sexta-feira, 23 de abril de 2010

Petista reclama das críticas dos tucanos

"Devemos nos preocupar com questões do Estado. Há uma seca verde no Ceará. Agora, a Assembleia virar Câmara Municipal acho isso extremamente ridículo". A afirmação é do deputado Artur Bruno (PT) que acabou gerando discussão ontem, no plenário da Assembleia Legislativa, quando o deputado Osmar Baquit (PSDB) se pronunciava criticando a administração da prefeita Luizianne Lins.

Antes de achar ridículo o fato de estarem discutindo assuntos que a seu ver, deveriam ser debatidos na Câmara, Bruno disse lamentar o fato de quererem transformar o Legislativo estadual em Legislativo municipal.


O deputado Osmar Baquit criticou a situação da cidade, pontuando que percebe a falta de administração pública para resolver problemas simples como os buracos nas ruas. "A nossa Capital está entregue às baratas. Fortaleza está destruída. Por onde se anda há lixo nas ruas, buracos, greves, falta de assistência médica", criticou.

"Fortaleza hoje é um caos. A cidade está abandonada, não tem Governo. Se não fosse o governador Cid Gomes (PSB) ter assumido a Prefeitura, ter feito intervenções em bairros, assumindo tudo, o que seria do povo da Capital?".

Em relação ao comentário de Artur Bruno, Osmar Baquit alegou que o petista também já tratou de assuntos municipais na Assembleia, e que "ridículo" era na época em que ele criticava o ex-prefeito Juraci Magalhães, fazendo denúncias, do escândalo da merenda escolar. "O PT vai de acordo com o sabor do momento", pontuou. (DN).

Nenhum comentário:

Postar um comentário