sábado, 11 de abril de 2009

Está dificil chegar em Jericoacoara


Quem tentava chegar ontem pela manhã à Jericoacoara pela Praia do Preá, que fica no município de Cruz, encontrou as ruas de acesso à praia tomada pelas águas. Um motorista de uma camioneta D-20 tentou fazer a travessia e, por pouco, não viu seu veículo ser arrastado pelas águas. Por sorte, o carro foi retido por uma cerca de arame e foi retirado do local rebocado por um trator.

“É decepcionante para nós moradores e comerciantes desse lugarejo estar passando por um momento como este. Sabemos que é culpa da natureza, mas as autoridades não fazem nada para melhorar este acesso, que é de 17 km de estrada de barro”, lamentava José Carlos de Sousa, proprietário do restaurante Azul do Mar. Ele, que abasteceu sua barraca de praia, como faz a 18 anos para a Semana Santa, já contabilizava seu prejuízo.Frustração também para um grupo de 25 turistas que, desde a madrugada de sexta-feira aguardava um transporte para fazer a travessia e chegar até Jeri. “Compramos o pacote de viagem que incluía um passeio turístico na Praia de Jericoacoara. Acredito que voltarei para Rio Grande do Sul sem conhecer esta maravilha da natureza”. Disse a turista Kamila Klein, que visitava o Ceará pela segunda vez.

Para a Turismóloga Kilvia Catiúcia, uma das dificuldades encontradas pela agência de turismo é exatamente esse, acesso a Praia de Jericoacoara. “Não sei por que eles não investem na infra-estrutura do lugar. Tanto faz no inverno ou no verão, as dificuldades praticamente são as mesmas. Não tem como chegar a Jeri sem estresse”.

As chuvas que banharam a região do Acaraú na noite de quinta-feira e manhã de sexta-feira registraram, segundo o boletim da Fundação Cearense de Meteorologia e recursos Hídricos (Funceme), 190mm. Ao final da manhã, as águas começaram a baixar e as ruas da pequena colônia de pescadores já abriam caminho para os veículos de tração 4x4.

Por Wilson Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário