quarta-feira, 8 de abril de 2009

Motoristas fazem protesto em Umirim

Um protesto de caminhoneiros interditou por oito horas o Km 98 da BR-222, na altura do município de Umirim, e provocou engarrafamento quilométrico nos dois sentidos da rodovia. A manifestação teve início às 14 horas de ontem e foi motivada pela determinação do Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (Dnit) em fechar a rodovia federal para o tráfego de caminhão pesado, no Km 110, já no município de Itapajé, no Norte do Estado.
A avariação em uma ponte sobre o Riacho São Miguel, na localidade com o mesmo nome, em Itapajé, provocou o fechamento da BR-222. Com a interdição, os caminhoneiros eram obrigados a pegar um desvio pela CE-354 que dá acesso a cidade de Itapipoca.
O problema é que a legislação estadual proíbe a circulação de veículos pesados nas rodovias estaduais. Como conseqüência, os caminhoneiros não podem continuar viagem, uma vez que foram impedidos de trafegar pela 354.Policiais da Companhia de Policiamento Rodoviário (CPRV) foram orientados a não permitir o tráfego de veículos pesados, como caminhões e carretas. Com isso, os motoristas resolveram fechar a rodovia nos dois sentidos numa tentativa de pressionar as autoridades a liberar a rodovia.
A interdição impediu que os carros de passeios, caminhões de pequeno porte e ônibus continuassem viagem. Entre os veículos parados, estava um ônibus da empresa Guanabara que havia partido de Fortaleza às 12h30 com destino a cidade de Ubajara e que deveria ter chegado ao terminal em Sobral às 16h30. Mas até aquele horário o ônibus ainda estava parado no comboio.
Por volta das 20h a rodovia cearense foi liberada para o tráfego de caminhões. (DN).

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário