quinta-feira, 8 de abril de 2010

Petistas questionam a proposta do Governo do Piso dos Professores

Os deputados petistas Rachel Marques e Artur Bruno não estão de acordo com o Governo Cid Gomes quanto à questão do piso salarial dos professores da rede pública estadual. Ontem, quando foi discutido o pedido de regime para votação da mensagem do governador tratando da questão, eles voltaram a reclamar da falta de iniciativa do Governo em relação ao Plano de Cargos e Salários do pessoal do magistério, denunciando a defasagem entre o piso proposto pelo governador e o piso que está vigente nacionalmente.

Antes, Artur Bruno destacou, em pronunciamento na Assembleia, a realização da Conferência Nacional de Educação, ocorrida em Brasília, da qual ele participou como representante do Legislativo. De acordo com o parlamentar, lá foram tomadas decisões fundamentais e históricas como a aprovação de uma Resolução para se investir 7% do Produto Interno Bruto (PIB) em educação, e até 2014 estimular estados e municípios para se chegar a 10% PIB.

Outra decisão importante, salienta Artur Bruno, também diz respeito ao financiamento da educação, de aplicar, no mínimo, 50% dos recursos do pré-sal na área. Essa ideia, deixa claro, partiu dos estudantes. (DN).

Nenhum comentário:

Postar um comentário