de pacientes acometidos pela doença está ligado ao prolongamento da longevidade, de acordo com o gastroenterologista especialista em cirurgia oncológica Dino Altmann. “As pessoas ficam mais expostas aos riscos de doenças”, disse ele. A tendência, segundo a Union for International Center Control (UICC), é do aumento de 50% no número de novos casos de câncer até 2020, com o dobro de casos fatais. No Brasil, a situação pode ser considerada mais grave, pois enquanto nos outros países um paciente tem sobrevida de 12 a 16 anos, aqui este tempo é reduzido para entre 2 a 4 anos.

Para Altmann, a maior incidência de câncer no Brasil e no mundo se deve às mudanças de hábitos da sociedade. Um dos cânceres mais comuns é o de mama, com estimativa de 52.680 casos para 2012 no Brasil, segundo o INCA. “A grande influência é o menor número de filhos, ter filhos mais tarde e amamentar em uma idade avançada”, disse. De acordo com o médico, ter filhos entre 20 e 35 anos é uma forma de se prevenir do câncer de mama.

Os tumores de pele, segundo especialista, são os mais comuns. “A situação da camada de ozônio e a exposição por mais tempo ao sol porque se vive mais são fatores de risco”, exemplificou Altmann. Ele explicou que a radiação é acumulativa e o sujeito quanto mais velho for, mais chances de desenvolver tumores. “Não se expor ao sol, usar protetor solar e consultar médicos sobre surgimento de pintas e manchas” são métodos de prevenção.

São esperados 60.180 novos casos de câncer de próstata no Brasil em 2012, segundo o INCA. A taxa de incidência cresceu cerca de 25 vezes desde 2008 e até 2015, a expectativa é que a taxa aumente cerca de 60%. Em média, 62% dos casos ocorrem em homens com 65 anos ou mais. A ingestão de frutas vermelhas, uva e outros alimentos com licopeno é uma forma de evitar a doença.

Fonte: Terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário