terça-feira, 10 de março de 2020

Ministro do Interior do Paraguai diz que Moro pediu libertação de Ronaldinho Gaúcho


Ministro paraguaio, Euclides Acevedo, disse que Sergio Moro, ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro perguntou se o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho, e o irmão, Assis, presos com passaportes falsos, poderiam ser libertados. "Ele não gostou da prisão de Ronaldinho”, disse

10 de março de 2020, 13:30 h Atualizado em 10 de março de 2020, 13:35

Sérgio Moro; Assis, Jair Bolsonaro e Ronaldinho Sérgio Moro; Assis, Jair Bolsonaro e Ronaldinho (Foto: Reuters | Marcos Corrêa/PR)

Revista Fórum - Em entrevista ao canal C9N nesta segunda-feira (9), o ministro do Interior do Paraguai, Euclides Acevedo, disse que Sergio Moro, ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro especulou, durante telefonema, se o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho, e o irmão, Assis, poderiam ser libertados.

“Falo seguidamente com o ministro Moro, temos muitos convênios. Ele me escreveu no sábado (7) e perguntou sobre a situação de Ronaldinho. Quis saber se ele e Assis poderiam ser libertados, e respondi que não depende de mim. (Moro) também perguntou se estão em um local seguro, e respondi que sim. Ele não gostou da prisão de Ronaldinho”, disse Acevedo.

Nos dias 26 e 27 de março, Sérgio Moro estará no Paraguai para ministrar uma palestra e participar de reuniões sobre segurança pública e cooperação penitenciária.

Fonte: https://www.brasil247.com/mundo/ministro-do-interior-do-paraguai-diz-que-moro-pediu-libertacao-de-ronaldinho-gaucho

Nenhum comentário:

Postar um comentário