terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Lembranças históricas da coligação da aliança do PT com os Ferreira Gomes

Foto retirada de uma postagem do Gilvan Azevedo no face book: Mesa composta por: Guimarães (hoje deputado, Cid ( hoje no PROS e governador), Zé Dirceu (hoje preso político), Gilvan(em pé), Edilson Aragão, João Alfredo (vereador de Fortaleza pelo Psol), Veveu (prefeito de Sobral) e Paulo Flor.

Foram 27 reuniões num período de 18 meses  onde se discutia a coligação entre o PT e o PSDB. Naquela época era uma coisa quase impossível, pois dois partidos antagônicos. Como Sobral estava desgovernada e o prefeito brigando para se manter no cargo, enquanto que a oposição tentava tira-lo do cargo o mais rápido possível em função de ilegalidades na gestão municipal, é que o PT sobralense concordou em fazer uma parceria com os FGs para resolver a situação. Mas as dificuldades eram grandes, tanto que os presidentes nacionais das duas siglas, vieram à Sobral para tentar resolver. José Dirceu pelo PT e Antônio Vilela pelo PSDB. Depois de muita resistência interna o PT de Sobral aprovou a coligação. Mas isso só aconteceu na madrugada do dia da convenção, com a última reunião na residência do pai do Veveu. A convenção aconteceu no Teatro São João e o PT não tinha uma faixa para saudar seus filiados presentes ao evento.

A foto acima foi feito na Câmara de vereadores de Sobral, onde José Dirceu se encontrou com o PT do  Vice-prefeito Edilson Aragão e o PSDB do Prefeito Cid.

Nenhum comentário:

Postar um comentário