segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Pesquisa do Ibope mostra recuperação na avaliação do governo Dilma

 

Taxa de ótimo e bom foi de 31% a 38%, enquanto índice de ruim e péssimo passou de 31% a 24%

por Redação RBA publicado 23/08/2013 19:55

Taxa de ótimo e bom foi de 31% a 38%, enquanto índice de ruim e péssimo passou de 31% a 24%

Roberto Stuckert Filho/Planalto

dilma_pop_stuckert.jpg

O fim da onda de manifestações e os bons índices econômicos explicam a melhoria, diz o Ibope

São Paulo – Pesquisa do Ibope, em parceria com o jornal O Estado de S. Paulo, mostra melhoria da avaliação do governo da presidenta Dilma Rousseff. Segundo a pesquisa, divulgada na noite de hoje (23), a taxa de “ótimo/bom” subiu para 38%, ante 31% em 12 de julho. Já o índice de “ruim” ou “péssimo” caiu de 31% para 24%. A avaliação de “regular” manteve-se em 37%. Segundo o jornal, apenas 1% não soube ou não quis responder.

De acordo com o Ibope, a recuperação ocorreu principalmente nas regiões Sul e Sudeste: as taxas cresceram 12 e 11 pontos percentuais, respectivamente. Entre as explicações apresentadas estão o refluxo das manifestações de rua e a melhoria de indicadores econômicos, como a redução da inflação e do desemprego, além do aumento da confiança do consumidor.

O instituto ouviu 2.002 pessoas, em 143 municípios de todas as regiões, dos dias 15 a 19. A margem de erro é de até dois pontos porcentuais, com “intervalo de confiança” de 95%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário