sexta-feira, 20 de junho de 2014

Copa 2014 – Pesquisador e professor questionam impactos na economia

 

A Copa do Mundo foi responsável pela geração de 1 milhão de empregos no país, dos quais cerca de 700 mil foram formais. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (19) pelo presidente da Embratur, Vicente Neto, durante palestra sobre Impactos dos Grandes Eventos na Economia Brasileira, no Centro de Mídia da Fifa, na zona sul do Rio de Janeiro.

Para o pesquisador da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Pedro Trengrouse, o valor – se comparado ao Produto Interno Bruto de R$4,5 trilhões é ínfimo. Entretanto, ele acredita que o impacto da Copa na economia brasileira será bem maior que na África do Sul.

De acordo com o professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) Lamartine da Costa, projeções econômicas sobre impactos de grandes eventos não valem de maneira geral, pois costumam ser superdimensionados. Lamartine defendeu que o modelo de mega eventos atual é insustentável e deve ser repensado.

(Agência Brasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário