sexta-feira, 15 de julho de 2011

Justiça Federal determina que Grupo OK devolva R$ 55 milhões ao Tesouro Nacional

A Advocacia Geral da União (AGU) obteve na quarta-feira uma vitória na Justiça Federal de Brasília contra o Grupo OK, do ex-senador Luiz Estêvão. Pela decisão, o grupo terá que devolver R$ 54,992 milhões para o Tesouro Nacional, referentes à construção do Fórum Trabalhista de São Paulo, entre 1994 e 1998. Segundo a AGU, é o maior recolhimento já registrado para os cofres da União em casos de verbas desviadas por corrupção. Ainda cabe recurso por parte do Grupo OK.

Do total, R$ 30 milhões estão relacionados a crédito que o Grupo OK possuía junto à empresa BASF S/A e o restante refere-se à captação de recursos com o aluguel de imóveis do grupo. Ações movidas anteriormente pela AGU na justiça já haviam conseguido bloquear esse dinheiro.

O escândalo envolvendo o Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo levou à cassação do mandato de Estêvão em 2000. Ele é o único senador cassado na história do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário